Lista de Atividades sobre Interpretação de Poemas para o 9º Ano

Lista com 12 Exercícios de Língua Portuguesa sobre Interpretação de Poemas para o 9º Ano do Ensino Fundamental com Gabarito!

Poema dos Olhos da Amada

Ó minha amada
Que olhos os teus
São cais noturnos
Cheios de adeus
São docas mansas
Trilhando luzes
Que brilham longe
Longe dos breus…

Ó minha amada
Que olhos os teus
Quanto mistério
Nos olhos teus
Quantos saveiros
Quantos navios
Quantos naufrágios
Nos olhos teus…

Ó minha amada
Que olhos os teus
Se Deus houvera
Fizera-os Deus
Pois não os fizera
Quem não soubera
Que há muitas era
Nos olhos teus.

Ah, minha amada
De olhos ateus
Cria a esperança
Nos olhos meus
De verem um dia
O olhar mendigo
Da poesia
Nos olhos teus.
(Vinícius de Moraes.In: Poesia completada e prosa.)

Questão 01. A quem o eu poético se dirige?
Questão 02. De que maneira o poeta descreve os olhos da pessoa amada na primeira estrofe?
Questão 03. Qual é o assunto principal do texto?
Questão 04. Como o autor descreveria os olhos da amada na linguagem comum?


“de que seda
é tua pele?

de que fogo
minha sede?

de que vida
tua vinda?

pedaço que padeço
sonho que teço

que jogo
nos vence?

cedo
mais cedo
do que penso.”

Alice Ruiz; em Dois em um

Questão 05. Observe os versos: “de que seda /é tua pele?” neles o eu lírico revela algo sobre à pessoa amada. Descreva isso.

Questão 06. Nos versos o autor emprega duas ideias contrárias e qual o objetivo desse recurso?

Questão 07. Qual significado a palavra cedo pode ter em cada um dos versos do poema?

Questão 08. O poema é composto por seis estrofes, quatro se iniciam por uma forma interrogativa (“de que”, “que”) e no final tem um ponto de interrogação. É uma construção linguística que contribui para caracterizar os sentimentos do eu lírico?


Elegia
Ganhei (perdi) meu dia.
E baixa a coisa fria
Também chamada noite, e o frio ao frio
em bruma se entrelaça, num suspiro.
E me pergunto e me respiro
na fuga deste dia que era mil
para mim que esperava
os grandes sóis violentos, me sentia
tão rico deste dia
e lá se foi secreto, ao serro frio (…)
Carlos Drummond de Andrade

Questão 09. (FUNCEFET) Dos versos, podemos entender que:

a) O poeta sente tristeza ao chegar da noite negra e fria.

b) O poeta exprime um sentimento de calma, ao cair de uma noite de inverno.

c) O poeta sente-se satisfeito por mais um dia longo de inverno, e lembra-se com saudade dos dias quentes e alegres do verão.

d) O poeta está sentindo que está próximo ao fim da vida e faz um retrospecto agoniante, confrontando o muito que espera e o nada que tem nas mãos.

e) O poeta sente-se tão perdido que não se importa nem com os dias de sol, nem com as noites frias.


Questão 10. (FUNCEFET) Associe as duas colunas e marque a alternativa que apresenta a sequência correta:

1. O Marcelo foi meu professor.
2. Havia umas 10 pessoas na festa.
3. O cantar do galo me despertou.

( ) O artigo denota valor aproximado.
( ) O artigo denota intimidade.
( ) O artigo substantiva a palavra que antes era verbo.

a) 1-2-3
b) 3-1-2
c) 2-3-1
d) 1-3-2
e) 2-1-3


Questão 11. (FUNCEFET) Marque a alternativa correta quanto à concordância verbal:

a) Qual de vós vão acertar?
b) Nenhum de nós falaremos.
c) Meu óculos sumiu.
d) Mais de um aluno acertaram a questão.
e) Grande parte dos alunos fez boa prova.


Questão 12. (FUNCEFET) “ Os conflitos de guerra marcaram a infância de Charles Opiro, 15, e de Lina Akello, 17. Eles tiveram de pegar em armas, ver amigos morrerem e passar fome em seu país, Uganda. Brincar não era coisa para crianças-soldados.” (ROMEU, Gabriela. Folha de S.Paulo, São Paulo, 21 abr.2001. Folhinha, p.4-6. Fornecido pela Folhapress.) Sobre os verbos destacados, podemos afirmar que:

a) Estão conjugados no presente do indicativo.
b) Estão apresentados na forma nominal do infinitivo.
c) Estão conjugados no pretérito perfeito do indicativo.
d) Estão apresentados na forma nominal do particípio.
e) Estão apresentados no pretérito imperfeito do indicativo.

Gabarito com as respostas da lista de exercícios sobre Interpretação de Poemas para o 9º Ano do ensino Fundamental:

01. O poeta se dirige a pessoa amada.
02. ” …os olhos teus/são cais noturnos/cheios de adeus/são docas mansa/Trilhando luzes…”
03. O assunto é o profundo sentimento do poeta pela pessoa amada.
04. Seus olhos escuros são calmos,profundos e cheios de mistérios.

05. Ele revela que o toque na pele da pessoa amada é bom, suave. Percebe-se sensibilidade ao toque.

06. As ideias são de sofrimento e esperança. E o recurso é usado para mostrar que o amor pode causar sofrimento, mas também pode fazer as pessoas sonharem com a felicidade.

07. a) Cedo (verbo e verbo): eu cedo e nem penso muito, penso pouco e cedo mais;
b) Cedo (verbo e advérbio):Eu cedo antes do que penso;
c) Cedo (advérbio e advérbio): o amor me vence cedo / logo, antes mesmo do que eu pensava.

08. Sim, pois revela um eu lírico calmo em relação ao que sente e à pessoa amada.

09. A;
10. E;
11. E;
12. B;

Encontrou um erro nas questões ou no Gabarito? Avise-nos através do email: [email protected]

Deixe um comentário