Atividades de Português sobre Orações Coordenadas

01. Orações Coordenadas: A oração “Não se verificou, todavia, uma transplantação integral de gosto e de estilo” tem valor:

A) conclusivo
B) adversativo
C) concessivo
D) explicativo
E) alternativo


02. (UERJ-2001)
“A Internet é o portal da nova era, mas apenas 3% da população brasileira têm hoje acesso à rede.” (‘O Globo’. 09/07/2000)

Analisando o emprego do conectivo MAS na construção acima, é possível concluir que, além de ligar duas partes da frase, ele desempenha a seguinte função:
a) reafirmar o significado da primeira parte.
b) permitir a compreensão interna das duas frases.
c) desfazer a ambiguidade de sentido da primeira parte.
d) evidenciar uma relação de sentido entre as duas partes.


03. (Agente Educacional – VUNESP – 2013-adap.) Releia o seguinte trecho:
Joyce e Mozart são ótimos, mas eles, como quase toda a cultura humanística, têm pouca relevância para nossa vida prática.

Sem que haja alteração de sentido, e de acordo com a norma padrão da língua portuguesa, ao se substituir o termo em destaque, o trecho estará corretamente reescrito em:
A) Joyce e Mozart são ótimos, portanto eles, como quase toda a cultura humanística, têm pouca relevância para nossa vida prática.
B) Joyce e Mozart são ótimos, conforme eles, como quase toda a cultura humanística, têm pouca relevância para nossa vida prática.
C) Joyce e Mozart são ótimos, assim eles, como quase toda a cultura humanística, têm pouca relevância para nossa vida prática.
D) Joyce e Mozart são ótimos, todavia eles, como quase toda a cultura humanística, têm pouca relevância para nossa vida prática.
E) Joyce e Mozart são ótimos, pois eles, como quase toda a cultura humanística, têm pouca relevância para nossa vida prática.


04. Orações Coordenadas: (Analista Administrativo – VUNESP – 2013-adap.)
Em – …fruto não só do novo acesso da população ao automóvel mas também da necessidade de maior número de viagens… –, os termos em destaque estabelecem relação de

A) explicação.
B) oposição.
C) alternância.
D) conclusão.
E) adição.


05. (Cesgranrio) Assinale a classificação correta da oração destacada:
“Caíra no fim do pátio, debaixo de um juazeiro, depois tomara conta da casa deserta”

a) subordinada adverbial temporal.
b) subordinada adverbial proporcional.
c) subordinada adverbial consecutiva.
d) coordenada sindética conclusiva.
e) coordenada assindética.


06. Orações Coordenadas: A frase abaixo em que o conectivo E tem valor adversativo é:

A) “O gesto é fácil E não ajuda em nada”.
B )“O que vemos na esquina E nos sinais de trânsito…”.
C) “..adultos submetem crianças E adolescentes à tarefa de pedir esmola”.
D) “Quem dá esmola nas ruas contribui para a manutenção da miséria E prejudica o desenvolvimento da sociedade”.
E) “A vida dessas pessoas é marcada pela falta de dinheiro, de moradia digna, emprego, segurança, lazer, cultura, acesso à saúde E à educação”.


07. Assinale a alternativa em que o sentido da conjunção sublinhada está corretamente indicado entre parênteses.

A) Meu primo formou-se em Direito, porém não pretende trabalhar como advogado. (explicação)
B) Não fui ao cinema nem assisti ao jogo. (adição)
C) Você está preparado para a prova; por isso, não se preocupe. (oposição)
D) Vá dormir mais cedo, pois o vestibular será amanhã. (alternância)
E) Os meninos deviam correr para casa ou apanhariam toda a chuva. (conclusão)


08. (IFAL-2018) “Não queria arrancar-lhe as ilusões. Também ele, em criança, e ainda depois, foi supersticioso, teve um arsenal inteiro de crendices, que a mãe lhe incutiu e que aos vinte anos desapareceram. No dia em que deixou cair toda essa vegetação parasita, e ficou só o tronco da religião, ele, como tivesse recebido da mãe ambos os ensinos, envolveu-os na mesma dúvida, e logo depois em uma só negação total. Camilo não acreditava em nada. Por quê? Não poderia dizê-lo, não possuía um só argumento; limitava-se a negar tudo. E digo mal, porque negar é ainda afirmar, e ele não formulava incredulidade; diante do mistério, contentou-se em levantar os ombros, e foi andando.”
(MACHADO DE ASSIS. Obras completas em quatro volumes, volume 2. São Paulo: Editora Nova Aguilar, 2015, p. 435)

Assinale a opção em que não haja correspondência de ideias com a frase: “E digo mal, porque negar é ainda afirmar…”
a) E digo mal, pois que negar é ainda afirmar…
b) E digo mal, porquanto negar é ainda afirmar…
c) E digo mal, pois negar é ainda afirmar…
d) E digo mal, visto que negar é ainda afirmar…
e) E digo mal, conquanto negar é ainda afirmar…


09. Um livro de receita é um bom presente porque ajuda as pessoas que não sabem cozinhar. A palavra “porque” pode ser substituída, sem alteração de sentido, por

A) entretanto.
B) então.
C) assim.
D) pois.
E) porém.


10. Orações Coordenadas: Na oração “Pedro não joga e nem assiste”, temos a presença de uma oração coordenada que pode ser classificada em:

A) Coordenada assindética;
B) Coordenada assindética aditiva;
C) Coordenada sindética alternativa;
D) Coordenada sindética aditiva.


11. Orações Coordenadas: “estudamos, logo deveremos passar nos exames”. A oração em destaque é:

a) coordenada explicativa
b) coordenada adversativa
c) coordenada aditiva
d) coordenada conclusiva
e) coordenada assindética


12. Orações Coordenadas: Analise a oração destacada: Não se desespere, que estaremos a seu lado sempre.

Marque a opção correta quanto à sua classifcação:
A) Coordenada sindética aditiva.
B) Coordenada sindética alternativa.
C) Coordenada sindética conclusiva.
D) Coordenada sindética explicativa.


13. Orações Coordenadas: Analise sintaticamente as duas orações destacadas no texto
“O assaltante pulou o muro, mas não penetrou na casa, nem assustou seus habitantes.” A seguir, classifique-as, respectivamente, como coordenadas:

A) adversativa e aditiva.
B) explicativa e aditiva.
C) adversativa e alternativa.
D) aditiva e alternativa.

🔵 >>> Confira nossa lista com todos os exercícios de Língua Portuguesa.

Gabarito com as respostas dos exercícios de Língua Portuguesa sobre as Orações Coordenadas para Concurso Público:

Gabarito do exercício 01. B;

Gabarito do exercício 02. D;

Gabarito do exercício 03. D;

Gabarito do exercício 04. E;

Gabarito do exercício 05. E;

Gabarito do exercício 06. A;

Gabarito do exercício 07. B;

Gabarito do exercício 08. E;

Gabarito do exercício 09. D;

Gabarito do exercício 10. D

Gabarito do exercício 11. E

Gabarito do exercício 12. D

Gabarito do exercício 13. A

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

2 comentários em “Atividades de Português sobre Orações Coordenadas”

Deixe um comentário