O Crescimento e a Distribuição da População Simulado

01. Crescimento e a Distribuição da População: (UFPE–2007) Um estudo sobre a dinâmica e a distribuição da população de uma determinada área é realizado a partir do conhecimento e da compreensão dos seus indicadores demográficos. Em relação a alguns desses indicadores, analise as proposições a seguir.
( ) A densidade demográfica é obtida a partir da divisão da superfície territorial de um lugar pela sua população absoluta.
( ) O crescimento vegetativo é calculado com base nas taxas de natalidade, de mortalidade e de migração.
( ) O superpovoamento de uma área não é identificado apenas pela densidade demográfica, mas também pelas condições socioeconômicas existentes.
( ) A taxa de mortalidade infantil identifica o número de óbitos de crianças menores de um ano.
( ) A taxa de fecundidade é um indicador populacional que influencia diretamente o comportamento de um outro indicador, o da natalidade.

 


02. (UFSC) Com base na tabela que trata da população absoluta e relativa dos países mais populosos do mundo, e nos seus conhecimentos sobre esse assunto, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).


Os países mais populosos

PaísPopulação absoluta
(milhões de
habitantes)
População
relativa
(hab./km
2)
1. China 1 250 136
2. Índia 1 000 330
3. EUA 276 29
4. Indonésia 208 110
5. Brasil 169,5 20
6. Rússia 147 9
7. Paquistão 152 199
8. Bangladesh 127 966
9. Japão 126 333
10. Nigéria 120 175

Fonte: VESENTINI, J. William. Brasil Sociedade & Espaço: Geografia do Brasil. São Paulo: Ática, 2002, p. 143.

 

01. O Brasil é um país bastante povoado.
02. O Brasil é um país populoso.
04. O Brasil é um país populoso e bastante povoado.
08. Comparado aos principais países mais populosos do mundo, o Brasil possui uma baixa população relativa.
16. Por ser um país bastante povoado, o Brasil não exige políticas de desenvolvimento regional para a ocupação do território.
Soma ( )

 


03. Crescimento e a Distribuição da População: (PUC Rio–2006) A taxa de crescimento populacional atual da Rússia é negativa: a população do país diminuiu em 286 mil pessoas no primeiro quadrimestre deste ano. O número de mortes no país é, em média, 70% superior ao número de nascimentos. A diminuição vem ocorrendo desde o desmantelamento da União Soviética, em 1991. Essa situação é decorrência:
A) dos fluxos migratórios em direção à Europa Ocidental.
B) da rigorosa política de governo de controle da natalidade.
C) do aumento da mortalidade na base e no corpo da pirâmide etária.
D) do elevado número de idosos e da baixa taxa de fecundidade.
E) das mudanças ocorridas na economia do país a partir da desestruturação da União Soviética.

 


04. (PUCPR–2007) Confira com atenção o gráfico a seguir.

Fonte: United Nation Population Division, 2003. MAGNOLI, Demétrio; ARAÚJO, Regina. Projeto de Ensino de Geografia: geografia geral. Fig. 6, p. 140.

A miséria e as doenças a ela correlacionadas explicam os elevados índices de mortalidade na porção da África que se estende desde o deserto do Saara até o extremo sul desse continente. Tanto a África do Norte, como a América Latina e Caribe apresentam, no entanto, índices menores de mortalidade do que a Europa. Isso se deve principalmente a quê?

A) Mudanças culturais, relacionadas a formas racionais de uso do solo, melhorias alimentares e de higiene têm reduzido os índices de mortalidade das populações da África Setentrional, América Latina e Caribe.
B) Há grande porcentagem de idosos caracterizando a estrutura etária da maioria dos países europeus.
C) Os países da África do Norte e da América Latina têm melhorado significativamente os seus índices de desenvolvimento humano, superando até vários países do continente europeu.
D) A população de migrantes latino-americanos e africanos no continente europeu tem contribuído para o desenvolvimento socioeconômico de seus países de origem com o envio de parte de seus recursos financeiros.
E) O atual contexto econômico mundial caracterizado pelo predomínio do neoliberalismo tem contribuído para a redução das desigualdades socioeconômicas inter-regionais.

 


05. Crescimento e a Distribuição da População: (UFMG–2008) Analise este gráfico, em que estão representadas curvas de dependência da população brasileira:

Proporção de crianças e idosos dependentes, para cada grupo de 100 adultos

Fonte: Folha de S. Paulo. São Paulo. 22 jan. 2006. Caderno Dinheiro (Adaptação).

Observe que, nesse gráfico, a curva de dependência total descreve dois movimentos ascendentes – um já concretizado e outro projetado. Esses movimentos são causados por modificações no comportamento dos indicadores demográficos, as quais, entre outros fatores, decorrem da evolução da economia do país e do nível de informação da sua população. Considerando as informações contidas nesse gráfico e outros conhecimentos sobre o assunto:

1. IDENTIFIQUE e EXPLIQUE dois indicadores demográficos cujo comportamento pode ser responsabilizado por esses movimentos ascendentes na curva de dependência total da população brasileira.
2. Responda: Que período da evolução da curva de dependência total da população brasileira pode ser considerado o mais favorável ao crescimento econômico do país?
JUSTIFIQUE sua resposta.

 

A Estrutura Interna da Terra Exercícios.

 

06. Crescimento e a Distribuição da População: (UFG-GO–2007) Observe o gráfico a seguir.
Brasil: taxas de natalidade, mortalidade e crescimento vegetativo, 1872-2000

IBGE. Anuário Estatístico do Brasil, 1982. Censo demográfico 2000.

A diferença entre as taxas de natalidade e de mortalidade indica aumento, redução ou estabilização na taxa de crescimento vegetativo. A leitura e a interpretação do gráfico demonstram que o crescimento vegetativo
A) aumenta quando as taxas de natalidade e de mortalidade são elevadas.
B) estabiliza-se quando a taxa de natalidade é maior que a de mortalidade.
C) é maior quando a diferença entre as taxas de natalidade e de mortalidade é elevada.
D) é baixo quando a taxa de mortalidade é menor que a de natalidade.
E) aumenta quando as taxas de natalidade e mortalidade são baixas.

 


07. Crescimento e a Distribuição da População: (Mackenzie-SP–2010)
Fertilidade total entre 2005-2010
Variação Média (crianças por mulher)

A respeito dos índices de crescimento populacional no mundo, assinale a alternativa INCORRETA.
A) Na atualidade, verifica-se uma queda dos índices de natalidade, embora em alguns países as taxas se mantenham elevadas.
B) No Brasil, o índice, desde 1920, obedece a sucessivos recuos, graças ao processo de substituição de importações, que impulsionou a indústria nacional nessa mesma década, absorvendo muita mão de obra.
C) Devido à intensa urbanização, as pessoas passaram a ter acesso aos métodos anticoncepcionais, o que facilitou a redução do número de filhos por família.

D) No meio urbano, a necessidade da mão de obra feminina estimula o aprimoramento profissional. Para esse grupo, sucessivas gestações comprometeriam o padrão de vida da família e a possível ascensão profissional.
E) A dinâmica do crescimento populacional no mundo está sendo alterada nas últimas décadas, devido aos avanços na medicina, ao aumento do acesso à educação e ao saneamento básico.

 


08. Crescimento e a Distribuição da População: (UFF-RJ) O Censo 2000 do IBGE registrou, conforme ilustra o gráfico a seguir, significativa redução do número médio de pessoas na família em todo o país.

Número médio de pessoas na família

Fonte: Censo 2000, IBGE.
Assinale a alternativa que apresenta considerações ADEQUADAS acerca dessa redução quantitativa de componentes da família brasileira.
A) A redução do número médio de membros das famílias no país está associada, sobretudo nas áreas de fronteira agrícola, às péssimas condições sanitárias e à concentração de terras que impedem o pleno desenvolvimento das famílias.
B) As políticas demográficas natalistas nas duas últimas décadas do século XX, implementadas pelo Governo Federal, foram malsucedidas, uma vez que o Brasil apresenta queda no número médio de pessoas nas famílias em todo o país.
C) A grande migração da população do campo para as cidades, fenômeno característico da segunda metade do século passado, é a principal responsável pela redução das famílias em grande parte do país, sobretudo nas periferias e nas favelas das grandes metrópoles.
D) A grande diferença do número médio de membros das famílias rurais e urbanas resultou do baixo nível cultural da população camponesa, incapaz de adotar um planejamento familiar mais eficaz.
E) A adoção do modo de vida urbano, pelo campo, implicando o estímulo ao consumo de bens, à utilização de serviços e às práticas de lazer, bem  como as mudanças culturais nos relacionamentos interpessoais, contribuíram para a redução do número médio de pessoas nas famílias em todo o país.

 

09. Crescimento e a Distribuição da População: (UNESP-SP) Os gráficos representam duas tendências mundiais. Analise-os e assinale a alternativa que está relacionada com o constante aumento do número de pessoas com 65 anos ou mais.

Média do número de filhos por mulher

Centro de Estudos Internacionais e Estratégicos, 2001.
A) Diminuição da expectativa de vida e do número médio de filhos por mulher em todos os países.
B) Aumento da expectativa de vida e alta taxa de fertilidade por mulher, no período 1995-2000, no Japão, na Alemanha e na Itália.
C) Aumento da expectativa de vida e diminuição da taxa de fertilidade por mulher em todos os países.
D) Diminuição da expectativa de vida e da taxa de fertilidade por mulher nos países desenvolvidos.
E) Aumento da expectativa de vida e queda na taxa de fertilidade por mulher exclusivamente no Canadá, na Alemanha e no Brasil, no período 1960-2000.

 


10. Crescimento e a Distribuição da População:  U. Católica de Salvador-BA Dentre os fatores que causam o crescimento da população das cidades nordestinas destaca-se:
a) o crescimento expressivo da massa viária;
b) a melhor distribuição de renda;
c) a maior oferta de emprego no setor industrial;
d) a expansão da atividade comercial formal;
e) o incentivo do Governo Federal, visando atrair mão-de-obra;

 

🔵 >>> Veja também a nossa lista completa de Questões sobre Geografia.

 

Gabarito com as respostas dos exercícios de geografia sobre o Crescimento e a Distribuição da População:

01. F F V V V;
02. Soma =10;
03. D; 04. B;

05. 1. Indicador demográfico 1: Expectativa de vida.
Explicação: Devido à melhora das condições de vida da população e ao envelhecimento da mesma, ocorre o aumento desse indicador – expectativa de vida.

Indicador demográfico 2: Taxa de natalidade.
Explicação: A redução do número de jovens – redução da taxa de natalidade – contribui para a redução do volume da população adulta em alguns anos, a médio e a longo prazo.
2.
Período: 2000-2030 Justificativa: Período em que a relação de dependência está mais favorável devido ao maior tamanho da população em idade economicamente ativa, ou em idade de trabalho, em relação à população dependente (crianças e idosos).

 

06. C;

07. B;

08. E;

09. C;

10. A

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário