Lista com 10 Exercícios sobre os Vírus com Gabarito

01. Exercícios sobre os Vírus: (UFBA) A caracterização do vírus como ser vivo está relacionada com a sua capacidade de

A) sobreviver em meios de cultura artificiais mantidos em laboratório.
B) realizar a síntese de proteínas, utilizando seus próprios ribossomos.
C) reproduzir-se e sofrer modificações nas suas características hereditárias.
D) apresentar, simultaneamente, moléculas de DNA e de RNA na sua organização.
E) fabricar seu próprio alimento quando em vida livre, e armazená-lo para uso, quando cristalizado.


02. (FCMMG) Os vírus apresentam material genético representado por ácido nucleico, mas não possuem a maquinaria das organelas celulares.

Tal constatação implica que:
A) os antibióticos conhecidos não destroem os vírus.
B) os vírus são parasitas intracelulares obrigatórios.
C) as doenças viróticas são mais difíceis de serem curadas.
D) os vírus podem ser classificados como células incompletas (eucariontes).
E) os invólucros proteicos dos vírus são agregados aos mesmos a partir de outros seres, como bactérias, como se fosse um empréstimo.


03. Exercícios sobre os Vírus: (UFBA) No mundo dos excessivamente pequenos, encontram-se os vírus, que se caracterizam por serem:

A) organismos vivos que se apresentam sob uma mesma forma.
B) agentes infecciosos específicos de células animais.
C) estruturalmente semelhantes às células vegetais.
D) de composição química essencialmente lipoglucídica.
E) de crescimento e multiplicação restritos ao interior das células que parasitam.


04. (UNIMEP-SP) Alguns vírus atacam e destroem bactérias e por isso receberam o nome de bacteriófagos ou simplesmente fagos. Com relação a esses vírus, afirma-se que

A) são constituídos quimicamente de moléculas de hidrocarbonetos.
B) possuem grandes quantidades de mitocôndrias e ergastoplasma, essenciais para que possam reproduzir.
C) são constituídos de uma cápsula proteica e de um miolo de DNA, sendo apenas o DNA injetado na bactéria.
D) são constituídos de nucleoproteínas e penetram inteiros dentro da bactéria, multiplicando-se, então, por cissiparidade.
E) são células procarióticas que parasitam bactérias, terminando por destruí-las.


05. (FUVEST-SP) Os vírus:

A) possuem genes para os três tipos de RNA (ribossômico, mensageiro e transportador), pois utilizam apenas aminoácidos e energia das células hospedeiras.
B) possuem genes apenas para RNA ribossômico e para RNA mensageiro, pois utilizam RNA transportador da célula hospedeira.
C) possuem genes apenas para RNA mensageiro e para RNA transportador, pois utilizam ribossomos da célula hospedeira.
D) possuem genes apenas para RNA mensageiro, pois utilizam ribossomos e RNA transportador da célula hospedeira.
E) não possuem genes para qualquer um dos três tipos de RNA, pois utilizam toda a maquinaria de síntese de proteínas da célula hospedeira.


06. Exercícios sobre os Vírus: (UFF-RJ) Relativamente aos vírus, afirma-se, CORRETAmEnTE, que,

A) no caso dos retrovírus, que causam diversos tipos de infecções, a enzima transcriptase reversa catalisará a transformação do DNA viral em RNA mensageiro.
B) em qualquer infecção viral, o ácido nucleico do vírus tem a capacidade de se combinar quimicamente com substâncias presentes na superfície das células, o que permite ao vírus reconhecer e atacar o tipo de célula adequado a hospedá-lo.
C) no caso dos vírus que têm como material genético o DNA, este será transcrito em RNA mensageiro que comandará a síntese das proteínas virais.
D) em qualquer infecção viral, é indispensável que o capsídeo permaneça intacto para que o ácido nucleico do vírus seja transcrito.
E) em todos os vírus que têm como material genético o RNA, este será capaz de se duplicar sem a necessidade de se transformar em DNA, originando várias cópias na célula hospedeira.


07. (Enem) É importante não confundir vírus com viroides. Os viroides são constituídos apenas por uma molécula de ácido nucleico. O primeiro viroide foi descoberto ao se procurar identificar o agente causador de uma doença de batata (doença do tubérculo afilado) o qual se supunha ser um vírus. Observou-se que o agente patógeno da doença é constituído exclusivamente por uma molécula de ácido ribonucleico (RNA). Posteriormente, descobriu-se que outras doenças vegetais também são causadas por viroides. Nos organismos parasitados, os viroides se localizam, de preferência, e talvez exclusivamente, no interior dos núcleos celulares, em intima associação com a cromatina. O mecanismo de multiplicação dos viroides ainda é pouco conhecido.

De acordo com o texto, os viroides
A) possuem organização celular procariota.
B) não possuem capsômeros.
C) são fragmentos de ácidos nucleicos dos vírus.
D) são patógenos que parasitam os vírus.
E) podem realizar ciclo lítico ou ciclo lisogênico.


08. (UNIRIO-RJ) Todos os vírus:

A) só se reproduzem no interior de células vivas.
B) são parasitas de vegetais superiores.
C) são patogênicos para o homem.
D) podem ser observados ao microscópio óptico.
E) são bacteriófagos.


09. (UNESP-SP–2009) O dogma central da biologia, segundo o qual o DNA transcreve RNA e este orienta a síntese de proteínas, precisou ser revisto quando se descobriu que alguns tipos de vírus têm RNA por material genético. Nesses organismos, esse RNA orienta a transcrição de DNA, num processo denominado transcrição reversa. A mesma só é possível quando

A) a célula hospedeira do vírus tem, em seu DNA nuclear, genes para a enzima transcriptase reversa.
B) a célula hospedeira do vírus incorpora ao seu DNA o RNA viral, que codifica a proteína transcriptase reversa.
C) a célula hospedeira do vírus apresenta, no interior de seu núcleo, proteínas que promovem a transcrição de RNA para DNA.
D) o vírus de RNA incorpora o material genético de um vírus de DNA, que contém genes para a enzima transcriptase reversa.
E) o vírus apresenta, no interior de sua cápsula, proteínas que promovem na célula hospedeira a transcrição de RNA para DNA.


10. Exercícios sobre os Vírus: (FCMMG)
experimento marcação das proteínas do gabo com 35S e 32P
O esquema anterior representa um experimento cujo objetivo é demonstrar que apenas o material genético do vírus bacteriófago (DNA) penetra na bactéria parasitada.

Para se conseguirem os bacteriófagos marcados, o procedimento CORRETO é:
A) aplicar radiações aos vírus normais que se transformarão em vírus marcados, por meio de processos de mutações.
B) infectar, com vírus normais, bactérias cultivadas em meios de cultura distintos que contenham enxofre e fósforo marcados.
C) cultivar os vírus normais, em meios de culturas estéreis e assimbióticos, com enxofre e fósforo marcados, para que possam assimilar esses elementos.
D) alimentar os vírus com substâncias que contenham enxofre e fósforo marcados, para que essas substâncias sejam incorporadas normalmente pelo metabolismo viral.

🔵 >>> Confira nossa lista com todos os exercícios de Parasitologia.

Gabarito com as respostas dos melhores Exercícios sobre os Vírus para passar no Enem e Vestibular:

Gabarito do exercício 01. C;

Gabarito do exercício 02. B;

Gabarito do exercício 03. E;

Gabarito do exercício 04. C;

Gabarito do exercício 05. D;

Gabarito do exercício 06. C;

Gabarito do exercício 07. B;

Gabarito do exercício 08. A;

Gabarito do exercício 09. E;

Gabarito do exercício 10. B

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário