Exercícios de Imunologia sobre Anticorpos

Questão 01 sobre Anticorpos: (Uemg/2014) Um homem levou uma pessoa a um hospital, pedindo socorro urgente e alegando que tal pessoa havia sido mordida por uma cobra. O médico pediu-lhe, então, que descrevesse a cobra que havia  causado o acidente, e o homem fez o seguinte desenho, com algumas das características da cabeça da cobra:

veneno de cobra exercício

Para salvar a vida do paciente, o procedimento imediato adotado pelo médico, após ver o desenho, deveria ser:

a) receitar antibióticos para combater as infecções bacterianas provocadas pela mordida da cobra.
b) encaminhar o paciente a um posto de vacinação para que lhe fosse aplicada uma vacina específica.
c) aplicar soro antiofídico, porque se trata, com certeza, de uma cobra peçonhenta.
d) receitar medicamentos antialérgicos para combater possíveis reações provocadas pela mordida da cobra.

🔴 Está com dúvidas? Veja nosso resumo sobre os Leucócitos.


Questão 02. (Enem/2014)

diferentes formas de produção e aplicação de imunobiológicos

Embora sejam produzidos e utilizados em situações distintas, os imunobiológicos l e II atuam de forma semelhante nos humanos e equinos, pois

a) conferem imunidade passiva.
b) transferem células de defesa.
c) suprimem a resposta imunológica.
d) estimulam a produção de anticorpos.
e) desencadeiam a produção de antígenos.


Questão 03. (Fmp/2014) O gráfico a seguir ilustra a resposta imunológica de um indivíduo frente a duas exposições a um agente infeccioso, em relação à produção de anticorpos.

resposta imunológica a duas exposições a um agente infeccioso

Observando-se o gráfico, notam-se diferenças na resposta entre a primeira e a segunda infecções. A principal diferença entre as duas infecções e a sua justificativa correspondente são, respectivamente:

a) a resposta imunológica à segunda infecção ocorreu mais rápida e intensamente, pois a primeira infecção gerou uma memória imunológica.

b) a resposta primária não alcançou o nível de anticorpos capaz de reagir com o antígeno, pois somente no segundo contato as células de memória produziram os anticorpos.

c) a resposta secundária foi muito maior, pois a carga do antígeno se acumulou ao longo das duas infecções.

d) o pico de produção de anticorpos ocorreu mais cedo na primeira infecção, pois houve a adaptação do sistema imune.

e) uma maior produção de anticorpos ocorreu na primeira infecção, pois acarretou a ativação de células de memória.


Questão 04. Considere as seguintes afirmativas:

I. Os anticorpos, que são proteínas, funcionam como substância de defesa.
II. Antígenos são moléculas capazes de induzir a produção de anticorpos pelo sistema imunológico.
III. As células especializadas na produção e liberação de anticorpos são os linfócitos T.

Assinale:
a) se somente I estiver correta.
b) se somente II estiver correta.
c) se somente III estiver correta.
d) se I e II estiverem corretas.
e) Se todas estiverem corretas.


Questão 05. (UFPR) Quando o corpo humano é invadido por elementos estranhos, o sistema imunológico reage. No entanto, muitas vezes o ataque é tão rápido que pode levar a pessoa à morte. A vacinação permite ao organismo preparar sua defesa com antecedência. Mas, se existe suspeita de mal já instalado, é recomendável o uso do soro, que combate de imediato os elementos estranhos, enquanto o sistema imunológico se mobiliza para entrar em ação.

Considerando essas informações, o soro específico deve ser usado quando
a) um idoso deseja se proteger contra gripe.
b) uma criança for picada por cobra peçonhenta.
c) um bebê deve se imunizado contra poliomielite.
d) uma cidade quer prevenir uma epidemia de sarampo.
e) uma pessoa vai viajar para região onde existe febre amarela.


Questão 06. (Enem) Estima-se que haja atualmente no mundo 40 milhões de pessoas infectadas pelo HIV (o vírus que causa a AIDS), sendo que as taxas de novas infecções continuam crescendo, principalmente na África, Ásia e Rússia. Nesse cenário de pandemia, uma vacina contra o HIV teria imenso impacto, pois salvaria milhões de vidas. Certamente seria um marco na história planetária e também uma esperança para as populações carentes de tratamento antiviral e de acompanhamento médico.
TANURI, A.; FERREIRA JUNIOR, O. C. Vacina contra Aids: desafios e esperanças. Ciência Hoje (44) 26, 2009 (adaptado).

Uma vacina eficiente contra o HIV deveria
a) induzir a imunidade, para proteger o organismo da contaminação viral.

b) ser capaz de alterar o genoma do organismo portador, induzindo a síntese de enzimas protetoras.

c) produzir antígenos capazes de se ligarem ao vírus, impedindo que este entre nas células do organismo humano.

d) ser amplamente aplicada em animais, visto que esses são os principais transmissores do vírus para os seres humanos.

e) estimular a imunidade, minimizando a transmissão do vírus por gotículas de saliva.


Questão 07. (Unicamp simulado) A figura abaixo representa a resposta imunitária de uma criança vacinada contra determinada doença, conforme recomendação dos órgãos públicos de saúde.

Após a dose de reforço, a resposta imunitária da criança é mais rápida, porque
a) a quantidade do anticorpo específico inoculado na dose de reforço é maior.

b) a quantidade do antígeno específico inoculado na dose de reforço é maior.

c) o antígeno específico inoculado na dose de reforço é reconhecido pelas células de memória produzidas pelo organismo quando foi sensibilizado pela primeira dose.

d) o anticorpo específico inoculado na dose de reforço é reconhecido pelas células de memória produzidas pelo organismo quando foi sensibilizado pela primeira dose.


Questão 08. A capacidade de um indivíduo reconhecer um agente estranho em um segundo contato é conhecido como:

a) imunização passiva.
b) imunização ativa.
c) variabilidade antigênica.
d) memória imunológica.
e) resposta imunológica primária.


Questão 09. (Unifesp) A revista “Veja” (28/7/2004) noticiou que a quantidade de imunoglobulina extraída do sangue dos europeus é, em média, de 3 gramas por litro, enquanto a extraída do sangue dos brasileiros é de 5,2 gramas por litro.

Assinale a hipótese que pode explicar corretamente a causa de tal diferença.
a) Os europeus tomam maior quantidade de vacinas ao longo de sua vida.
b) Os brasileiros estão expostos a uma maior variedade de doenças.
c) Os antígenos presentes no sangue do europeu são mais resistentes.
d) Os anticorpos presentes no sangue do brasileiro são menos eficientes.
e) Os europeus são mais resistentes às doenças que os brasileiros.


Questão 10. (Fuvest) Qual das seguintes situações pode levar o organismo de uma criança a tornar-se imune a um determinado agente patogênico, por muitos anos, até mesmo pelo resto de sua vida?

a) Passagem de anticorpos contra o agente, da mãe para o feto, durante a gestação.
b) Passagem de anticorpos contra o agente, da mãe para a criança, durante a amamentação.
c) Inoculação, no organismo da criança, de moléculas orgânicas constituintes do agente.
d) Inoculação, no organismo da criança, de anticorpos específicos contra o agente.
e) Inoculação, no organismo da criança, de soro sanguíneo obtido de um animal imunizado contra o agente.


🔵 >>>  Confira a lista completa de exercícios sobre Fisiologia.


Gabarito com as respostas da lista com 10 questões de Imunologia sobre os Anticorpos:

01. c;
02. d;
03. a;
04. d;
05. b;

06. a;
07. d;
08. d;
09. b;
10. c

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário