Exercícios sobre Impactos Ambientais com Gabarito

01. Impactos Ambientais: (FCMMG–2006)

O mercúrio utilizado pelos garimpeiros em mineração de ouro é um poluente do meio ambiente que se incorpora à cadeia alimentar.
Pelo esquema anterior, que retrata o ciclo desse metal, podemos concluir:
A) O mercúrio tem efeito cumulativo; uma vez ingerido, não é eliminado.
B) O baixo índice de mercúrio nas plantas não representa nenhum perigo para o homem.
C) Animais aquáticos apresentam elevados índices de mercúrio por absorvê-lo diretamente do meio em que vivem.
D) A taxa de mercúrio em peixes independe de estes serem herbívoros ou carnívoros.

 

 

02. (Fatec-SP–2010)
Novo e maior inimigo do ozônio
O óxido nitroso (N2O) se tornou, entre todas as substâncias emitidas por atividades humanas, a que mais danos provoca à camada de ozônio, que é responsável pela proteção das plantas, animais e pessoas contra o excesso de radiação ultravioleta emitida pelo Sol.
O óxido nitroso superou os clorofluocarbonetos (CFCs), cuja emissão na atmosfera tem diminuído seguidamente por causa de acordos internacionais conduzidos com essa finalidade. Hoje, de acordo com pesquisas, as emissões de N2O já são duas vezes maiores do que as de CFCs. O óxido nitroso é emitido por fontes naturais (bactérias do solo e dos oceanos, por exemplo) e como subproduto dos métodos de fertilização na agricultura; de combustão; de tratamento de esgoto e diversos processos industriais. Atualmente, um terço da emissão do gás deriva de atividades humanas.
Segundo os pesquisadores, como o óxido nitroso também é um gás de efeito estufa, a redução de suas emissões por atividades humanas seria uma boa medida tanto para a camada de ozônio como para o clima.
AGêNCIA FAPESP, 28 ago. 2009 (Adaptação).

Considere as afirmações feitas sobre o texto:
I. Atividades humanas, como a agricultura, e diversos processos industriais emitem a maior parte do óxido nitroso hoje presente na atmosfera.
II. Uma das principais medidas para a preservação da camada de ozônio é a redução da quantidade de bactérias do solo e oceanos.
III. A redução das emissões de CFCs e do óxido nitroso é importante para a preservação da camada de ozônio e para a diminuição do aquecimento global.
Está CORRETO o contido em:
A) III, apenas.
B) I e II, apenas.
C) I e III, apenas.
D) II e III, apenas.
E) I, II e III.

 

 

03. (VUNESP) A seguinte afirmação é INCORRETA:
A) A contínua expansão de terras cultivadas e o controle químico de ervas e insetos estão produzindo alterações ecológicas.
B) O uso agrícola de inseticidas e herbicidas é responsável pela gradual extinção de algumas espécies animais.
C) Alguns inseticidas se tornaram insuficientes, com o tempo, porque induziram nos insetos mutações que os tornaram resistentes.
D) A poluição das águas por detritos industriais provoca grande empobrecimento da fauna e da flora aquática.
E) A poluição do ar, nas grandes cidades, aumenta a incidência de doenças das vias respiratórias.

 

 

04. (UFMG) As condições climáticas, tipo de solo, disponibilidade de água e alimentos, características atmosféricas, distribuição da fauna e da flora não são as mesmas em todas as regiões brasileiras, que apresentam uma grande variedade de espécies animais e vegetais. Para que um animal ou planta sobreviva, é necessário que o meio possua características de um hábitat adequado, ideal para cada espécie. Em consequência do avanço tecnológico, o homem vem alterando o meio ambiente de maneira inadequada, levando várias espécies de animais e plantas a uma ameaça constante de extinção.
Um exemplo disto é o que está ocorrendo a uma espécie de sagui, o Callithrix flaviceps, pequeno primata encontrado em certas áreas do Sudeste brasileiro e que tem o seu hábitat reduzido a cada dia. Visando à manutenção do equilíbrio ecológico, o procedimento mais CORRETO para evitar a extinção do Callithrix flaviceps é:
A) introduzir numerosos casais desses saguis em áreas de reflorestamento com eucalipto.
B) eliminar espécies predadoras.
C) colocar grande número desses saguis nos zoológicos de todo o país.
D) interferir geneticamente, induzindo tal espécie a uma adaptação mais rápida a novos ambientes.
E) preservar áreas naturais onde vivem esses saguis, transformando-as em reservas biológicas.

 

 

05. Impactos Ambientais: (UFV-MG) Num lago, poluído por produtos clorados (DDT, por exemplo), o grupo da cadeia trófica que deverá apresentar maior concentração do produto é:
A) peixes planctófagos.
B) peixes carnívoros.
C) aves piscívoras.
D) fitoplâncton.
E) zooplâncton.

 

Exercícios sobre Poluição e Desequilíbrios Ambientais.

 

06. (FCMMG)

O desenho anterior representa um fenômeno conhecido como “efeito estufa”, que tem provocado o aquecimento excessivo da Terra devido:
A) aos grandes desmatamentos.
B) ao degelo das calotas polares.
C) ao aumento da taxa de gás carbônico.
D) à diminuição da camada de ozônio.

 

 

07. (Enem–2005) Moradores de três cidades, aqui chamadas de X, Y e Z, foram indagados quanto aos tipos de poluição que mais afligiam as suas áreas urbanas. Nos gráficos a seguir, estão representadas as porcentagens de reclamações sobre cada tipo de poluição ambiental.

Considerando a queixa principal dos cidadãos de cada cidade, a primeira medida de combate à poluição em cada uma delas seria, respectivamente:

 

08. Impactos Ambientais: (Enem–1998) Um dos índices de qualidade do ar diz respeito à concentração de monóxido de carbono (CO), pois esse gás pode causar vários danos à saúde.
A tabela a seguir mostra a relação entre a qualidade do ar e a concentração de CO.

Qualidade do ar

Concentração de CO – p.p.m.* (média de 8 h)

Inadequada

15 a 30

Péssima

30 a 40

Crítica

Acima de 40

*p.p.m. (parte por milhão) = 1 micrograma de CO por grama de ar 10-6 g.
Para analisar os efeitos do CO sobre os seres humanos, dispõe-se dos seguintes dados:

Concentração de CO (p.p.m.)

Sintomas em seres humanos

10

Nenhum

15

Diminuição da capacidade visual

60

Dores de cabeça

100

Tonturas, fraqueza muscular

270

Inconsciência

800

Morte

Suponha que você tenha lido em um jornal que na cidade de São Paulo foi atingido um péssimo nível de qualidade do ar. Uma pessoa que estivesse nessa área poderia:
A) não apresentar nenhum sintoma.
B) ter sua capacidade visual alterada.
C) apresentar fraqueza muscular e tontura.
D) ficar inconsciente.
E) morrer.

 

 

09. (PUC Minas–2006)
Aquecimento global pode dividir a Amazônia Eventos climáticos externos, como secas induzidas pelo aquecimento global e pelo desmatamento, podem dividir a Amazônia em duas e transformar em Cerrado uma área de 600 mil quilômetros quadrados. O alerta é de pesquisadores que fizeram um mapa das áreas mais sensíveis da Floresta à seca, usando os registros de precipitação dos últimos cem anos. O grupo de cientistas descobriu que uma faixa de mata correspondente a 11% da área da Floresta tem padrões de precipitação mais semelhantes aos do Cerrado. Essa seria a primeira zona a “tombar” caso se confirmem cenários propostos de “savanização” (conversão em Cerrados) da Amazônia.
FOLHA DE S. PAULO, 16 fev. 2006.

Com base no assunto apresentado, assinale a afirmativa INCORRETA:
A) Essa “Amazônia seca” possui vegetação com maiores índices de evapotranspiração, e seus solos tendem a ficar mais secos durante os meses sem água do que solos de regiões úmidas.
B) Em caso de transformação da Floresta em Cerrado, a área se tornaria muito mais vulnerável a incêndios florestais, que poderiam mudar também a cobertura vegetal.
C) Um desses fatores de transformação pode ser o desmatamento, já que boa parte das chuvas na Floresta Tropical é gerada, dentro da própria mata, por evaporação de água do solo e das folhas.
D) Outro fator considerado seria o aquecimento global, porém em menor proporção, pois não afeta as regiões não desmatadas.

 

 

10. (Enem–2004) No verão de 2000 foram realizadas, para análise, duas coletas do lixo deixado pelos frequentadores em uma praia no litoral brasileiro. O lixo foi pesado e classificado. Os resultados das coletas feitas estão na tabela a seguir:

DADOS OBTIDOS (em área de cerca de 1 900m2)

COLETA DE LIXO

1a coleta

2a coleta

PESO TOTAL

8,3 Kg

3,2 Kg

Itens de plástico

399 (86,4%)

174 (88,8%)

Itens de vidro

10 (2,1 %)

03 (1,6%)

Itens de metal

14 (3,0%)

07 (3,6%)

Itens de papel

17 (3,7%)

06 (3,0%)

NÚMERO DE PESSOAS NA PRAIA

270

80

CIêNCIA HOJE (Adaptação).
Embora fosse grande a venda de bebidas em latas nessa praia, não se encontrou a quantidade esperada dessas embalagens no lixo, o que foi atribuído à existência de um bom mercado para a reciclagem de alumínio.
Considerada essa hipótese, para reduzir o lixo nessa praia, a iniciativa que mais diretamente atende à variedade de interesses envolvidos, respeitando a preservação ambiental, seria:
A) proibir o consumo de bebidas e de outros alimentos nas praias.
B) realizar a coleta de lixo somente no período noturno.
C) proibir a comercialização apenas de produtos com embalagens.
D) substituir embalagens plásticas por embalagens de vidro.
E) incentivar a reciclagem de plásticos, estimulando seu recolhimento.

 

 

11. Impactos Ambientais: (FCMMG–2006)

O crescimento das emissões de dióxido de carbono na atmosfera começou no século XVIII e acelerou nos últimos cinquenta anos, de acordo com o gráfico anterior. Sobre esse fenômeno, podemos afirmar, EXCETO:
A) Pode comprometer a sobrevivência de espécies marinhas e dos polos.
B) Tem provocado a redução das calotas de gelos polares.
C) É a causa principal do aquecimento global da Terra, devido ao efeito estufa.
D) É responsável pelas Tsunami que provocam enchentes e inundações.

 

🔵 >>> Veja a nossa lista completa de exercícios sobre Ecologia.

Gabarito com as respostas do simulado de Ecologia sobre Impactos Ambientais:

01. A;
02. A;
03. C;
04. E;
05. C;
06. C;
07. E;
08. B;
09. D;
10. E;
11. D

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos: