Exercícios de Ecologia sobre Poluição Marinha

01. Poluição Marinha: UFF-RJ Um grupo de biólogos pretende avaliar a contaminação marinha por hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, substâncias lipossolúveis e, potencialmente, carcinogênicas.
a) Assinale, nos parênteses correspondentes, toda alternativa que menciona os animais a serem escolhidos, preferencialmente, como bioindicadores pelo grupo de biólogos.
( ) camarão e cianofíceas
( ) mexilhão e peixes
( ) zooplâncton e algas
b) Explique cada escolha feita no item anterior.

 

 

02. UFBA O gráfico apresenta dados referentes a fontes de poluição dos oceanos, o que constitui uma agressão ambiental com efeitos em toda a biosfera.

principais fontes de poluição marinha

Em relação a agentes poluidores e suas repercussões sobre a vida, pode-se dizer:
01. Fontes terrestres respondem pelos poluentes que chegam aos oceanos.
02. O plástico constitui-se uma “praga” para os mares, pois a inexistência de sistemas enzimáticos capazes de degradá-lo prolonga a sua permanência no ambiente.
04. Os produtores são os mais afetados por metais pesados como o mercúrio porque neles se concentram as mais elevadas taxas desses poluentes.
08. As regiões costeiras sofrem maior impacto da poluição, por serem os “berçários naturais” de grande parte da fauna marinha.
16. A natureza das fontes de poluição dos mares revela a completa independência dos oceanos em relação aos demais ecossistemas.
32. Um indicador utilizado para se avaliar a balneabilidade das praias é o percentual de coliformes fecais detectados em amostras de água.
Dê, como resposta, a soma das alternativas corretas.

 

 

03. UFR-RJ Observe o esquema:

acumulo de inseticida nos animais

 

LNHARES, S. & F. G. Biologia hoje. Rio, Ática, 1997, p. 237. v.3

A. O inseticida é absorvido por algas microscópicas.
B. Cada animal microscópico como muitas algas, absorvendo o inseticida de todas essas algas.
C. Cada peixe pequeno come muitos animais microscópicos com inseticida.
D. Cada peixe grande come muitos peixes pequenos.
E. Ao longo de sua vida, o pássaro come muitos peixes.

a) Como é chamado o acúmulo crescente de substâncias não biodegradáveis desde os produtores até os consumidores mais avançados?
b) Explique o porquê de produtos não biodegradáveis tenderem a se concentrar ao longo das cadeias alimentares.

 

Exercícios sobre Poluição Hídrica.

 

04. UFPI A mídia freqüentemente mostra episódios de acidentes de vazamentos de óleo nos oceanos, os quais podem ser bastante devastadores. No entanto, somente 5% da poluição por óleo nos oceanos é devida a grandes acidentes de vazamentos. A agressão silenciosa, representada pelas operações rotineiras em embarcações, terminais e outras instalações petrolíferas, apesar de ter menos apelo, representam 90% da contaminação.
Assinale a alternativa que mostra corretamente uma das conseqüências deste tipo de poluição.
a) A luz que penetra abaixo de uma mancha de óleo é maior que a luz que penetra em águas claras, aumentando assim a taxa de fotossíntese com conseqüente desequilíbrio na cadeia alimentar.
b) O óleo compromete os ecossistemas aquáticos por causar danos as aves aquáticas que perdem a capacidade de isolamento térmico, em virtude de suas penas ficarem encharcadas de óleo.
c) O óleo compromete os ecossistemas aquáticos por causar aumento na quantidade de oxigênio dissolvido debaixo da mancha de óleo, desequilibrando assim a cadeia alimentar marinha.
d) Sendo mais denso que a água, o óleo precipita-se nos oceanos, comprometendo todo o ecossistema marinho devido a sua toxicidade aos organismos nectônicos e bentônicos.
e) Apesar de comprometer diretamente apenas o fitoplâncton marinho, o dano é devastador porque irá afetar indiretamente os consumidores primários, secundários e terciários.

 

 

05. UFSC
“Durante 4 horas, um volume estimado em 1,34 milhões de litros de óleo vazou de um duto da refinaria de Duque de Caxias, causando o maior desastre ecológico já ocorrido na Bahia da Guanabara. (…) A mancha de óleo se estendia (…), projetando-se dos manguezais de Duque de Caxias…”
Trecho do artigo: 500 anos de degradação.
Revista Ciência Hoje, 27 (158): 2000. p. 42-43.

Assinale a(s) proposição(ões) verdadeira(s) sobre a ação do petróleo e suas conseqüências com relação ao meio ambiente e aos seres vivos que nele habitam.
01. A fina camada de óleo sobrenadante, dispersa na superfície da água, reduz a capacidade da absorção de luz na água, afetando significativamente a atividade fotossintetizante das algas.
02. No controle desse poluente, podem ser utilizados detergentes, pois não são nocivos aos organismos marinhos, e servem para dispersar e emulsionar o óleo.
04. A utilização de certas bactérias decompositoras promove a degradação do petróleo, e representa uma das medidas adequadas para a recuperação desse ambiente.
08. A maior parte do petróleo ficou concentrada na zona costeira, principalmente nos manguezais, destruindo esse “berçário de vida”, além de afetar a vida, por exemplo, dos pescadores e catadores de caranguejo da região.
16. Os problemas provocados pelo desastre ecológico, na baía da Guanabara, foram minimizados, pois os técnicos e biólogos se uniram, removendo o poluente em poucas horas.
Dê como resposta a soma das alternativas corretas.

 

🔵 >>> Veja a nossa lista completa de exercícios sobre Ecologia.

 

Gabarito com as respostas das atividades de Ecologia sobre Poluição Marinha:

01. a) mexilhão e peixes.
b) Os mexilhões (mariscos) são organismos filtradores, isto é, filtram a água para se alimentarem, concentrando, portanto, os poluentes.
Os poluentes lipossolúveis são, também, absorvidos pelos produtores e consumidores primários marinhos, passando para os consumidores secundários e assim por diante. Como cada organismo de um nível trófico superior geralmente alimenta-se de diversos organismos de nível trófico inferior, o peixe, por estar no nível trófico superior, tende a acumular quantidades elevadas de poluentes.

02. 01 + 02 + 08 + 32 = 43

03. a) magnificação trófica.
b) Porque os produtores não biodegradáveis não participam do metabolismo e a sua eliminação é difícil. Além disso, devido à redução da biomassa na passagem de um nível trófico para outro, a concentração do produto tóxico vai aumentando nos organismos ao longo da cadeia.
Conseqüentemente, os organismos dos últimos níveis tróficos acabam absorvendo doses altas dessas substâncias prejudiciais à saúde.

04. b
05. 1 + 4 + 8 = 13

Deixe um comentário