Exercícios de Física sobre Estática

01. Estática: (MACK-SP) – Querendo-se arrancar um prego com um martelo, conforme mostra a figura, qual das forças indicadas (todas elas de mesma intensidade) será mais eficiente?

a) A

b) B

c) C

d) D

e) E

 

 

02. (UFSM) – Segundo o manual da moto Honda CG125, o valor aconselhado do torque, para apertar a porca do eixo dianteiro, sem danificá-la, é 60 Nm.

Usando uma chave de boca semelhante à da figura, a força que produzirá esse torque é:

a) 3,0 N

b) 12,0 N

c) 30,0 N

d) 60,0 N

e) 300,0 N

 

 

03. Estática: (UERJ) – Na figura abaixo, o dente inciso central X estava deslocado alguns milímetros para a frente.

Um ortodontista conseguiu corrigir o problema usando apenas dois elásticos idênticos, ligando o dente X a dois dentes molares indicados na figura pelos números de 1 a 6. A correção mais rápida e eficiente corresponde ao seguinte par de molares:

a) 1 e 4

b) 2 e 5

c) 3 e 4

d) 3 e 6

 

 

04. (Fuvest-SP) – Um mesmo pacote pode ser carregado com cordas amarradas de várias maneiras. A situação, dentre as apresentadas, em que as cordas estão sujeitas a maior tensão é:

a) A

b) B

c) C

d) D

e) E

 

 

05. Estática: (Unic-MT) – A barra homogênea de peso P 2 000 N está em equilíbrio sobre dois apoios. A força de reação no ponto B vale:

a) 2 000 N

b) 1 000 N

c) 1 500 N

d) 1 250 N

e) 2 250 N

 

Exercícios de Física sobre Dinâmica.

 

06. Estática: (Med. Catanduva-SP) – Uma barra AB, homogênea e de secção reta e uniforme, de 80 cm de comprimento e peso 50 N, está apoiada num ponto O, como mostra a figura. O peso Q é de 100 N.

Para o equilíbrio horizontal da barra AB, deve-se suspender à extremidade A um peso de:

a) 150 N

b) 250 N

c) 350 N

d) 500 N

e) 400 N

 

 

07. (UEL-PR) – Numa academia de ginástica, dois estudantes observam uma barra apoiada em dois pontos e que sustenta duas massas de 10 kg, uma de cada lado, conforme a figura a seguir.

Após consultarem o professor, obtiveram a informação de que a massa da barra era 12 kg. Dessa forma, concluíram que seria possível acrescentar em um dos lados da barra, junto à massa já existente e sem que a barra saísse do equilíbrio, uma outra massa de, no máximo:

a) 10 kg

b) 12 kg

c) 20 kg

d) 24 kg

e) 30 kg

 

 

08. Estática: (Cefet-PR) – Um menino que pesa 200 N, caminha sobre uma viga homogênea, de secção constante, peso de 600 N e apoiada simplesmente nas arestas de dois corpos prismáticos. Como ele caminha para a direita, é possível prever que ela rodará em torno do apoio B. A distância de B em que tal fato acontece, é, em metros, igual a:

a) 0,5

b) 1

c) 1,5

d) 2

e) 3

 

 

09. (MACK-SP)

Após uma aula sobre o “Princípio das Alavancas”, alguns estudantes resolveram testar seus conhecimentos num playground, determinando a massa de um deles. Para tanto, quatro sentaram-se estrategicamente na gangorra homogênea da ilustração, de secção transversal constante, com o ponto de apoio em seu centro, e atingiram o equilíbrio quando se encontravam sentados nas posições indicadas na figura. Dessa forma, se esses estudantes assimilaram corretamente o tal princípio, chegaram à conclusão de que a massa desconhecida, do estudante sentado próximo à extremidade B, é:

a) indeterminável, sem o conhecimento do comprimento da gangorra.

b) 108 kg

c) 63 kg

d) 54 kg

e) 36 kg

 

 

10. Estática: (UFGO) – Três crianças, Juquinha, Carmelita e Zezinho, de massas 40, 30 e 25 kg, respectivamente, estão brincando numa gangorra. A gangorra possui uma prancha homogênea de 4 m e massa de 20 kg.

Considerando que o suporte da gangorra seja centralizado na prancha e que g 10 m/s2, pode-se afirmar:

(01) se os meninos sentarem nas extremidades da prancha, só poderá existir equilíbrio se Carmelita sentar-se em um determinado ponto da prancha do lado de Juquinha;

(02) se Carmelita sentar-se junto com Zezinho, bem próximos da extremidade da prancha, não existirá uma posição em que Juquinha consiga equilibrar a gangorra;

(04) se Juquinha sentar-se, no lado esquerdo, a 1 m do centro da gangorra, Zezinho terá que se sentar no lado direito e a 1,6 m do centro, para a gangorra ficar em equilíbrio;

(08) se Juquinha sentar-se na extremidade esquerda (a 2 m do centro) e Zezinho na extremidade direita, haverá equilíbrio se Carmelita sentar-se a 1 m à direita do suporte;

(16) numa situação de equilíbrio da gangorra, com as três crianças sentadas sobre a prancha, a força normal que o suporte faz sobre a prancha é de 950 N;

(32) com Juquinha e Zezinho sentados nas extremidades da prancha, a gangorra tocará no chão no lado de Juquinha. Nesse caso, Zezinho ficará em equilíbrio porque a normal, que a prancha faz sobre ele, anula seu peso.

 

🔵 >>> Verifique todos os nossos exercícios e atividades de Física.

 

Gabarito com as respostas das atividades de Física sobre Estática:

01. C;

02. E;

03. D;

04. A;

05. D;

06. C;

07. D;

08. E;

09. D;

10. 02 + 04 + 08 + 16 = 30