Fisiologia do Sistema Excretor Questões – 03

21. UEL-PR. . Fisiologia do Sistema Excretor:

O esquema a seguir mostra parte de um animal.

image

Uma tal organização dos nefrídios, do sistema nervoso e do celoma encontra-se em:

a) minhocas.

b) caramujos.

c) gafanhotos.

d) planárias.

e) ouriços-do-mar.

 

 

22. UFMG. Fisiologia do Sistema Excretor:

Observe a figura a seguir.

image

O animal representado vive em regiões áridas e possui urina muito hipertônica em relação ao sangue.

Todas as alternativas apresentam adaptações desse animal ao meio ambiente, exceto:

a) Ausência de transpiração mesmo em altas temperaturas.

b) Eliminação de amônia como produto nitrogenado.

c) Eliminação de fezes praticamente desidratadas.

d) Eliminação de pouca água na urina.

e) Hábitos noturnos e ocupação de buracos na terra durante o dia.

 

 

23. Cesgranrio-RJ

Durante o desenvolvimento filogenético, o sistema excretor dos animais aumenta em complexidade, de forma a poder oferecer aos mais evoluídos um processo adequado de eliminação de resíduos. Ao mesmo tempo, este sistema especializou-se na melhor conservação de substâncias essenciais às funções do organismo.

Questões sobre a Fisiologia do Sistema Excretor para estudantes do ensino superior em medicina, enfermagem e biologia.

Correlacione no quadro de opções a seguir as formas de excreção ou osmorregulação com os respectivos organismos desenhados e numerados.

image

 

 

24. PUC-RJ. Fisiologia do Sistema Excretor:

Os tipos de excretas de animais estão intimamente relacionados ao ambiente em que vivem. Assinale a alternativa que correlaciona corretamente o grupo animal e seu tipo de excreta com a justificativa ecologicamente correta:

a) peixes excretam uréia porque esta é menos tóxica e tem maior solubilidade na água.

b) mamíferos excretam amônia porque esta é mais tóxica e tem menor solubilidade na água.

c) aves excretam ácido úrico porque este é menos tóxico e tem menor solubilidade na água.

d) rãs excretam ácido úrico porque este é menos tóxico e tem maior solubilidade na água.

e) cobras excretam amônia porque esta é menos tóxica e tem menor solubilidade na água.

 

Métodos Anticoncepcionais Questões Respondidas – 02.

 

25. UFSCar-SP. Fisiologia do Sistema Excretor:

Do metabolismo das proteínas pelos animais resultam produtos nitrogenados, como a amônia, a uréia e o ácido úrico. Sobre a toxicidade, solubilidade e excreção desses produtos, pode-se dizer que:

a) a amônia é o mais tóxico deles, o que implica que deve ser eliminada praticamente à medida que vai sendo produzida, resultando em perda de grande quantidade de água pelo animal. Os peixes ósseos apresentam amônia como excreta nitrogenado.

b) a uréia é praticamente insolúvel em água, o que implica que o animal não precisa recrutar grande quantidade de água para promover sua excreção. Por ser pouco tóxica, pode ser retida pelo organismo por mais tempo. Aves e répteis apresentam excretas desse tipo.

c) o ácido úrico é o mais tóxico dos excretas nitrogenados, o que implica em ter que ser eliminado rapidamente do organismo. Contudo, por apresentar alta solubilidade, necessita de pequenas quantidades de água para ser eliminado. Essa economia hídrica mostra-se adaptativa ao modo de vida dos insetos.

d) a uréia apresenta o maior grau de toxicidade e a mais baixa solubilidade, o que implica na ne-cessidade de grandes volumes de água para sua diluição e excreção. A excessiva perda de água representa desvantagem aos organismos com excretas desse tipo, tais como os mamíferos.

e) a amônia apresenta baixa toxicidade e é praticamente insolúvel em água, o que permite que seja mantida por mais tempo no organismo. Além disso, a amônia é compatível com o desenvolvimento do embrião fora do corpo materno e dentro de um ovo fechado, o que ocorre nas aves e nos répteis. Esse embrião morreria caso produzisse uréia ou ácido úrico.

 

 

26. UERJ

Foram utilizados, em um experimento, dois salmões,

X e Y, de mesmo sexo, peso e idade. O salmão X foi aclimatado em um aquário contendo água do mar, e o salmão Y, em um aquário similar com água doce. As demais condições ambientais nos dois aquários foram mantidas iguais e constantes.

Observe, no gráfico a seguir, os resultados das medidas, nesses peixes, de dois parâmetros em relação ao íon Na+: taxa de absorção intestinal e taxa de excreção pelo tecido branquial.

image

Considerando o exposto, explique:

a) as diferenças encontradas entre os peixes nos valores dos parâmetros medidos e identifique o tipo de aclimatação que corresponde aos pontos 1 e 2 do gráfico;

b) a atuação do rim no processo de controle hídrico de salmões adaptados em água do mar e em água doce.

 

 

27. Unicamp-SP. Fisiologia do Sistema Excretor:

Aves excretam ácido úrico; mamíferos excretam uréia. Como esses produtos de excreção relacionam-se com o tipo de desenvolvimento embrionário desses animais?

 

 

28. UEL-PR. Fisiologia do Sistema Excretor:

Considere as listas a seguir referentes a estruturas e funções do sistema excretor humano.

I. néfron III. uretra

II. bexiga IV. ureter

A. condução de urina para o meio externo

B. produção de urina

C. armazenamento de urina

D. condução de urina até o órgão armazenador Assinale a alternativa que associa corretamente cada estrutura à sua função.

a) IA, IIB, IIIC, IVD d) IC, IIA, IIID, IVB

b) IB, IIC, IIIA, IVD e) ID, IIC, IIIB, IVA

c) IB, IID, IIIC, IVA

 

🔵 >>> Confira a lista completa de exercícios sobre Fisiologia.

<<< Veja também a primeira parte.

<<< Veja também a segunda parte desta.

 

Gabarito com as respostas de fisiologia do sistema excretor:

21. A 22. B 23 . B

24. C 25. A

 

26. a) Taxa de absorção intestinal: – Salmão X – é elevada

porque o peixe bebe a água salgada para evitar a desidratação provocada pelo meio externo hipertônico;

– Salmão Y – é baixa porque o peixe não bebe água doce, por tender a uma hiper-hidratação devido ao meio externo hipotônico.

Taxa de excreção branquial: – Salmão X – é alta para compensar a entrada excessiva desse íon;

– Salmão Y – é baixa porque o peixe precisa reter sódio.

Ponto 1 – em água doce.

Ponto 2 – em água do mar.

 

b) Em água salgada, o rim praticamente não elimina urina para reter a maior quantidade possível de água, devido à tendência do peixe em desidratar-se. Em água doce, o rim excreta uma grande quantidade de urina diluída para evitar a tendência a hiper-hidratação.

 

27. Embriôes de aves se desenvolvem dentro de um ovo com casca e dispõem de uma quantidade restrita de água. Por isso acumulam ácido úrico, praticamente insolúvel e pouco tóxico. Durante o desenvolvimento os mamíferos excretam a uréia através da placenta, na circulação materna, sem problemas de acumulação.

 

28. B

Spread the love

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.