Resumo sobre o Sistema Excretor

O Resumo sobre o Sistema Excretor e os Processos necessários para a regulação do meio interno:

  • Excreção de resíduos metabólicos;
  • Regulação na concentração de íons;
  • Regulação no equilíbrio ácido-base;
  • Regulação da quantidade de água.

– Os resíduos de um processo geralmente são as matérias-primas de outros.

 

– Os resíduos Celulares produzidos:

  • Em maior quantidade é o CO2;
  • Em segundo lugar são resíduos nitrogenados, resultantes da quebra de aminoácidos;
    • Ex: Amônia;
    • A degradação de aminoácidos libere o grumo amina (-NH2) que é convertido em outro composto nitrogenado para ser excretado.

 

– Animais Amoniotélicos: São os animais que excretam resíduos nitrogenados na forma de amônia pela superfície do corpo através de suas brânquias ou rins.

  • São animais aquáticos como os peixes e girinos de anfíbios;
  • A amônia é muito tóxica e solúvel em água.

 

– Animais uricotélicos: São os animais que eliminam ácido úrico.

  • É menos tóxico do que a amônia;
  • É insolúvel na água;
  • Nas aves e nos répteis ele é eliminado pela cloaca.

 

– Animais uriotélicos: Estes animais eliminam os resíduos nitrogenados em forma de ureia.

  • Mamíferos e anfíbios adultos;
  • É menos tóxico que a amônia e mais tóxico que o ácido úrico;
  • Gasta menos energia que o ácido úrico;
  • Aminoácido -> amônia -> fígado -> ureia;
  • A ureia produzida pelo fígado é liberada na corrente sanguínea e excretada pelos rins na urina.

 

– Rins:

  • Está presente nos cordados;
  • Em par;
    • Um do lado direito e outro do lado esquerdo da coluna vertebral;
    • O direito está em uma linha um pouco abaixo que o esquerdo;
  • Apresenta forma semelhante a um feijão de cor vermelho escuro;
    • Pesa aproximadamente 150gr e possui entre 11 e 12 cm;
    • O tamanho aproximado de um punho fechado.
  • Fica protegido pelas costelas flutuantes;
  • Funções:
    • Filtragem de sangue: aproximadamente 180L/dia;
      • 99% do que é filtrado é reabsorvido;
      • 1% vira urina.
    • Reabsorção de substancias;
    • Excreção:
      • Excesso de substâncias como água, eletrólitos… e toxinas.
    • Controla as concentrações de vários íons;
    • Participam de processos bioquímicos como:
    • Produz urina ácida ou alcalina afim de regular o Ph sanguíneo;

 

  • Anatomia do Rim:
    • Cápsula renal:
      • É a camada mais externa que reveste o rim;
      • É fibrosa, resistente e fornece proteção.
    • Córtex:
      • Camada posterior a capsula renal;
      • Local aonde ocorre a maior parte da filtração;
    • Pirâmides Renais:
      • Produz urina e a envia para os cálices renais.
    • Néfron:
      • Tem a função de limpar o plasma sanguíneo de substâncias que não são úteis para o organismo, que juntamente com outras substâncias compõe a urina.
      • Do córtex até as pirâmides renais;
      • Cada rim apresenta aproximadamente 1 milhão de néfrons;
      • Apresenta uma extremidade fechada chamada de Cápsula de Bowman e outra que se abre na pelve renal, onde a urina desagua no ureter.
      • Cada Cápsula de Bowman envolve um aglomerado de capilares chamados de glomérulo.
        • O sangue em alta pressão passa pelo glomérulo, ocorrendo a filtração do plasma sanguíneo que então passa para o interior da Cápsula de Bowman. OBS: as proteínas não são filtradas devido a seu peso molecular.

 

  • Filtração glomerular: Forma um liquido produzido pelo glomérulo chamado de liquido glomerular que ocorre no processo de filtração glomerular, sendo muito semelhante ao plasma sanguíneo.

 

  • Ultrafiltração: É uma filtração que ocorre em alta pressão.

 

  • Túbulos renais: É uma parte do néfron que contém o liquido glomerular. Pode ser subdividido em 4 segmentos:
    • Tubo contorcido proximal;
    • Alça de Henle (absorve boa parte da água);
    • Tubo contorcido distal;
    • Tubo coletor (também absorve boa parte da água).

 

  • Caminho da urina:
    • Pirâmides renais (forma a urina) -> cálices renais -> pelve -> ureter -> bexiga -> uretra.

 

  • Bexiga: A urina é levada do ureter até a bexiga aonde ela é armazenada e posteriormente eliminada pela uretra.

 

  • Hormônios e deficiências envolvidos com a produção de urina:
    • Hormônio antidiurético (ADH): Auxilia os túbulos renais a reabsorverem mais água, desta forma os rins conseguem reter mais água.
      • É produzida no hipotálamo e secretada pela neuro-hipófise.
      • Atua nos rins aumentando a retenção de água e concentração de íons.
      • A privação de água estimula a sua produção.
      • Ela é inibida pelo álcool presente em bebidas alcoólicas, ocasionando uma maior liberação de urina.
      • Quanto maior o nível de ADH maior a absorção de água.
      • Diabetes insípido: Falta de ADH no organismo. O indivíduo pode perder até 15l de urina por dia.

 

  • Aldosterona: Controla a quantidade de sódio no sangue.
    • É secretado pelo córtex da glândula adrenal (suprarenal).
    • Diminuição na quantidade de sódio estimula a secreção de aldosterona;
    • Atua sobre os túbulos distais e túbulos coletores aumentando a reabsorção de sódio.

 

  • Fator natriurético atrial (FNA): Hormônio secretado quando a pressão do sangue nos átrios cardíacos aumenta. Causa os seguintes efeitos:
    • Constrição da arteríola eferente;
    • Dilatação da arteríola aferente do néfron.
    • Resulta em maior filtração glomerular e mais urina.

 

 

Complete os seus estudos do Resumo sobre o Sistema Excretor resolvendo alguns exercícios:

 

Continue estudando:

🔵 <<< Voltar – O Coração e a Circulação Humana.

                                    🔵 >>> Avançar – Resumo sobre o Sistema Excretor Comparado.

 

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário