Resumo sobre a Circulação nos Vertebrados: Peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos

– Circulação nos Vertebrados Peixes:

– A circulação nos peixes é simples e completa e ocorre em um só sentido.

– Coração -> brânquias -> tecidos -> coração.

Coração com 2 câmaras.

– Não ocorre a mistura do sangue venoso com o arterial.

– 1 átrio ou aurícula que recebe o sangue das veias (-O2 e +CO2).

– 1 ventrículo que recebe o sangue do átrio e o bombeia para a aorta ventral que segue para os arcos aórticos.

– Os arcos aórticos originam os capilares das brânquias.

 

– Ao fluir pelas brânquias o sangue passa pelas lamelas secundarias aonde realiza as trocas gasosas (sai CO2 e entra O2). O sangue rico em O2 também chamado de sangue arterial é distribuído por todo o corpo através de vários ramos.

 

Anfíbios:

– Circulação dupla e incompleta.

– Apresenta dois circuitos:

– Coração -> pulmão -> coração

– Coração -> tecidos -> coração.

– Coração com 2 átrios e 1 ventrículo.

– 1 átrio recebe sangue arterial dos pulmões.

– 1 átrio recebe sangue venoso dos tecidos levemente oxigenado pela respiração cutânea.

– Os dois átrios desembocam no mesmo ventrículo, misturando o sangue arterial e venoso. Posteriormente são bombeados pelos troncos arteriais simultaneamente para os pulmões e o restante do corpo.

 

Répteis:

– Circulação dupla e incompleta.

– Apresentam 2 átrios e 1 ventrículo (2 ventrículos nos crocodilianos).

– Ocorre a mistura dos sangues arterial e venoso.

– Pecilotérmico: Adaptam a temperatura corporal a temperatura do ambiente.

 

Aves e mamíferos

– Circulação fechada, dupla e completa.

– 2 átrios e 2 ventrículos.

– Não ocorre a mistura dos sangues arterial e venoso.

– As veias trazem o sangue para o coração e as artérias levam.

 

 

Complete os seus estudos resolvendo alguns exercícios sobre a Circulação nos Vertebrados:

 

Continue estudando:

🔵 <<< Voltar – Sistema Circulatório Fechado.

                                    🔵 >>> Avançar – O Coração e a Circulação Humana.

 

Cite este artigo: 

[php_everywhere]

 

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.