Trocas Gasosas nas Plantas Questões com Respostas

11. Cesgranrio-RJ. Trocas Gasosas nas Plantas:

Com relação à morfologia e função dos estômatos, assinale a opção correta:

a) São estruturas epidérmicas, e como tal não possuem cloroplastos.

b) Abrem-se quando expostos a altas temperaturas.

c) Abrem-se quando a turgescência das células guarda é alta, fechando-se quando esta é baixa.

d) Em geral encontram-se fechadas durante o dia, abrindo-se à noite.

e) Abrem-se na presença de luz porque a pressão osmótica das células-guarda diminui.

 

 

12. Vunesp. Trocas Gasosas nas Plantas:

Que semelhança existe entre os estômatos, as lenticelas e os pneumatódios?

Qual a principal região da planta onde cada uma dessas estruturas é encontrada?

 

 

13. Unifesp. Trocas Gasosas nas Plantas:

Um botânico tomou dois vasos, A e B, de uma determinada planta. O vaso A permaneceu como controle e, no vaso B foi aplicada uma substância que induziu a planta a ficar com os estômatos permanentemente fechados. Após alguns dias, a planta do vaso A permaneceu igual e a do vaso B apresentou sinais de grande debilidade, embora ambas tenham ficado no mesmo local e com água em abundância.

Foram levantadas três possibilidades para a debilidade da planta B:

I. A água que ia sendo absorvida pelas raízes não pôde ser perdida pela transpiração, acumulando-se em grande quantidade nos tecidos da planta.

II. A planta não pôde realizar fotossíntese, porque o fechamento dos estômatos impediu a entrada de

luz para o parênquima clorofiliano das folhas.

III. A principal via de captação de CO2 para o interior da planta foi fechada, comprometendo a fotossíntese.

 

A explicação correta corresponde a:

a) I

b) II

c) III

d) I e II

e) II e III

 

 

14. Unifenas-MG

Uma adaptação importante desenvolvida pelas plantas terrestres foi a capacidade de eliminar a perda de água através de revestimento impermeável e rápido fechamento dos estômatos.

Em plantas que tiveram todas as suas folhas revestidas nas duas faces com uma camada de vaselina, podemos esperar que:

a) os estômatos se abram somente para a ocorrência de transpiração.

b) os estômatos se abram para a aquisição de CO2 atmosférico.

c) a fotossíntese e a transpiração sejam prejudicadas.

d) a fotossíntese e a transpiração ocorram normalmente.

e) a fotossíntese seja aumentada.

 

 

15. Vunesp

Durante o mecanismo de abertura dos estômatos, verifica-se a ocorrência de:

a) diminuição da fotossíntese, devido à produção de CO2.

b) saída de água do interior das células-guardas.

c) entrada de íons K+ no interior das células-guardas.

d) plasmólise e diminuição da turgescência das células-guardas.

e) transformação de açúcares em amido pela fosforilação.

 

Ciclos Reprodutivos das Plantas Exercícios com Respostas.

 

16. UFSCar-SP

Considere duas plantas A e B da mesma espécie, cada uma submetida a uma condição de luminosidade e de disponibilidade de água diferente. A planta A encontra-se em ambiente bem iluminado, com suprimento insuficiente de água no solo. A planta B encontra-se em um ambiente escuro, mas com abundante suprimento de água. O comportamento dos estômatos das plantas A e B, para as situações descritas, seria o de:

a) abrir em ambas.

b) fechar em ambas.

c) abrir na planta A e fechar na planta B.

d) fechar na planta A e abrir na planta B.

e) permanecer inalterado em ambas.

 

 

17. Fuvest-SP. Trocas Gasosas nas Plantas:

Qual a alternativa que indica a seqüência que leva ao fechamento dos estômatos?

a) concentração do suco vacuolar – aumenta pressão osmótica do vacúolo – aumenta movimento da água na célula estomática – absorve

b) concentração do suco vacuolar – aumenta pressão osmótica do vacúolo – aumenta movimento da água na célula estomática – elimina

c) concentração do suco vacuolar – aumenta pressão osmótica do vacúolo – diminui movimento da água na célula estomática – absorve

d) concentração do suco vacuolar – diminui pressão osmótica do vacúolo – diminui movimento da água na célula estomática – elimina

e) concentração do suco vacuolar – diminui pressão osmótica do vacúolo – aumenta movimento da água na célula estomática – absorve

 

 

18. Mackenzie-SP

Os principais fatores que influem na abertura e fechamento dos estômatos são a intensidade luminosa, a concentração de CO2 e o suprimento de água. Assinale a melhor combinação desses três fatores para a sua abertura.

Trocas Gasosas nas Plantas

 

 

19. Fuvest-SP. Trocas Gasosas nas Plantas:

Sabe-se que os estômatos têm movimentos hidroativos e fotoativos. Podem-se observar os primeiros quando as condições de luminosidade são constantes e varia o suprimento hídrico. Os segundos se observam quando, ao contrário, variam as condições de luminosidade, mantendo-se constante o suprimento hídrico. Com umidade e com a presença de luz, os estômatos se abrem. Diante do exposto, diga o que ocorre quando, mantendo invariável o suprimento de água, coloca-se uma planta no escuro.

a) Os estômatos se abrem.

b) Os estômatos se fecham.

c) Os estômatos não alteram as suas estruturas.

d) Os estômatos se retraem para baixo da epiderme.

e) Os estômatos sofrem uma expansão para fora da epiderme.

 

 

20. UEL-PR

Observando as folhas de uma planta verifica-se que seus estômatos estão fechados. Esse fenômeno provavelmente se deve ao excesso de:

a) luz.

b) calor.

c) água

d) glicose.

e) oxigênio.

 

<<< Veja a primeira parte desta lista de exercícios.

>>> Terceira parte desta lista de exercícios.

 

>>> Confira nossa lista completa com todos os exercícios sobre Botânica.

 

Gabarito com as respostas das questões sobre Trocas Gasosas nas Plantas:

11. C

12. São estruturas que realizam trocas gasosas. Estômatos são encontrados na epiderme de folhas e caules jovens. Lenticelas aparecem no súber do caule; pneumatódios são típicos de raízes respiratórias (pneumatóforos).

13. C;

14. C;

15. C;

16. B;

17. D;

18. E;

19. B;

20. B

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário