Exercícios de Português sobre Ortografia

01. Ortografia: (TRE/AP – TÉCNICO JUDICIÁRIO – FCC/2011) Entre as frases que seguem, a única correta é:
a) Ele se esqueceu de que?
b) Era tão ruím aquele texto, que não deu para distribui-lo entre os presentes.
c) Embora devessemos, não fomos excessivos nas críticas.
d) O juíz nunca negou-se a atender às reivindicações dos funcionários.
e) Não sei por que ele mereceria minha consideração.

 


02. Ortografia: (Escrevente TJ SP – Vunesp/2013). Assinale a alternativa cujas palavras se apresentam flexionadas de acordo com a norma- -padrão.
(A) Os tabeliãos devem preparar o documento.
(B) Esses cidadões tinham autorização para portar fuzis.
(C) Para autenticar as certidãos, procure o cartório local.
(D) Ao descer e subir escadas, segure-se nos corrimãos.
(E) Cuidado com os degrais, que são perigosos!

 


03. (Agente de Vigilância e Recepção – VUNESP – 2013). Suponha-se que o cartaz a seguir seja utilizado para informar os usuários sobre o festival Sounderground.
P
rezado Usuário
________ de oferecer lazer e cultura aos passageiros do metrô, ________ desta segunda-feira (25/02), ________ 17h30, começa o Sounderground, festival internacional que prestigia os músicos que tocam em estações do metrô.
Confira o dia e a estação em que os artistas se apresentarão e divirta-se! Para que o texto atenda à norma-padrão, devem-se preencher as lacunas, correta e respectivamente, com as expressões
A) A fim …a partir … as
B) A fim …à partir … às
C) A fim …a partir … às
D) Afim …a partir … às
E) Afim …à partir … as

 


04. Ortografia: (TRF – 1ª REGIÃO – TÉCNICO JUDICIÁRIO – FCC/2011). As palavras estão corretamente grafadas na seguinte frase:
(A) Que eles viajem sempre é muito bom, mas não é boa a ansiedade com que enfrentam o excesso de passageiros nos aeroportos.
(B) Comete muitos deslises, talvez por sua espontaneidade, mas nada que ponha em cheque sua reputação de pessoa cortês.

(C) Ele era rabugento e tinha ojeriza ao hábito do sócio de descançar após o almoço sob a frondoza árvore do pátio.
(D) Não sei se isso influe, mas a persistência dessa mágoa pode estar sendo o grande impecilho na superação dessa sua crise.
(E) O diretor exitou ao aprovar a retenção dessa alta quantia, mas não quiz ser taxado de conivente na concessão de privilégios ilegítimos.

 


05. Ortografia: Em qual das alternativas a frase está corretamente escrita?
A) O mindingo não depositou na cardeneta de poupansa.
B) O mendigo não depositou na caderneta de poupança.
C) O mindigo não depozitou na cardeneta de poupanssa.
D) O mendingo não depozitou na carderneta de poupansa.

 

Atividades de Português sobre Orações Coordenadas.


06. Ortografia: (IAMSPE/SP – ATENDENTE – [PAJEM] – CCI) – VUNESP/2011) Assinale a alternativa em que o trecho –
Mas ela cresceu ... – está corretamente reescrito no plural, com o verbo no tempo futuro.
(A) Mas elas cresceram…
(B) Mas elas cresciam…
(C) Mas elas cresçam…
(D) Mas elas crescem…
(E) Mas elas crescerão…

 


07. (IAMSPE/SP – ATENDENTE – [PAJEM – CCI] – VUNESP/2011 – ADAPTADA) Assinale a alternativa em que o trecho –
O teste decisivo e derradeiro para ele, cidadão ansioso e sofredor...– está escrito corretamente no plural.
(A) Os testes decisivo e derradeiros para eles, cidadãos ansioso e sofredores…
(B) Os testes decisivos e derradeiros para eles, cidadães ansioso e sofredores…
(C) Os testes decisivos e derradeiros para eles, cidadãos ansiosos e sofredores…
(D) Os testes decisivo e derradeiros para eles, cidadões ansioso e sofredores…
(E) Os testes decisivos e derradeiros para eles, cidadães ansiosos e sofredores…

 


08. Ortografia: (MPE/RJ – TÉCNICO ADMINISTRATIVO – FUJB/2011). Assinale a alternativa em que a frase NÃO contraria a norma culta:
A) Entre eu e a vida sempre houve muitos infortúnios, por isso posso me queixar com razão.
B) Sempre houveram várias formas eficazes para ultrapassarmos os infortúnios da vida.
C) Devemos controlar nossas emoções todas as vezes que vermos a pobreza e a miséria fazerem parte de nossa vida.
D) É difícil entender o por quê de tanto sofrimento, principalmente daqueles que procuram viver com dignidade e simplicidade.
E) As dificuldades por que passamos certamente nos fazem mais fortes e preparados para os infortúnios da vida.

 


09.Assinale a alternativa cuja frase esteja incorreta:
A) Porque essa cara?
B) Não vou porque não quero.
C) Mas por quê?
D) Você saiu por quê?

 

 

10-) Ortografia: (GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS – TÉCNICO FORENSE – CESPE/2013 – adaptada) Uma variante igualmente correta do termo “autópsia” é autopsia.
( ) Certo
( ) Errado

 

🔵 >>> Confira nossa lista com todos os exercícios de Português.


Gabarito com as respostas dos exercícios de Português sobre Ortografia:


01.E; 02. D; 03. C; 04. A; 05. B; 06. E; 07. C; 08. E; 09. A; 10. Certo

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.