Civilizações Antigas Exercícios com Gabarito para passar no Enem

01. Civilizações Antigas Exercícios: Fatec-SP–2009 – As civilizações da Antiguidade Clássica – Grécia e Roma – desenvolveram uma estrutura socioeconômica alicerçada no escravismo. Sobre essa temática, pode-se afirmar que

I. a escravidão foi indispensável para a manutenção do ideal democrático em Atenas, uma vez que os cidadãos ficavam desincumbidos dos trabalhos manuais e das tarefas ligadas à sobrevivência.
II. a escravidão foi abolida em Atenas quando Péricles estabeleceu o direito político a todos os cidadãos, reconhecendo, dessa forma, a igualdade jurídica e social da população da Grécia.
III. os escravos romanos, por terem pequenas propriedades e direitos políticos, conviveram pacificamente com os cidadãos romanos, como forma de evitar conflitos e a perda de direitos.
IV. os escravos romanos, que se multiplicavam com o expansionismo de Roma, estavam submetidos à autoridade de seu senhor, e sua condição obedecia mais ao direito privado do que ao direito público.

É correto apenas o que se apresenta em
A) I e II.
B) I e IV.
C) II e III.
D) II e IV.
E) III e IV.


02. UFAL – As religiões foram importantes para construir a cultura humana, responder aos anseios e às indagações de cada época vivida. Na Antiguidade, as religiões

A) tiveram seus fundamentos baseados na observação da natureza, questionando mistérios e também o seu envolvimento com a força política.
B) trouxeram unidade cultural para os povos mais primitivos, com seus deuses portadores de mensagens éticas e libertadoras.
C) firmaram princípios importantes para a vida social, além de estarem articuladas com as relações de poder da época.
D) restringiram-se a construir rituais de oferendas às divindades, sem preocupação com princípios morais e políticos.
E) foram fundamentais para a formação dos governos imperiais, devido ao estímulo que davam aos rituais de poder.


03. UFRS – Leia os itens abaixo, que contêm possíveis condições para o surgimento do Esta- do nas sociedades da Antigüidade.

I. Gradativa diferenciação da sociedade em classes sociais, impulsionada por uma divisão social do trabalho mais intensa, capaz de produzir excedentes de ali- mentos.
II. Passagem da economia comunal para uma economia escravista, estimulada por guerras entre povos vizinhos, propiciando aumento da produção de excedentes e de trocas, com uma divisão do trabalho entre agricultura, pecuária e artesanato.
III. Constituição da propriedade da terra e do regime de servidão coletiva nas sociedades orientais para que as grandes construções públicas fossem realizadas sob orientação dos grupos dirigentes.

Quais dentre eles apresentam efetivas condições para tal surgimento?
a) Apenas I.
b) ApenasIeII.
c) Apenas I e III.
d) Apenas II e III.
e)I,IIeIII.


04. Univali-SC – A partir deste tipo de homem, atinge-se o Homo Sapiens. O homem chegou a este estágio de desenvolvimento por volta de 40.000 anos antes de Cristo. Bem diferente dos anteriores, este tipo de homem era alto, possuía membros retos e peito amplo, fronte mais alta, queixo arredondado. Sua grande capacidade craniana demonstra eleva- do grau de inteligência, que provou através do aperfeiçoamento da arte, da magia e da vida social. O texto acima refere-se ao:

a) homo Neanderthalensis;
b) homo habilis e o Pithecanthropus;
c) homo Heidelbergensis;
d) homem de Cro-Magnon;
e) javantropo.


05. UFGO-PS – Na Antigüidade, havia diversos padrões de apropriação dos bens e recursos necessários à sobrevivência, entre os quais se destacava a terra.
Sobre tais padrões, julgue os itens abaixo, colocando (c) para as certas e (e) para as erradas.

( ) Na Mesopotâmia, os camponeses trabalhavam terras que eram consideradas propriedade dos deuses. Corporações de sacerdotes administravam a produção, a partir de cada uma das cidades-estado que disputavam entre si as terras cultiváveis.

( ) Durante a expansão romana, os soldados (advindos do campesinato) e a elite (tanto a aristocracia como os novos ricos) disputavam a propriedade das terras conquista- das. Tais conflitos ficam evidenciados nas tentativas de reforma dos irmãos Graco e nas disputas de poder nos dois triunviratos.

( ) Em Atenas, a aristocracia de origem dórica mantinha o monopólio da propriedade territorial, o que exigia uma política de expansão, como o atestam a fundação de colônias (Tarento) e a conquista do Peloponeso (seus habitantes foram transforma- dos em escravos do Estado).

( ) A mudança na estrutura da propriedade fundiária (a transformação do camponês romano em escravo) é o principal indício da crise que abalou o Baixo Império Romano (séculos III, IV, e V da nossa era).


06. Civilizações Antigas Exercícios: UFMS – Sobre o Império Bizantino, durante algum tempo também chamado de Império Romano do Oriente, é correto afirmar que:

01. a herança da filosofia grega, de enorme influência na sociedade bizantina, contribuiu para a existência de um ambiente de debates em torno de temas religiosos, a exemplo da origem e natureza de Jesus Cristo;

02. as Cruzadas contribuíram para sua decadência, pois causaram a reabertura do Mediterrâneo aos mercados ocidentais, um maior contato entre os mundos cristão ocidental, muçulmano e bizantino e o aumento do anti-semitismo na Europa;

04. a civilização bizantina exerceu pouquíssimas influências culturais sobre as sociedades medievais, principalmente sobre as eslavas;

08. em 1453, Constantinopla foi conquistada pelos turcos otomanos, liderados pelo sultão Maomé II, sendo transformada na capital do Império Otomano, momento em que seu nome foi mudado para Istambul;

16. a arte bizantina foi marcada pela fusão de elementos culturais asiáticos, gregos e latinos, condicionados pelo Cristianismo.

Dê, como resposta, a soma das alternativas corretas.


07. U. Católica-DF
“(…) quando queremos compreender o modo de vida de uma sociedade, devemos começar observando o modo pelo qual os homens produzem os meios de subsistência. O modo de agir sobre a natureza e as relações sociais que se estabeleceram entre os homens nesse processo de produção constituem uma determinada maneira de viver, decorrendo daí a forma de organização política, assim como a estrutura ideológica daquela sociedade.”
AQUINO, R. Santos Leão de e outros. História das sociedades: das comunidades primitivas às sociedades medievais.

Com base nas informações do texto, escreva V para as afirmativas verdadeiras ou F para as afirmativas falsas com referência às civilizações grega e romana.
( ) Na linha 5, “decorrente daí a forma de organização política” é correto afirmar que tanto na Grécia como em Roma o Estado nunca deixou de ser escravista.
As sociedades greco-romanas legaram para a humanidade destinos iguais, porém, intrinsecamente diferentes. A primeira imortalizou a pólis, a segunda imortalizou o Império.

( )(…)“as relações sociais que se estabeleceram entre os homens” (linhas 3 e 4) foram antagônicas entre os dois povos. Os romanos, mais heterogêneos, provocaram o nascimento das lutas de classe entre patrícios e plebeus. Como conseqüência dessa contradição, o Estado foi obrigado a codificar os costumes e as tradições patrícias em leis escritas, leis essas que eliminaram as desigualdades existentes, realidade essa não existente no mundo grego.

( ) A Filosofia, uma das mais significativas heranças culturais legadas pelos gregos para a humanidade, estabeleceu a organização política e ideológica dessa sociedade, fundamentando a razão do Estado como instituidor de valores, exigindo do cidadão uma total subordinação aos seus interesses.

( ) Na linha 6, “a estrutura ideológica” que fundamentou o Estado romano foi o Jus Gentium (Direito das Gentes), que levava em conta os interesses das comunidades submetidas a Roma. É correto afirmar que esse legado jurídico, que se tornou inter- nacional e de notável saber desde os tempos antigos, já reconhecia a mulher como partícipe da cidadania.


08. Civilizações Antigas Exercícios: UnB-DF
“Reconduzi a Atenas, pátria fundada pelos deuses, muitos que haviam sido vendidos, com justiça ou sem ela, e outros que tinham fugido forçados pela penúria, que já nem falam ático, de tanto andarem errantes por todo o lado. A outros que aqui mesmo suportavam ignóbil escravidão, trêmulos à vista dos seus senhores, tornei-os livres.”
Sólon, século V a. C.

Considerando a afirmativa acima, pronunciada por Sólon, legislador ateniense do século V a.C., julgue os itens a seguir, relativos aos aspectos políticos da Antigüidade Clássica.
( ) A Atenas do século de ouro aboliu, com base na legislação de Sólon, o escravismo,
porque a existência dessa força de trabalho contrariava os cânones da justiça civil
e, principalmente, os preceitos das doutrinas políticas da democracia ateniense.

( ) Roma, seguindo o exemplo grego, aboliu o instituto da escravidão ainda no período imperial, por ordem dos cônsules, que entendiam ser melhor liberar cativos que
demonstravam habilidades intelectuais especiais.

( ) Na Roma do período republicano, no momento que as reivindicações camponesas
restringiram as áreas de interesse à agricultura de exportação, acentuaram-se os
expedientes para se obter escravos nas províncias.

( ) A fusão da política com as armas levou o Estado espartano a dar prioridade à preparação intelectual e cívica dos seus cidadãos.


09. UFSC – As sociedades contemporâneas herdaram valores culturais significativos dos ro- manos e gregos.

Assinale a(s) proposição(ões) correta(s) relacionada(s) com essas civilizações.
01. A Filosofia grega exerceu influência marcante sobre o pensamento Ocidental, especialmente através de sábios como Platão e Aristóteles.
02. As influências do Direito Romano se fazem presente no sistema jurídico de Estados Ocidentais da atualidade como o Brasil.
04. Da língua latina originaram-se idiomas como o Português, o Espanhol e o Francês. 08. Na sociedade ateniense as mulheres participavam da administração da polis, sem restrições das leis e dos costumes.
16. A posição social das mulheres era de inferioridade, apesar de desempenharem papéis relevantes para a sociedade grega.
Dê, como resposta, a soma das alternativas corretas.


10. Civilizações Antigas Exercícios: UFRN – As sociedades que, na Antiguidade, habitavam os vales dos rios Nilo, Tigre e Eufrates tinham em comum o fato de:

a) terem desenvolvido um intenso comércio marítimo, que favoreceu a constituição de grandes civilizações hidráulicas;
b) serem povos orientais que formaram diversas cidades-estado, as quais organizavam e controlavam a produção de cereais;
c) haverem possibilitado a formação do Estado a partir da produção de excedentes, da necessidade de controle hidráulico e da diferenciação social;
d) possuírem, baseados na prestação de serviço dos camponeses, imensos exércitos que viabilizaram a formação de grandes impérios milenares.


🔵 >>> Confira todas as nossas questões sobre a História Mundial.


Gabarito com as respostas do simulado sobre Civilizações Antigas Exercícios com Gabarito para passar no Enem e vestibular:

01. A;
02. C;
03. E;
04. D;

05. C –C –E –E;

06. 27;

07. F –F –F –F –F;
08. E –E –E –E;
09. 01 + 02 + 04 + 16 = 23;

10. C;

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário