Lista de Exercícios sobre a Urbanização no Brasil

01. Urbanização no Brasil: U. F. Santa Maria-RS – Analise as seguintes afirmações sobre a urbanização brasileira:

I. O espaço urbano é fragmentado, pois a segregação social revela-se através dos condomínios residenciais, por um lado, e dos cortiços, favelas e loteamentos clandestinos, por outro.

II. Apesar da integração econômica das regiões do país, as principais cidades brasileiras estão localizadas no centro-sul e na faixa litorânea, onde são mais intensas as conexões e as trocas entre elas.

III. A dominação do espaço urbano pelo poder público impõe investimentos direcionados aos serviços sociais e de infra-estrutura, como saneamento básico, saúde, educação, transporte coletivo, básico, saúde, educação, transporte coletivo, oportunizando à população urbana o acesso à modernização.

IV. Em virtude das transformações produtivas e das novas tecnologias urbanas, a urbanização brasileira vem promovendo um aumento na qualificação, remuneração e estabilidade do emprego e, consequentemente, há melhoria nas condições de vida urbana.

Estão corretas:

a) apenas I e II.

b) apenas I e III.

c) apenas II e III.

d) apenas III e IV.

e) apenas I, II e IV.

 

 

02. UnB-DF (Modificado) – As cidades caracterizam-se por um conjunto complexo de atividades, relacionadas ao desenvolvimento da moderna sociedade urbano-industrial. No Brasil, a urbanização segue alguns aspectos singulares quanto ao seu desenvolvimento. Acerca desse processo, julgue os itens a seguir.

(01) Com a abolição da escravatura, a economia brasileira iniciou o processo de expansão do trabalho assalariado, desenvolvendo um sistema agroexportador territorialmente concentrado e comandado pelas cidades, sem proporcionar relações de integração territorial, interregionais e intersetoriais.

(02) No processo brasileiro de urbanização, as cidades constituíram-se como lugares de afluxo das correntes migratórias e de desenvolvimento do setor terciário, concentrando o emprego nos ramos de serviços e de atividades informais.

(03) A urbanização no Brasil desenvolveu-se principalmente a partir de um processo de terceirização, como consequência dos efeitos induzidos pela atividade industrial existente e pelas mudanças estruturais de produção no campo.

(04) A concentração das atividades nas metrópoles teve origem nos investimentos provenientes do Estado para a organização do território, implantando infra-estruturas que constituíram instrumento essencial do desenvolvimento urbano-industrial, em pontos seletivos do território.

Dê, como resposta, a soma das alternativas corretas.

 

 

03. UFPB – As cidades de João Pessoa e Campina Grande se destacam como as mais importantes do Estado da Paraíba. A razão de assumirem a condição de capitais regionais, polarizando, hierarquicamente, o espaço urbano paraibano, deve-se ao fato de que essas cidades:

a) exercem influência regional sobre as várias cidades a elas subordinadas, das maiores às menores.

b) polarizam cidades de todos os tipos e tamanhos, não só da Paraíba, mas também de toda a Região Nordeste e até de outras áreas do Brasil.

c) possuem um raio de ação regional restrito aos respectivos territórios municipais.

d) comandam a rede urbana da Paraíba, sem, contudo, obedecer a qualquer ordem de tamanho das cidades.

e) são os centros polarizadores do estado, devido à densidade do povoamento ser mais intensa no litoral que no sertão.

 

 

04. U. Caxias do Sul-RS – Todas as alternativas abaixo, referentes à evolução da hierarquia urbana brasileira, são corretas, EXCETO a que diz que:

a) os pequenos núcleos urbanos, até meados dos anos 70, apresentavam um isolamento da população em relação à metrópole nacional, principalmente em função das distâncias.

b) os processos de conurbação e os avanços tecnológicos favoreceram os deslocamentos, tornando as distâncias elementos superáveis, como nos movimentos pendulares.

c) a integração do território, via industrialização e transportes, a partir da década de 40, estruturou uma rede urbana nacional.

d) as metrópoles brasileiras, ao longo de sua formação, abrigaram populações oriundas dos movimentos intra e inter-regionais.

e) a ampliação da rede urbana, ao mesmo tempo que estimulou os movimentos migratórios internos, favoreceu a ampliação dos serviços e permitiu sua acessibilidade para toda a população.

 

 

05. Urbanização no Brasil: U. Salvador-BA – O processo de urbanização do Brasil foi rápido e intenso e teve como consequência:

( ) a segregação da população mais carente no espaço urbano.

( ) o uso do solo segundo os princípios ditados pelo capitalismo.

( ) os problemas de circulação.

( ) a preservação ambiental.

( ) a melhoria considerável da qualidade de vida da população que migrou do campo.

 

Lista de Atividades sobre a Urbanização Mundial.

 

06. Urbanização no Brasil: U. F. Santa Maria-RS – Observe o gráfico a seguir.

urbanização brasileira

VESENTINI, J. W. Sociedade & Espaço: Geografia do Brasil. São Paulo, Ática, 1997. p. 117.

Da leitura do gráfico, é correto afirmar:

a) Nas décadas de 40 e 50, ocorre uma diminuição da população urbana em relação à rural.

b) A partir de 1950, ocorre uma aceleração da urbanização no Brasil.

c) De 1940 a 1980, ocorre um aumento de 37% na participação da população rural, considerando o total da população brasileira.

d) De 1940 a 1980, houve uma inversão completa na situação de domicílio da população brasileira, que passou de urbana para rural.

e) Ao longo das décadas, a população rural acompanhou, numericamente, o crescimento da população urbana.

 

 

07. U. Santa Úrsula-RJ

“Hoje, há quase 3 bilhões de pessoas vivendo em cidades. Dentro de 25 anos serão 5 bilhões – mais da metade da humanidade. A população urbana está crescendo muito e criando problemas de difícil administração. Pior: está crescendo mais e mais rapidamente, em países pobres, sem dinheiro para investir em melhoramentos essenciais.”

(Revista Veja. N. 30. 28/07/1999)

A partir do texto, conclui-se que:

a) O processo de urbanização no Brasil se acentuou, a partir da década de 70, sendo altamente excludente.

b) À medida que a infra-estrutura de transporte e comunicações foi se expandindo em nosso país, todas as regiões alcançaram igual índice de urbanização.

c) Metrópoles nacionais como São Paulo e Rio de Janeiro, a partir das décadas de 70 e 80, passaram a apresentar maiores índices de crescimento populacional.

d) O subemprego hoje existente nas cidades é um reflexo da ineficiente e desajustada rede de comunicações entre a zona rural e a cidade.

e) Um ritmo de metropolização tão elevado como o do Brasil, corresponde a índices equivalentes de crescimento industrial.

 

 

08. U. E. Pelotas-RS

“Na década de 40, as cidades brasileiras eram vistas como a possibilidade de avanço e modernidade em relação ao campo (que representa o Brasil arcaico); na década de 90, sua imagem passa

a ser associada à violência, poluição, tráfego caótico, entre inúmeros outros males. (…)

Não há como definir um limite preciso entre “incluído” e “excluído”. Trabalhadores do setor

secundário (…) são excluídos do mercado imobiliário privado e freqüentemente moram em favelas. Trata-se do “produto excluído”, que é o resultado da industrialização com baixos salários.

(…)”

(MOREIRA, Igor. Construindo o Espaço Brasileiro. São Paulo. Ática, 1999. v. 2)

 

Com base no texto e em seus conhecimentos, assinale a alternativa correta:

a) O processo de urbanização, com crescimento da desigualdade, resultou numa inédita e gigantesca concentração espacial da pobreza, fato que não acontecia no latifúndio escravista colonial.

b) Os baixos salários dos trabalhadores os excluem do mercado imobiliário, já que, nas favelas, não há transações ou locações imobiliárias, como acontecia nos cortiços do período imperial.

c) O setor secundário começou a se desenvolver, no Brasil, na década de 40, incentivando o êxodo rural e sendo posterior ao processo de substituição das importações do período de Getúlio Vargas, Eurico Dutra e Juscelino Kubitschek.

d) A exclusão social tem expressão concreta na segregação espacial ou ambiental urbana, configurando pontos de concentração da pobreza, à semelhança de guetos, fato constante na história da República Brasileira.

e) As favelas são aglomerações formadas de ocupações espontâneas e ilegais de terras exclusivamente públicas, por parte de migrantes do campo – onde há escassez de terras para produzir e de empregos formais – para as cidades.

 

 

09. UFMA – As principais cidades brasileiras concentram-se na zona costeira. Assinale os itens que contêm as justificativas para esse fato.

I. A herança colonial é marcada pelo modelo econômico agroexportador.

II. A implantação do complexo urbano-industrial é uma característica do Brasil Colônia.

III. A instalação dos núcleos urbanos é favorecida pela configuração do relevo e da vegetação.

IV. A distribuição das cidades é resultado da evolução histórica do país.

V. A urbanização brasileira é semelhante ao modelo clássico dos países europeus.

a) I, III e IV estão corretas.

b) I, III e V estão corretas.

c) II, III e IV estão corretas.

d) II, IV e V estão corretas.

e) III, IV e V estão corretas.

 

 

10. UFSE – No Brasil, o IBGE define várias regiões metropolitanas. Identifique um exemplo para cada região geoeconômica.

Região geoeconômica
AmazônicaCentro-SulNordeste
A)BelémBelo HorizonteRecife
B)Porto VelhoCampo GrandeSalvador
C)BelémFlorianópolisNatal
D)ManausBelo HorizonteSão Luiz
E)ManausCampo GrandeSalvador

 

🔵 >>> Veja também a nossa lista completa de Questões sobre Geografia.

 

Gabarito com as respostas das atividades de Geografia sobre a Urbanização no Brasil:

01. A

02. 2 + 3 = 5

03. E

04. E

05. V, V, V, F, F

06. B

07. A

08. D

09. A

10. A

Deixe um comentário