Lista de Exercícios sobre o Espaço Urbano

01. Espaço Urbano: (UNESP-SP–2010) Correlacione os conceitos a seguir:

I. Urbanização.

II. Rede urbana.

III. Hierarquia urbana.

IV. Polarização.

V. Metrópole.

( ) As aglomerações urbanas mantêm e reforçam laços interdependentes entre si e com outras áreas que elas atraem. Essas áreas que sofrem atração podem, às vezes, pertencer a regiões homogêneas diversas. Essas áreas criam um sistema urbano regional mais bem definido. Portanto, as regiões, de forma geral, nada mais são do que recortes territoriais dessas áreas.

( ) A característica marcante da estrutura dos sistemas de cidades varia de acordo com seu tamanho, com a extensão de sua área de influência espacial e com a sua qualidade funcional, no que se refere aos fluxos de bens, de pessoas, de capital e de serviços. No esquema atual das relações entre as cidades, uma vila pode se relacionar diretamente com a metrópole nacional, ao contrário do esquema clássico, em que a vila se relaciona, primeiramente, com a cidade local, depois com o centro regional e, em sequência, com a metrópole regional e nacional.

( ) Processo vinculado às transformações sociais que provocam a mobilização de pessoas, geralmente, de espaços rurais para centros urbanos. Essa mobilização de pessoas é motivada pela busca por estratégias de sobrevivência, visando à inserção no mercado de trabalho, bem como na vida social e cultural do centro urbano.

( ) Conjunto articulado ou integrado de áreas urbanas que cobrem um determinado espaço geográfico e que se relacionam continuamente.

( ) Termo empregado para a cidade central de uma determinada região geográfica, densamente urbanizada, que assume posição de destaque na economia, na política, na vida cultural, etc. A mancha urbana é formada, geralmente, por cidades com tendência ao fenômeno de conurbação. Vários municípios formam uma grande comunidade, interdependente entre si e com a preocupação de resolver os problemas de interesse comum.

A sequência CORRETA obtida a partir da correlação entre os conceitos e as definições é:

A) I, II, IV, V, III.

B) II, V, I, III, IV.

C) IV, III, I, II, V.

D) III, IV, I, II, V.

E) IV, I, V, II, III.

 

 

02. (Enem–2009) Além dos inúmeros eletrodomésticos e bens eletrônicos, o automóvel produzido pela indústria fordista promoveu, a partir dos anos 1950, mudanças significativas no modo de vida dos consumidores e também na habitação e nas cidades. Com a massificação do consumo dos bens modernos, dos eletroeletrônicos e também do automóvel, mudaram radicalmente o modo de vida, os valores, a cultura e o conjunto do ambiente construído. Da ocupação do solo urbano até o interior da moradia, a transformação foi profunda.

MARICATO, E. Urbanismo na periferia do mundo globalizado: metrópoles brasileiras. Disponível em: <http://wwwscielo.br>. Acesso em: 12 ago. 2009. (Adaptação).

Uma das consequências das inovações tecnológicas das últimas décadas, que determinaram diferentes formas de uso e ocupação do espaço geográfico, é a instituição das chamadas cidades globais, que se caracterizam por:

A) possuírem o mesmo nível de influência no cenário mundial.

B) fortalecerem os laços de cidadania e de solidariedade entre os membros das diversas comunidades.

C) constituírem um passo importante para a diminuição das desigualdades sociais causadas pela polarização social e pela segregação urbana.

D) terem sido diretamente impactadas pelo processo de internacionalização da economia, desencadeado a partir do final dos anos 1970.

E) terem sua origem diretamente relacionada ao processo de colonização ocidental do século XIX.

 

 

03. (Unicamp-SP–2011) A faixa de fronteira brasileira abrange cerca de 27% do território e 5,4% da população nacional.

Cidades gêmeas – Brasil

cidades gêmeas

Disponível em: <http://www.igeo.urfj.br/fronteiras/mapas/map005.htm> (Adaptação).

Observa-se uma maior concentração de cidades gêmeas (cidades contíguas, em dois países) na região transfronteiriça da Bacia do Prata devido:

A) a questões climáticas, já que o clima é subtropical.

B) à maior concentração urbana existente na região.

C) aos incentivos de políticas governamentais que estimularam o povoamento da região.

D) à vegetação dos pampas, propícia à ocupação humana.

 

 

04. (UERJ)

São
Paulo
LondresParisNova YorkTóquio
População (milhões de habitantes)18,88,59,91935,7
PIB
(em dólares)
225
bilhões
452
bilhões
460
bilhões
1,1
trilhão
1,2
trilhão
Posição que a cidade
ocuparia, se fosse
um país, no ranking  das maiores economias
33o20o19o11o10o

No ano de 2005, segundo dados da ONU, o número de pessoas no mundo que mora em áreas urbanas ultrapassará a população que vive em áreas rurais. Entretanto, o processo de urbanização da humanidade é extremamente desigual, tanto em termos quantitativos quanto qualitativos.

As cidades da tabela fazem parte de um grupo caracterizado por uma especificidade que o distingue da maioria dos centros urbanos.

Essa especificidade está enunciada na seguinte alternativa:

A) Cidades globais polarizam a economia mundial.

B) Megacidades concentram a urbanização dos países desenvolvidos.

C) Centros urbanos com PIB elevado agregam a função de capital nacional.

D) Megalópoles abrigam a maior parte da população de baixa renda do Hemisfério Norte.

 

 

05. Espaço Urbano: (Enem–2009) As cidades não são entidades isoladas, mas interagem entre si e articulam-se de maneira cada vez mais complexa à medida que as funções urbanas e as atividades econômicas se diversificam e sua população cresce. Intensificam-se os fluxos de informação, pessoas, capital, mercadorias e serviços que ligam as cidades em redes urbanas. Sobre esse processo de complexificação dos espaços urbanos é correto afirmar que:

A) a centralidade urbana das pequenas cidades é função da sua capacidade de captar o excedente agrícola das áreas circundantes e mantê-lo em seus estabelecimentos comerciais.

B) as grandes redes de supermercados organizam redes urbanas, pois seus esquemas de distribuição atacadista e varejista circulam pelas cidades e fortalecem sua centralidade.

C) as capitais nacionais são sempre as grandes metrópoles, pois concentram o poder de gestão sobre o território de um país, além de exportarem bens e serviços.

D) o desenvolvimento das técnicas de comunicação, transporte e gestão permitiu a formação de redes urbanas regionais e nacionais articuladas a redes internacionais e cidades globais.

E) a descentralização das atividades e serviços para cidades menores ocasiona perda de poder econômico e político das cidades hegemônicas das redes urbanas.

 

Lista de Exercícios sobre os Indicadores Sociais.

 

06. Espaço Urbano: (UFF-RJ) A América Latina está se tornando uma das regiões mais urbanizadas do planeta. No próximo milênio, o percentual estimado da população urbana latino-americana é 80%. O processo de ocupação urbana, em curso no território latino-americano, apresenta, entre suas características:

A) forma difusa, que acompanha o lento êxodo rural, assinalada por uma rede urbana de pequenas cidades.

B) crescimento acelerado, particularmente após a II Guerra Mundial, e forma concentrada em uma rede urbana marcada pela presença de grandes cidades.

C) estrutura homogênea, formando uma rede de cidades médias conectadas ao desenvolvimento de atividades rurais e mineradoras.

D) função administrativa e portuária, constituindo uma rede litorânea de cidades como suporte das atividades de importação de bens.

E) conteúdo marcantemente regional das cidades e forma dispersa que obedece à disposição do relevo.

 

 

07. (UFRB-BA–2008)

Espaço Urbano - densidade de população - habitantes por km2

A partir da análise do mapa e dos conhecimentos sobre densidade demográfica e grandes cidades, pode-se concluir:

01. O Hemisfério Norte concentra a maior parte das áreas dos continentes americano, africano, asiático e a superfície total da Europa, porém, quanto à distribuição da população, é possível detectar algumas áreas muito populosas e povoadas (formigueiros humanos) e outras praticamente despovoadas (anecúmenas).

02. As maiores aglomerações urbanas do mundo, que, na primeira metade do século passado, ficavam concentradas nos países desenvolvidos, estão cada vez mais localizadas nos países em desenvolvimento da América Latina e da Ásia.

04. O atual cenário de povoamento rarefeito que caracteriza a Europa Ocidental decorre do quantitativo de perdas humanas registradas no decorrer da Primeira e da Segunda Guerra Mundial.

08. As cidades denominadas metrópoles mundiais ou cidades globais, caracterizam-se por polarizarem espaços que ultrapassam os limites nacionais, fazendo sentir sua influência econômica, cultural e política em partes do globo, às vezes, até em sua totalidade.

16. A região Sudeste brasileira contém mais da metade da população do país e apresenta, nos últimos anos, um crescimento maior da população nas capitais dos estados em relação às cidades do interior, porém, seus indicadores sociais são os piores do Brasil.

32. O crescimento de São Paulo, um dos maiores conglomerados urbanos do mundo, deu origem a uma vasta área urbana que reúne em torno dela dezenas de municípios, formando uma conurbação.

Soma ( )

 

 

08. UFGO – A disposição e as formas do relevo têm importância capital na ocupação e uso do espaço urbano, podendo determinar as áreas mais propícias ou as impróprias para determinados tipos de uso.

Sobre a influência do relevo na ocupação do espaço urbano, pode-se afirmar que:

( ) a orientação da vertente é um fator a ser observado na escolha de um terreno urbano, pois ela influencia a insolação recebida ao longo das estações do ano;

( ) as encostas íngremes de morros e outras elevações são feições geomorfológicas indicadas para edificações verticais, em virtude de sua resistência aos processos erosivos;

( ) as planícies fluviais e os fundos de vale são considerados impróprios para a ocupação densa, pois são áreas constituídas por material inconsolidado e, às vezes, sujeitas a inundações periódicas;

( ) os interflúvios planos ou de inclinação suave são geralmente as áreas mais adequadas ao adensamento de construções.

 

 

09. UFMS – Tem havido um movimento de aceleração do processo de urbanização nesse final de século que provoca mudança no espaço urbano e na vida nas cidades. Sobre esse tema, é correto afirmar que:

(01) a intensificação do processo de urbanização, quando não é acompanhada por políticas adequadas e investimentos, provoca, principalmente nas grandes metrópoles, dificuldades na circulação, poluição atmosférica, visual e sonora;

(02) o maior adensamento populacional requer políticas que priorizem transporte coletivo, para diminuir o número de veículos em circulação e aumentar a velocidade de deslocamento, além de reduzir a poluição atmosférica provocada pela emissão de gases;

(04) cidades de porte médio localizadas próximas às regiões metropolitanas também têm passado por um crescimento de população urbana que começa a viver, em menor escala, os problemas enfrentados nas grandes metrópoles;

(08) problemas urbanos são vividos apenas pela população dos países desenvolvidos industrializados porque nos países subdesenvolvidos a maior parte da população está empregada nas atividades primárias e mora na zona rural;

(16) em países desenvolvidos, o processo de urbanização tem implicado em um menor adensamento urbano, uma vez que a população tem se deslocado para o campo em busca dos incentivos destinados à atividades agroindustriais.

Dê, como resposta, a soma das alternativas corretas.

 

 

10. Espaço Urbano: UFRS – Tem havido um movimento de aceleração do processo de urbanização nesse final de século que provoca mudança no espaço urbano e na vida nas cidades. Sobre esse tema, é correto afirmar que:

01) a intensificação do processo de urbanização, quando não é acompanhada por políticas adequadas e investimentos, provoca, principalmente nas grandes metrópoles, dificuldades na circulação, poluição atmosférica, visual e sonora.

02) o maior adensamento populacional requer políticas que priorizem transporte coletivo, para diminuir o número de veículos em circulação e aumentar a velocidade de deslocamento, além de reduzir a poluição atmosférica provocada pela emissão de gases.

04) cidades de porte médio localizadas próximas às regiões metropolitanas também têm passado por um crescimento de população urbana que começa a viver, em menor escala, os problemas enfrentados nas grandes metrópoles.

08) problemas urbanos são vividos apenas pela população dos países desenvolvidos industrializados porque nos países subdesenvolvidos a maior parte da população está empregada nas atividades primárias e mora na zona rural.

16) em países desenvolvidos, o processo de urbanização tem implicado em um menor adensamento urbano, uma vez que a população tem se deslocado para o campo em busca dos incentivos destinados à atividades agroindustriais.

Dê como resposta, a soma das alternativas corretas

 

🔵 >>> Veja também a nossa lista completa de Questões sobre Geografia.

 

Gabarito com as respostas das atividades de geografia sobre o Espaço Urbano:

01. C;

02. D;

03. B;

04. A;

05. D;

06. B;

07. Soma = 43;

08. C-E-C-C

09. 1 + 2 + 4 = 7

10. 23

Deixe um comentário