Urbanização: As cidades e a Rede Urbana Exercícios

01) Urbanização: (U.E. Londrina-PR) Em relação à urbanização nos países subdesenvolvidos, pode-se afirmar que:
a) foi acompanhada de uma grande e adequada oferta de empregos urbanos nos setores secundário e terciário.
b) é a mais antiga do planeta, tendo se iniciado com a Revolução Industrial.
c) é acompanhada por igual ritmo de industrialização, criando numerosos empregos nas fábricas.
d) a mecanização do campo liberou a mão-de-obra e a industrialização criou novos empregos no setor.
e) ocorre em virtude da expulsão do homem do campo pela falta de empregos e de terras e da esperança de trabalho na cidade.

 

 

02) (UFJF/PISM II – 2004) Leia o texto:
“Antes de 1850, nenhuma sociedade poderia ser considerada predominantemente urbana, e, por volta de 1900, só a Grã-Bretanha o era. Hoje, um século depois, somente no grupo de países de mais baixo nível de desenvolvimento econômico (principalmente na África ao sul do Sahara e na Ásia das Monções) é que ainda preponderam os países cuja população é predominantemente rural.”
SOUZA, Marcelo Lopes de. ABC do desenvolvimento urbano. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

A partir da idéia principal do texto, pode-se CONCLUIR que:
a) antes de 1850, por não haver cidades, não havia êxodo rural.
b) a urbanização só ocorre com a redução da produção rural.
c) o grau de urbanização do planeta ainda é muito pequeno.
d) a função é o fator utilizado para diferenciar campo de cidade.
e) os países pobres não estão inseridos no processo de urbanização.

 

03) (CESGRANRIO-RJ) Situada junto ao litoral nordeste dos Estados Unidos. A megalópole Boswash tem cerca de 700 Km de extensão e possui mais de 20% da população do país. A respeito da organização
espacial dessa área, assinale a opção CORRETA:
a) maior concentração de industrias pesadas do país, a megalópole se desenvolve graças à presença de grandes jazidas de ferro, petróleo e carvão nessa área do litoral americano.
b) uma das maiores expressões do desenvolvimento econômico do país, a megalópole contém, contraditoriamente, uma população heterogênea quanto ao nível de vida, fato evidenciado pela presença de bairros extremamente pobres junto ao centro e subúrbios luxuosos.
c) a principal atividade econômica da megalópole é a exportação de gêneros agrícolas, já que as mais importantes áreas agrícolas, já que as mais importantes áreas produtoras de cereais do país
encontram-se na periferia de suas cidades.
d) a megalópole se constitui em um exemplo de urbanização para o resto do país, pois suas cidades foram planejadas de tal forma que suas diversificadas atividades econômicas não prejudicam o bem
estar de sua população.
e) a presença de numerosas colônias imigrantes é responsável pelo elevado nível de vida e pela equilibrada distribuição de renda, fatos que caracterizam a população da megalópole e lhe asseguram um mercado consumidor forte e homogêneo.

 

04) (ESPM-SP) Nas últimas décadas, vimos assistindo no Brasil a aceleradas mudanças no sistema urbano, profundamente associadas às várias etapas do seu desenvolvimento socioeconômico, provocadas
sobretudo pelas transformações de estrutura produtiva de bens e serviços, induzidas pelo processo de industrialização. Apresentamos abaixo várias considerações sobre o tema. Assinale entre elas a única que NÃO expressa verdadeiramente uma conseqüência resultante dessas mudanças:
a) o subemprego hoje existente nas cidades é um reflexo da ineficiência e desajustada rede de comunicação entre zona rural e a cidade.
b) o crescimento urbano ocorreu até aqui de forma desigual e o desequilíbrio inter-regional é muito evidente.
c) o crescimento do emprego na indústria não acompanhou, na mesma medida ou proporção, o aumento da força de trabalho urbano.
d) o período de aceleração no processo de industrialização provocou simultaneamente uma intensa urbanização.
e) a rede urbana resultou da combinação de dois elementos principais: a localização do poder políticoadministrativo e a centralização correspondente dos agentes econômicos e suas atividades.

 

 

05) Urbanização: (UFGO) Leia atentamente a citação abaixo:

“A dinâmica industrial produz não apenas uma relação de interdependência espacial, mas também o melhor espaço para seu desenvolvimento – o espaço urbanizado”.
(PEREIRA, Diamantino Alves Correia et al. Geografia, ciência e espaço. 1993. p. 28.)

 

Tal afirmação procura colocar em evidência que:

I – o setor industrial relaciona-se com o meio urbano, não tendo influência sobre o meio rural.
II – em relação ao campo, a cidade é o palco mais apropriado para a efetivação da articulação entre os espaços da produção, da circulação e das idéias.
III – ao longo de todo o processo histórico, as aglomerações urbanas originam-se a partir de atividade industrial.
IV – com a industrialização, formaram-se redes urbanas complexas, em que o capital acumulado nas cidades passou a diferenciá-las hierarquicamente.
V – o espaço de tempo entre a produção e o consumo é sensivelmente diminuído nas cidades, o que explica a sua importância na dinâmica de reprodução do capital.
VI – a grande quantidade de pessoas que vivem na cidade promoveu, nas últimas décadas, a distribuição igualitária dos produtos industriais e o bem-estar social.

Estão corretas as afirmativas:
a) I, II e III.
b) I, III e IV.
c) II, IV e V.
d) III, V e VI.
e) III, IV e V.

 

A Produção Agropecuária e a Agricultura Brasileira Exercícios.

 

06) Urbanização: (UFJF/PISM II – 2009) Leia o fragmento de texto a seguir:
A cidade é o lugar do trabalho, mas também do lazer. A cidade é o lugar da produção, e do consumo. A cidade é o lugar do ir e vir e do estar. É o lugar dos sistemas econômicos e de lutas sociais. É o lugar das funções, mas é também o lugar da arte. A cidade é natureza transformada, mas também é natureza que se rebela.
SPÓSITO, Maria Encarnação Beltrão. A urnbanização no Brasil. SãoPaulo: CENP, 1993. Geografia – Série Argumento. Adaptado.

Com base no texto, é CORRETO afirmar que cidade é:
a) ciência e conhecimento.
b) concentração e organização.
c) impacto e concentração.
d) planejamento e organização.
e) unidade e diversidade.

 

07) (FATEC-SP) Nos últimos anos, ocorreram mudanças no padrão migratório brasileiro. As metrópoles do Sudeste já não apresentam o elevado grau de atração demográfica que tinham antigamente.
Entre as causas desse fato, pode-se citar:
a) o maior controle por parte do Estado brasileiro para inibir o crescimento descontrolado das cidades.
b) a criação das frentes pioneiras no Sul do país, que representam grande potencial de empregos na zona rural.
c) a redução das históricas diferenças econômicas entre as regiões, graças à modernização das atividades agrícolas.
d) a descentralização econômica, pois inúmeras empresas estão saindo do Sudeste e se instalando em outras regiões.
e) o empenho de orgãos, como o IBGE, que tentam promover o aumento das densidades demográficas no interior do país.

 

08) (UNIRIO-RJ) A rede urbana não é “inocente”, no sentido de ser um “simples” conjunto de cidades ligadas entre si por fluxos de pessoas, bens e informações, como se isso fosse coisa de menor importância
ou não tivesse a ver com os mecanismos de exploração econômica e exercício do poder existentes em nossas sociedades.
LOPES, de Souza, Marcelo. In: ABC do desenvolvimento urbano.
a) o campo é a área do território nacional que escapa da rede de poder econômico e político exercido pelas cidades.
b) as cidades se apresentam, ao longo de uma rede urbana, como suportes de disseminação de idéias, das cidades menores para as maiores.
c) uma metrópole nacional, a exemplo de São Paulo, concentra as sedes das grandes empresas e, tendo como suporte a rede urbana, exerce a gestão do território.

d) os centros locais funcionam como centros de distribuição de bens e serviços e acumulam capital originários dos centros regionais da rede urbana ao qual estão inseridos.
e) o campo funciona como suporte de disseminação de bens e idéias, até chegar à cidade.

 

09) (Unifesp) Megacidades são aglomerações urbanas que:
a) alojam centros do poder mundial e sedes de empresas transnacionais.
b) concentram mais de 50% da população total, em países pobres.
c) têm mais de 10 milhões de habitantes, em países ricos ou pobres.
d) pertencem a países de grande importância no comércio mundial.
e) não têm infra-estrutura de comunicação suficiente, apesar de serem grandes.

 

10) Urbanização: (UFJF/PISM II – 2007) O mapa a seguir representa as relações entre as principais centralidades da Região Sul brasileira.

Exercícios de Geografia Geral com gabarito sobre a Urbanização: As cidades e a rede urbana, destinadas a estudantes e concurseiros.

Pode-se constatar que:
a) Porto Alegre é a cidade mais central da região, por isso a extensão de sua área de influência.
b) as relações de influência exercidas pelas capitais restringem-se aos limites estaduais.
c) a área de influência de Curitiba apresenta relações mais complexas entre as centralidades.
d) Florianópolis é polarizada por Porto Alegre, por isso Santa Catarina não apresenta nenhum pólo no interior do estado.
e) a rede urbana na região sul não apresenta centros regionais importantes.

 

População Exercícios Sobre Geografia com Gabarito.

 

11) ENEM – Urbanização: Se compararmos a idade do planeta Terra, avaliada em quatro e meio bilhões de anos (4,5 x 109 anos), com a pessoa de 45 anos, então, quando começaram a florescer os primeiros vegetais, a Terra já teria 42 anos. Ela só conviveu com o homem moderno nas últimas quatro horas e, há cerca de uma hora, viu-o começar a plantar e a colher. Há menos de um minuto percebeu o ruído de máquinas e de indústrias e, como denuncia uma ONG de defesa do meio ambiente, foi nesses últimos sessenta segundos que se produziu todo o lixo do planeta!
O texto acima, ao estabelecer um paralelo entre a idade da Terra e a de uma pessoa, pretende mostrar que:
a) a agricultura surgiu logo em seguida aos vegetais, perturbando desde então seu desenvolvimento.
b) o ser humano só se tornou moderno ao dominar a agricultura e a indústria, em suma, ao poluir.
c) desde o surgimento da Terra, são devidas ao ser humano todas as transformações e perturbações.
d) o surgimento do ser humano e da poluição é cerca de dez vezes mais recente que o do nosso planeta.
e) a industrialização tem sido um processo vertiginoso, sem precedentes no que diz respeito a danos ambientais.

 

12) ENEM – Urbanização: A ação humana tem provocado algumas alterações quantitativas e qualitativas da água:
I. Contaminação de lençóis freáticos.
II. Diminuição da umidade do solo.
III. Enchentes e inundações.
Pode-se afirmar que as principais ações humanas associadas às alterações I, II e III são, respectivamente:
a) uso de fertilizantes e aterros sanitários, lançamento de gases poluentes e canalização de córregos e rios.
b) lançamento de gases poluentes, lançamento de lixo nas ruas e construção de aterros sanitários.
c) uso de fertilizantes e aterros sanitários, desmatamento e impermeabilização do solo urbano.
d) lançamento de lixo nas ruas, uso de fertilizantes e construção de aterros sanitários.
e) construção de barragens, uso de fertilizantes e construção de aterros sanitários.

 

13) ENEM – Urbanização: “Trata-se de um gigantesco movimento de construção de cidades, necessário para o assentamento residencial dessa população, bem como de suas necessidades de trabalho, abastecimento, transportes,
saúde, energia, água etc. Ainda que o rumo tomado pelo crescimento urbano não tenha respondido satisfatoriamente a todas essas necessidades, o território foi ocupado e foram construídas as condições
para viver nesse espaço.” (MARICATO, E. Brasil, cidades: alternativas para a crise urbana. Petrópolis, Vozes, 2001.)
A dinâmica de transformação das cidades tende a apresentar como consequência a expansão das áreas periféricas pelo(a):
a) crescimento da população urbana e aumento da especulação imobiliária.
b) direcionamento maior do fluxo de pessoas, devido à existência de um grande número de serviços.
c) delimitação de áreas para uma ocupação organizada do espaço físico, melhorando a qualidade de vida.
d) implantação de políticas públicas que promovem a moradia e o direito à cidade aos seus moradores.
e) reurbanização de moradias nas áreas centrais, mantendo o trabalhador próximo ao seu emprego, diminuindo os deslocamentos para a periferia.

 

 

14) ENEM – Urbanização: “Embora haja dados comuns que dão unidade ao fenômeno da urbanização na África, na Ásia e na América Latina, os impactos são distintos em cada continente e mesmo dentro de cada país, ainda que as modernizações se deem com o mesmo conjunto de inovações.” (ELIAS, D. Fim do século e urbanização no Brasil. Revista Ciência Geográfica, ano IV, n. 11, set./dez. 1988.)
O texto aponta para a complexidade da urbanização nos diferentes contextos socioespaciais. Comparando a organização socioeconômica das regiões citadas, a unidade desse fenômeno é perceptível no aspecto:
a) Espacial, em função do sistema integrado que envolve as cidades locais e globais.
b) Cultural, em função da semelhança histórica e da condição de modernização econômica e política.
c) Demográfico, em função da localização das maiores aglomerações urbanas e continuidade do fluxo campo-cidade.
d) Territorial, em função da estrutura de organização e planejamento das cidades que atravessam as fronteiras nacionais.
e) Econômico, em função da revolução agrícola que transformou o campo e a cidade e contribui para a fixação do homem ao lugar.

 

15) ENEM – Urbanização: “Subindo morros, margeando córregos ou penduradas em palafitas, as favelas fazem parte da paisagem de um terço dos municípios do país, abrigando mais de 10 milhões de pessoas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.” (MARTINS, A. R. A favela como um espaço da cidade.

Disponível em: http://www.revistaescola.abril.com.br. Acesso em: 31 jul. 2010. )
A situação das favelas no país reporta a graves problemas de desordenamento territorial. Nesse sentido, uma característica comum a esses espaços tem sido:
a) O planejamento para a implantação de infraestruturas urbanas necessárias para atender as necessidades básicas dos moradores.
b) A organização de associações de moradores interessadas na melhoria do espaço urbano e financiadas pelo poder público.
c) A presença de ações referentes à educação ambiental com consequente preservação dos espaços naturais circundantes.
d) A ocupação de áreas de risco suscetíveis a enchentes ou desmoronamentos com consequentes perdas mate- riais e humanas.
e) O isolamento socioeconômico dos moradores ocupantes desses espaços com a resultante multiplicação de políticas que tentam reverter esse quadro.

 

🔵 >>> Segunda parte desta lista de exercícios.

Veja também a nossa lista completa de Questões sobre Geografia.

 

Gabarito com as respostas dos exercícios sobre Urbanização: As cidades e a rede urbana:

01-E ;

02-D ;

03-B ;

04-D ;

05-E ;

06-E ;

07-D ;

08-C ;

09-C ;

10-C
11-E ;

12-C ;

13-A ;

14-C ;

15-D.

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário