A Ex-URSS e a Comunidade dos Estados Independentes Simulado

Questão 01. Ex-URSS e a Comunidade dos Estados Independentes: (Cesgranrio) “(…) Com o colapso da URSS, a experiência do socialismo realmente existente chegou ao fm (…) mesmo onde os regimes comunistas sobreviveram e tiveram êxito, abandonaram a ideia de uma economia única, centralmente controlada e estatalmente planejada, baseada num Estado completamente coletivizado, ou uma economia de propriedade coletiva praticamente operando sem mercado (…)”
HOBSBAWN, Eric. Era dos extremos: o breve século XX. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. p.481.

“(…) A queda do comunismo representou a fragmentação de alguns países da Cortina de Ferro. No final dos anos 80, com a economia em crise e os Estados satélites querendo abandonar o comunismo, as repúblicas que faziam parte da União Soviética começaram a caminhar para a separação. O colapso da URSS deu origem à Rússia e mais 14 nações (…)
Jornal O Globo – edição no 27.856, ano LXXXV, de 12 de nov. de 2009, seção O Mundo, p.35.

Com a queda do socialismo real, o entusiasmo inicial, em países da antiga Cortina de Ferro, no sentido de recuperar sua posição no cenário internacional, cedeu espaço às crises, aos problemas como criminalidade e desemprego e à desconfiança constante na Rússia. A inserção da Rússia no novo cenário geopolítico internacional chama a atenção:

a) pela manutenção do estado autoritário e repressor, apesar das transformações econômicas e sociais que incluíram a Rússia no Grupo dos Oito.

b) pela sua volta ao mercado capitalista que, após um processo de privatização de todas as empresas estatais concentrou nas mãos de grupos organizados importantes conglomerados econômicos, estabilizando o  quadro político-econômico atual.

c) pela sua rápida modernização econômica para atrair o novo mercado, tornando-se um país tecnopolo, através da exportação de tecnologia de ponta e de mão de obra especializada obtidas através do ingresso de capitais sul-coreanos.

d) pelo retorno aos padrões religiosos, com a abertura de templos ortodoxos e a expansão do islamismo, o que garantirá sua aproximação com a OPEP.

e) pelo recrudescimento de questões étnicas e territoriais que, sob a bandeira do nacionalismo, muitas vezes levaram a conflitos internos ou à guerra.


Questão 02. Ex-URSS e a Comunidade dos Estados Independentes: (CFTCE) Entre os vários fatores que explicam a criação da CEI (Comunidade de Estados Independentes), não ocorreu:

a) facilidade da entrada de seus membros na União Europeia.

b) integração da economia e das finanças, ou seja, forte interdependência entre as ex-repúblicas, inclusive a existência de moeda única.

c) existência de forças armadas unificadas.

d) arsenal nuclear espalhado por algumas ex-repúblicas.

e) dependência, entre elas, de matérias-primas para o funcionamento de suas indústrias.


Questão 03. (UFG) A geopolítica é uma disciplina que estuda os conflitos dos Estados nações e procura compreender, no mundo contemporâneo, a diversidade que se reflete em situações complexas e geradoras de guerras. Uma dessas situações é o interesse estratégico da Rússia em relação ao território da Geórgia, que tem criado tensões no Cáucaso com o objetivo de:

a) controlar um antigo Estado-membro da Comunidade de Estados Independentes (CEI), que possui grande potencial militar e nuclear.

b) facilitar o deslocamento de suas exportações em direção ao Irã, que é um país aliado na produção de tecnologia nuclear.

c) obter o controle de Nagorno Karabach, região autônoma da Geórgia, que luta por sua independência.

d) garantir o escoamento seguro de óleo e gás, que atravessam o território georgiano por meio de oleoduto e gasoduto, até o Mar Negro.

e) manter sob domínio russo um território favorável à importação de petróleo pela via do Mar Cáspio.


Questão 04. Ex-URSS e a Comunidade dos Estados Independentes: (UFU) Na nova ordem mundial, além dos principais polos de poder representados pelos Estados Unidos, União Europeia e Japão, destaca-se também a Comunidade dos Estados Independentes – CEI. Sobre esta última, é correto afirmar que:

a) A CEI congrega países de diferentes níveis socioeconômicos e realidades étnico-religiosas igualmente distintas.

b) A CEI é composta pelas ex-Repúblicas Socialistas, Repúblicas Bálticas e a Geórgia.

c) Após sua entrada na economia de mercado, a CEI tornou-se extremamente atrativa ao capital internacional.

d) A Ucrânia, o mais extenso país integrante da CEI, destaca-se como a maior potência econômica regional.


Questão 05. Ex-URSS e a Comunidade dos Estados Independentes: (FGV) Comparada à russa, cada nacionalidade da Ásia central parece cada vez mais apegada às suas tradições, à sua língua; seja porque existe pouca migração; seja porque, por razões religiosas, os casamentos interétnicos são raros; seja porque a maioria da população não fala russo (…) Como a população dessas repúblicas muçulmanas aumenta rapidamente e não emigra para outras regiões mais industrializadas, não é improvável que elas venham a reivindicar mudanças políticas que tornem possível um desenvolvimento mais eficaz e a própria direção de seus negócios. Enfim, coloca-se o problema do Islã nas repúblicas vizinhas do Irã e do Afeganistão, que estão em plena efervescência política e religiosa.
Fonte: Traduzido de Carriere, P. In: Geographie – “Classes Terminales”. Paris: Fernand Nathan, 1983, p. 74.

Redigido na década de 1980, o texto já aponta vários aspectos importantes no atual quadro político interno e externo das seguintes ex-repúblicas soviéticas:
a) Lituânia, Letônia e Estônia.
b) Ucrânia e Belarus.
c) Turcomenistão, Tadjiquistão e Uzbequistão.
d) Cazaquistão e Mongólia.
e) Geórgia, Armênia e Azerbaijão.


Questão 06. Ex-URSS e a Comunidade dos Estados Independentes: (PUC-MG) Leia atentamente o texto abaixo.

“Antes da desintegração da União Soviética havia uma república autônoma, a da Tchetchênia-Ingústia, que reunia dois povos que lhe davam nome. Quando a União Soviética não mais existia, a Tchetchênia se recusou a assinar o Tratado de adesão à Federação Russa e proclamou a independência, o que não foi reconhecido pelo governo de Moscou. Em dezembro de 1994 iniciou-se a intervenção militar russa na Tchetchênia.”
(Adaptado de OLIC, Nelson Bacic. “Conflitos no Mundo: questões e visões geopolíticas”. São Paulo, Moderna, 2000)

Assinale a opção que MELHOR EXPLICA os interesses russos pela região da Tchetchênia:
a) Áreas de produção e transporte de petróleo e gás das importantes jazidas da região; posição geográfica estratégica entre o “mundo-russo” e o Oriente Médio; implicações geopolíticas da religião islâmica.

b) Produção de haxixe e ópio para o mercado consumidor da Rússia; atuação da máfia tchetchena na capital Moscou; proteção à maioria russa na região.

c) Posição estratégica privilegiada (entre o Mar Negro, Cáspio e o Oriente Médio); importantes usinas nucleares e bases militares na região.

d) Jazidas de petróleo e gás natural; atuação de grupos terroristas tchetchenos que, tendo na religião ortodoxa ponto de união, desafiam o poder de Moscou.


Questão 07. Ex-URSS e a Comunidade dos Estados Independentes: (PUC-PR) O começo do século XXI revelou uma nova forma de terrorismo: globalizado, sem fronteiras e sob os holofotes da mídia. O mundo ficou estarrecido diante dos atentados de 11 de setembro de 2001 a importantes símbolos do poder político e econômico norte-americano. Nos três primeiros dias de setembro de 2004, no sul da Rússia, a pequena cidade de Beslan foi assolada pelo terrorismo. Uma escola local foi ocupada, em dia de festa, por terroristas que fizeram mais de 1000 reféns. A principal motivação do grupo armado que ocupou a escola de Beslan centrava-se na causa separatista, reivindicavam:

a) Inclusão da Chechênia no Comunidade dos Estados Independentes, CEI.
b) Ajuda militar russa às tropas chechenas na defesa de suas fronteiras.
c) Ajuda humanitária do governo de Moscou às populações pobres das montanhas da Chechênia.
d) Anexação dos territórios vizinhos, como o Azerbaijão e a Geórgia, à Chechênia.
e) Saída das forças militares russas da Chechênia.


Questão 08. (UNICAMP) O mapa a seguir representa diversas repúblicas ao norte do Cáucaso. A partir dele, faça o que se pede:

mapa de diversas repúblicas ao norte do Cáucaso

Adaptado de “Folha de S. Paulo”, 04 de setembro de 2004, p. A-15.

a) Por que o Cáucaso é uma região que apresenta diversos tipos de conflito?
b) A Tchetchênia é uma república em guerra separatista contra a Rússia. Qual o principal interesse econômico e político da Rússia na manutenção da submissão da Tchetchênia?


Questão 09. Ex-URSS e a Comunidade dos Estados Independentes: (FUVEST)

mapa conflito da Tchetchênia

Em setembro de 2004, a tomada de uma escola em Ossétia do Norte, na cidade de Beslan, por terroristas tchetchenos, e a violenta reação russa provocaram centenas de mortes e feridos além de uma grande indignação mundial. Explique o conflito da Tchetchênia, contextualizando geograficamente seu território (aspectos físicos e socioeconômicos).


Questão 10. Ex-URSS e a Comunidade dos Estados Independentes: (FGV) Comparada à russa, cada nacionalidade da Ásia central parece cada vez mais apegada às suas tradições, à sua língua; seja porque existe pouca migração; seja porque, por razões religiosas, os casamentos interétnicos são raros; seja porque a maioria da população não fala russo (…) Como a população dessas repúblicas muçulmanas aumenta rapidamente e não emigra para outras regiões mais industrializadas, não é improvável que elas venham a reivindicar mudanças políticas que tornem possível um desenvolvimento mais eficaz e a própria direção de seus negócios. Enfim, coloca-se o problema do Islã nas repúblicas vizinhas do Irã e do Afeganistão, que estão em plena efervescência política e religiosa.
Fonte: Traduzido de Carriere, P. In: Geographie – “Classes Terminales”. Paris: Fernand Nathan, 1983, p. 74.

Redigido na década de 1980, o texto já aponta vários aspectos importantes no atual quadro político interno e externo das seguintes ex-repúblicas soviéticas:
a) Lituânia, Letônia e Estônia.
b) Ucrânia e Belarus.
c) Turcomenistão, Tadjiquistão e Uzbequistão.
d) Cazaquistão e Mongólia.
e) Geórgia, Armênia e Azerbaijão.


Questão 11. (UNIRIO)

RUÍNAS DO IMPÉRIO
“Transição” ao capitalismo na verdade é uma “grande depressão”.
(“Folha de S. Paulo” 19/09/99.)

Um estudo realizado pela ONU mostra o declínio da ex–URSS. Dentre as razões para esta situação podemos citar o(a):

I – desmantelamento do aparato estatal que propiciou o aumento da contravenção e da economia informal;

II – colapso do sistema de saúde e de educação que levou ao empobrecimento da população.

III – liberalização imediata e indiscriminada dos preços que gerou uma economia hiperinflacionária.

É (São) verdadeira(s) a(s) afirmativa(s):
a) I, apenas.
c) I e III, apenas.
d) II e III, apenas.
b) I e II, apenas.
e) I, II e III.


🔵 >>> Veja também a nossa lista completa de Questões sobre Geografia.


Gabarito com as respostas das atividades de Geografia sobre a Ex-URSS e a Comunidade dos Estados Independentes:

01. e;

02. a;

03. d;

04. a;

05. c;

06. ;a

07. e;

8) a) O Cáucaso, situado no sudoeste da Rússia, na fronteira da Europa com o Oriente Médio (Ásia), localizado entre os mares Negro e Cáspio, é caracterizado por conflitos relacionados a fragmentação política, numerosos grupos étnicos e religiosos gerando disputas territoriais além de possuir uma grande bacia petrolífera no Mar Cáspio, cujos oleodutos atravessam a região caucasiana.

b) A Rússia procura evitar a independência de repúblicas separatistas como a Tchetchênia, para impedir o desmoronamento político do país, ou seja, a sua fragmentação, como ocorreu nos Bálcãs. Os oleodutos que transportam petróleo do Mar Cáspio para a Europa cortam a Tchetchênia tornado-a vital para a Rússia, pois os oleodutos cortam essa república separatista.

9) A Tchetchênia localiza-se nos sopés da cadeia do Cáucasso, sob clima temperado continental. Trata-se de região separatista em relação à Federação Russa, devido a diferenças étnico-religiosas. Os tchetchenos praticam o islamismo. Ao governo de Moscou não interessa a separação, pois para os russos a região reveste-se de importância como área de passagem e pelas suas reservas petrolíferas e sua ação é de forte repressão a qualquer tentativa separatista por parte dos tchetchenos.

10) c;

11) e

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário