Lista de Exercícios sobre o Socialismo para passar no Enem

01. (UEL) “ … viam na propriedade comum desses meios a forma de viverem todos bem. Por isso, em suas sociedades visionárias, planejavam que os muitos que executariam o trabalho viveriam com conforto e luxo, graças à propriedade dos meios de produção…”

O texto refere-se a um pensamento que se desenvolveu nas primeiras décadas do século XIX, na Europa, característico do:
a) Maoísmo.
b) Stalinismo.
c) Sindicalismo.
d) Marxismo-leninismo.
e) Socialismo utópico.


02. (UFF) O historiador Pierre Vilar, referindo-se ao fenômeno do Nacionalismo – um dos mais importantes temas do mundo contemporâneo – afirmou:

“(…) toda consciência de comunidade implica a consciência de um ‘lado de dentro’ e de ‘um lado de fora’, de um ‘nós’ e de um ‘eles’; (…) E imediatamente, a desconfiança dos grupos vizinhos chega à superfície, podendo variar do desdém ao ciúme, do escárnio à briga, e se completar com momentos de auge, como “fêtes”, demonstrações ou competições. Em que momento, com que amplitude, com que grau de intensidade e permanência, com que mínimo de vontade política uma psicologia de comunidade manifesta apreço a uma entidade que pode ser chamada de nação? Este é o problema do historiador, pois o fenômeno realmente existe e, perante nossos olhos, tem desempenhado um papel inestimável. É impossível lhe atribuir um juízo de valor, uma vez que foi sempre positivo e negativo, revolucionário e conservador, cheio de ações admiráveis e de horrores sangrentos.”

Considerando o fragmento acima e sabendo que o Nacionalismo adotou formas diversas na América e na Europa:
a) estabeleça, no caso do México, a relação entre a questão agrária e a Revolução Mexicana do século XIX.
b) comente a expressão “Socialismo num só país” utilizada para definir a política da URSS no período stalinista.


03. (PUC Minas) Na segunda metade do século XIX, surgiu o “Socialismo científico”, cujo teórico mais importante foi Karl Heinrich Marx. São elementos fundamentais do pensamento marxista, exceto:

a) o materialismo dialético.
b) a interpretação econômica da história.
c) o conceito de luta de classes.
d) a teoria da mais-valia.
e) o princípio de não-intervenção estatal.


04. (Unirio) A Revolução Russa foi um dos grandes acontecimentos históricos que marcaram a crise da sociedade liberal no início do século XX. Sobre as etapas do processo de construção do Socialismo na Rússia, podemos afirmar corretamente que:

a) o Governo Provisório, iniciado com a Revolução de fevereiro (1917), levou ao poder os grupos liberais burgueses aliados aos mencheviques que, liderados
pelo primeiro ministro Kerensky, fecharam a Duma (Parlamento) e encerraram as atividades dos Comitês de Sovietes.
b) a liderança exercida pelos bolcheviques sobre os demais partidos políticos atuantes no período pré-revolucionário permitiu que controlassem as reformas econômicas empreendidas pela Duma (Parlamento), convocada pelo Czar Nicolau II no Manifesto de Outubro (1905).
c) a participação da Rússia na Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918) fez retroceder o processo revolucionário, pois as baixas excessivas, sofridas pelo exército
russo, foram compensadas por diversas anexações territoriais, tais como a Rússia Branca e a Georgia.
d) as diversas agitações populares e as tentativas revolucionárias, lideradas por segmentos burgueses e citadinos, enfraqueceram-se progressivamente após a vitória russa na guerra contra o Japão (1903 – 05), que abriu aos russos os ricos mercados comerciais do Oriente.
e) as “Teses de Abril”, enunciadas por Lênin (1917), popularizaram os ideais revolucionários bolchevistas ao reivindicarem a divisão das grandes propriedades
fundiárias entre os camponeses e a entrega do poder aos sovietes, fortalecendo o partido bolchevique no processo da revolução.


05. (Unirio) “O Socialismo é a abolição das classes … Para abolir as classes devemos abolir as diferenças entre o operário e o camponês, devemos transformá-los todos em operários.” (Lenin, 1918)

A Revolução Russa caracterizou-se como um importante movimento social, que marcou historicamente o século XX, em virtude das transformações estruturais que empreendeu. Sobre o processo de construção do Socialismo na Rússia, assinale a afirmativa correta.
a) As anexações territoriais conquistas pelo exército russo na Polônia e na Ucrânia, durante a Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918), fortaleceram política e economicamente a monarquia czarista.
b) A revolta armada ocorrida na Guarda Vermelha possibilitou o lançamento do Manifesto de outubro, com o qual foi deposto o Czar Nicolau II e instalada a República da Duma (1917), chefiada pelo líder comunista Trótski.
c) A vitória dos extremistas revolucionários Mencheviques, liderados por Alexandre Kerenski, foi acompanhada da criação da República Soviética Russa
(1918).
d) No governo de Lênin, instituiu-se a Nova Política Econômica (1921), NEP, que se caracterizou por estimular a produção em pequenas manufaturas e o comércio privado.
e) A industrialização da Rússia socialista foi alcançada no início do governo de Stálin (1924), com a extinção dos planos Quinquenais e a liberação de investimentos estrangeiros nas indústrias russas.


06. Univali-SC As transformações econômicas e sociais, ocorridas na Europa no decorrer dos séculos XVIII e XIX, deram origem ao Socialismo. A Revolução Industrial também produziu uma massa proletária paupérrima, originando a chamada questão social. Os socialistas (utópicos, marxistas e “Cristãos”) tentaram apresentar uma solução para esse grave problema. Antes mesmo do século XVIII, vários pensadores já tinham imaginado sociedades em que todos vivessem de seu trabalho, em igualdade de condições.

Como característica do sistema socialista, pode-se citar:
a) A livre iniciativa.
b) A coletivização da propriedade e dos meios de produção.
c) A propriedade privada.
d) A intervenção do Estado, apenas em certos setores da economia.
e) Os meios de produção são controlados por uma minoria não pertencente ao governo.


07. UFFRJ A Revolução Russa, que iniciou o processo de construção do socialismo na antiga URSS, teve o seu desfecho, em 1917, marcado por dois momentos. O primeiro, em fevereiro, quando os mencheviques organizaram o governo provisório e o segundo, em outubro, quando os bolcheviques assumiram a condução da revolução e a tornaram vitoriosa.

A respeito dos mencheviques e bolcheviques, afirma-se:
I. Os mencheviques defendiam a construção do socialismo por meio de alianças com os burgueses ligados ao grande capital.
II. Os bolcheviques consideravam o capitalismo consolidado na Rússia e pretendiam a mobilização das massas em direção ao socialismo, sem quaisquer alianças com os setores burgueses.
III. Mencheviques e bolcheviques eram denominações decorrentes da origem geográfica dos revolucionários: os mencheviques tinham sua origem social nos núcleos urbanos e os bolcheviques estavam ligados a bases rurais.

Com relação a estas afirmativas, conclui-se que:
a) Apenas a I e a II são corretas.
b) Apenas a I e a III são corretas.
c) Apenas a II e a III são corretas.
d) Apenas a II é correta.
e) Apenas a III é correta.


08. (UECE) Reagindo à economia clássica, o socialismo corporifica-se com as teorias de Karl Marx e Friedrich Engels. A teoria desses dois pensadores

A) resulta da observação crítica das realidades socioeconômicas da Europa na fase da Revolução Industrial e no período imediatamente posterior.
B) defende a propriedade privada como instrumento indispensável para a superação das desigualdades sociais.
C) prega a diminuição do Estado (Estado mínimo) e mais espaço para a iniciativa privada.
D) apresenta a síntese mais acabada do chamado “socialismo utópico”.


🔵 >>> Confira todas as nossas questões sobre a História Mundial.


Gabarito com as respostas dos exercícios sobre o Socialismo:

01. E;

02. a) A Revolução Mexicana foi resultado da luta contra a ditadura de Porfírio Diaz, cujo modelo de desenvolvimento fundamentava-se no domínio do capital estrangeiro. A força política do Nacionalismo no México expressou-se pela luta camponesa em defesa da reforma agrária e de um desenvolvimento econômico em bases nacionais. Zapata e Villa tornaram-se símbolos do nacionalismo mexicano.
b) A expressão “Socialismo num só país” significou a vitória da tendência nacionalista, liderada por Stalin, segundo a qual a revolução só se manteria com o
isolamento da URSS, contrariando a ideia da “Revolução Permanente”, defendida por Leon Trotsky, que expressava os ideais do Socialismo internacionalista.

03. E; 

04. E;

05. D;

06. B;

07. A;

08. A

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário