Impulso Nervoso: Resumo sobre Neurônios e Nervos

Resumo sobre Neurônios e Nervos

 

  • Composição do neurônio:
    • Dentritos;
    • Corpo Celular: Fica restrito ao encéfalo e a medula espinhal.
      • Os seus prolongamentos se distribuem por todo o corpo através dos nervos.
    • Axônio;
    • Bainha de Mielina;
    • Nódulos de Ranvier;
    • Terminações Axônicas.

 

 

  • Nervos Motores ou eferentes:
    • Levam as informações para os músculos e glândulas.

 

  • Células de Schwann:
    • Originam a bainha de Mielina.

 

  • Neurilema: Porção celular da Bainha de Mielina.
    • Os impulsos são transmitidos de um nódulo de Ranvier a outro.
    • Neurônios que possuem Bainha de Mielina transmitem impulsos a uma velocidade aproximada de 100m/s.
      • Sem a Bainha de Mielina a velocidade é próxima a 0,5m/s.

 

 

Impulso Nervoso

  • O interior do neurônio é negativo em relação ao exterior.
    • A diferença entre as superfícies externas e interna é aproximadamente 70 milivolts.
    • Esta diferença é chamada de potencial de membrana ou potencial de repouso.

 

  • Limiar de excitação:
    • É o estimulo mínimo para propiciar modificações nos neurônios.
    • A resposta é sempre a mesma, independente da intensidade do estimulo.

 

  • Despolarização:
    • O processo de despolarização dura aproximadamente 1,5 milésimo de segundo.
    • Ao receber este estimulo uma pequena região da membrana do neurônio torna-se momentaneamente permeável ao sódio.
      • A entrada de sódio impulsiona a saída de potássio.
    • O fluxo intenso de sódio no interior do neurônio torna-o carregado positivamente em relação ao meio externo e também as regiões adjacentes.
    • O processo de despolarização torna-se uma reação em cadeia autopropagada, pois a despolarização de um Nódulo de Ranvier estimula o próximo a se despolarizar.
      • O Processo continua até chegar ao final do axônio.

 

  • Sinapse:
    • É o ponto de interação entre dois neurônios adjacentes.
    • Possui natureza química e é unidirecional.
    • Mediador Químico: são vesículas numerosas e minúsculas presentes nas extremidades dos axônios.
      • Geralmente é acetilcolina ou a noradrenalina que atuam como neurotransmissor.
    • Quando o impulso chega as terminações dos atônicas ocorre a ruptura das vesículas sinápticas e a liberação do mediador químico, que atravessa o espaço existente atingindo o detrito do outro neurônio, se ligando a receptores específicos da membrana.
      • Ocorre então uma estimulação química deste neurônio e uma geração de um novo potencial de ação.

 

 

Complemente os seus estudos do Resumo sobre Neurônios e Nervos resolvendo alguns destes exercícios:

 

Continue estudando:

🔵 <<< Voltar –  Sistema Nervoso Comparado

                                    🔵 >>> Avançar – Resumo sobre o Sistema Nervoso Central (SNC).

 

 

Cite este artigo: 

[php_everywhere]

Spread the love

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.