Retículo Endoplasmático Simulado com Gabarito

01. FGV–SP (modificado). Retículo Endoplasmático:

No pâncreas, existem estruturas glandulares chamadas ácinos nas quais, a partir de aminoácidos, são produzidas as enzimas digestivas do suco pancreático. Em um experimento, utilizaram-se aminoácidos com isótopos radioativos para se verificar o trajeto desses aminoácidos nas células secretoras do pâncreas. Nas células dos ácinos, os aminoácidos constituintes das enzimas digestivas percorreram o seguinte trajeto:

a) grãos de zimogênio, complexo golgiense, peroxissomos.

b) ergastoplasma, complexo golgiense, grãos de zimogênio.

c) citoplasma, retículo endoplasmático liso, complexo golgiense.

d) retículo endoplasmático liso, complexo golgiense, grãos de zimogênio.

e) complexo golgiense, ergastoplasma, grãos de zimogênio.

 

 

02. Fuvest-SP

O esquema adiante representa um corte de célula acinosa do pâncreas, observado ao microscópio eletrônico de transmissão.

a) Identifique as estruturas apontadas pelas setas A, B, e C e indique suas respectivas funções no metabolismo celular.

b) Por meio da ordenação das letras indicadoras das estruturas celulares, mostre o caminho percorrido pelas enzimas componentes do suco pancreático desde seu local de síntese até sua secreção pela célula acinosa.

 

 

03. FMTM–MG

Células de um certo tecido animal foram isoladas e mantidas em meio de cultura. Em seguida, as células foram igualmente distribuídas em 3 frascos (I, II e III), contendo iguais quantidades de meio de cultura acrescido de um aminoácido marcado com o isótopo radioativo 35S. De cada um dos frascos, foram retiradas algumas amostras para análise em microscópio.

As células retiradas do frasco I evidenciaram grande acúmulo do material radioativo no retículo endoplasmático rugoso. Já as do frasco II mostravam acúmulo do material radioativo em vesículas de secreção. As células do frasco III apresentavam maior acúmulo do material radioativo no aparelho de Golgi.

a) Qual dos três frascos permaneceu por menos tempo em cultura?

b) Justifique sua resposta.

 

 

04. UFPE

Coloque V (verdadeiro) ou F (falso)

As células dos ácinos pancreáticos produzem as enzimas necessárias para a digestão dos alimentos que chegam ao duodeno; para isso, devemos encontrar nessas células:

() um retículo endoplasmático liso bem desenvolvido, uma vez que este retículo é essencial para a síntese de lipídios.

() um sistema de canalículos que permite a estocagem das enzimas na forma ativa sem destruir a célula.

() um retículo endoplasmático rugoso bem desenvolvido, responsável pela síntese de proteínas.

() abundantes grânulos de secreção, resultantes do empacotamento das proteínas no aparelho de Golgi.

() ausência de grânulos secretores, pois as enzimas são sintetizadas e liberadas imediatamente.

 

 

05. Unicamp–SP

Cortes de células do pâncreas foram incubados durante três minutos em meio contendo leucina tritiada (aminoácido radioativo). Após vários intervalos de tempo, esse material foi submetido a uma técnica que revela a localização do aminoácido radioativo na célula p ela deposição de grânulos de prata. O estudo do material ao microscópio eletrônico permitiu a construção da figura seguinte:

Lista de exercícios sobre Retículo Endoplasmático, com todas as respostas dispostas no gabarito no final do post.

A partir desses resultados, descreva o trajeto percorrido pelo aminoácido radioativo no interior da célula e explique por que a leucina segue esta rota.

 

Transporte Passivo Exercícios com Gabarito.

 

06. PUCCamp-SP

Considere os seguintes eventos numa célula produtora de mucopolissacarídios.

I. Síntese de polipeptídios.

II. Combinação de açúcares com polipeptídios.

III. Formação dos grãos de secreção.

 

O complexo de Golgi é responsável apenas por:

a) I. d) I e II.

b) II. e) II e III.

c) III

 

 

07. Fuvest-SP (modificado)

O esquema representa um espermatozóide humano e algumas das estruturas que o compõem.

Retículo Endoplasmático

a) Qual a importância de cada uma das estruturas numeradas de 1 a 4 para a reprodução?

b) Quais organelas estão envolvidas com a origem de 1 e 4?

 

 

08. Vunesp

Foram coletadas três amostras de espermatozóides de um rato adulto apto para reprodução e colocadas separadamente em três tubos de ensaio. Cada uma destas amostras foi submetida a uma situação experimental:

Tubo 1: Todos os espermatozóides tiveram um determinado tipo de organóide extraído do citoplasma através de uma microagulha.

Tubo 2: Todos os espermatozóides tiveram outro tipo de organóide citoplasmático extraído.

Tubo 3: Todos os espermatozóides foram mantidos intactos e utilizados como controle.

 

Em seguida, as três amostras foram introduzidas, cada uma separadamente, nos colos uterinos de três ratazanas em condições de serem fertilizadas. Durante o experimento, verificou-se que:

– os espermatozóides do tubo 1 se aproximaram dos óvulos, mas nenhum deles conseguiu perfurar suas membranas plasmáticas;

– os espermatozóides do tubo 2 não foram além do colo uterino e sofreram um processo degenerativo após 48 horas;

– os espermatozóides do tubo 3 caminharam até os óvulos e todos foram fertilizados.

a) Quais foram os organóides extraídos dos espermatozóides dos tubos 1 e 2?

b) Quais as funções desses organóides?

 

 

09. Fuvest-SP

O esquema representa uma célula secretora de enzimas em que duas estruturas citoplasmáticas estão indicadas por letras (A e B). Aminoácidos radioativos incorporados por essa célula concentram-se inicialmente na região A. Após algum tempo, a radioatividade passa a se concentrar na região B e, pouco mais tarde, pode ser detectada fora da célula.

a) Explique, em termos funcionais, a concentração inicial de aminoácidos radioativos na estrutura

celular A.

b) Como se explica a detecção da radioatividade na estrutura B e, em seguida, fora da célula?

 

 

Confira todas as nossas questões sobre Citologia.

 

Gabarito com as respostas dos exercícios sobre Retículo Endoplasmático:

01. B

 

02.

a) As estruturas indicadas pelas setas são:

A. Retículo endoplasmático granular: transporte, amazenamento e síntese de proteínas.

B. Mitocôndrias: produção de ATP através da respiração celular.

C. Complexo golgiense: armazenamento e secreção celular.

b) A o C o D. As enzimas (que são proteínas) componentes do suco pancreático são sintetizadas no retículo endoplasmático granular (A), transferidas para o sistema golgiense (C), que as eliminam na forma de vesículas de secreção (D).

 

03.

a) Frasco I

b) A síntese de proteínas e a secreção celular podem ser resumidas em etapas:

Etapa 1 o Incorporação dos aminoácidos radioativos e síntese de proteínas no retículo endoplasmático granular

Etapa 2 o Transformação e empacotamento da substância no complexo golgiense.

Etapa 3 o Formação das vesículas de secreção.

 

04. F, F, V, V, F

 

05.

O aminoácido radioativo localiza-se inicialmente no retículo endoplasmático granular, onde será utilizado na síntese de uma proteína. As proteínas sintetizadas são enviadas ao complexo golgiense, que as empacotam em vesículas de secreção.

 

06. E

 

07.

a) 1. Acrossomo: contém enzimas que serão necessárias para a penetração do espermatozóide no óvulo.

2. Núcleo: contém material genético necessário ao de-senvolvimento do embrião e, futuramente, do adulto.

3. Mitocôndrias: liberam a energia (ATP) necessária para a loco-moção do espermatozóide.

4. Flagelo: responsável pela movimentação do espermatozóide, contribuindo para seu desloca-mento em direção ao óvulo.

b) 1. Acrossomo: complexo gol-giense.

4. Flagelo: centríolo.

 

08.

a) 1. complexo golgiense – acros-somo

2. mitocôndria

b) O acrossomo é formado a partir do complexo golgiense e contém enzimas específicas necessárias à fecundação. As mitocôndrias fornecem energia para o deslocamento dos espermatozóides.

 

09.

a) A estrutura A é o retículo endo-plasmático granular, responsável pela síntese de proteínas na célula. Para a síntese de proteínas são utilizados aminoácidos como matéria-prima, o que explica a sua alta concentração inicial nessa região.

b) As proteínas sintetizadas são transferidas para a estrutura B, o complexo golgiense, onde são processadas e concentradas em vesículas de secreção, que colocam as proteínas para fora da célula.

Deixe um comentário