Heredograma Exercícios com Gabarito para passar no Enem

01. UERJ. Heredograma: A doença de Von Willebrand, que atinge cer­ca de 3% da população mundial, tem causa hereditária, de natureza autossômica domi­nante. Essa doença se caracteriza pela dimi­nuição ou disfunção da proteína conhecida como fator Von Willebrand, o que provoca quadros de hemorragia.

O esquema abaixo mostra o heredograma de uma família que registra alguns casos dessa doença.

heredograma de uma família

Admita que os indivíduos 3 e 4 casem com pessoas que não apresentam a doença de Von Willebrand.

As probabilidades percentuais de que seus filhos apresentem a doença são, respectivamente, de:
a. 50 e 0
b. 25 e 25
c. 70 e 30
d. 100 e 50


02. UFRJ. O heredograma a seguir mostra a herança de uma doença autossômica recessiva hereditária. Essa doença é muito rara na população à qual perten­ce esta família. Os indivíduos que entraram na família pelo casamento (II 1 e II 5) são normais e homozigotos. A linha horizontal dupla represen­ta casamentos entre primos. Os indivíduos 6 e 7, marcados da geração IV, apresentam a doença, os demais são fenotipicamente normais.

O heredograma herança de uma doença autossômica recessiva hereditária

Usando a notação Al para o gene normal e A2 para o gene causador da doença, identifique os indivíduos cujos genótipos podem ser de-terminados com certeza e determine os genó­tipos desses indivíduos.


03. UFPI. O heredograma abaixo representa o cruzamento entre animais da mesma espécie, que apresentam fenótipos de pelo curto e pelo longo. O pelo curto é uma característica reces­siva. Os quadrados representam os machos e os círculos representam as fêmeas.

O heredograma cruzamento entre animais da mesma espécie

Assinale a alternativa que contém o genótipo dos indivíduos 1 – 1, II – 5, III – 2 e III – 3, res­pectivamente.
a. Cc, Cc, Cc, cc
b. CC, Cc, cc, Cc
c. CC, cc, Cc, cc
d. Cc, Cc, CC, cc
e. Cc, Cc, cc, Cc


04. UFSC. O heredograma abaixo mostra uma família onde encontramos indivíduos não afetados (quadrados e círculos brancos) e afetados por uma anomalia (quadrados e círculos pretos).

O heredograma abaixo mostra uma família onde encontramos indivíduos não afetados (quadrados e círculos brancos) e afetados por uma anomalia (quadrados e círculos pretos).

Segundo a 1á e a 2á lei de Mendel, a análise deste heredograma nos permite concluir corretamente que:
01. o padrão de herança da anomalia é au­tossômico dominante.
02. o indivíduo 111 -4 com certeza é hetero­zigoto.
04. a chance de o indivíduo II – 3 ser hete­rozigoto é de 50%.
08. os indivíduos do casal II – 1 e II – 2 são heterozigotos.
16. trata-se de uma herança, ligada ao sexo, de padrão recessivo.
32. a possibilidade de o casal II – 3 e II – 4 ter outra filha afetada pela anomalia é de 25%.
64. a chance de o casal III – 4 e III – 5 ter outro filho do mesmo sexo que IV – 1, no entanto afetado, é de 16,6%.


05. UEG-GO. O heredograma a seguir refere-se a uma famí­lia com braquidactilia. Os indivíduos portado­res dessa anomalia têm os terminais ósseos bem curtos nos dedos em comparação com os de uma mão normal, em decorrência da mani­festação de um alelo.

heredograma famí­lia com braquidactilia

 

GRIFFITHS, Arthory J. F., et.al. Introdução à genética. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1990. p. 65.

a. A braquidactilia é ocasionada por um gene dominante ou recessivo?
b. Qual a probabilidade de o casal 1 ter fi­lho normal?


06. FGV-SP. Sabe-se que um homem e uma mulher são he­terozigotos para um gene recessivo que con­diciona o albinismo. Se eles tiverem gêmeos dizigóticos, qual é a probabilidade de as duas crianças serem albinas?

heredograma exercícios com gabarito

07. Mackenzie-SP

heredograma albinismo, canhoto

Assinale a alternativa correta a respeito do he­redograma acima.

a. O indivíduo 1 pode ser homozigoto para o albinismo.
b. O casal 1 x 2 tem 50% de probabilida­de de ter uma criança destra e normal para o albinismo.
c. Um dos pais do indivíduo 4 é obrigato­riamente canhoto.
d. Todos os filhos do casal 6 x 7 serão albinos.
e. Os indivíduos 1 e 8 têm obrigatoria­mente o mesmo genótipo.


08. Em relação à gemelaridade, é correto afirmar que:

a. na formação de gêmeos univitelínicos, houve liberação de dois óvulos em uma mesma ovulogênese.
b. é impossível a ocorrência, na mesma gestação, de gemelaridade monozigóti­ca e dizigótica.
c. gêmeos bivitelínicos nunca serão doa-dores de órgãos entre si.
d. na gemelaridade monozigótica, ocor­reu fecundação de um óvulo por dois espermatozoides.
e. a segregação dos cromossomos homó­logos, o crossing over e eventuais mu­tações podem explicar a variabilidade gênica, observada entre gêmeos dizigóticos.


09. UFMG.
Em aconselhamentos genéticos, um dos re­cursos utilizados é a elaboração de heredogramas, como este:

É incorreto afirmar que a análise de heredo­gramas pode:
a. determinar o provável padrão de he­rança de uma doença.
b. ilustrar as relações entre os membros de uma família.
c. prever a frequência de uma doença genética em uma população.
d. relatar, de maneira simplificada, histó­rias familiares.


10. UFRJ. 0 heredograma a seguir mostra uma família cujos indivíduos indicados em azul são afetados por um distúrbio bioquímico, causado pela inatividade de uma enzima.

heredograma inatividade de uma enzima

Indique se o gene que codifica essa enzima está localizado em um dos cromossomos au­tossômicos ou no cromossomo X e se o alelo que causa o distúrbio é dominante ou recessi­vo. Justifique sua resposta.

 

🔵 >>> Confira a lista completa com todos os exercícios sobre Genética.

  

Gabarito com as respostas das questões sobre Heredograma:

Gabarito da questão 01. A;

Gabarito da questão 02. Genótipos com probabi­lidade 100%: A1A1 – II 1 e II 5; A1A2 – II 2, II 4, III 3, III 4; A2A2 – IV 6 e IV 7. Os demais genótipos podem ser A1A1 ou A1A2, não sendo possível identificá-los.

Gabarito da questão 03. A;

Gabarito da questão 04. 72 (08 + 64);

Gabarito da questão 05. a. A braquidactilia é uma anomalia ocasionada por um gene autossômico dominante.
b. Tendo filhos normais, a mulher que forma o casal 1 é heterozigota para a braquidacti­lia, enquanto o homem é homo­zigoto recessivo. Nesse caso, a probalilidade de o casal ter um filho normal é de 1/2 ou 50%.

Gabarito da questão 06.C;

Gabarito da questão 07. E;

Gabarito da questão 08. D;

Gabarito da questão 09.C;

Gabarito da questão 10. O alelo é recessivo, pois Alice tem o distúrbio e seus pais não. O gene é autossômi­co já que Carlos não tem o dis­túrbio, o que obrigatoriamente ocorreria se o gene estivesse no cromossomo X.

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário