Mutações Genéticas Questões Respondidas

01. UERJ. Mutações Genéticas:

Observe a sequência de bases nitrogenadas que compõem a porção inicial de um RNA mensageiro transcrito em uma determinada proteína de uma célula eucariota:

AU G G C UAAAU UAGAC..

Nessa proteína, o aminoácido introduzido pelo códon iniciador foi removido durante o processo de síntese de proteínas.

Admita que uma mutação tenha atingido o códon correspondente ao aminoácido núme­ro 3 da estrutura primária desse polipeptídeo, acarretando a troca de uma base A, na célula original, pela base U, na célula mutante.

A tabela abaixo permite a identificação dos códons dos aminoácidos encontrados tan­to na proteína original como na mutante, codificados pelo trecho inicial desse RNA mensageiro.

AMINOÁCIDO

CÓDONS

AlaninaGCU, GCC, GCA, GCG
ArgininaCGU, CGC, CGA, CGG, AGA, AGG
AspárticoGAU, GAC
FenilalaninaUUU, UUC
LeucinaUUA, UUG, CUU, CUC, CUA, CUG
LisinaAAA, AAG
Metionina e códon de iniciação AUG
SerinaUCU, UCC, UCA, UCG, AGU, AGC
TirosinaUAU, UAC
TriptofanoUGG

Agora, a estrutura primária da proteína mu­tante tem como terceiro aminoácido:

a. tirosina.

b. leucina.

c. triptofano.

d. fenilalanina.

 

 

02. UFPE. Mutações Genéticas:

A caricatura abaixo, de 1871, mostra como muitos cientistas receberam as ideias evo­lutivas de Darwin. Tal teoria também foi desafiada no passado recente pelo famo­so biólogo evolucionista Stephen Jay Gould, morto em 2002. Diferente de Darwin, Gould acreditava que a evolução pode ter dado saltos, considerando a descontinuidade do registro fóssil de muitas espécies.

Apesar disso, os cientistas modernos concor­dam que as mutações foram importantes no processo evolutivo. Sobre esse assunto, considere as alternativas que se seguem.

Lista de exercícios sobre Mutações Genéticas, com todas as respostas dispostas no gabarito no final do post.

( ) Mutações produzem proteínas defeituo­sas nas populações animais e vegetais de dada espécie e, portanto, são responsá­veis por processos de extinção em massa.

( ) Mutações silenciosas, como as que ocorrem nos íntrons da molécula de DNA, não geram modificações no fe­nótipo, assim não devem ser impor­tantes do ponto de vista evolutivo.

( ) Espera-se que a deleção de nucleotídeos de sequências gênicas na mo­lécula de DNA altere a sequência da cadeia polipeptídica, produzindo as-sim variabilidade genética.

( ) Ao observar os códons para os aminoáci­dos alanina e glicina, abaixo, é possível concluir que, se o código genético é “degenerado”; mutações nesses có­dons não influenciam no fenótipo dos organismos de uma população.

image

( ) As mutações devem afetar as células so­máticas para influenciarem no apareci-mento de características vantajosas aos indivíduos da prole.

 

 

03. UFRGS-RS

Após publicar os resultados de seus experi­mentos que levaram à construção da primeira célula bacteriana controlada por um genoma sintético, Craig Venter declarou: “Esta é a primeira criatura do planeta capaz de se replicar cujo pai é um computador.”

Em relação a esse experimento inovador, é correto afirmar que:

  1. a. o genoma sintético construído equi­valia ao de uma bactéria com um dos maiores genomas conhecidos.
  2. b. um erro na inserção de uma única base nitrogenada no genoma sintético pode prejudicar o seu funcionamento.
  3. c. o genoma sintético desenvolveu seu próprio citoplasma.
  4. d. o DNA da bactéria hospedeira foi retira-do de seu núcleo celular.
  5. e.  as bactérias são organismos especiais para esse tipo de experimento por não apresentarem recombinação genética.

 

 

04. UFSM-RS Observe as figuras.

image

image

Abreviaturas dos aminoácidos:

Phe = fenilalanina; Leu = leucina; Ile = isoleucina; Met = metionina; Va = valina; Ser = serina;

Pro = prolina; Tre = treonina; Ala = alanina;

Tir = tirosina; His = histidina; Glu = ácido glutâmico;

Cis = cisteína; Trp = triptofano; Atg = arginina; Gli = glicina.

 

Ecossistemas em desequilíbrio podem estar sendo afetados por fatores mutagênicos. Os defeitos nos nossos genes são causados por mutações no DNA. Na figura, identifique o nome dos aminoácidos correspondentes aos códons numerados de 2 a 8 e considere a hi­pótese de ocorrer uma mutação no DNA que originou o códon 7, o qual, ao invés de ser CGU, passou a ser CCU.

A sequência correta dos aminoácidos de 2 a 8, com a mutação no 7, é a seguinte:

 a. fenilalanina – glicina – felilalanina – treonina – ácido aspártico – arginina – serina.

b. lisina – prolina – lisina – cisteína – leucina – glicina – serina.c. metionina – fenilalanina – glicina – treonina-prolina-serina-metionina.

d. felilalanina – glicina – fenilalanina – treonina – ácido aspártico – prolina – serina.

e. fenilalanina – glicina – lisina – cisteína – ácido aspártico – serina.

 

 

05. Mutações Genéticas:

Mutações que ocorrem por adição ou deleção de bases são mais prejudiciais quando estas ocorrem mais próximas do códon de iniciação ou de término?

 

Genética de Populações Exercícios com Gabarito – 02.

 

06. Vunesp. Mutações Genéticas:

Um estudante de biologia tem em seu quintal um lindo pé de malva-rosa (Hibiscus mutabilis), planta cujas flores apresentam pétalas que são brancas pela manhã, quando a flor se abre, e vão se tornando cor-de-rosa intenso conforme o dia vai passando. Em um mesmo pé de malva-rosa, pode-se apreciar flores com cores de dife­rentes tons: desde as totalmente brancas, que acabaram de se abrir, até as totalmente rosa, abertas há várias horas.

O estudante tem uma hipótese para explicar o fenômeno: ao longo do dia a radiação so­lar induz mutações genéticas nas células das pétalas, que as levam à alteração da cor; se flores já totalmente cor-de-rosa forem poli­nizadas com pólen de flores da mesma cor, ou seja, se a polinização ocorrer depois da ocorrência das mutações, as sementes resul­tantes darão origem a plantas que produzi­rão apenas flores cor-de-rosa.

As explicações do estudante para a mudan­ça da cor da pétala de malva-rosa e para a transmissão hereditária dessa característica estão corretas? Justifique.

 

 

07. Fuvest-SP

0 fungo Neurospora crassa é capaz de crescer sobre substrato pobre em nutrientes (substrato mí­nimo), pois consegue produzir a maioria dos nutrientes de que precisa. Num experimento realizado nos anos de 1940, a exposição de esporos a raios X produziu uma linhagem de fungo que não conse­guia se desenvolver em substrato mínimo. O quadro abaixo mostra como foram feitos os testes de crescimento dessa linhagem de fungo em diferentes substratos e parte dos resultados observados.

a. O experimento mostrou que a nova linhagem de fungo deixou de produzir o nutriente C, mas que produzia os nutrientes A e B. Quais foram os resultados observados nos tubos 3, 4 e 5 que levaram a essa conclusão?

b. Que alterações os raios X devem ter provocado nos esporos para levar ao surgimento de uma linhagem de fungo incapaz de sobreviver em substrato mínimo?

 

 

08. Cesgranrio-RJ. Mutações Genéticas:

Apesar de suas amplas aplicações, o aparelho de raios X deve ser usado com cautela. Em especial, recomenda-se evitar a superexposição em crian­ças e adolescentes, pois pode provocar problemas para os seus descendentes. Explique por que os raios X podem ser nocivos ao ser humano e tam­bém por que se deve evitar seu uso em crianças.

 

 

09. UFC-CE

Cometer erros é a chave para o pro­gresso. Há momentos em que é importan­te não cometer erro algum – pergunte a qualquer cirurgião ou piloto de avião. No entanto (…) os erros não são apenas opor­tunidades valiosas para aprendermos; eles são, de forma significativa, a única opor­tunidade para aprendermos algo relativa-mente novo. (…) A evolução biológica se dá através de uma grande e inexorável se­quência de tentativas e erros – e sem os er­ros as tentativas não teriam levado a nada.

DENNETT, Daniel C. In: BROCKMAN, J. e MATSON K. (Org.). As coisas são assim. São
Paulo: Cia. das Letras, 1997. Adaptado.

 

O processo que se relaciona com o concei­to de evolução biológica apresentado pelo autor é:

a. reparação das lesões gênicas.

b. indução de mutações programadas.

c. geração de organismos transgênicos.

d. alteração aleatória na estrutura do DNA.

 

 

10. Unicamp-SP. Mutações Genéticas:

Os animais podem sofrer mutações gênicas, que são alterações na sequência de bases nitrogenadas do DNA. As mutações podem ser espontâneas, como resultado de funções celulares normais, ou induzidas, pela ação de agentes mutagênicos, como os raios X. As mutações são consideradas importantes fatores evolutivos.

a. Como as mutações gênicas estão rela­cionadas com a evolução biológica?

b. Os especialistas afirmam que se deve evitar a excessiva exposição de crianças e de jovens em fase reprodutiva aos raios X, por seu possível efeito sobre os descendentes. Explique por quê.

 

🔵 >>> Confira a segunda parte desta lista.

 

Veja a lista completa de exercícios sobre Genética aqui.

 

 

Gabarito com as respostas das questões sobre Mutações Genéticas:

01. D

02. F, V, V, F, F

03. B

 

04. D

05. Iniciação, pois a alteração afetará todos os códons subse­quentes, podendo gerar alte­ração em praticamente toda a proteína traduzida.

 

06. Não. A mudança da cor é uma alteração fenotípica provavelmente causada por fatores ambientais. Caso a ra­diação provocasse mutações, elas seriam somáticas e não germinativas, pois afetariam as células das pétalas; sendo assim, não seriam transmitidas para a prole ou descendência.

 

07. a. Nos tubos 3 e 4, o fun­go não cresceu e, no tubo 5, o fungo cresceu.

b. Mutações, inativando genes que codificam as enzi­mas necessárias para a produ­ção do nutriente C.

 

08. Os raios X, da mesma forma que outras radiações ioni­zantes, como o ultravioleta ou raios gama, são agentes muta­gênicos, ou seja, são capazes de induzir mutações genéticas que podem se acumular ao longo dos anos. Se os raios X forem muito utilizados na infância, haverá maior probabilidade de essas mutações se somarem exercer ou outras. Além disso, se as mutações ocorrerem nas células germinativas, elas poderão ser passadas para os descenden­tes. Assim sendo, deve-se evitar ao máximo a exposição antes e durante a idade reprodutiva, ou seja, em crianças e jovens.

 

09. D

 

10. a. De acordo com a te­oria sintética da evolução, as mutações gênicas geram as novas características (variabili­dade) responsáveis por modifi­cações sofridas pelas espécies de seres vivos ao longo do pro­cesso de evolução biológica.

b. A exposição excessiva de crianças e de jovens em fase reprodutiva aos raios X deve ser evitada porque induzem mutações, que podem alterar geneticamente as células da linhagem germinativa, a partir das quais serão formados óvu­los e espermatozoides, ocasio­nando problemas genéticos nos descendentes.

Spread the love

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.