Demografia e Dinâmica da População Atividades

1. Demografia e Dinâmica da População: (Enem) O quadro a seguir mostra a taxa de crescimento natural da população brasileira no século XX.

Demografia e Dinâmica da População

Analisando os dados podemos caracterizar o período entre:
a) 1920 e 1960, como de crescimento do planejamento familiar.
b) 1950 e 1970, como de nítida explosão demográfica.
c) 1960 e 1980, como de crescimento da taxa de fertilidade.
d) 1970 e 1990, como de decréscimo da densidade demográfica.
e) 1980 e 2000, como de estabilização do crescimento demográfico.

 


2. Demografia e Dinâmica da População: (ENEM) Um dos aspectos utilizados para avaliar a posição ocupada pela mulher na sociedade é a sua participação no mercado de trabalho. O gráfico mostra a evolução da presença de homens e mulheres no mercado de trabalho entre os anos de 1940 e 2000.

Da leitura do gráfico, pode-se afirmar que a participação percentual do trabalho feminino no Brasil:

a) teve valor máximo em 1950, o que não ocorreu com a participação masculina.
b) apresentou, tanto quanto a masculina, menor crescimento nas três últimas décadas.
c) apresentou o mesmo crescimento que a participação masculina no período de 1960 a 1980.
d) teve valor mínimo em 1940, enquanto que a participação masculina teve o menor valor em 1950.
e) apresentou-se crescente desde 1950 e, se mantida a tendência, alcançará, a curto prazo, a participação masculina.

 


3. (ENEM) Ao longo do século XX, as características da população brasileira mudaram muito. Os gráficos mostram as alterações na distribuição da população da cidade e do campo e na taxa de fecundidade (número de filhos por mulher) no período entre 1940 e 2000.

Comparando-se os dados dos gráficos, pode-se concluir que:
a) o aumento relativo da população rural é acompanhado pela redução da taxa de fecundidade.
b) quando predominava a população rural, as mulheres tinham em média três vezes menos filhos do que hoje.
c) a diminuição relativa da população rural coincide com o aumento do número de filhos por mulher.
d) quanto mais aumenta o número de pessoas morando em cidades, maior passa a ser a taxa de fecundidade.
e) com a intensificação do processo de urbanização, o número de filhos por mulher tende a ser menor.

 


4. (ENEM) A tabela a seguir representa, nas diversas regiões do Brasil, a porcentagem de mães que, em 2005, amamentavam seus filhos nos primeiros meses de vida.

Ao ingerir leite materno, a criança adquire anticorpos importantes que a defendem de doenças típicas da primeira infância. Nesse sentido, a tabela mostra que, em 2005, percentualmente, as crianças brasileiras que estavam mais protegidas dessas doenças eram as da região:
a) Norte.
b) Nordeste.
c) Sudeste.
d) Sul.
e) Centro-Oeste.

 


5. Demografia e Dinâmica da População: (ENEM) TENDÊNCIAS NAS MIGRAÇÕES INTERNACIONAIS
O relatório anual (2002) da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) revela transformações na origem dos fluxos migratórios. Observa-se aumento das migrações de chineses, filipinos, russos e ucranianos com destino aos países membros da OCDE. Também foi registrado aumento de fluxos migratórios provenientes da América Latina.
Trends in international migration – 2002. Internet: <www.ocde.org> (com adaptações).

No mapa seguinte, estão destacados, com a cor preta, os países que mais receberam esses fluxos migratórios em 2002.

As migrações citadas estão relacionadas, principalmente, à:
a) ameaça de terrorismo em países pertencentes à OCDE.
b) política dos países mais ricos de incentivo à imigração.
c) perseguição religiosa em países muçulmanos.
d) repressão política em países do Leste Europeu.
e) busca de oportunidades de emprego.

 

Geografia Urbana e seus Fenômenos Exercícios.


6. Demografia e Dinâmica da População: (ENEM) Nos últimos anos, ocorreu redução gradativa da taxa de crescimento populacional em quase todos os continentes. A seguir, são apresentados dados relativos aos países mais populosos em 2000 e também as projeções para 2050.

Com base nas informações anteriores, é correto afirmar que, no período de 2000 a 2050,
a) a taxa de crescimento populacional da China será negativa.
b) a população do Brasil duplicará.
c) a taxa de crescimento da população da Indonésia será menor que a dos EUA.
d) a população do Paquistão crescerá mais de 100%.
e) a China será o país com a maior taxa de crescimento populacional do mundo.

 


7. Demografia e Dinâmica da População: (ENEM) Nos últimos anos, ocorreu redução gradativa da taxa de crescimento populacional em  quase todos os continentes. A seguir, são apresentados dados relativos aos países mais populosos em 2000 e também as projeções para 2050.

Com base nas informações dos gráficos mostrados, suponha que, no período 2050-2100, a taxa de crescimento populacional da Índia seja a mesma projetada para o período 2000-2050. Sendo assim, no início do século XXII, a população da Índia, em bilhões de habitantes, será:
a) inferior a 2,0.
b) superior a 2,0 e inferior a 2,1.
c) superior a 2,1 e inferior a 2,2.
d) superior a 2,2 e inferior a 2,3.
e) superior a 2,3.

 


8. (ENEM) A tabela a seguir apresenta dados relativos a cinco países.

Com base nessas informações, infere-se que:
a) a educação tem relação direta com a saúde, visto que é menor a mortalidade de filhos cujas mães possuem maior nível de escolaridade, mesmo em países onde o saneamento básico é precário.
b) o nível de escolaridade das mães tem influência na saúde dos filhos, desde que, no país em que eles residam, o abastecimento de água favoreça, pelo menos, 50% da população.

c) a intensificação da educação de jovens e adultos e a ampliação do saneamento básico são medidas suficientes para se reduzir a zero a mortalidade infantil.
d) mais crianças são acometidas pela diarreia no país III do que no país II.
e) a taxa de mortalidade infantil é diretamente proporcional ao nível de escolaridade das mães e independe das condições sanitárias básicas.

 


9. Demografia e Dinâmica da População: (ENEM) OS BENEFÍCIOS DO PEDÁGIO DENTRO DA CIDADE
A prefeitura de uma grande cidade brasileira pretende implantar um pedágio nas suas avenidas principais, para reduzir o tráfego e aumentar a arrecadação municipal. Um estudo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) mostra o impacto de medidas como essa adotadas em outros países.

CINGAPURA – Adotado em 1975, na área central de Cingapura, o pedágio fez o uso de ônibus crescer 15% e a velocidade média no trânsito subir 10 km por hora.

INGLATERRA – Desde 2003, cobra-se o equivalente a 35 reais por dia dos motoristas que utilizam as ruas do centro de Londres. A medida reduziu em 30% o número de veículos que trafegam na região.

NORUEGA – Em 1990, a capital, Oslo, instalou pedágio apenas para aumentar sua receita tributária. Hoje arrecada 70 milhões de dólares por ano com a taxa.

CORÉIA DO SUL – Desde 1996, a capital, Seul, cobra o equivalente a 4,80 reais por carro que passe por duas de suas avenidas, com menos de dois passageiros. A quantidade de veículos nessas avenidas caiu 34% e a velocidade subiu 10 quilômetros por hora.
“Veja”, 28/6/2006 (com adaptações).


Com base nessas informações, assinale a opção correta a respeito do pedágio nas cidades mencionadas:
a) A preocupação comum entre os países que adotaram o pedágio urbano foi o aumento de arrecadação pública.
b) A Europa foi pioneira na adoção de pedágio urbano como solução para os problemas de tráfego em avenidas.
c) Caso a prefeitura da cidade brasileira mencionada adote a cobrança do pedágio em vias urbanas, isso dará sequência às experiências implantadas sucessivamente em Cingapura, Noruega, Coréia do Sul e Inglaterra.
d) Nas experiências citadas, houve redução do volume de tráfego coletivo e individual na proporção inversa do aumento da velocidade no trânsito.
e) O número de cidades europeias que já adotaram o pedágio urbano corresponde ao dobro do número de cidades asiáticas que o fizeram.

 

🔵 >>> Veja também a nossa lista completa de Questões sobre Geografia.

 

Gabarito com as respostas das atividades sobre Demografia e Dinâmica da População:

1. B;
2. E;
3. E;
4. A;
5. E;
6. D;
7. E;
8. A;
9. C

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário