Lista de Exercícios sobre o Período da Guerra Fria

01. Período da Guerra Fria: (Uncisal–2010) Há meio século, iniciava-se a conquista do espaço com o lançamento do 1.º satélite artificial – Sputnik 1 – pela extinta URSS.

Há muitos motivos para crer que o espaço mudou pouco no último meio século, apesar de as coisas estarem diferentes aqui na Terra. […] Hoje, a Guerra Fria não existe mais, mas o clima no espaço ainda está longe de refletir o ambiente de interação globalizada que mudou a economia, a política e a ciência em terra firme […]

FOLHA DE S. PAULO, 30 set. 2007. (Adaptação).

Considerando os fatos e as consequências, pode-se inferir que:

I. A corrida espacial representava o período da bipolarização mundial: URSS comandando o mundo socialista, e os EUA liderando o capitalista.

II. Além do Sputnik 1, a extinta URSS lançou o Sputnik 2, tendo a bordo a cadelinha Laika, enquanto os EUA lançaram o seu satélite, o Explorer 1, alguns meses depois.

III. Hoje a tecnologia de lançamento de satélite é compartilhada por quase todos os países, pois o interessante é manter ao alcance a tecnologia, diferentemente do que ocorria durante a Guerra Fria.

IV. Com o fim da Guerra Fria, a “paz espacial” não selou de vez: hoje outros países tentam conquistar o espaço, como a China, e o Brasil, com o desenvolvimento da VLS (Veículo Lançador de Satélite).

Está CORRETO o que se afirma em:

A) I, II, III e IV.

B) I, II e IV, apenas.

C) II, III e IV, apenas.

D) I e IV, apenas.

E) II e III, apenas.

 

 

02. (UFSCar-SP–2008) Observe o mapa:

Regiões geopolíticas do globo

regiões politicas do globo

VESENTINI, J. W. 2003. (Adaptação).

A regionalização do mundo adotada nesse mapa corresponde a:

A) um espaço descontínuo baseado inteiramente nos fluxos econômicos e político-militares.

B) um espaço contínuo baseado nos traços fisiográficos de cada área (relevo e clima, principalmente).

C) um espaço descontínuo fundamentado nas relações de poder entre Estados.

D) um espaço contínuo fundamentado em traços histórico-culturais e econômicos comuns a cada área.

E) um espaço contínuo-descontínuo alicerçado na inovação tecnológica e nos recursos humanos de cada área.

 

 

03. (UFMG–2006) Analise este mapa, em que está indicada a localização do Estreito de Bering:

estreito de bering

A partir dessa análise, é INCORRETO afirmar que esse Estreito:

A) pela posição em latitudes elevadas, é desprovido da importância estratégica e geopolítica comum a outros estreitos que separam continentes e ilhas.

B) pela relativa facilidade de ligação entre os continentes Euroasiático e Americano, se constitui uma das hipóteses da origem das civilizações mais antigas da América.

C) por ser cortado pelo Círculo Polar Ártico, tem sido muito sensível às flutuações climáticas globais, passadas e presentes.

D) por estabelecer a ligação entre os oceanos Glacial Ártico e o Pacífico norte, possibilita a permuta da flora e da fauna de ecossistemas diferentes.

 

 

04. (Enem–2009) O fim da Guerra Fria e da bipolaridade, entre as décadas de 1980 e 1990, geraram expectativas de que seria instaurada uma ordem internacional marcada pela redução de conflitos e pela multipolaridade.

O panorama estratégico do mundo Pós-Guerra Fria apresenta:

A) o aumento de conflitos internos associados ao nacionalismo, às disputas étnicas, ao extremismo religioso e ao fortalecimento de ameaças como o terrorismo, o tráfico de drogas e o crime organizado.

B) o fim da corrida armamentista e a redução dos gastos militares das grandes potências, o que se traduziu em maior estabilidade nos continentes europeu e asiático, que tinham sido palco da Guerra Fria.

C) o desengajamento das grandes potências, pois as intervenções militares em regiões assoladas por conflitos passaram a ser realizadas pela Organização das Nações Unidas (ONU), com maior envolvimento de países emergentes.

D) a plena vigência do Tratado de Não Proliferação, que afastou a possibilidade de um conflito nuclear como ameaça global, devido à crescente consciência política internacional acerca desse perigo.

E) a condição dos EUA como única superpotência, mas que se submetem às decisões da ONU no que concerne às ações militares.

 

 

05. Período da Guerra Fria: (Enem–2009) A figura apresenta diferentes limites para a Europa, o que significa que existem divergências com relação ao que se considera como território europeu.

mapa duvidas territorio europeu

BOURGEAT, S.; BRÁS, C. (Coord.). Histoire et Géographie. Travaux dirigés. Paris: Hatier, 2008. (Adaptação).

De acordo com a figura:

A) a visão geopolítica recente é a mais restritiva, com um número diminuto de países integrando a União Europeia.

B) a delimitação da Europa na visão clássica, separando-a da Ásia, tem como referência critérios naturais, ou seja, os Montes Urais.

C) a visão geopolítica dos tempos da Guerra Fria sobre os limites territoriais da Europa supõe o limite entre civilizações desenvolvidas e subdesenvolvidas.

D) a visão geopolítica recente incorpora elementos da religião dos países indicados.

E) a representação mais ampla a respeito das fronteiras da Europa, que engloba a Rússia chegando ao oceano Pacífico, descaracteriza a uniformidade cultural, econômica e ambiental encontrada na visão clássica.

 

Lista de Exercícios sobre a Urbanização no Brasil.

 

06. Período da Guerra Fria: (UERJ–2009)

Projeção Polar Norte

projecao do polo norte na guerra fria

SCALZARETTO, Reinaldo; MAGNOLI, Demétrio. Atlas geopolítica. São Paulo: Scipione, 1996.

(Nova) Guerra Fria sobre o Ártico

Mesmo divergindo sobre as causas do fenômeno, a comunidade científica é unânime: o Ártico está derretendo. Segundo um estudo da Arctic Climate Impact Assessment (ACIA), publicado em 2004, 4 998 000 km2 de geleiras desapareceram ao longo dos últimos 30 anos. Disponível em: <http://diplo.uol.com.br>. (Adaptação).

No mapa e na reportagem, apresentam-se informações que remetem a possíveis alterações na economia e na política da região ártica, fruto da combinação de eventos como a mundialização do capitalismo e o aquecimento global.

Dois significativos interesses estratégicos que podem produzir uma redefinição da geopolítica do Ártico são:

A) instalação de bases militares e monitoramento do tráfego aéreo.

B) aproveitamento da biodiversidade e expansão do mar territorial.

C) exploração de recursos minerais e controle de novas rotas marítimas.

D) utilização de reservas de água potável e aproveitamento da energia hidroelétrica.

 

 

07. (UNESP-SP–2010) Leia com atenção os textos a seguir.

I. “A política internacional do Pós-Guerra apresenta duas características que a distinguem de todos os períodos anteriores: a universalidade das relações entre Estados e a bipolarização do poder planetário.

A universalidade das relações entre Estados é fruto da desagregação definitiva dos impérios coloniais. A descolonização da Ásia e da África, que se iniciara no Entre-Guerras, praticamente se completa na década de 1960. O aparecimento de dezenas de novos países independentes cria, pela primeira vez, uma diplomacia efetivamente mundial”.

II. “A bipolarização do poder planetário é resultado do enfraquecimento geopolítico das antigas potências e da emergência de duas superpotências capazes de desencadear a destruição de todo o sistema mundial de Estados”.

III. “Comandando direta ou indiretamente dezenas de Estados abrigados em suas áreas de influência, as superpotências encetam uma disputa pela hegemonia mundial que tem repercussões nos planos político, econômico e propagandístico. […] A diplomacia contemporânea se desenvolve em circunstâncias sem precedentes. Raras vezes existiu base menor de entendimento entre as grandes potências, mas tampouco jamais foi tão coibido o uso da força”.

MAGNOLI, Demétrio. O mundo contemporâneo: Relações Internacionais 1945 a 2000. São Paulo: Moderna, 2002. (Adaptação).

Os textos referem-se, respectivamente, a:

A) I. Organização das Nações Unidas (ONU);

II. Inglaterra e França;

III. Doutrina Monroe.

B) I. Organização das Nações Unidas (ONU);

II. Estados Unidos e a União Soviética;

III. Guerra Fria.

C) I. Organização dos Estados Americanos (OEA);

II. Reino Unido e Japão;

III. Plano Marshall.

D) I. União Europeia;

II. Canadá e EUA;

III. Doutrina Truman.

E) I. Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN);

II. Alemanha e França;

III. Conferência de Potsdam.

 

 

08. Período da Guerra Fria: (Enem–2006) Os mapas a seguir revelam como as fronteiras e suas representações gráficas são mutáveis.

guerra fria e pos guerra fria

Essas significativas mudanças nas fronteiras de países da Europa Oriental nas duas últimas décadas do século XX, direta ou indiretamente, resultaram:

A) do fortalecimento geopolítico da URSS e de seus países aliados, na ordem internacional.

B) da crise do capitalismo na Europa, representada principalmente pela queda do Muro de Berlim.

C) da luta de antigas e tradicionais comunidades nacionais e religiosas oprimidas por Estados criados antes da Segunda Guerra Mundial.

D) do avanço do capitalismo e da ideologia neoliberal no mundo ocidental.

E) da necessidade de alguns países subdesenvolvidos ampliarem seus territórios.

 

🔵 >>> Veja também a nossa lista completa de Questões sobre Geografia.

 

Gabarito com as respostas da lista de questões de geografia sobre o Período da Guerra Fria:

01. B;

02. D;

03. A;

04. A;

05. B;

06. C;

07. B;

08. D

Deixe um comentário