Revolução Americana Questões com Gabarito

01. Revolução Americana: (UFF-RJ) Os processos de ocupação do território americano do norte simbolizam, para muitos historiadores, a presença do ideário europeu no Novo Mundo. Os pioneiros ingleses do Mayflower construíram uma sociedade baseada na justiça e no cumprimento dos valores religiosos e morais protestantes. Essa base fundadora teve papel essencial na formação dos Estados Unidos da América.
Assinale a alternativa que contém a relação
CORRETA entre a fundação e a formação dos Estados Unidos:
A) A Revolução Americana de 1776 representou, nos Estados Unidos, a presença dos valores da Revolução Francesa, mostrando como os americanos estavam sintonizados com a Europa e não queriam se separar da Inglaterra.
B) A Revolução Americana de 1776 foi o episódio que representou, de forma mais cabal, a presença da tradição dos primeiros colonos, através do sentido de liberdade e da ideia de “destino manifesto”.
C) A Revolução Americana de 1776 apresentou valores que eram oriundos das culturas indígenas da região americana e, por isso, garantiu a expressão radical de liberdade, na Revolução.
D) A Revolução de 1776 foi um episódio isolado na história dos Estados Unidos, pois se fundamentou em valores de unidade que não foram capazes de fazer dos Estados Unidos um país americano.
E) A Revolução Americana de 1776 foi apenas um ensaio o que ocorreria no século XIX nos Estados Unidos, por isso, podemos pensá-la como um apêndice da Guerra de Secessão, esta sim, vinculada à Revolução Francesa.

 


02. (UFMG) Em 1776, após uma série de conflitos, uma parcela expressiva das sociedades das Treze Colônias se articulou no sentido de romper com o domínio inglês. Considerando-se esse processo, bem como seus desdobramentos, é CORRETO afirmar que ele se:
A) notabilizou pela consolidação do latifúndio, o que atendia aos interesses das elites religiosas, que se apropriaram de grandes glebas de terras.
B) caracterizou, desde o início, pela intransigente defesa da escravidão por parte dos americanos, no que eram contraditados pelos interesses ingleses.
C) configurou como uma primeira tentativa de instalação de um regime socialista anticolonial, o que contrariava seriamente os interesses dos comerciantes.
D) destacou pela repercussão internacional alcançada, tornando-se uma referência, na prática, para outras colônias americanas.

 


03. Revolução Americana: (Mackenzie-SP–2010) O processo de emancipação das Treze Colônias Inglesas da América do Norte, na segunda metade do século XVIII, é denominado de Revolução Americana, pois:
A) representou o fim do pacto colonial naquela parte do continente americano, servindo de modelo para os demais processos emancipatórios americanos.
B) rompeu o pacto colonial mercantilista e criou uma sociedade liberal e democrática para todos os setores sociais.
C) foi a primeira etapa das revoluções liberais, que, a partir de então, iriam propagar-se somente na Europa.
D) assinalou o início de uma sociedade capitalista, baseada no trabalho assalariado, livre das instituições feudais.
E) a ideologia de seus grandes líderes era a mesma que caracterizaria, pouco tempo depois, a Revolução Inglesa.

 


04. (FGV-SP–2008) São verdades incontestáveis para nós:
que todos os homens nascem iguais; que lhes conferiu o Criador certos direitos inalienáveis, entre os quais o de “vida, o de liberdade e o de buscar a felicidade
.
DECLARAÇÃO de Independência, 4 jul. 1776.

Acerca da Independência das Treze Colônias, é CORRETO afirmar que:
A) a ruptura com a metrópole foi efetivada pelas classes sociais dominantes coloniais, o que fez com que as demandas dos mais pobres fossem barradas e que não houvesse solução imediata para a questão escravista.
B) comandada pelos setores mais radicais da pequena burguesia, os colonos criaram uma república federativa, considerando, como pilares fundamentais da nova ordem institucional, as igualdades política e social.
C) sua efetivação só foi possível devido à fragilidade econômica e militar da Inglaterra, envolvida com a Guerra dos Sete Anos com a França, além da aliança militar dos colonos ingleses com a forte Marinha de guerra da Espanha.
D) o desejo por parte dos colonos de emancipar-se da metrópole Inglaterra nasceu em uma conjuntura de abertura da política colonial, na qual, a partir de 1770, as Treze Colônias foram autorizadas a comerciarem com as Antilhas.
E) o processo de ruptura colonial foi facilitado em decorrência das identidades econômicas e políticas entre as colônias do norte e as do sul, praticantes de uma economia de mercado, com o uso da mão de obra livre.

 

 

05. Revolução Americana: (UEL-PR–2008) As interpretações predominantes afirmam que a escravidão nos Estados Unidos da América foi abolida devido ao fato de que:
I. o sistema escravista era incompatível com o funcionamento da República, que, pela Constituição de 1776, previa igualdade plena de direitos à população.
II. existia uma rivalidade entre o norte industrializado e o sul agrícola, que desencadeou uma guerra na qual o resultado final foi favorável ao norte.
III. a escravidão limitava o crescimento do mercado interno ao diminuir a renda dos trabalhadores.
IV. por ser o último país a permiti-la, os EUA estavam submetidos a fortes pressões, inclusive dos líderes religiosos, que ameaçaram excomungar os proprietários de escravos.
Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas
CORRETAS:
A) I e II C) III e IV E) I, III e IV
B) II e III D) I, II e IV

 

Questões de Geografia sobre os Povos Africanos.

 

06. Revolução Americana: (UFC–2007) Em 1776, ocorreu a ruptura entre as 13 Colônias Inglesas da América do Norte e a Coroa britânica. Em relação a esse contexto e sobre a organização social dos Estados Unidos da América, é CORRETO afirmar que:
A) a Inglaterra, juntamente com a Espanha, a França e a Holanda, montou uma coalizão militar contra os exércitos coloniais.
B) a Independência das 13 Colônias possibilitou a abolição da escravatura e a outorga aos ex-escravos de direitos civis e políticos semelhantes aos dos colonos de origem inglesa.
C) a Independência assegurou aos índios do oeste o livre acesso à terra, a partir da organização de povoamentos exclusivamente formados por indígenas.
D) a Constituição norte-americana adotou a República Federativa Presidencial como modelo de governo e instituiu a divisão de poderes em Executivo, Legislativo e Judiciário.
E) o Tratado de Paris, em 1783, determinou o pagamento de indenização dos Estados Unidos da América à Coroa britânica, em função do rompimento dos laços coloniais.

 


07. Revolução Americana: (FGV-SP–2007) Leia os trechos:
Na Europa, as terras ou são cultivadas ou são proibidas aos agricultores. A manufatura deve, então, ser procurada por necessidade e não por escolha. Nós, porém, temos uma imensidade de terra. […] Enquanto tivermos terra para trabalhar, nunca  desejemos ver nossos cidadãos ocupados numa bancada de trabalho ou girando uma roca de fiar […] Para as operações gerais de manufatura, deixemos que as nossas oficinas continuem na Europa. É melhor enviar matérias-primas para os  trabalhadores de lá do que trazê-los para cá […], com seus costumes e princípios. A aglomeração das grandes cidades não contribui para a manutenção de um governo legítimo […]

Thomas Jefferson, 1784.

Os regulamentos restritivos, que têm feito baixar a venda nos mercados estrangeiros do excedente cada vez maior de nossa produção agrícola, […] geraram forte desejo de que se criasse, internamente, uma demanda maior para aqueles excedentes. […]
Convém aqui enumerar os principais fatores que permitem concluir que os estabelecimentos manufatureiros não apenas provocam um aumento positivo no produto e na renda da sociedade, como também contribuem, decisivamente, para desenvolvê-la […]. 1. a divisão do trabalho; 2. uma ampliação no uso da maquinaria; 3. a utilização adicional de classes da comunidade […]; 4. a promoção da imigração de países estrangeiros; 5. a oferta de maiores oportunidades à diversidade de talentos […]; 6. o aparecimento de um campo mais amplo e variado para a empresa; […]
Alexander Hamilton, 1791. In: Secretaria da Educação-SP, Coletânea de documentos de História da América para o 2.º grau.

Os documentos tratam dos Estados Unidos logo após a Independência. De acordo com os trechos, é CORRETO afrmar que Jefferson e Hamilton:
A) divergem sobre a necessidade de instalar manufaturas nos Estados Unidos.
B) concordam com a adoção de princípios fisiocratas no novo país.
C) destacam o aumento do volume e da renda das exportações agrícolas americanas.
D) defendem a vinda de imigrantes europeus para os Estados Unidos.
E) discordam sobre a manutenção do trabalho escravo em sua economia.

 

 

08. Revolução Americana: (Enem–2007) Em 4 de julho de 1776, as Treze Colônias, que vieram inicialmente a constituir os Estados Unidos da América (EUA), declaravam sua independência e justificavam a ruptura do pacto colonial. Em palavras profundamente subversivas para a época, afirmavam a igualdade dos homens e apregoavam como seus direitos inalienáveis: o direito à vida, à liberdade e à busca da felicidade. Afirmavam que o poder dos governantes, aos quais cabia a defesa daqueles  direitos, derivava dos governados. Esses conceitos revolucionários que ecoavam o Iluminismo foram retomados com maior vigor e amplitude treze anos mais tarde, em 1789, na França.
COSTA, Emília Viotti da. Apresentação da coleção. In: POMAR, Wladimir. Revolução Chinesa. São Paulo: UNESP, 2003. Adaptado.

Considerando o texto anterior, acerca da Independência dos EUA e da Revolução Francesa, assinale a alternativa correta:
A) A Independência dos EUA e a Revolução Francesa integravam o mesmo contexto histórico, mas se baseavam em princípios e ideais opostos.
B) O processo revolucionário francês identificou-se com o movimento de Independência norte-americana no apoio ao absolutismo esclarecido.
C) Tanto nos EUA quanto na França, as teses iluministas sustentavam a luta pelo reconhecimento dos direitos considerados essenciais à dignidade humana.
D) Por ter sido pioneira, a Revolução Francesa exerceu  forte influência no desencadeamento da Independência norte-americana.
E) Ao romper o pacto colonial, a Revolução Francesa abriu o caminho para as independências das colônias ibéricas situadas na América.

 

 

09. Revolução Americana: (Enem–2009) Na democracia estadunidense, os cidadãos são incluídos na sociedade pelo exercício pleno dos direitos políticos e também pela ideia geral de direito de propriedade. Compete ao governo garantir que esse direito não seja violado. Como consequência, mesmo aqueles que possuem uma pequena propriedade sentem-se cidadãos de pleno direito. Na tradição política dos EUA, uma forma de incluir socialmente os cidadãos é:
A) submeter o indivíduo à proteção do governo.
B) hierarquizar os indivíduos segundo suas posses.
C) estimular a formação de propriedades comunais.
D) vincular democracia e possibilidades econômicas individuais.
E) defender a obrigação de que todos os indivíduos tenham propriedades.

 

 

10. Revolução Americana: (UNESP) Com o crescimento colonial, o sentimento e a experiência de autossuficiência foram-se avolumando, e as divergências com as autoridades […] eclodiram […], evoluindo para verdadeiros movimentos de rebelião colonial. A luta […] representa um marco fundamental no processo de formação da sociedade capitalista burguesa, assentada nos princípios liberais e individualistas do Iluminismo.
E. Nadai; J. Neves. História Geral – Moderna e Contemporânea.

O fragmento refere-se à:
A) Revolução Russa.
B) Guerra do Vietnã.
C) Independência dos Estados Unidos.
D) Revolução Chinesa.
E) Unificação da Itália.

 

🔵 >>> Veja também a nossa lista completa de Questões sobre Geografia.

 

Gabarito com as respostas das atividades de História Mundial sobre a Revolução Americana:

01. B; 02. D; 03. A; 04. A; 05. B; 06. D; 07. A; 08. C; 09. D10. C;

Compartilhe com seus amigos

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.