Simulado sobre os Tecidos Musculares – Parte 02

11. FCC-SP. Simulado sobre os Tecidos Musculares:

Na contração muscular, funcionam, respectivamente, como material contrátil, fonte imediata de energia, reserva de energia e fonte primária de energia:

a) actomiosina, ATP, fosforil-creatina e glicogênio.

b) actomiosina, glicogênio, ATP e ciclo de Krebs.

c) fibrila muscular, ATP, glicogênio e ciclo de Krebs.

d) fibrila muscular, glicólise, ATP e fosforil-creatina (fosfocreatina).

e) fosforil-creatina, glicólise, ATP e glicogênio.

 

🔴 Está com dúvida? Veja nosso resumo sobre os Tecidos e o Sistema Muscular.

 

12. UERJ

Com o objetivo de demonstrar, em laboratório, a importância de certos fatores no processo de contração da célula muscular estriada, um pesquisador colocou células musculares em recipientes com solução fisiológica, à qual diferentes fatores foram adicionados, conforme está representado no esquema.

O número que indica o recipiente onde se observou a contração muscular é:

a) 1

b) 2

c) 3

d) 4

e) 5

 

 

13. UFSCar-SP. Simulado sobre os Tecidos Musculares:

Se um músculo da perna de uma rã for dissecado e mantido em uma solução isotônica em recipiente hermeticamente fechado, o músculo é capaz de se contrair algumas vezes quando estimulado, mas logo deixa de responder aos estímulos. No entanto, se a solução for arejada, o músculo readquire a capacidade de se contrair quando estimulado. A explicação para o fenômeno é que o ar fornece o gás:

a) nitrogênio, necessário à transmissão do impulso nervoso ao músculo.

b) nitrogênio, necessário à síntese dos aminoácidos componentes da miosina.

c) oxigênio, necessário à oxidação da miosina e da actina que se unem na contração.

d) oxigênio, necessário à respiração celular da qual provém a energia para a contração.

e) carbônico, necessário à oxidação do ácido lático acumulado nas fibras musculares.

 

 

14. UFRGS-RS

Considere as afirmações abaixo sobre o tecido muscular esquelético.

I. Para que ocorra contração muscular, há necessidade de uma ação conjunta dos íons cálcio e da energia liberada pelo ATP, o que promove um deslizamento dos filamentos de actina sobre os de miosina na fibra muscular.

II. Exercícios físicos promovem um aumento no volume dos miócitos da musculatura esquelética, através da produção de novas miofibrilas.

III. Em caso de fadiga muscular, parte do ácido lático produzido através da fermentação lática passa par a a corrente sangüínea e é convertida em aminoácidos pelo fígado.

Quais estão corretas?

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas I e II.

d) Apenas II e III.

e) I, II e III.

 

 

15. UFMT. Simulado sobre os Tecidos Musculares:

Nos jogos olímpicos, em várias modalidades de provas, o aparelho locomotor é intensamente exigido. Sobre esse aparelho, assinale a afirmativa correta.

a) O deslocamento dos íons cálcio para o interior do retículo sarcoplasmático é conhecido como

bomba de cálcio e é facilitado pelas proteínas intrínsecas da membrana plasmática.

b) A velocidade do estímulo nervoso na placa motora pode ser acelerada pela presença da bainha de mielina sintetizada pelos oligodendrócitos do sistema nervoso periférico.

c) O deslizamento dos filamentos de actina sobre os de miosina, durante a contração muscular, ocorre devido à saída de íons cálcio do retículo sarcoplasmático e à presença de ATP.

d) A distensão muscular ocorre quando os discos intercalares do músculo estriado esquelético se rompem.

e) Uma dieta rica em carboidratos eleva as reservas de amido nas células musculares, proporcionando uma rápida resposta e melhor desempenho atlético.

 

Trocas Gasosas nos Seres Vivos Simulado com as Respostas – Parte 02.

 

16. Simulado sobre os Tecidos Musculares:

Assinale a alternativa incorreta.

a) Nos músculos, as reservas de carboidrato estão na forma de glicogênio.

b) Submetidas a esforço intenso, as células musculares obtêm energia realizando respiração e fermentação.

c) O tecido muscular estriado esquelético representa a maior parte da massa muscular humana.

d) Músculos lisos ou não-estriados têm contração lenta.

e) O peristaltismo do tubo digestório se deve à ação do tecido muscular estriado esquelético.

 

 

17. UEL-PR

As células musculares, quando submetidas a um esforço físico intenso, podem obter energia a partir dos processos de:

a) fermentação e quimiossíntese.

b) respiração e quimiossíntese.

c) digestão e fermentação.

d) digestão e quimiossíntese.

e) respiração e fermentação.

 

 

18. UFR-RJ. Simulado sobre os Tecidos Musculares:

Os músculos das pernas da galinha apresentam uma coloração escura e são de contração lenta. A coloração escura destas fibras musculares deve-se à presença de um pigmento chamado:

a) mioglobulina.

b) mioglobina.

c) ferritina.

d) hemossiderina.

e) hemoglobina.

 

 

19. UFPI. Simulado sobre os Tecidos Musculares:

O ATP gasto durante a contração muscular é rapidamente reposto graças a uma substância que transfere seu grupo fosfato energético para o ADP, transformando-o em ATP. Essa substância é denominada:

a) adenosina trifosfato

b) guanosina trifosfato

c) creatina–fosfato

d) miosina–fosfato

e) actina–fosfato

 

 

20. UFRJ. Simulado sobre os Tecidos Musculares:

Dentre os compostos que regulam o fluxo sangüíneo das artérias coronárias (vasos que nutrem o músculo cardíaco) está a adenosina. A adenosina é um produto de degradação do ATP e é formada segundo a seguinte seqüência de reações: ATP ĺ ADP ĺ AMP ĺ Adenosina. A adenosina promove a vasodilatação das artérias coronárias, o que aumenta o fluxo sangüíneo através do músculo cardíaco.

Explique por que em situações de exercício intenso é vantajoso que a regulação local da vasodilatação seja exercida pela adenosina, e não por outros vasodilatadores produzidos por outras vias metabólicas também presentes no organismo.

 

 

Veja a primeira parte desta lista de exercícios.

 

Confira a lista completa de exercícios sobre Fisiologia.

 

Gabarito com as respostas do Simulado sobre os Tecidos Musculares

11. A 12. B 13. D

14. C 15. C 16. E

17. E 18. B 19. C

 

 

20. A regulação local da vaso-dilatação pela adenosina é vantajosa porque a via de degradação do ATP é a mais intensa durante o exercício físico. Desse modo, a formação de adenosina fornece um sistema de auto-regulação em que, quanto mais ATP for consumido, mais dilatação ocorrerá, porque haverá mais adenosina.

Deixe um comentário