Cruzamento Gênico Exercícios com Gabarito

01. UFPR. Cruzamento Gênico: Em suínos, a sensibilidade ao anestésico ha­lothane é de grande importância econômica, uma vez que os animais sensíveis são altamen­te propensos a stress, provocando prejuízos por morte súbita e condenação de carcaças. Essa sensibilidade é provocada pela homozi­gose do gene h, e os animais afetados não po­dem ser identificados morfologicamente, até que a doença se manifeste, antes de atingirem a maturidade sexual. Um criador cruzou um macho e uma fêmea de genótipos desconhe­cidos e obteve um filhote que manifestou a doença. O mesmo casal foi cruzado mais uma vez e teve dois filhotes. Temeroso de perder também estes animais, o criador quer saber qual a probabilidade de ambos os filhotes se-rem afetados.

Assinale a resposta correta.
a. 6,25%.
b. 12,5%.
c. 25%.
d. 50%.
e. 100%.


02. UEPG-PR. Uma criança nasce com olhos azuis, sendo seu pai e sua mãe portadores de olhos castanhos. Nesse contexto, considerando experimentalmente esse cruzamento, assinale o que for correto.

1. O pai ou a mãe é com certeza homozigo­to recessivo.
2. O filho homozigoto nasce de pais hete­rozigotos.
04. Os pais são ambos homozigotos.
08. Os olhos castanhos são dominantes so­bre os azuis.
Dê a soma dos itens corretos.


03. Um par de alelos regula a cor dos pelos nos porquinhos-da-índia: o alelo domi­nante B produz a pelagem de cor preta e seu alelo recessivo b produz a pelagem de cor branca. Para determinar quantos tipos de gametas são produzidos por um desses animais, cujo genótipo homozigoto dominante tem o mesmo fenótipo do indivíduo heterozigoto, é necessário um cruzamen­to-teste.

Admita que os descendentes da primeira gera­ção do cruzamento-teste de uma fêmea com pelagem preta apresentem tanto pelagem preta quanto pelagem branca.

Descreva o cruzamento-teste realizado e de-termine o genótipo da fêmea e os genótipos dos descendentes.


04. UFPB. A anemia falciforme é uma doença monogê­nica que afeta a hemoglobina, fazendo com que as hemácias que a contêm apresentem formato de foice, o que prejudica o transpor-te de oxigênio. Com a chegada da população africana no Brasil, ocorreu um aumento na frequência do alelo recessivo condicionan­te da anemia falciforme na população. Esse fato ocorreu porque, na África, o alelo para a anemia falciforme apresenta alta frequência, pois indivíduos com traço falcêmico (hetero­zigotos) desenvolvem resistência à malária, doença endêmica dessa região.

A partir do ex­posto, considere a seguinte situação: Álvaro e Leda, um casal brasileiro, ambos portadores do traço falcêmico, procuraram aconselha-mento genético para saber a probabilidade de terem uma menina portadora de anemia falciforme. Nessas circunstâncias, a probabili­dade de nascer uma criança do sexo feminino com anemia falciforme é de:
a. 25%
b. 12,5%
c. 50%
d. 30%
e. 15%


05. UFOP-MG. Cruzamento Gênico: Mendel, em um de seus experimentos, cru­zou ervilhas de semente lisa com ervilhas de semente rugosa, ambas chamadas de geração parental, e observou que todos os descenden­tes possuíam sementes lisas, sendo chamados de geração F1. Ao cruzar indivíduos da geração F1, obteve a geração F2, na qual 3/4 dos indi­víduos possuíam sementes lisas e 1/4 possuía sementes rugosas.

A partir desses experimen­tos, Mendel concluiu:
a. Ao se cruzarem indivíduos RR com rr, obtêm-se 25% da geração F1 Rr, porém apenas o fator dominante se expressa.
b. Cada caráter é determinado por um par de fatores que se separam na formação dos gametas, indo um fator do par para cada gameta.
c. O fator responsável pela textura lisa da semente era recessivo em relação ao fa­tor para a textura rugosa na geração F1.
d. Ao se cruzarem os híbridos da geração F1, 1/4 dos indivíduos resultantes é do­minante e 3/4 são recessivos.


06. Unemat-MT. Cruzamento Gênico: Um casal normal teve dois filhos normais e um filho com albinismo, doença genética, condicio­nada por um único par de alelos, caracterizada pela ausência de pigmentação na pele, cabelo e olhos.

Com base neste caso, é correto afirmar:
a. a anomalia é condicionada por um gene dominante.
b. a probabilidade de o casal ter um próxi­mo filho albino é de 50%.
c. os pais são homozigotos.
d. o gene para a anomalia é recessivo.
e. todos os filhos normais são heterozigotos.


07. Unifesp. Uma espécie de peixe possui indivíduos ver­des, vermelhos, laranja e amarelos. Esses fe­nótipos são determinados por um gene com diferentes alelos, como descrito na tabela.

genótipos e fenótipos de peixes exercício genética

Suponha que esses peixes vivam em lagoas onde ocorre despejo de poluentes que não causam a morte dos mesmos, porém os tor­nam mais visíveis aos predadores.

a. Em uma dessas lagoas, os peixes amarelos ficam mais visíveis para os predado­res, sendo completamente eliminados naquela geração. Haverá a possibilidade de nascerem peixes amarelos na gera­ção seguinte? Explique.
b. Em outra lagoa, os peixes verdes ficam mais visíveis aos predadores e são eli­minados naquela geração. Haverá pos­sibilidade de nascerem peixes verdes na geração seguinte? Explique.


08. UFG-GO. Após seu retorno à Inglaterra, Darwin casou-se com sua prima Emma, com quem teve dez fi­lhos, dos quais três morreram. Suponha que uma dessas mortes tenha sido causada por uma doença autossômica recessiva. Nesse caso, qual seria o genótipo do casal para esta doença?

a. Aa e Aa.
b. AA e aa.
c. AA e Aa.
d. AA e AA.
e. aa e aa.


09. Cruzamento Gênico: ENEM. Mendel cruzou plantas puras de ervilha com flores vermelhas e plantas puras com flores brancas e observou que todos os descendentes tinham flores vermelhas. Nesse caso, Mendel chamou a cor vermelha de dominante e a cor branca de recessiva. A explicação oferecida por ele para esses resultados era a de que as plan­tas de flores vermelhas da geração inicial (P) possuíam dois fatores dominantes iguais para essa característica (VV), e as plantas de flores brancas possuíam dois fatores recessivos iguais (w). Todos os descendentes desse cruzamento, a primeira geração de filhos (F1), tinham um fa­tor de cada progenitor e eram Vv, combinação que assegura a cor vermelha nas flores.

Tomando-se um grupo de plantas cujas flores são vermelhas, como distinguir aquelas que são VV das que são Vv?

a. Cruzando-as entre si, é possível identi­ficar as plantas que têm o fator v na sua composição pela análise de caracterís­ticas exteriores dos gametas masculi­nos, os grãos de pólen.
b. Cruzando-as com plantas recessivas, de flores brancas. As plantas W produzirão apenas descendentes de flores verme-lhas, enquanto as plantas Vv podem pro­duzir descendentes de flores brancas.
c. Cruzando-as com plantas de flores ver­melhas da geração P. Os cruzamentos com plantas Vv produzirão descenden­tes de flores brancas.
d. Cruzando-as entre si, é possível que surjam plantas de flores brancas. As plantas Vv cruzadas com outras Vv pro­duzirão apenas descendentes vermelhas, portanto as demais serão VV.
e. Cruzando-as com plantas recessivas e analisando as características do am­biente onde se dão os cruzamentos, é possível identificar aquelas que pos­suem apenas fatores V.


10. Vunesp. Cruzamento Gênico: Uma planta A e outra B, com ervilhas amarelas e de genótipos desconhecidos, foram cruzadas com plantas C que produzem ervilhas verdes. O cruzamento A x C originou 100% de plantas com ervilhas amarelas, e o cruzamento B x C originou 50% de plantas com ervilhas amarelas e 50% verdes. Os genótipos das plantas A, B e C são, respectivamente:

a. Vv, vv, VV.
b. VV, vv, Vv.
c. VV, Vv, vv.
d. vv, VV, Vv.
e. vv, Vv, VV.

 

🔵 >>> Confira a lista completa com todos os exercícios sobre Genética.

 

Gabarito com as respostas das questões sobre cruzamento gênico:

Resolução do exercício 01. A;

Resolução do exercício 02. 10 (02 + 08);

Resolução do exercício 03. Cruzamento-teste: a fê­mea com pelagem preta foi cruzada com indivíduo de ge­nótipo homozigoto recessivo, ou seja, com pelagem de cor branca.

Fêmea: Bb (heterozigoto) Descencentes:

– pelagem preta Bb

– pelagem branca bb

O cruzamento-teste permite a determinação do genótipo de um indivíduo que espressa o fenótipo dominante.

Resolução do exercício 04. B;

Resolução do exercício 05. B;

Resolução do exercício 06. D;

Resolução do exercício 07. a. Sim. É possível obter descendentes amarelos na geração seguinte por meio dos cruzamentos: GG2 x GG2, G1G2 x G1G2 e GG2 x G1G2.

b. Considerando-se os dados fornecidos na questão, o alelo G determina verde, G1 vermelho e G2 amarelo, e trata-se de polialelia ou alelos múltiplos, sendo G > G1 = G2. Com a eliminação dos peixes verdes, únicos portadores do alelo G, não haverá possibili­dade de nascerem peixes com esse fenótipo na geração se­guinte.

Resolução do exercício 08.A;

Resolução do exercício 09. B;

Resolução do exercício 10.C

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

1 comentário em “Cruzamento Gênico Exercícios com Gabarito”

Deixe um comentário