Linkage e Crossing-Over Questões Respondidas

01. UMC-SP. Linkage e Crossing-over:

Um indivíduo de genótipo desconhecido pro­duziu os seguintes gametas:

4% MN 46% Mn 46% mN 4% mn Responda às questões abaixo.

a. Quais desses gametas são parentais e quais são recombinantes?

b. Qual o genótipo do indivíduo? Ele é cis ou trans?

c. Qual a taxa de recombinação entre M e n?

d. Qual a distância dos lócus m e n no mapa genético?

e. Se 40% das células desse indivíduo so­frerem crossing over, qual será a nova taxa de recombinação?

 

 

02. Linkage e Crossing-over:

Utilizando os dados do exercício anterior, con­sidere:

Se um indivíduo cis para os referidos genes com taxa de recombinação (TR) = 10% fosse cruzado com um duplo recessivo, quais seriam os des­cendentes do cruzamento e em qual proporção?

 

 

03. Linkage e Crossing-over:

A porcentagem de permutação entre genes de um par de cromossomos fornece uma indica­ção da distância que existe entre eles. Entre os genes X, Y e Z, verificam-se as seguintes por­centagens de permutação: X e Y = 25%, Y e Z = 12%, X e Z = 13%.

Assinale a opção que indica a correta disposi­ção destes genes no cromossomo.

a. X-Y-Z

b. X-Z-Y

c. Z – X – Y

d. Y-X-Z

e. Z – Y – X

 

 

04. Linkage e Crossing-over:

Determine a posição relativa e a distância en­tre os genes, sabendo que um indivíduo gerou os seguintes tipos de gametas, nas seguintes proporções:

RS 35%, rS 15%, Rs 15%, rs 35%

 

Noções de Probabilidade Gênica Exercícios com Gabarito.

 

05. UFRGS-RS

O esquema a seguir representa determinados genes alelos, localizados no mesmo par de homólogos.

Assinale a alternativa correta.

  1. Em 1, a frequência de crossing over é mais significativa.
  2. Em II, a probabilidade de ligação é maior.
  3. Em II, a probabilidade de recombinação gênica é menor.

d. Em 1, a ligação é menos frequente.

  1. Em II, a probabilidade de recombinação é maior.

 

 

06. UFTM-MG

Considere duas características determinadas por dois diferentes pares de genes situados em um mesmo par de cromossomos autossô­micos, como exemplificado no esquema.

Suponha que 500 células germinativas, com o mesmo genótipo da célula anterior, entrem em meiose e que 20% dessas células apresen­tem permutação. O número de gametas re­combinantes que se espera encontrar ao final do processo é:

a. 200

b. 400

c. 500

d. 1.000

e. 2.000

 

 

07. UEL-PR. Linkage e Crossing-over:

Na meiose de um indivíduo AB/ab, ocorre crossing over entre esses genes em 40% das células. A frequência de gametas AB, Ab, aB e ab produzidos por esse indivíduo deve ser, res­pectivamente:

a. 10%, 40%, 40% e 10%.

b. 30%, 20%, 20% e 30%.

c. 30%, 30%, 20% e 20%.

d. 40%, 10%, 10% e 40%.

e. 40%, 40%, 10% e 10%.

 

 

08. Linkage e Crossing-over:

Em alguns casos, na genética, a proporção dos gametas formados não obedece à se­gunda lei de Mendel. Neste caso, temos um caso de ___________ ou ___________. Nesta situação, os gametas que são formados em maior proporção são ditos ____________ e os gametas formados em menor proporção são ditos ___________.

a. epistasia – interação gênica – maiorais – filiais

b. ligação gênica – recombinação genética – dominantes – recessivos

c. epistasia – recombinação gênica – pa­rentais – recombinantes

d. ligação gênica – linkage – parentais – recombinantes

e. interação gênica – linkage – dominan­tes – recessivos

 

 

09. Linkage e Crossing-over:

O maior ou menor grau de ligamento (linkage):

a. depende do genótipo dos pais.

b. depende da distância entre os genes ligados no cromossomo.

c. não depende do gene.

d. depende da frequência de interação gênica.

e. depende do comprimento do cromossomo.

 

 

10. Linkage e Crossing-over:

Mendel, nas primeiras experiências sobre hereditariedade, trabalhou com ape­nas uma característica de cada vez. Pos­teriormente, ele acompanhou a transmis­são de dois caracteres ao mesmo tempo, e os resultados levaram-no a concluir que: “fatores para dois ou mais caracteres são transmitidos para os gametas de modo totalmente independente”. Esta observa­ção foi enunciada como “Segunda Lei de Mendel” ou “Lei da Segregação Independente”, a qual não é válida para os genes que estão em ligação gênica ou linkage, isto é, genes que estão localizados nos mesmos cromossomos.

Observe as seguintes proporções de gametas produzidos pelo di-híbrido AaBb em três situ­ações distintas.

I. AB (25%); Ab (25%); aB (25%); ab (25%),

II. AB (50%); ab (50%),

III. AB (40%); Ab (10%); aB (10%); ab (40%).

Quais os mecanismos presentes em I, II e III?

 

Veja a lista completa de exercícios sobre Genética aqui.

 

Confira aqui a primeira lista de exercícios sobre Linkage.

 

Gabarito com as respostas dos exercícios sobre linkage e crossing-over:

01. a. Parentais = Mn e mN Recombinantes: MN e mn

b. Trans (Mn/ mN)

c. Tr = 8%

d. Distância = 8 ur.

e. Tr = 20 %

362. MN / nn x mn/mn

 

02.

image

 

03. B

 

04. As proporções maiores são sempre dos gametas parentais, portanto:

RS – 35%

70% gametas parentais

rs – 35%

Rs – 15%

30% gametas recombinantes rS – 15%

TR = 30% – distância = 30 umc RS/rs é a posição do tipo cis.

image

 

05. 06. A   07. D  08. D  09. B

10. I- Segregação independente dos cromossomos homólogos (genes em cromossomos di­ferentes)

II – Ligação gênica completa (genes no mesmo cromossomo sem crossing over)

III – Ligação gênica incompleta (genes no mesmo cromossomo com crossing over com tr = 20%)

Obs. – I poderia ser também uma ligação gênica incompleta com tr = 50%

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.