Exercícios de Geografia sobre o Regionalismo Brasileiro

01. Regionalismo Brasileiro: (UEM-PR) Assinale o que for CORRETO sobre as políticas de regionalização e de desenvolvimento regional, no Brasil.

01. A primeira divisão regional oficial do Brasil baseava-se no conceito de região natural, isto é, os elementos naturais como os climas, os solos e a vegetação serviram de base para a divisão do território em regiões.

02. No processo de desmembramento do estado de Goiás, foi criado o estado do Tocantins, que passou a pertencer à região Nordeste do Brasil, levando-se em conta, principalmente, os aspectos populacionais e geoeconômicos.

04. A região Centro-Sul, definida segundo critérios geoeconômicos, constitui o centro econômico do país, com o maior parque industrial e a atividade agropecuária mais desenvolvida. Porém destaca-se, também, por graves problemas sociais e ambientais como a falta de moradias, a criminalidade, o desemprego, o subemprego e a poluição ambiental.

08. A criação da Sudam, da Sudene, da Sudeco e da Sudesul, superintendências respectivamente associadas ao desenvolvimento da Amazônia, do Nordeste, do Centro-Oeste e do Sul, não foi suficiente para anular as disparidades regionais brasileiras que ainda persistem.

16. A Sudene teve um papel fundamental no desenvolvimento da agricultura e da pecuária no Sertão nordestino, mas não interferiu no planejamento industrial do Nordeste.

32. Muitas empresas da Amazônia pertencem a empresários ou a grupos econômicos sediados no Centro-Sul, onde estão, também, os principais mercados regionais consumidores dos produtos fabricados no Norte do Brasil. O baixo poder aquisitivo de grande parte da população da Amazônia é um dos entraves à comercialização da produção industrial na região.

64. A Sudam implantou, na década de 1960, um programa de desenvolvimento regional inovador, que se baseava na proteção ambiental, no extrativismo organizado e no respeito à população indígena

Soma ( )

 

 

02. (PUC Rio–2009) Considerando as condições gerais do espaço brasileiro, é CORRETO afirmar que:

A) o sul do Rio Grande do Sul apresenta as melhores condições para a aglomeração populacional em razão das infraestruturas territoriais e da industrialização.

B) a linha de povoamento mais intenso ao longo da faixa atlântica deve-se à abundância de recursos naturais nessa área.

C) na Amazônia, a população que penetrou para o interior do território seguiu nitidamente a linha do rio principal do sistema hidrográfico.

D) a concentração populacional no Sul e no Sudeste se dá em razão da disponibilidade de terras muito férteis.

E) a dispersão populacional no interior do Brasil é resultante da indisponibilidade de recursos hídricos para povoar um território dessa dimensão.

 

 

03. Regionalismo Brasileiro: (FGV-SP–2009) Observe o mapa dos principais problemas ambientais brasileiros e responda, assinalando a alternativa que MELHOR relacione um impacto com um tipo de uso do território.

A) A frente norte do desmatamento amazônico relaciona-se, principalmente, com o cultivo do arroz, e o arco sul advém da expansão da atividade mineradora, estimulada pela alta do preço das commodities.

B) As áreas com risco de desertificação (região NE) e arenização (RS) estão associadas a fatores naturais e extração de carvão mineral, respectivamente.

C) Os processos erosivos estão associados, por um lado, às características pedológicas e climáticas e, por outro, às formas de cultivo rudimentar da agricultura familiar.

D) O arco sul do desmatamento amazônico é baseado, principalmente, no tripé madeira-soja-pecuária, facilitado pela abertura de rodovias.

E) O Polígono das Secas e as áreas sujeitas à desertificação são consequências diretas do mau uso do solo e das práticas rudimentares do agricultor nordestino.

 

 

04. Regionalismo Brasileiro: (UNESP–2010) Correlacione, com as regiões brasileiras, as informações contidas nos setogramas (área, PIB, população).

Identifique as regiões brasileiras correspondentes a cada item da legenda.

 

Proporção da área total do Brasil

A sequência CORRETA da legenda com as regiões brasileiras é:

A) Norte, Nordeste, Sul, Centro-Oeste e Sudeste.

B) Nordeste, Centro-Oeste, Norte, Sudeste e Sul.

C) Centro-Oeste, Sudeste, Sul, Nordeste e Norte.

D) Sul, Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste.

E) Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

 

 

05. Regionalismo Brasileiro: (UFSC–2011) Observe a figura a seguir:

1–Amazônia 2–Centro-Sul 3–Nordeste

 

A proposta de regionalização do Brasil, que toma por base critérios geoeconômicos, desconsidera os limites político-administrativos. Isso porque algumas áreas de determinados estados, segundo esses critérios, têm maior identidade com os estados limítrofes que com algumas de suas partes internas. Acerca da divisão regional do Brasil, é CORRETO afirmar que:

A) são observadas, na Amazônia, diferenças internas caracterizadas no Meio Norte, Sertão, Zona da Mata e Agreste.

B) a Amazônia compreende apenas parte da Floresta Amazônica localizada em território brasileiro. Integrada por quase todos os estados da região Norte (exceto parte do Ceará), além do Mato Grosso e leste do Maranhão, é uma região que apresenta baixa densidade demográfica.

C) o Centro-Sul é a região onde ocorreu o processo de povoamento do país. Possui grandes contrastes naturais e socioeconômicos entre as áreas do interior, mais urbanizadas, industrializadas e desenvolvidas economicamente e o litoral com grandes problemas sociais.

D) a agropecuária, no Nordeste, constitui o setor econômico mais importante, seguido pelo extrativismo vegetal, mineração e o setor industrial, com destaque para a zona industrial de Manaus.

E) o norte de Minas Gerais faz parte do complexo regional nordestino; o extremo sul do Mato Grosso pertence à região Centro-Sul e o restante do seu território faz parte da região da Amazônia; a porção oeste do Maranhão integra-se à Amazônia e o extremo sul do Tocantins pertence à região Centro-Sul.

 

Exercícios sobre Bacias hidrográficas com Gabarito.

 

06. Regionalismo Brasileiro: (UFPel-RS–2006) Devido à sua grande extensão territorial, o Brasil apresenta muitos contrastes, seja em aspectos físicos, econômicos ou humanos. Com base nessas diferenças, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) dividiu o país em cinco regiões há cerca de trinta anos. As regiões identificadas pelo IBGE são as seguintes:

I. Norte

II. Centro-Oeste

III. Nordeste

IV. Sudeste

V. Sul

Analise as seguintes afirmações sobre a divisão regional do Brasil:

( ) É uma região de contrastes nos aspectos naturais, humanos e econômicos. Ela apresenta áreas chuvosas e áreas de clima semiárido. Além disso, quase um quarto da população vive na miséria, enquanto uma pequena parcela detém parte das riquezas. Ela contribui muito com a migração para outras regiões.

( ) É a região mais extensa do país, embora apresente baixa densidade demográfica. Nessa região predominam aspectos naturais, floresta densa e heterogênea, clima quente e úmido, rios extensos e caudalosos, os quais drenam terras geralmente de altitude pouco elevada. Ela equivale a cerca de 60% do território brasileiro.

( ) Região que corresponde a 6,8% do território brasileiro, mas é a segunda em importância econômica. Ela apresenta uma densidade demográfica significativa, com mais de 41 hab/km². Nessa região, destaca-se o predomínio de um clima subtropical.

( ) Região mais povoada do Brasil, a qual possui quase 43% da população brasileira e concentra a maior produção agrícola e industrial do país, assim como a maior rede de transportes. É nessa região que podemos observar melhor a diversidade espacial resultante do desigual desenvolvimento do país.

( ) Esta região corresponde a quase 19% do território brasileiro. Pouco povoada, apresenta uma densidade demográfica de 6,8 hab/km². Foi desbravada nos séculos XVII e XVIII pelos bandeirantes, que procuravam pedras e metais preciosos. Desde a década de 1960, a região atrai imigrantes por oferecer grande quantidade de terras a serem exploradas.

Escolha a alternativa que apresenta a relação CORRETA entre as regiões e suas características:

A) I, II, V, III e IV D) III, I, V, IV e II

B) II, III, IV, V e I E) IV, I, III, II e V

C) V, III, I, II e IV

 

 

07. Regionalismo Brasileiro: (UEM-PR–2009) Sobre os complexos regionais ou regiões geoeconômicas do Brasil, assinale o que for CORRETO:

01. Os complexos regionais, cujos limites são definidos por critérios político-administrativos, expressam as tendências econômicas e demográficas de apropriação do território.

02. O complexo regional da Amazônia se define como fronteira de expansão econômica, o que significa dizer que ela é, também, fronteira de expansão demográfica e de exploração de recursos.

04. O complexo regional do Nordeste se caracteriza pela sua uniformidade interior quanto às condições naturais, ocorrência de secas severas e pela economia, baseada na pecuária extensiva e de corte.

08. O complexo regional Centro-Sul abriga mais de 60% da população do Brasil e concentra a maior parte dos recursos econômicos. Em contrapartida, apresenta também graves problemas socioambientais, como altas taxas de criminalidade, falta de moradias e poluição.

16. O complexo regional da Amazônia apresenta os seus limites coincidentes com aqueles da região Norte (divisão regional oficial), cuja unidade é garantida pelos aspectos naturais.

Soma ( )

 

 

08. Regionalismo Brasileiro: (FGV-SP) Considerando-se as características econômicas das grandes regiões brasileiras, divulgadas pelo IBGE nos últimos cinco anos, está CORRETA a seguinte afirmação:

A) A região Norte deixou de ser o alvo de investimentos públicos e privados, principalmente devido à ação  das ONGs favoráveis à demarcação das terrasindígenas e ao controle do comércio de espécies vegetais.

B) A região Nordeste registrou um crescimento econômico acima da média nacional, graças ao impulso dos setores da indústria e dos serviços.

C) A vocação pecuarista da região Centro-Oeste, aliada à inexpressiva produção agroindustrial no contexto do país, explicam o seu atual processo de decadência.

D) A queda significativa da participação dos setores agropecuário e industrial na economia da região Sul tem sido compensada pelo turismo, principalmente nas áreas de colonização alemã e italiana.

E) A região Sudeste, detentora do maior parque industrial e de uma agricultura de elevado padrão técnico e boa produtividade, exibiu os menores índices de desemprego no país.

 

 

09. Regionalismo Brasileiro: (Enem–2009) A partir do mapa apresentado, é possível inferir que, nas últimas décadas do século XX, registraram-se processos que resultaram em transformações na distribuição das atividades econômicas e da população sobre o território brasileiro, com reflexos no PIB por habitante. Assim:

CIATTONI, A. Géographie. L’espace mondial. Paris: Hatier, 2008. (Adaptação).

A) as desigualdades econômicas existentes entre regiões brasileiras desapareceram, tendo em vista a modernização tecnológica e o crescimento vivido pelo país.

B) os novos fluxos migratórios instaurados em direção ao Norte e ao Centro-Oeste do país prejudicaram o desenvolvimento socioeconômico dessas regiões, incapazes de atender ao crescimento da demanda por postos de trabalho.

C) o Sudeste brasileiro deixou de ser a região com o maior PIB industrial a partir do processo de desconcentração espacial do setor, em direção a outras regiões do país.

D) o avanço da fronteira econômica sobre os estados da região Norte e do Centro-Oeste resultou no desenvolvimento e na introdução de novas atividades econômicas, tanto nos setores primário e secundário, como no terciário.

E) o Nordeste tem vivido, ao contrário do restante do país, um período de retração econômica, como consequência da falta de investimentos no setor industrial com base na moderna tecnologia.

 

 

10. Regionalismo Brasileiro: (Enem–2010) Os dados dos gráficos a seguir foram extraídos da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios (PNAD), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a respeito da população nas cinco grandes regiões brasileiras. O primeiro gráfico mostra a distribuição da população brasileira em milhões de habitantes, e o segundo mostra o percentual da população que reside em domicílios urbanos sem saneamento básico adequado.

IBGE / PNAD, 2007. Disponível em: <http://ibge.com.br>. Acesso em: 10 out. 2008.

Considerando as informações dos gráficos, a região que concentra o menor número absoluto de pessoas residentes em áreas urbanas sem saneamento básico adequado é a região:

A) Norte. C) Sudeste. E) Centro-Oeste.

B) Nordeste. D) Sul.

 

🔵 >>> Veja também a nossa lista completa de Questões sobre Geografia.

 

Gabarito com as respostas das atividades de Geografia sobre Regionalismo Brasileiro:

01. Soma = 45;

02. C; 03. D; 04. E; 05. E; 06. D;

07. Soma = 11;

08. B; 09. D; 10. D

Spread the love