Os Climas do Brasil Exercícios com Gabarito

1) Os Climas do Brasil: (Unesp-SP)

A imagem ilustra o trajeto mais comum dos pilotos de asa-delta entre o Vale do Paranã e a Esplanada dos Ministérios em Brasília, distantes cerca de 90 quilômetros. Constituem fatores que permitem a longa duração deste voo:

a) o ângulo de incidência do sol (a intensidade de energia solar que atinge a Terra) e a frente oclusa (a ação do movimento da corrente de ar frio levantando o ar quente até que ele perca seu contato com a superfície).

b) a gravidade (a força de atração entre dois corpos) e a expansão adiabática (a expansão de grandes bolhas de ar até encontrarem menores valores de pressão atmosférica).

c) a brisa terrestre (a formação de um campo de alta pressão junto à superfície) e os ventos divergentes em altitude (a conformação de uma área receptora de ventos ascendentes).

d) o atrito (a força gerada no sentido contrário ao deslocamento do vento) e o efeito de Coriolis (a rotação das massas de ar no sentido horizontal em função do movimento da própria Terra).

e) o processo de condução (a transferência de calor da superfície para a camada mais próxima da atmosfera) e o processo de convecção (a dinâmica cíclica entre o ar quente que sobe e o ar frio que desce).

 

 

2) (UEL-PR) Com relação aos eventos atmosféricos ocorridos em Xanxerê (SC) e Francisco Beltrão (PR), em 2015, assinale a alternativa correta.

a) A eutrofização, que age na formação dos tornados, dissipa a energia acumulada nas nuvens capaz de gerar ventos em movimentos circulares a uma velocidade de 100 km/h causando destruição.

b) As linhas de instabilidade concentram radiações eletromagnéticas em altas temperaturas, que agem no interior das nuvens, provocando o surgimento dos tornados, através de massas de ar frias.

c) A associação da temperatura, precipitação, umidade e vento forma o estado meteorológico, cujo ritmo sequencial aumenta a capacidade devastadora do tornado.

d) Os tornados expressam as condições climáticas diretamente influenciadas pelo relevo, associadas ao elevado teor de fósforo que é encontrado no interior das nuvens gerando descargas atmosféricas e formação de correntes de ar.

e) Os tornados ocorrem devido a um contraste entre massas de ar quentes e frias com diferentes pressões, que gera uma nuvem em formato de cone e movimentos de redemoinho, atingindo o solo e provocando devastação.

 

 

3) Os Climas do Brasil: (Sabin) Leia o fragmento de texto.

Ele nasce sobre o Atlântico próximo à linha do Equador, ganha corpo sobre a floresta Amazônica e segue para oeste até os Andes, onde o encontro com a imponente muralha rochosa o faz desviar para o sul. Dali esse imenso volume de águas flutua sobre a Bolívia, o Paraguai e os estados brasileiros de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo. Às vezes, alcança Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul antes de retornar para o oceano.

Revista Pesquisa FAPESP, Ricardo Zorzeto, edição 158 – abril de 2009.

O fragmento de texto retrata os:

a) Ventos alísios de sudeste. d) Doldrums.

b) “Rios voadores”. e) Vento contra-alísios.

c) Ciclones tropicais.

 

 

4) (Unicid – Unifran-SP) O mapa representa a atuação de uma frente fria no território brasileiro.

Após a passagem deste sistema atmosférico sobre o oeste da Região Centro-Oeste e sul da Região Norte,

a) A temperatura apresenta leve aquecimento devido ao avanço da mTa, causando as ondas de calor de nordeste.

b) A incursão da mPa provoca queda de temperatura, o que caracteriza o fenômeno conhecido como friagem.

c) A entrada da mTc estabelece o acentuado declínio da temperatura, originando os mecanismos frontogenéticos austrais.

d) A inclusão da mTa promove instabilidade atmosférica, com o predomínio de baixas temperaturas, ocasionando o fenômeno denominado friagem.

e) A penetração da mPa torna o tempo estável, com a elevação da temperatura, defnindo as ondas de calor de noroeste.

 

 

5) Os Climas do Brasil: (A. Morumbi) Leia as informações relativas ao cultivo do coqueiro.

A sua exploração comercial é mais efciente em países que tenham solos arenosos, bastante radiação solar, umidade e boa precipitação de chuva.

(Fabiana Werneck Barcinski. Coqueiro, 2013.)

É ideal para esse tipo de cultura um terreno localizado em região litorânea de latitude

a) alta e com atuação da massa Equatorial Continental.

b) alta e com atuação da massa Tropical Atlântica.

c) média e com atuação da massa Polar Atlântica.

d) baixa e com atuação da massa Equatorial Atlântica

e) média e com atuação da massa Tropical Continental.

 

As Fontes de Energia no Brasil Questões com Gabarito.

 

6) Os Climas do Brasil: (Mackenzie-SP)

DISTRIBUIÇÃO DAS PRECIPITAÇÕES CONFORME AS LATITUDES

Com base no gráfico, assinale a alternativa correta.

a) Regiões com altas latitudes (entre 80° e 90°) tendem a ter maior índice pluviométrico, devido à grande concentração de umidade.

b) Não há relação entre latitude e temperatura; há, sim, entre pressão e a quantidade de chuva de um lugar.

c) As regiões de baixas latitudes (entre 0° e 10°) são os locais onde se encontram desertos, como o Atacama e o Saara.

d) Regiões de altas latitudes (entre 80° e 90°) são locais de baixa pressão e atraem massas de ar úmidas que avançam em direção aos polos.

e) A região com maior precipitação está próxima à linha do Equador, onde existe uma zona de baixa pressão.

 

 

7) Os Climas do Brasil: (Unesp) Analise o mapa.

Correntes marítimas e temperatura na superfície dos oceanos

(Antonio Guerra et al. Atlas geográfico mundial, 2007. Adaptado)

Considerando as relações existentes entre zonas climáticas, sistema de circulação atmosférica e correntes marítimas de superfície, é correto afrmar que

a) as correntes quentes predominam nas zonas intertropicais e o sentido de seu deslocamento está associado aos ventos de oeste predominantes na região.

b) as correntes frias predominam na zona equatorial e o sentido de seu deslocamento está associado aos ventos de leste predominantes na região.

c) as correntes quentes predominam na zona equatorial e o sentido de seu deslocamento está associado aos ventos de leste predominantes na região.

d) as correntes quentes predominam nas zonas subtropicais e o sentido de seu deslocamento está associado aos ventos de leste predominantes na região.

e) as correntes frias predominam nas zonas intertropicais e o sentido de seu deslocamento está associado aos ventos de oeste predominantes na região.

 

 

8) Os Climas do Brasil: (Unifenas-MG)

Atlas geográfico Melhoramentos. Editora Melhoramento, 2002, p. 64.

No conjunto da climatologia brasileira, está presente a composição do mecanismo atmosférico das massas de ar que atuam de maneira distinta em vários pontos do território nacional. A esse respeito, assinale a alternativa que expressa de maneira correta uma característica natural e um fato que justifica a ação desta no Brasil.

a) A mEc possui um padrão climático mesotérmico, sendo responsável pela ocorrência das frentes de convergência Intertropical no Brasil Setentrional.

b) Originada na região equatorial, a mEa é responsável pelas tempestades torrenciais na Zona da Mata Nordestina no período do outono-inverno.

c) A mTc, quente e úmida, ameniza no Brasil central o rigor climático no verão, tornando menos acentuando os efeitos da continentalidade.

d) De origem subantártica, a mTa transporta grande quantidade de umidade para os trechos elevados da Serra do Mar, levando à ocorrência da chamada “chuva de hora certa”.

e) A mPa, fria e úmida, ao avançar pelas planícies interiores do Brasil Centro – Ocidental, acarreta o fenômeno da “Friagem” na Amazônia.

 

 

9) Os Climas do Brasil: (Unesp) Fenômeno sazonal, que ocorre no inverno, leva a temperatura da Amazônia a seus níveis mais baixos do ano, causado pela presença de massas de ar vindas do sul do continente.

Trata-se:

a) De La Niña. c) Do albedo e) Da convergência intertropical.

b) Do El Niño. d) Da friagem

 

 

10) Os Climas do Brasil: (FGV-SP)

Ministério do Meio Ambiente (MAM) – In: O Estado de S. Paulo, 20/3/98.

As áreas destacadas no mapa do Nordeste têm despertado a atenção de governantes e instituições ambientais, devido ao processo de:

a) desertificação, causado, sobretudo, pela prática antiga da agricultura itinerante.

b) erosão, agravado pela expansão da pecuária intensiva e da agricultura comercial.

c) desertificação, acentuado nesta década pelo desmatamento da Floresta Tropical.

d) erosão, resultante do acentuado desmatamento da Floresta Tropical pela mineração.

e) irrigação de culturas, que está recuperando o potencial produtivo do Semiárido.

 

🔵 >>> Confira todos os nossos simulados com exercícios sobre a Geografia do Brasil.

Gabarito com as respostas do simulado de geografia sobre Os Climas do Brasil:

1) b;

2) c;

3) b;

4) c;

5) c;

6) d;

7) Corresponde a uma tempestade ciclônica de grande intensidade que se origina nos trópicos, sobre os oceanos (exceto Atlântico Sul), origina ventos muito fortes, que sopram espiralmente para o centro, no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio no hemisfério norte, e no sentido dos ponteiros do relógio no hemisfério sul.

Observação: O ciclone tropical é denominado Baguió nas Filipinas, tufão no oeste do Pacífico e furacão nas Antilhas e nos Estados Unidos.

 

8) É uma formação barométrica das médias e altas latitudes, caracterizada por uma extensa área de baixa pressão atmosférica, ao redor da qual os ventos sopram no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio, no hemisfério norte, e no sentido dos ponteiros do relógio, no hemisfério sul, ele é em geral de forma circular ou oval, com aproximadamente 750 a 1500 km de diâmetro. No Brasil associado à massa polar Atlântica e a frente fria, gera principalmente no Centro Sul do país, mudanças bruscas no tempo, através de ventos fortes, que provocam danos materiais em construções, derrubam árvores e no mar são responsáveis por ressacas (ondas de grande porte), precipitações pluviométricas, de granizo e nival e a redução da temperatura.

 

9) No litoral oriental da região Nordeste, as chuvas frontais ocorrem principalmente no outono e inverno (litoral e zona da mata) por causa das frentes frias (mPa + mTa) e dos ventos alísios.

10) O planalto da Borborema (agreste), não ultrapassa 800 m de altitude e é descontínuo, portanto não pode ser responsável pela imensa mancha semiárida no sertão nordestino.

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário