Exercícios sobre o Brasil Após 1985

01. Brasil Após 1985: Unifor-CE – A Nova República (1985) evidenciou uma série de “bossas” que marcaram o caráter da maioria dos políticos civis que colocaram seus interesses pessoais acima de qualquer ética ou compromisso com os eleitores. Dentre eles, o nepotismo que consiste:

a) na prática, de parte dos deputados, de legislar em causa própria para aumentar seus salários, os que recebem jeton, comparecendo ou não às sessões do Congresso.

b) na nomeação, por parte de parlamentares, prefeitos, governadores e outros, de parentes para ocuparem cargos em gabinetes, repartições, prefeituras, empresas estatais.

c) no apoio dado ao governo para nomear centenas de correligionários políticos para o serviço público, o chamado “trem da alegria”.

d) no apoio dado ao governo por parte de políticos em troca de favores os mais variados e de concessões muitas vezes espúrias.

e) na prática ilegal, por parte de políticos, de votar por colega ausente em eleições com máquinas eletrônicas.

 

 

02. U. F. Uberlândia-MG – Sobre os anos 90 no Brasil, assinale a alternativa correta.

a) Enquanto a pressão do desemprego levou os sindicatos a perderem força nas negociações salariais, o movimento dos trabalhadores sem-terra (MST) foi se tornando um dos principais movimentos sociais dos anos 90, lutando pela ampliação da reforma agrária.

b) A política de moralização da vida pública foi a tônica do primeiro governo de Fernando Henrique Cardoso, levando-o a exigir que todos os escândalos financeiros e as denúncias de corrupção fossem investigados pelo Congresso, por meio de CPIs, que conseguiram julgar e prender todos os envolvidos.

c) A política de privatizações, marca do governo Fernando Henrique Cardoso, permitiu que o Estado investisse os recursos obtidos em saúde e educação, contribuindo para diminuir significativamente as desigualdades sociais, de acordo com os mais recentes indicadores do Índice de Desenvolvimento Humano – IDH.

d) A orientação política predominante nos anos 90, de cunho neoliberal, foi responsável pela diminuição acentuada dos níveis de pobreza, pelo aumento da participação dos salários de renda nacional e pelo fortalecimento da capacidade do setor público em atender as demandas sociais.

 

 

03. Brasil Após 1985: UFMT – No dia 28 de agosto de 1999, o Brasil comemorou os vinte anos da aprovação da lei da anistia aos implicados em crimes políticos durante o regime militar no país. Sobre o assunto, julgue os itens como verdadeiros ou falsos.

( ) Durante a presidência de Ernesto Geisel, o primeiro presidente civil brasileiro, foi concedida tal prerrogativa aos exilados políticos.

( ) Desde 1974, entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil – OAB vinham pressionando o governo brasileiro no sentido da aprovação da lei da anistia integrando um amplo movimento de luta contra a ditadura.

( ) Além das pressões internas, como a manifestação pública que reuniu mais de 20.000 pessoas em 1979 no Rio de Janeiro, pressões externas, como a política de direitos humanos dos Estados Unidos, contribuíram para a aprovação dessa lei.

( ) O projeto aprovado pela ampla maioria do Congresso Nacional previu anistia ampla, geral e irrestrita, porém deixou de fora os torturadores e autores de fraude eleitoral, exatamente como previa o projeto das oposições.

 

 

04. UFRRJ

“Com 105 votos a mais do que os 336 necessários, a Câmara aprovou ontem o pedido de Impeachment do Presidente Collor, (…) mesmo após a conclusão da CPI sobre Paulo César Faria, o PC. (…)

A votação foi acompanhada por multidões que ocuparam ruas e praças das principais cidades do país, festejando, voto a voto, o afastamento do Collor.”

Jornal do Brasil. Rio: 30/09/92. p. 1.

O afastamento de Fernando Collor se deu entre outros motivos pela:

a) oposição externa à sua política econômica.

b) inexistência de composição com a oposição.

c) denúncia de corrupção no interior de seu governo.

d) alta inflação, apesar do confisco da poupança.

e) adoção pelo presidente de uma política neoliberal.

 

 

05. Brasil Após 1985: Fuvest-SP – Sobre os últimos 50 anos no Brasil, é possível afirmar que:

a) cresceu a população das cidades, desapareceu a dependência econômica e acentuou-se o preconceito racial.

b) progrediu a tendência ao federalismo, a Igreja Católica perdeu seu poder e foram raras as crises econômicas.

c) aumentou o setor de serviços, houve significativo êxodo rural e a condição da mulher transformou-se.

d) melhorou a pesquisa científica, a economia atingiu patamares de primeiro mundo e a tecnologia alcançou a maioria da população.

e) avançou a reforma agrária, a renda nacional passou a ser melhor distribuída e aumentou o protecionismo à produção nacional.

 

Exercícios sobre a Primeira Etapa do Período Colonial.

 

06. Brasil Após 1985: Fuvest-SP – Sobre a política indigenista do governo brasileiro no século XX, é possível afirmar que ela

a) concedeu emancipação jurídica aos indígenas, equiparando-os durante todo o período aos cidadãos brancos.

b) criou vários serviços de proteção ao silvícola, permitindo que fossem dirigidos pelos próprios grupos indígenas.

c) enviou expedições oficiais para contato com grupos indígenas, comandadas por membros da Igreja Católica.

d) preocupou-se com a demarcação de terras indígenas, sem conseguir protegê-las de invasores brancos.

e) copiou a política dos Estados Unidos, já que a situação dos indígenas, nos dois países, tem sido muito semelhante.

 

 

07. Fatec-SP – O Plebiscito é um recurso constitucional de consulta popular utilizado em muitas democracias. No Brasil sua última ocorrência e tema foram, respectivamente:

a) 1993 — a forma e o sistema de governo.

b) 1984 — a convocação de eleição direta presidencial.

c) 1991 — a ratificação da Constituição de 1988.

d) 1992 — o processo de impedimento (Impeachment) do ex-presidente Collor de Mello.

e) 1963 — a opção entre parlamentarismo e presidencialismo.

 

 

08. Brasil Após 1985: Mackenzie-SP

“O desemprego nas áreas metropolitanas cresce, impulsionado por uma selvagem política de redução de custos e de modernização tecnológica posta em prática especialmente no setor industrial. (…) A tendência ao crescimento do trabalho autônomo, precário, de remuneração incerta e baixa se acentua. (…) Em contrapartida assistimos à crescente imobilização do Estado, dilapidado pelas altas taxas de juros, afogado em dívidas, incapaz de levar avante políticas de desenvolvimento ou políticas sociais.”

Fernando A. Novais e João M. Cardoso de Mello.

Esse contexto histórico descreve a economia brasileira no período:

a) da década de sessenta.

b) da República Velha.

c) do Estado Novo.

d) da década de noventa.

e) da década de vinte.

 

 

09. U. Católica de Salvador-BA

“Quando saí do Nordeste

Não pense que estava feliz

Saí porque fui excluído

E o sistema não me quis.

E digo, não saí só

Outros vieram também

Procurando oportunidades

Que no Nordeste não tem.

O latifúndio nos oprime

E as oligarquias também

E empurram os nordestinos

Para o mundo de ninguém.”

A interpretação desses versos, associada aos conhecimentos sobre o Nordeste e a história brasileira permitem afirmar como verdadeiro ou falso:

( ) Os fenômenos naturais são as principais causas das migrações nordestinas.

( ) O movimento destacado nos versos corresponde à migração pendular.

( ) O passado colonial, a estrutura fundiária e a política governamental estão entre os fatores responsáveis pela situação referida nos versos.

( ) A atuação das oligarquias, em muitas áreas dessa região, tem contribuído para uma menor participação do Nordeste no processo produtivo nacional.

( ) A estagnação econômica dessa região, no início do século XX, provocou a emigração de nordestinos para a Amazônia e para a Região Sudeste, onde se desenvolviam, respectivamente, a extração da borracha e a cultura do café.

( ) Os movimentos migratórios são comuns na história brasileira desde o Período Colonial, a exemplo do aumento demográfico provocado pelas migrações resultantes da exploração mineral, que promoveram a ocupação e o povoamento dos territórios do Vale do Rio São Francisco e do interior do Piauí e do Maranhão.

 

 

10. Brasil Após 1985: PUC-RS – A vitória de Fernando Henrique Cardoso nas eleições presidenciais de 1994 teve como fator decisivo a:

a) adoção de uma política eficaz de controle da natalidade, visando a conscientizar parcela da população menos favorecida.

b) redução da criminalidade no campo, devido ao programa de reforma agrária que prevê tolerância em relação à invasão de terras improdutivas no país.

c) política externa de importação de produtos do Mercosul, com o objetivo de reduzir as taxas alfandegárias, resultando em preços mais atrativos no mercado brasileiro.

d) implantação do Plano Real, que criou uma moeda estável no país após décadas de inflação.

e) queda do desemprego devido à adoção do plano de estatização e intervenção reguladora do Estado na economia.

 

🔵 >>> Confira a nossa lista completa de exercícios sobre a História do Brasil.

 

Gabarito com as respostas das atividades de História do Brasil sobre Brasil Após 1985:

01. B; 02. A;

03. F-V-V-F;

04. C; 05. C; 06. D; 07. A; 08. D;

09. F-F-V-V-F;

10. D