Período Composto por Coordenação Simulado – 02

Período Composto por Coordenação Simulado: (FURG-RS–2010)
Instrução: As questões de 01 a 03 referem-se aos textos da coluna Batalha dos Leitores, da revista Superinteressante.

Texto I
É certo tratar cães como humanos?
Com o meu dog, meu amado samoiedo Theodoro, faço o que quiser. Nem quero saber se ele gosta de ser chamado de filho, ou se gosta que eu o persiga o tempo todo pedindo abraços e beijos. Só o ser humano tem essa noia de querer racionalizar as coisas desse jeito.
Ana Rosa, no site.

Texto II
Gosto de cachorros, mas tratá-los como filhos é demais. Há tantas crianças nas ruas e nos orfanatos – e as pessoas preocupadas com futilidades. Não consigo entender isso. Deveriam levar o carinho, o amor e o dinheiro gasto com um cachorro para uma criança carente.
Daniel Rosso, Criciúma, SC Superinteressante, abril de 2009, p. 08.

01. Analise as seguintes afirmativas sobre o emprego do pronome demonstrativo.
I. O pronome essa (texto I) retoma o substantivo noia.
II. O pronome isso (texto II) resume o que foi dito anteriormente.
III. O pronome isso (texto II) refere-se a Deveriam levar o carinho, o amor e o dinheiro gasto com um cachorro para uma criança carente.
IV. O pronome essa (texto I) refere-se ao substantivo noia.
V. Tanto essa (texto I) quanto isso (texto II) retomam referentes no texto.

Assinale a alternativa que contém as afirmativas CORRETAS.
A) II – V
B) II – IV
C) I – III
D) III – IV
E) I – V

 

 

02. Analise a alternativa que identifica CORRETAMENTE relações nos textos.
A) Pode-se afirmar que há uma gradação na frase Deveriam levar o carinho, o amor e o dinheiro gasto com um cachorro para uma criança carente (texto II, linhas 4 – 5).
B) Ele (texto I, linha 2) retoma filho (texto I, linha 3).
C) É possível afirmar que o desempenha a mesma função antes de persiga e de tempo (texto I, linha 3).
D) Mas em mas tratá-los como filhos, no texto II (linha 1), estabelece oposição às ideias de Ana Rosa.
E) É demais (texto II, linha 1) refere-se a tratá-los como filhos (texto II, linha 1).

 

 

03. Nos textos I e II, embora os leitores se manifestem sobre a mesma pergunta, percebe-se que eles apresentam opiniões opostas. Marque a alternativa que MELHOR representa a posição defendida pelos autores.
A) Embora apresentem argumentos diferentes, ambos manifestam o seu apreço por cães.
B) Daniel defende que apenas as crianças devem ser bem tratadas, enquanto Ana Rosa argumenta que os cães devem ser tão bem tratados quanto os humanos.
C) Ana Rosa acredita que os cães devem ser tratados tal qual aos filhos, enquanto Daniel não se manifesta a esse respeito.
D) Para Ana Rosa os seres humanos são neuróticos, pois tratam os cachorros como filhos. Ela argumenta que é preciso racionalizar a questão.
E) Daniel concorda que os cães devem ser bem tratados, contanto que não nos descuidemos dos nossos filhos.

 

 

(FURG-RS–2010)
Instrução: Leia o texto a seguir para responder às questões 04 e 05.

A Moda do Futuro
01 Ninguém pode prever se vamos continuar a usar
jeans ou se vai aparecer uma nova moda viral por aí.
Mas dá para apostar que as roupas do futuro vão ser
funcionais. É possível que as calças jeans não tenham
05 mais tamanhos pré-definidos. A empresa londrina
Bodymetrics já escaneia o corpo do cliente e faz o
jeans perfeito para ele. Sua calça também poderá
esquentar sozinha quando estiver frio. Ou realizar
truques tecnológicos. Quer um exemplo? Japoneses
10 já lançaram um tecido que transforma você em um
homem invisível. A ideia até que é simples. Do lado
de trás, ele é feito de microcâmeras. Na frente, é uma
tela. As câmeras enviam a imagem que está atrás
da pessoa para a tela que está na frente, tornando-a
15 “transparente”. Quem sabe a invisibilidade se torne
o novo pretinho básico.
Superinteressante, julho de 2009, p. 83.

 

04. Segundo o texto, afirma-se a respeito da moda que:
A) as novas tecnologias irão interferir no nosso modo de vestir.
B) as roupas do futuro serão feitas de jeans.
C) no futuro todas as roupas, segundo tecnologia desenvolvida pelos japoneses, serão invisíveis.
D) os truques tecnológicos permitirão que você construa sua própria roupa.
E) a moda será adequada aos costumes do futuro.

 

 

05. Período Composto por Coordenação Simulado: Analise as seguintes afirmativas:
I. Vão ser (linha 3) no lugar de serão torna o tom do texto menos formal.
II. Pretinho básico (linha 16) é uma expressão que pode ser interpretada como um tipo de roupa que todo mundo usa.
III. A ideia (linha 11) refere-se à expressão truques tecnológicos (linha 9).
IV. Do lado de trás e na frente (linhas 11 e 12) referem-se respectivamente a tecido (linha 10) e a microcâmeras (linha 12).
V. Também (linha 7) pressupõe uma qualidade a mais para o jeans fabricado pela empresa Bodymetrics.
Assinale a alternativa que contém as afirmativas CORRETAS.
A) II – IV
B) I – III
C) I – II
D) III – V
E) II – III

 

Exercícios de Língua Portuguesa sobre Descrição.

 

Período Composto por Coordenação Simulado: (FURG-RS–2010)
Instrução: As questões 06 a 10 referem-se ao texto a seguir.

Exercite sua cuca
Atividades físicas ativam a memória, reduzem a ansiedade, dão prazer e aliviam a tensão do seu cérebro.
01 Se, quando alguém fala em exercício para a
cabeça, você logo pensa em se jogar no sofá com uma
revistinha de palavras cruzadas, ler um livro cabeçudo
ou encarar uma partida de xadrez, está na hora de
05 se levantar, colocar um tênis confortável e encarar
uma corrida para conhecer o que a atividade física é
capaz de fazer por sua mente.
Que a prática de esportes faz bem para o corpo,
tonifica os músculos e melhora a capacidade
10 respiratória, todo mundo já sabe. Mas os cientistas
descobriram que, muito além dos benefícios para
o corpo, os exercícios são ótimos para a saúde do
cérebro. Não é novidade, por exemplo, que fazer artes
marciais, dança, natação, esportes coletivos – e até
15 jogar peteca – favorece o bombeamento de sangue,
o que indica mais oxigênio pelo corpo, inclusive para
as células da massa cinzenta. Isso significa que
quem faz exercícios físicos regularmente tem risco
menor de sofrer pequenos e grandes AVCs (acidentes
20 vasculares cerebrais), que colocam a mente e a vida
em perigo.
Mas a grande novidade é que os exercícios
aeróbicos estimulam a criação de novos neurônios,
o que era impensável até o fim dos anos 90, quando se
25 acreditava que nascíamos com uma quantidade
certa de neurônios (cerca de 86 milhões) e que
esse número só diminuiria com o passar dos anos.
O que mostra que a mente pode estar em constante
renovação – e bem mais atlética.
TONON, Rafael. Exercite sua vida. Vida Simples, julho de 2009.

 

06. Assinale a alternativa em que o se apresenta a mesma função sintática expressa na frase está na hora de se levantar (linhas 4 – 5).
A) “Se jogar peteca faz bem para o cérebro, é preciso investir mais nessa atividade.”
B) “As pessoas não sabem se os exercícios aeróbicos estimulam a criação de novos neurônios.”
C) “Se praticarmos esportes, estaremos ativando nossa memória.”
D) “Jogar-se no sofá com uma revistinha de palavras cruzadas não é a única possibilidade de exercitar a sua mente.”
E) “O seu cérebro estará bem tonificado se você exercitar o seu corpo.”

 

 

07. Escolha a alternativa que expressa a associação CORRETA tendo em vista o emprego da palavra que.
A) “[…] que a atividade física […]” (linha 6) – refere-se a conhecer.
B) “[…] que fazer artes marciais, dança, natação, esportes coletivos […]” (linha 13 e 14) – complementa o sentido da expressão artes marciais.
C) “[…] que colocam a mente e a vida em perigo […]” (linhas 20 e 21) – refere-se à mente e à vida em perigo.
D) “[…] que os exercícios aeróbicos estimulam a criação de novos neurônios […]” (linhas 22 e 23) – refere-se à criação de novos neurônios.
E) “Que a prática de esportes faz bem para o corpo […]” (linha 8) – introduz um complemento para a oração todo mundo já sabe (linha 10).

 

 

08. As palavras até (linha 14) e inclusive (linha 16) pressupõem para o leitor que:
A) jogar peteca é mais fácil que dançar, e que o oxigênio é importante para o nosso cérebro.
B) jogar peteca é considerada uma atividade menos importante do que fazer artes marciais, dança, natação e esportes coletivos, e que praticar exercícios também é importante para as células de massa cinzenta.
C) jogar peteca não favorece o bombeamento de sangue, e as células de massa cinzenta precisam de mais oxigênio.
D) jogar peteca indica mais oxigênio pelo corpo e que praticar exercícios também é importante para as células de massa cinzenta.
E) não é novidade o que os cientistas descobriram.

 

 

09. Observe as afirmativas a respeito da prática de esportes.
I. Ao jogar xadrez você está praticando exercícios físicos.
II. Correr é uma atividade física que ajuda sua mente.
III. Jogar peteca ou ler um livro faz bem para a mente.
IV. O exercício físico previne acidentes vasculares cerebrais.
V. A dança, a natação e jogar-se no sofá não favorecem o bombeamento de sangue para o cérebro.
Assinale a alternativa CORRETA.
A) II – III – V
B) I – II – IV
C) II – III – IV
D) II – IV – V
E) I – II – III

 

 

10. Pela leitura global do texto, é possível concluir que:
A) a prática de exercícios físicos, além de fazer bem para o corpo, é ótima para a saúde do cérebro, estimulando a criação de novos neurônios.
B) o autor pressupõe um conhecimento prévio do leitor a respeito dos benefícios dos exercícios para o cérebro.
C) os exercícios físicos são tão importantes para o corpo quanto ler e fazer palavras cruzadas.
D) o autor pressupõe um conhecimento prévio do leitor a respeito dos benefícios dos exercícios para o corpo.
E) quem faz exercícios físicos regularmente tem risco de sofrer pequenos e grandes AVCs.

 

Exercícios de Língua Portuguesa sobre Carta Argumentativa.

 

11. (FGV-SP–2006) O trabalho é bom para o homem _______ distrai-o da própria vida _______ desvia-o da visão assustadora de si mesmo; _______, impede-o de olhar esse outro que é ele e que lhe torna a solidão horrível.
Assinale a alternativa em que o emprego de elementos de ligação sintática e de sentido nas lacunas mostra-se, pela ordem, ADEQUADO ao contexto.
A) porque; portanto; no entanto
B) pois; e ; assim
C) portanto; desde que; todavia
D) por que; também; por isso
E) visto que; entretanto; logo

 

 

(UFAL)
Instrução: Leia atentamente o texto para responder à questão de número 12.
Alagoas
O estado de Alagoas situa-se a leste da região Nordeste. É o sexto estado mais populoso da região, com um total de quase 3 000 000 de habitantes. Apresenta a quinta maior média de crescimento anual da região: cerca de 1,20%. Em quatro anos, a população cresceu em torno de 140 000 habitantes nos 102 municípios. O mais populoso deles é Maceió, com cerca de 885 000 habitantes, ocupando uma área de aproximadamente 500 km2. Dentre as Unidades de Conservação Federais, a maior é a Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais, com 413 563 hectares (1 ha = 104 m2).
O nome Maceió é de origem tupi; provém de Maçayó ou Maçaio-k e significa “aquele que tapa o alagadiço”, devendo-se, provavelmente, à abundância de águas da região e à constante movimentação das marés. O povoado que deu origem a Maceió surgiu de um engenho de cana-de-açúcar, por volta de 1609. O Nordeste teve uma breve expansão econômica, baseada no açúcar, cultura que se tornou sua principal fonte de renda.
Dos alagadiços de ontem à cidade de hoje muitas águas rolaram. O povoamento europeu da região data do século XVII, quando os navios chegaram à enseada de Jaraguá, ancoradouro natural para onde eram levados os carregamentos de madeira das florestas litorâneas. Depois viria a escoar por Jaraguá a produção do açúcar.
O relevo é modesto, em geral abaixo dos 300 metros. São Francisco, Mundaú e Paraíba do Meio são os rios mais importantes, inclusive como meios de transporte.
Localizado entre os dois maiores centros açucareiros do Nordeste – Pernambuco e Bahia –, o estado desenvolveu e consolidou sua economia com base nos engenhos de açúcar e na criação de gado, valendo-se do trabalho escravo de negros e mestiços. Para manter o domínio do território e defender-se de invasões estrangeiras, os colonizadores entraram em choque com os nativos e dizimaram tribos indígenas hostis, como os caetés. Alagoas e Pernambuco sediaram o mais importante centro de resistência dos negros, o Quilombo dos Palmares, constituído por escravos fugidos e dizimado em 1694.
Têm ocorrido, nos últimos anos, visíveis alterações na situação do estado. Estão sendo revertidos os baixos índices de desenvolvimento e verifica-se acentuada queda nas taxas de mortalidade infantil, além de redução do analfabetismo e de doenças. Incentivos fiscais foram importantes para a expansão do polo multifabril de Marechal Deodoro e para maiores investimentos nas áreas do turismo e do transporte.
Com a expansão da cultura do fumo em Arapiraca, a partir da década de 1920, cresceu também a necessidade de mão de obra, tendo convergido para essa região trabalhadores de várias regiões do Nordeste. A tradicional feira livre de Arapiraca atrai gente desde o Rio São Francisco, na divisa com Sergipe, Penedo e Palmeira dos Índios, até Serinhaém, na fronteira com Pernambuco. É feira em que há de tudo: carnes, verduras, frutas, peixes. O artesanato é rústico e utilitário: colheres de pau, raladores, amarradores de palha para vassouras. Mas o ponto forte da feira é o fumo: lá vão se encontrar produtores e compradores do país e do estrangeiro, para experimentar e negociar tabaco.
Ultimamente, o turismo tem sido a atividade mais próspera e promissora da economia de Alagoas. É uma pena que uma das praias de Maceió, que já foi “cartão-postal” – a praia da Avenida –, tenha sido seriamente afetada pela poluição dos esgotos do Rio Salgadinho, encontrando-se imprópria para banhos.
Já nas proximidades da praia do Gunga, chama a atenção a vasta plantação de coqueiros-anões que, além da nutritiva água de coco, fornecem fibras que são largamente utilizadas em artesanato e até mesmo na indústria automobilística. As atividades químicas industriais, hoje bem mais controladas em todo o país, também fazem parte do cenário alagoano. Em Maceió encontra-se a maior produção de soda cáustica da América Latina: 460 mil toneladas por ano.
Em Alagoas nasceu um dos nossos maiores escritores: Graciliano Ramos. Além de grande ficcionista, foi um zeloso e honesto administrador. Quando prefeito de Palmeira dos Índios, compôs um notável relatório, no qual se lê este trecho: “Durante meses mataram-me o bicho do ouvido com reclamações de toda ordem contra o abandono em que deixava a melhor estrada para a cidade. Chegaram lá pedreiros, outras reclamações surgiram, porque as obras irão custar um horror de contos de réis, dizem. Custarão alguns, provavelmente. Não tanto quanto as pirâmides do Egito, contudo. O que a Prefeitura arrecada basta para que nos resignemos às modestas tarefas de varrer as ruas e matar cachorros. Há descontentamento. Se a minha estada por estes dois anos dependesse de um plebiscito, talvez eu não obtivesse dez votos”. Tal relatório, pelo estilo direto e pelo posicionamento franco de seu autor, não é modelar para a História Nacional?
NOVA ENCICLOPÉDIA ILUSTRADA FOLHA. São Paulo: Empresa Folha da Manhã, v. I, p. 26; Feiras e mercados brasileiros. São Paulo: Fólio, 2005.

 

12. Período Composto por Coordenação Simulado: Considerando-se o contexto, existe uma relação de causa (I) e efeito (II) entre os seguintes segmentos:
A) O povoamento europeu da região data do século XVII (I), quando os navios chegaram à enseada do Jaraguá (II).
B) Ultimamente, o turismo tem sido (I) a atividade mais próspera e promissora da economia de Alagoas (II).
C) Com a expansão da cultura do fumo em Arapiraca […] (I), cresceu também a necessidade de mão de obra (II).
D) O estado desenvolveu e consolidou sua economia (I) com base nos engenhos de açúcar e na criação de gado (II).
E) Alagoas e Pernambuco sediaram (I) o mais importante centro de resistência dos negros, o Quilombo dos Palmares (II).

 

🔵 >>> Confira nossa lista com todos os exercícios de Língua Portuguesa.

 

Gabarito com as respostas dos exercícios de Língua Portuguesa sobre Período Composto por Coordenação Simulado:

01. B;
02. E;
03. A;
04. A;
05. C;
06. D;
07. E;
08. B;
09. C;
10. A;
11. B;
12. C

Deixe um comentário