Mol Cálculos Estequiométricos Exercícios

01 – (Unifor CE/2008/Janeiro). Mol:

Considere a reação representada por:

Exercícios sobre Calculos Estequiometricos Mol com gabarito para estudantes de nível médio e superior.

Esse precipitado amarelo, quando aquecido, libera cloro, Cl2 (g), amônia, NH3 (g) e HCl (g) (esses últimos podem produzir NH4Cl (s)), restando Pt(s) como resíduo. Na decomposição total de 1 mol de (NH4)2PtCl6 (s) a quantidade, em mols, de cloro (g), amônia (g) e cloreto de hidrogênio (g) é, respectivamente, igual a

a) 2, 2 e 2.

b) 2, 2 e 1.

c) 2, 1 e 2.

d) 1, 3 e 2.

e) 1, 2 e 3.

 

 

02 – (Ufscar SP/2007/1ªFase). Mol:

A azia é muitas vezes devida a uma alteração no pH do estômago, causada por excesso de ácido clorídrico. Antiácidos como o leite de magnésia neutralizam este ácido. O leite de magnésia apresenta em sua composição 64,8 g de hidróxido de magnésio, Mg(OH)2, por litro da suspensão. A quantidade de ácido que será neutralizada se uma pessoa ingerir duas colheres de sopa (volume total de 9 mL) de leite de magnésia é:

a) 0,02 mols.

b) 20 mols.

c) 200 mols.

d) 0,01 mols.

e) 0,58 mols.

 

 

03 – (Uftm MG/2007/1ªFase)

Em um laboratório de química, amostras de metais de alta pureza, rotuladas com os números I, II, III e IV foram submetidas a testes químicos e físicos para sua identificação. Sabe-se que as amostras são de alumínio, cobre, magnésio e zinco, não necessariamente nessa ordem.

TESTE 1: determinação da densidade a 20 ºC

A massa da amostra II (10,80 g) foi determinada em uma balança semi-analítica e o seu volume foi determinado por meio do deslocamento de água destilada em uma proveta de 22,5 mL para 26,5 mL.

Dados de densidade a 20 ºC

clip_image004

TESTE 2: Reação com solução de HCl

Foram testadas as amostras III e IV. A amostra III não reagiu no teste, enquanto que 9,72 g de amostra IV reagiram completamente com excesso de solução de HCl, produzindo 0,40 mol de gás hidrogênio.

A partir dos resultados, pode-se afirmar que as amostras I e IV referem-se, respectivamente, às amostras dos metais

a) alumínio e cobre.

b) alumínio e magnésio.

c) cobre e alumínio.

d) magnésio e zinco.

e) zinco e magnésio.

 

 

04 – (Fuvest SP/2007/2ªFase)

Um determinado agente antimofo consiste em um pote com tampa perfurada, contendo 80 g de cloreto de cálcio anidro que, ao absorver água, se transforma em cloreto de cálcio diidratado clip_image006. Em uma experiência, o agente foi mantido durante um mês em ambiente úmido. A cada 5 dias, o pote foi pesado e registrado o ganho de massa:

clip_image008

Dados:

massas molares (g / mol)

água…………………. 18

cloreto de cálcio….111

a) Construa, na folha de respostas ao lado, o gráfico que representa o ganho de massa versus o número de dias.

b) Qual o ganho de massa quando todo o cloreto de cálcio, contido no pote, tiver se transformado em cloreto de cálcio diidratado? Mostre os cálculos.

c) A quantos dias corresponde o ganho de massa calculado no item anterior? Indique no gráfico, utilizando linhas de chamada.

clip_image010

 

 

05 – (ITA SP/2007)

Uma amostra de 1,222 g de cloreto de bário hidratado (BaCl2 . nH2O) é aquecida até a eliminação total da água de hidratação, resultando em uma massa de 1,042 g.

Com base nas informações fornecidas e mostrando os cálculos efetuados, determine:

a) o número de mols de cloreto de bário,

b) o número de mols de água e

c) a fórmula molecular do sal hidratado.

 

Rendimento Químico Questões com Gabarito.

 

06 – (Ufla MG/2006/1ªFase)

Compostos de sal e água combinados em proporções definidas são chamadas hidratos e a água a eles associada é água de hidratação. 2,7 g do hidrato FeCl3 . XH2O fornecem, por aquecimento, 1,62 g de FeCl3 anidro. O número de águas de hidratação do hidrato é

a) 2

b) 6

c) 1

d) 3

e) 5

 

 

07 – (Uerj RJ/2006/2ªFase)

As máscaras de respiração, utilizadas por bombeiros em situações de emergência, contêm superóxido de potássio.

Essa substância reage com a umidade do ar expirado pelo usuário da máscara, conforme a equação abaixo.

clip_image018

a) Considere as seguintes condições de uso de uma dessas máscaras:

– comportamento ideal dos gases e vapores envolvidos;

– funcionamento em sistema fechado, ou seja, sem trocas gasosas com a atmosfera;

– volume de ar respirado igual a 41,0 L por minuto;

– concentração de umidade no ar expirado igual a 6,2% volume por volume, a 37ºC e 1 atm de pressão;

– consumo total da umidade contida no ar expirado.

Calcule o tempo máximo de uso, em minutos, de uma máscara que contenha 213g de superóxido de potássio.

b) Além do superóxido de potássio, o potássio forma dois outros compostos binários oxigenados que não satisfazem os requisitos para uso em máscaras.

Indique as fórmulas desses compostos.

 

 

08 – (Ufmg MG/2006/2ªFase)

Um estudante misturou 3,32 g de iodeto de potássio, KI (s), e quantidades estequiométricas de solução de ácido sulfúrico, H2SO4 (aq), de concentração 0,1 mol / L, e de dióxido de manganês, MnO2 (s), no balão A. Sob aquecimento, a mistura reagiu e produziu iodo molecular, I2. O iodo produzido sublimou e foi condensado, no balão B, por resfriamento.

clip_image020

1. ESCREVA os coeficientes estequiométricos desta equação balanceada da reação de formação de I2:

clip_image022

2. CALCULE a quantidade máxima de I2, em mol, que pode ser produzida nas condições descritas acima.

(Deixe seus cálculos registrados, explicitando, assim, seu raciocínio.)

3. Ao balão B, onde se condensou o iodo, I2 (s), adicionou-se uma solução de iodeto de potássio, KI (aq), que solubilizou o iodo sólido, I2 (s). O processo de dissolução do iodo sólido, I2 (s), em solução de iodeto de potássio, KI (aq), pode ser representado por estas equações de equilíbrio:

clip_image024

I2 é uma substância pouco solúvel em água, mas a formação do complexo clip_image026, na solução, aumenta a solubilidade dessa substância.

Com base nas interações intermoleculares, JUSTIFIQUE por que o íon clip_image026[1] é mais solúvel em água do que o I2.

 

 

09 – (Puc PR/2006)

O óxido de magnésio é indicado como alternativa para diminuir a liberação de SO2 para a atmosfera. O referido fenômeno pode ser traduzido por meio da equação (não-balanceada) abaixo:

MgO(s) + SO2(g) + O2(g) MgSO4(s)

A respeito do fenômeno são feitas a seguintes afirmativas:

I O produto deve conduzir a corrente elétrica quando dissolvido em água ou após fusão.

II Para cada mol de SO2 são necessários 2 mols do MgO.

III O MgO é um óxido básico enquanto o SO2 é um óxido ácido.

IV Para tratar 1 tonelada de SO2 é necessário 1tonelada de MgO.

V Ao final do processo, encontraremos uma substância composta de elevado ponto de ebulição.

São verdadeiras:

a) apenas IV e V.

b) I, II e V.

c) II, III e IV.

d) I, III e V.

e) II, III e IV.

 

 

10 – (Uepg PR/2005/Julho)

Um método para a preparação controlada de oxigênio puro é a decomposição térmica de permanganato de potássio sob vácuo, conforme a equação:

2KMnO4(s) ® K2MnO4 (s) + MnO2 (s) + O2 (g)

Dados: K=39; Mn=55; O=16

Considere a decomposição completa de 2 mols de permanganato de potássio e assinale o que for correto.

01. A massa de KMnO4 (s) decomposta é 158 g.

02. A massa total dos produtos sólidos é 316 g.

04. A quantidade de O2 (g) produzida é 1 mol.

08. As quantidades, em mol, do reagente e de cada um dos produtos são iguais.

16. Nesta reação, ocorre redução dos átomos de manganês.

 

🔵 >>> Confira a lista completa com todos os exercícios de Química.

 

Gabarito com as respostas dos exercícios de química sobre Mol:

01: A

02: A

03: E

04:

a)

clip_image012_thumb_thumb

b) Cálculo do ganho de massa (massa d’água absorvida) pelo cloreto de cálcio:

clip_image014_thumb_thumb

clip_image016_thumb_thumb

c) O ganho de massa de 26 g ocorre em 17 dias, aproximadamente (vide gráfico da alternativa a).

 

05:

a) 0,005mol BaCl2

b) 0,01 mol H2O

c) BaCl2 . 2 H2O

 

06: B

 

07:

a) 15 minutos

b) K2O2; K2O

 

08:

1. clip_image029_thumb_thumb

2. 0,01 mol

3. Porque as forças de interação eletrostática existentes entre o clip_image031_thumb_thumb e a água são mais intensos quando comparadas com as forças existentes entre a água e o I2.

I2 clip_image033_thumb_thumb molécula apolar

H2O clip_image033[1]_thumb_thumb molécula polar

Obs.: A geometria mais estável para o clip_image031[1]_thumb_thumb é a geometria plana linear. E assim, o clip_image031[2]_thumb_thumb também seria apolar, o que dificultaria a sai dissolução em água.

 

09: D

10: 20

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.