Exercícios sobre os Aspectos Geográficos da China

1) Aspectos Geográficos da China: (UERJ)

A DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DA RIQUEZA DA CHINA

atividades China Ocidental

As reformas econômicas implementadas na China nas últimas três décadas afetaram profundamente a organização territorial do país. A partir da observação dos mapas, nota-se que a distribuição da riqueza entre as províncias chinesas possui a seguinte característica marcante:

a) os espaços rurais das províncias litorâneas são mais prósperos.

b) as províncias com maior nível de renda são as menos urbanizadas.

c) as áreas mais ricas apresentam maiores disparidades sócioespaciais.

d) os aglomerados urbanos do interior têm níveis de renda mais homogêneos.

 

 

2) (UFU) A China é hoje um país com dois sistemas econômicos: o socialista, que resiste nas regiões mais distantes dos grandes centros, sobretudo nas relações de propriedade, e o capitalista, que organiza cada vez mais as relações de produção e de trabalho, principalmente nas regiões mais modernas. Sobre a economia chinesa e o seu desenvolvimento, analise as afirmativas a seguir.

I – A partir da abertura das chamadas Zonas Econômicas Especiais e das Cidades Abertas, a China passou a ter a economia que mais cresce no mundo.

II – A produção industrial chinesa tem apresentado crescimento homogêneo, não só em termos territoriais como também setoriais.

III – A China ainda é um país de camponeses, visto que mais da metade de sua população total vive em áreas rurais.

IV – A liberalização econômica e os baixos custos de mão de obra são fatores fundamentais para o crescimento econômico chinês.

São corretas as afirmativas:

a) apenas I, II e III.

b) apenas I, III e IV.

c) apenas II, III e IV.

d) apenas III e IV.

 

 

3) Aspectos Geográficos da China: (UFRS) Em relação à China atual, considere as seguintes afirmações.

I – Na região da faixa costeira da China, predomina uma economia de mercado com intenso desenvolvimento industrial, diferentemente do interior do país, onde predomina a economia planifcada com pequeno crescimento econômico.

II – O intenso crescimento econômico chinês, notadamente no setor industrial, vem proporcionando uma diminuição das desigualdades sociais do país, sobretudo nos níveis de renda e consumo.

III – Na China, a renda per capta é baixa (960 dólares), a população de cerca de 1,3 bilhão de habitantes vive, em sua maioria, no espaço rural e compreende um elevado número de pessoas subnutridas (140 milhões).

Quais estão corretas?

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas I e II.

d) Apenas I e III.

e) I, II e III.

 

 

4) Aspectos Geográficos da China: (UEPG/2013) Com relação aos fatores que fizeram da China a segunda maior economia do mundo e um grande importador e exportador, assinale o que for correto.

(01) Incentivos oficiais às exportações.

(02) A adoção de política econômica que mescla aspectos de uma economia estatizada com outros de economia capitalista propriamente dita.

(04) Mão de obra barata e disciplinada, uma vez que não há no país sindicalismo organizado e nem outras formas de reivindicações trabalhistas.

(08) Proibição de investimentos estrangeiros na economia chinesa.

(16) A existência de um enorme e praticamente inexplorado mercado consumidor chinês com aproximadamente 1,4 bilhão de pessoas e a existência de vastas reservas minerais no país.

 

 

5) Aspectos Geográficos da China: (UERJ/2012)

População na China, 1950 - 2050

Aspectos Econômicos da china questões

Adaptado de SENE, Eustáquio e MOREIRA, João C. Geografa geral e do Brasil. São Paulo. Scipione, 2010.

Há trinta anos, a República Popular da China iniciou uma política de reformas da economia planificada implantada por Mao Tsé Tung. A partir da análise dos dados das tabelas, duas transformações socioeconômicas resultantes dessa política reformista são:

a) liderança tecnológica − redução dos lucros empresariais

b) estatização da produção − ampliação de leis previdenciárias

c) diversificação industrial − restrição dos direitos trabalhistas

d) concentração de capital − aumento das desigualdades sociais

 

O Comércio Mundial, Atividades sobre a OMC.

 

6) Aspectos Geográficos da China: (UERJ 2013)

China é vista como a principal economia mundial A China já é percebida em grande parte do mundo como a principal economia mundial, embora na realidade seja a segunda, atrás dos Estados Unidos. Segundo pesquisa de opinião publicada pela imprensa chinesa, na qual foram ouvidas por telefone mais de 26 mil pessoas de 21 países, 41% disseram que a China é a maior potência econômica mundial, enquanto 40% acreditam que são os Estados Unidos. A tendência a favor dessa imagem da China é especialmente forte na Europa, onde 58% dos britânicos têm essa percepção.

Adaptado de <www1.folha.uol.com>, 14/06/2012.

Com elevadas taxas de crescimento em seu Produto Interno Bruto nos últimos anos, a China confirma sua posição de destaque nos cenários político e econômico mundiais. Indique dois fatores que impulsionaram esse grande avanço da economia chinesa.

 

 

7) Aspectos Geográficos da China: (UNICAMP/2013) Graças ao tamanho continental e à imensa população do país, as políticas implementadas pelo governo permitiram à China combinar as vantagens da industrialização voltada para a exportação, induzida em grande parte pelo investimento estrangeiro, com as vantagens de uma economia nacional centrada em si mesma e protegida informalmente pelo idioma, pelos costumes, pelas instituições e pelas redes, aos quais os estrangeiros só tinham acesso por intermediários locais. Uma boa ilustração dessa combinação são as imensas ZPEs que o governo da China ergueu do nada e que hoje abrigam dois terços do total mundial de trabalhadores em zonas desse tipo.

(Adaptado de Giovanni Arrighi, Adam Smith em Pequim: origens e fundamentos do século XXI. São Paulo: Boitempo, 2008, p.362.)

a) Indique duas ações políticas do governo chinês que produziram as condições internas para a ascensão econômica do país.

b) Aponte as estratégias geopolíticas utilizadas pela China para a obtenção de recursos naturais em distintas partes do mundo, que possibilitam a manutenção do atual modelo de produção industrial em larga escala no país.

 

 

8) Aspectos Geográficos da China: (UNESP/2013) No fm dos anos 70 e no começo dos anos 80, o governo da China passou a defender um estilo de vida conhecido como “mais tarde, mais longo e menos” – em referência a casamentos mais tardios,  períodos mais longos entre cada gravidez e menos crianças.

Os conflitos separatistas entre Tibet e China

(www.bbcbrasil.com. Adaptado.)

Considerando seus conhecimentos e as informações fornecidas, explique a política demográfca na China e indique uma consequência direta que o país enfrentará no futuro.

 

 

9) (CESGRANRIO/2010) Há sessenta anos, com a proclamação da República Popular da China, nascia a maior nação comunista do planeta. Durante esse período, o panorama mundial se transformou, e sucessivos governos chineses promoveram campanhas e reformas que imprimiram ao país um novo perfil.

Do livro vermelho de Mao à tecnologia do século XXI, a trajetória chinesa alterou costumes, rompeu barreiras e colocou o país numa posição de liderança mundial. Identifique e explique duas situações enfrentadas pela China, hoje, a partir de sua participação no mundo globalizado, tendo em vista seu ingresso na OMC (Organização Mundial do Comércio) em 2001.

 

 

10) Aspectos Geográficos da China: (UFRJ/2010 – modificado) China e Estados Unidos são hoje protagonistas na condução de grandes temas globais. O presidente da China, Hu Jintao, listou uma vasta coleção de temas em relação aos quais ele e o presidente americano, Barak Obama, estão dispostos a atuar em benefício mútuo.

(Adaptado de Clóvis Rossi, Folha de São Paulo, 18/11/2009)

Apresente dois fatores que têm levado a uma aproximação cada vez maior entre os Estados Unidos e a China.

 

🔵 >>> Veja também a nossa lista completa de Questões sobre Geografia.

 

Gabarito com as respostas das questões de geografia sobre os Aspectos Geográficos da China:

1) c;

2) b;

3) d;

4) 01 + 02 + 04 + 16 = 23.

5) d;

6) Dois dos fatores:

• mão de obra com baixo custo

• fragilidade da legislação ambiental

• disponibilidade de matérias-primas

• política de incentivo às exportações

• disponibilidade de fontes de energia

• crescimento recente do mercado interno

• abertura econômica com entrada de capital estrangeiro

• disponibilidade de infraestrutura moderna nas zonas especiais.

 

Alguns dos fatores que podem ser considerados como determinantes para o avanço da economia chinesa são: processo de abertura econô- mica iniciado na década de 1980 que criou infraestrutura de transportes e energia, criação de enclaves de produção para exportação (ZEE’s), incentivos fscais, atração de investimentos estrangeiros; oferta de mão de obra abundante e barata, e atualmente qualificada; abundância de recursos naturais e energéticos; legislação ambiental flexível; elevada poupança interna que em conjunto com a grande população absoluta cria um numeroso mercado consumidor; a política neoliberal que amplia a abertura dos mercados e a integração financeira mundial.

 

7) a) No fnal da década de 1970, com a liderança de Deng Xiaoping, a China socialista começou a introduzir elementos capitalistas em sua economia. O exemplo melhor sucedido foi a implantação das ZPEs (Zonas de Processamento de Exportação) ou ZEEs (Zonas Econômicas Especiais), áreas abertas ao investimento estrangeiro por meio de transnacionais e joint ventures (empresas formadas por chineses e estrangeiros). As ZEEs tornaram-se áreas de concentração industrial cuja produção de bens de consumo é voltada para exportação e para o grande mercado interno chinês. As vantagens para os investidores são a mão de obra barata, os incentivos fiscais e a infraestrutura moderna. O governo também investe maciçamente em educação, ciência e tecnologia com o objetivo de capacitar os trabalhadores e competir com outros polos de poder como os Estados Unidos, o Japão e a União Europeia.

b) A China é um dos países com maior crescimento econômico do mundo e necessita de grande variedade e quantidade de commodities (matérias primas agropecuárias, minerais e energéticas) para garantir seu crescimento industrial. O país tem feito acordos comerciais com países como a Rússia, nações da Ásia Central, países da África e nações da América Latina. O Brasil é grande exportador de minério de ferro e de soja para a China. Entre as demais estratégias, destacam-se a compra de terras em outros países para assegurar a produção de alimentos para os chineses, investimentos nos setores de mineração, petróleo e infraestrutura (rodovias e ferrovias) em países africanos e latino-americanos, além da concessão de empréstimos para países subdesenvolvidos. 8) A política demográfica implantada pela China a partir da década de 1970 foi de restrição aos nascimentos, inclusive a premissa de “um filho por casal”. O impacto desta política foi a desaceleração do crescimento populacional do país (0,6% ao ano), redução do porcentual de jovens e elevação no porcentual de idosos. O aumento da porcentagem de terceira idade implicará no aumento dos gastos do governo com saúde pública e com previdência social. Também haverá uma diminuição na PEA (População Economicamente Ativa), o que poderá se tornar um problema para a economia do país.

 

9) A China como país membro da OMC fca submetida às regras do comércio internacional em setores estratégicos da produção como telecomunicações e serviços bancários. – O país passa necessariamente a aplicar políticas de privatização em contraposição às regras fechadas de seu sistema político e econômico. – A China passa a se aproximar de nações africanas como Angola, Sudão e Nigéria, promovendo parcerias em diversos segmentos de produção graças a seu enorme superavit, em parte aplicado a produtores e fornecedores de petróleo, matéria prima fundamental ao novo impulso à industrialização do país. – A participação da China na OMC também se estrutura em forma de parcerias com potencial finalidade de ampliar negociações diplomáticas. O país é atualmente um ator cada vez mais presente em cúpulas internacionais de grande envergadura. Internamente a China enfrenta problemas como desigualdade de renda da população, qualidade de alguns produtos e a relação de seu modelo de desenvolvimento perante as formas de economia sustentável.

 

10) Estados Unidos e China correspondem hoje às duas maiores economias do mundo. Como são atores globais, é normal, portanto, que tenham interesses e atritos em comum e que acabem se aproximando cada vez mais. Dentre os aspectos que podem explicar essa aproximação podemos destacar: I) Transferência de tecnologia americana para determinados setores de produção chinesa; II) entrada de produtos chineses no mercado americano com preços competitivos; III) a compra de títulos do tesouro norte-americano pelos chineses, fato que favorece o crédito e o consumo interno americano; IV) investimentos diretos da China nos setores de serviços norte-americanos.

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário