Governo Geral Brasileiro Questões Respondidas

01. UEL-PR. Governo Geral Brasileiro: A centralização político-administrativa do Brasil Colônia foi concretizada com a:

a) criação do Estado do Brasil.
b) instituição do governo-geral.
c) transferência da capital para o Rio de Janeiro.
d) instalação do sistema das capitanias hereditá­rias.
e) política de descaso do governo português pela atuação predatória dos bandeirantes.


02. UEL-PR. A centralização político-administrativa do Brasil Colônia foi concretizada com a:

a) criação do Estado do Brasil.
b) instituição do governo-geral.
c) transferência da capital para o Rio de Janeiro.
d) instalação do sistema das capitanias hereditá­rias.
e) política de descaso do governo português pela atuação predatória dos bandeirantes.


03. Cesgranrio-RJ. Governo Geral Brasileiro: Ao instituir o governo-geral como forma de administrar suas possessões no Brasil, o rei de Portugal, dom João III, mandou fazer “uma fortaleza e povoação grande e forte em lugar conveniente, para daí se dar favor e ajuda às outras povoações”. Esta determinação justifica-se porque:

a) interessava ao “rei colonizador” desenvolver nas áreas coloniais uma estrutura administrativa que absorvesse os militares sem ocupação efetiva na Europa, após o término das guerras contra os mouros.
b) havia a necessidade de se imprimir rumos diversos ao processo de exploração colonial, optando-se então por uma ocupação de caráter mais urbano, em substituição às estruturas agrárias que marca­ram os primeiros tempos da colonização.
c) os comerciantes portugueses exigiram do rei a abolição das capitanias hereditárias, consideradas como onerosas do ponto de vista administrativo para os interesses mercantis.
d) o rei pretendia constituir no território brasileiro a base de suas operações militares contra a Espa­nha, cujas colônias em áreas americanas pretendia incorporar.
e) havia a necessidade de se criar um centro ad­ministrativo que combatesse as tribos indígenas rebeladas, realizasse expedições em busca de riquezas e organizasse a defesa da colônia contra ataques externos.


04. PUCCamp-SP. Governo Geral Brasileiro: Os governos-gerais foram instituídos como a única solução político-administrativa viável para a coloniza­ção efetiva do Brasil, na segunda metade do século XVI, porque:

a) a instituição do sistema, em 1548, suprimiu de­finitivamente a divisão da colônia em capitanias hereditárias.
b) o governo-geral representava a centralização político-administrativa da colônia, que se tornava imperativa, pelo sucesso da maioria das capitanias hereditárias.
c) o risco crescente, criado com a autonomia exces­siva das capitanias hereditárias, levou o Estado metropolitano a organizar o governo-geral para substituí-las.
d) o governo centralizado na colônia correspondia melhor à definição absolutista do próprio governo metropolitano.
e) o governo-geral constituía-se, em nível político, como um regime descentralizado e, em nível econômico, como uma grande empresa particular, estando à frente o governador, o único responsável pelo investimento inicial e pelo incentivo à produ­ção.


05. UFBA. Assinale as proposições corretas, some os números a elas associados e marque no espaço apropriado. Sobre o sistema administrativo do Brasil colonial, é possível afirmar:

fluxograma do sistema administrativo do Brasil colonial

01. O sistema administrativo representado no or­ganograma foi montado por D. João III, com o duplo objetivo de ocupar a terra e valorizá-la economicamente.
02. Com a instalação das capitanias hereditárias, o Estado português assumia financeiramente o empreendimento, concedendo aos donatários a posse das terras e repartindo com eles as terras decorrentes da exploração do subsolo.
04. Com a implantação das capitanias hereditárias, a metrópole passou da fase de circulação de mercadorias para a de produção de gêneros agrícolas, destinados ao mercado externo.
08. Como as capitanias hereditárias não cumpriram os objetivos esperados por Portugal, D. João III decidiu extingui-las, instalando o governo-geral.
16. Com a instalação dos governos-gerais, a metró­pole conseguiu efetivar a centralização adminis­trativa na colônia, contando com o apoio da elite local, a quem cabia indicar os ocupantes dos cargos mais representativos.
32. Com a finalidade de sediar o governo-geral, a metrópole ordenou que a capitania da Bahia de Todos os Santos fosse transformada em capitania real e que aí fosse fundada a cidade de Salva-dor.
64. As câmaras municipais eram órgãos integrados por representantes dos vários segmentos sociais, eleitos pelo sufrágio universal.
Some os números dos itens corretos.


06. Unirio-RJ. Governo Geral Brasileiro: A colonização brasileira no século XVI foi organizada sob duas formas administrativas, capitanias hereditá­rias e governo-geral. Assinale a afirmativa que expres­sa corretamente uma característica desse período.

a) As capitanias, mesmo havendo processo de exploração econômica em algumas delas, garantiram
a presença portuguesa na América, apesar das dificuldades financeiras da Coroa.
b) As capitanias representavam a transposição para as áreas coloniais das estruturas feudais e aristo­cráticas européias.
c) As capitanias, sendo empreendimentos privados, favoreceram a transferência de colonos europeus, assegurando a mão-de-obra necessária à lavoura.
d) O governo-geral permitiu a direção da Coroa na produção do açúcar, o que assegurou o rápido
povoamento do território.
e) O governo-geral extinguiu as donatarias, interrom­pendo o fluxo de capitais privados para a economia do açúcar.


🔵 >>> Confira a nossa lista completa de exercícios sobre a História do Brasil.


Gabarito com as respostas das melhores questões sobre o Governo Geral Brasileiro:

01.B;
02. B;
03. E;
04. D;
05. 37 (01 + 04 + 32);
06. A;

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

1 comentário em “Governo Geral Brasileiro Questões Respondidas”

Deixe um comentário