Revolução Praieira Questões com Gabarito

01. UFU-MG. Revolução Praieira:

Durante o período das Regências e início do Segun­do Reinado, diversas rebeliões colocaram em risco a estabilidade política do Império e as relações de dominação existentes. A respeito dessas rebeliões, podemos afirmar que:

I. a Guerra dos Farrapos foi um movimento que pretendia a independência do Rio Grande do Sul, organizado pelos produtores de gado e charquea­dores, contando com uma pequena base popular de apoio.

II. a prolongada rebelião de escravos na Bahia em 1835 (Levante Malê) que pretendia a independên­cia da Bahia, espalhou-se por diversos estados nordestinos, recebendo a adesão dos sertanejos e exigindo auxílio de tropas de estados vizinhos para sufocá-la.

III. submetidos à escravidão e/ou intensa exploração, índios, negros e mestiços se revoltaram contra os grandes proprietários no Maranhão entre 1838 e 1841 (Balaiada), implantando uma efêmera repú­blica inspirada nos ideais do socialismo utópico, difundido pelos jornalistas e padres que lideravam o movimento.

IV. o Manifesto ao Mundo, programa político da Revo­lução Praieira, propunha, entre outros itens, voto livre e universal, plena liberdade de imprensa, trabalho como garantia de vida para o cidadão brasileiro, inteira e efetiva independência dos poderes constituídos.

Assinale a alternativa correta.

a) II e III são corretas.

b) I e IV são corretas.

c) I e II são corretas.

d) III e IV são corretas.

 

 

02. UFPR

No período compreendido entre a Independência e 1849, o Brasil foi marcado por agitações sociais e po­líticas. Sobre essas agitações, é correto afirmar que:

1. a “Cabanagem”, no Pará (1835-1840), foi um mo­vimento que teve forte participação das camadas populares.

2. também no Maranhão houve violência social na rebelião con hecida por Balaiada (1838-1841), com forte participação popular.

04. apenas na Bahia não houve agitação social ou
movimentos visando à emancipação regional.

08. a revolta dos liberais em 1842, em São Paulo e em Minas Gerais, contribuiu para que, mais tarde, fosse praticada a alternância no poder dos partidos Liberal e Conservador.

16. a mais longa das revoltas brasileiras desse período foi a revolução Farroupilha (1835-1845), na qual se chegou a proclamar uma República independente.

32. a Revolução Praieira (1848) foi o último grande movimento nordestino revoltoso, de caráter popular, democrático e de influência ideológica. Some as proposições corretas.

 

 

03. UFMG. Revolução Praieira:

A organização do sistema político foi objeto de dis­cussões e conflitos ao longo do período imperial no Brasil. Com relação ao contexto histórico do Brasil Imperial e aos problemas a ele relacionados, é correto afirmar que:

a) a centralização do poder foi objeto de sérias disputas ao longo de todo o século XIX e explica várias contendas internas às elites imperiais, como a Rebelião Praieira.

b) o Constitucionalismo ganhou força, fazendo com que o Legislativo, o Executivo e o Judiciário se tornassem independentes e harmônicos, o que atendia às queixas dos rebeldes da Balaiada.

a) o Federalismo de inspiração francesa e jacobina foi uma das principais bandeiras do Partido Liberal, a partir da publicação do Manifesto Republicano, o que explica, entre outras, a Revolução Liberal de 1842.

b) os movimentos de contestação armada – como a Revolução Farroupilha, a Sabinada ou a Ca­banagem – tinham em comum a crítica liberal às tendências absolutistas, persistentes no governo de D. Pedro II.

 

 

04. UFRGS-RS

Das rebeliões internas ocorridas no Brasil durante o Segundo Reinado, destaca-se o sentido social da Revolução Praieira de 1848, porque:

a) o governo rebelde aprovou uma Constituição que tornava cidadãos brasileiros os portugueses resi­dentes no Brasil.

b) pelo “Manifesto ao Mundo” os revoltosos pregavam o voto livre e universal para os brasileiros.

c) o imperador Pedro II estabeleceu uma política de conciliação, anistiando os líderes revoltosos e integrando-os ao Senado Vitalício.

d) entre as intenções dos revoltosos estava o desejo de livrar-se dos impostos excessivos sobre a ex­tração do ouro.

e) o movimento visava a isentar de servir no Exército chefes de família e proprietários rurais.

 

Guerra dos Cabanos – Cabanagem Exercícios Resolvidos.

 

05. UFMG. Revolução Praieira:

Após a Revolução Praieira de 1848 em Pernambuco, o reinado de D. Pedro II foi marcado por uma paz que se prolongou por algumas décadas.

Todas as alternativas apresentam afirmações corretas sobre o Segundo Império no Brasil, exceto:

a) a Conciliação, ao amenizar as lutas partidárias, funcionou como fator importante na contenção da idéia republicana.

b) D. Pedro II impôs-se como imperador não tanto por sua seriedade e moral impecáveis, mas pelo fato de a elite latifundiária e escravista considerar a monarquia como poderoso fator de estabilidade.

c) o Brasil permaneceu isolado do resto da América, não só na forma de governo, mas também econo­micamente, ao desprezar os países latino-ameri­canos e permanecer voltado para o Atlântico.

d) o crescimento da produção cafeeira e a Era Mauá dinamizaram a economia nacional, a qual criou bases internas sólidas e deixou de depender do mercado externo.

e) o fortalecimento do governo central garantiu a repressão às idéias republicanas da esquerda liberal no período das Regências.

 

 

06. Revolução Praieira: Assim como as Revoluções de 1848 na Europa representaram o encerramento de um ciclo revolucio­nário iniciado em 1789 com a Revolução Francesa, a Praieira, em Pernambuco, correspondeu à última etapa das agitações políticas e sociais iniciadas com a emancipação.

Koshiba, Luiz e Denise Manzi. História do Brasil. Ed. Atual, p. 175.

a) Quais as principais causas da Praieira?

b) Qual foi o principal líder?

 

 

07. (UFMG) Qual a afirmação CERTA em relação à Revolução Praieira, ocorrida na província de Pernambuco (1842-1849)?
a) Foi um movimento antilusitano que procurava a derrubada da Regência através do Partido da Ordem.
b) Defendia primordialmente o comércio a nível nacional para desenvolver a economia de trocas da província.
c) Pretendia a expropriação dos senhores da terra para a proclamação de uma república independente.
d) Foi um movimento popular que visava a reformas sociais, principalmente a nacionalização do comércio e a desapropriação dos engenhos.
e) Tinha um cunho nitidamente republicano como os demais movimentos de oposição à ordem imperial.

 

🔵 >>> Confira a nossa lista completa de exercícios sobre a História do Brasil.

 

Gabarito com as respostas das questões sobre a Revolução Praieira:

01. B

02. 59 (01 + 02 + 08 + 16 + 32)

03. A

04. B

05. D

 

06. a) Forte concentração da propriedade fundiária nas mãos dos Cavalcanti e monopólio do comércio pelos portugueses.

b) Pedro Ivo.

 

07. D

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.