A Revolução Industrial Simulado com Gabarito

01. A Revolução Industrial: (Fuvest)”O fato relevante do período entre 1790 e 1830 é a formação da classe operária”.
“Os vinte e cinco anos após 1795 podem ser considerados como os anos da contra-revolução”.
[Durante esse período] “o povo foi submetido, simultaneamente, à intensificação de duas formas intoleráveis de relação: a exploração econômica e a opressão política.”

Essas frases, extraídas de A formação da Classe Operária Inglesa, do historiador E. P. Thompson,  relacionam-se ao quadro histórico decisivo na formação do mundo contemporâneo, no qual se situam:
a) a Revolução Comercial e a reforma protestante.
b) o Feudalismo e o Liberalismo.
c) a Revolução Industrial e a Revolução Francesa.
d) o capitalismo e a Contra-Reforma.
e) o Socialismo e a Revolução Russa.


02. (Unicamp)
“De pé ficaremos todos
E com firmeza juramos
Quebrar tesouras e válvulas
E pôr fogo às fábricas daninhas.”
(Canção dos quebradores de máquinas do século XIX, Apud: Huberman, Léo. História da Riqueza do Homem, 1979.)

a) A partir do texto, caracterize o tipo de ação dos quebradores de máquinas.
b) Explique os motivos desse movimento.


03. A Revolução Industrial: Sobre a inovação tecnológica no sistema fabril na Inglaterra do século XVIII, é correto afirmar que ela:

a) foi adotada não somente para promover maior eficácia da produção, como também para realizar a dominação capitalista, na medida que as máquinas submeteram os trabalhadores a formas autoritárias de disciplina e a uma determinada hierarquia.
b) ocorreu graças ao investimento em pesquisa tecnológica de ponta, feito pelos industriais que participaram da Revolução Industrial.
c) nasceu do apoio dado pelo Estado à pesquisa nas universidades.
d) deu-se dentro das fábricas, em que os proprietários estimulavam os operários a desenvolver novastecnologias.
e) foi única e exclusivamente o produto da genialidade de algumas gerações de inventores, tendo sido adotada pelos industriais que estavam interessados em aumentar a produção e, por conseguinte, os lucros.


04. (Unicamp) As fábricas do século XVIII substituíram as antigas oficinas artesanais. Explique o que eram essas oficinas e as diferenças entre elas e o sistema de fábrica.


05. A Revolução Industrial: (Unesp) “O juiz do condado de Broughton, presidindo uma reunião na prefeitura de Nottingham, declarou que naquela parte da população, empregada nas fábricas de renda da cidade, reinavam sofrimentos e privações em grau desconhecido no resto do mundo… Às duas, três ou quatro horas da manhã, as crianças de 9 a 10 anos são arrancadas de camas imundas e obrigadas a trabalhar até às 10, 11 ou 12 horas da noite, para ganhar o indispensável à mera subsistência.”
(Daily Telegraph, Londres, 17 de janeiro de 1860.)

Identifique, situando no espaço e no tempo, o contexto histórico que gerou o problema social expresso parcialmente no texto acima. Procure relacionar as condições adversas mais significativas que acabaram motivando a resistência dos trabalhadores, o avanço dos movimentos operários e o desenvolvimento dos postulados socialistas no século XIX.


06. A Revolução Industrial: (UFF) Assinale a opção que apresenta considerações sobre a real importância da Revolução Industrial na vida e na história do homem.

a) A Revolução Industrial foi um fenômeno puramente inglês, não provocando mudanças em outras nações. Desse modo, a Inglaterra transformou-se numa potência hegemônica, desfrutando padrões de vida inacessíveis ao resto do mundo.
b) Os novos recursos disponíveis após a Revolução Industrial não melhoraram as condições da vida urbana. Diante dessa nova tecnologia, o homem preferiu voltar a viver no campo.
c) Novos recursos de conforto derivaram-se das mudanças produzidas pela Revolução Industrial do século XVIII, pois, foi a partir de então que as inovações tecnológicas passaram a ter aplicações na vida do homem, promovendo, no entanto, situações que acentuaram as desigualdades sociais.
d) A Revolução Industrial estimulou o ideal socialista da propriedade privada, tornando a vida do homem uma constante busca de riqueza e de igualdade social e política.
e) Mais luxo e conforto seriam dois resultados diretos da apropriação social das inovações tecnológicas derivadas da Revolução Industrial e da ideia de progresso. A história, entretanto, demonstrou que nem mesmo a burguesia industrial conseguiu tirar proveito dessas comodidades, por serem incompatíveis com os valores liberais.


07. (PUC-Rio) Sobre os cercamentos dos campos (enclosures), na Inglaterra, durante a Idade Moderna, é correto afirmar que:

a) foram consequências, a princípio, das desapropriações de terras decretadas por Henrique VIII, no contexto das perseguições contra católicos, descontentes com a criação da igreja anglicana.
b) relacionaram-se ao processo de mercantilização da propriedade fundiária e, paralelamente, provocaram a liberação de mão-de-obra.
c) foram causados pelo início da maior utilização de máquinas na produção agrícola, influenciando na transição do uso predominante do trabalho servil para o trabalho assalariado.
d) determinaram o fim das relações feudais, interferindo no crescente enfraquecimento político da nobreza fundiária e na projeção cada vez maior da burguesia comercial.
e) ocasionaram o empobrecimento de milhares de camponeses, que, em especial no século XVII, compuseram o principal contingente de colonos para as terras da América.


08. A Revolução Industrial: (UERJ) O século XXI começa sob o regime de uma revolução econômica que talvez só seja comparável à
Revolução Industrial do final do século XVIII. Nos últimos 100 anos não vimos nada igual.
(Veja, 07 jul. 1999.)

Apesar da aproximação estabelecida acima, a Revolução Industrial do século XVIII e a Revolução Econômica em curso possuem diversas diferenças entre si. Esses dois processos distinguem-se por apresentarem, respectivamente, as seguintes características:
a) acumulação de capital no setor terciário por intermédio dos bancos – acumulação de capital através da transformação capitalista da agricultura.
b) Revolução Agrícola necessária à acumulação de capital – desapropriação dos terrenos improdutivos para incentivo à industrialização.
c) crescimento das atividades artesanais centradas nas oficinas domésticas, especialização da mão–de-obra na produção em série.
d) predominância de empresas formadas por capital familiar limitado – Revolução Técnico-Científica com a aplicação da ciência no desenvolvimento econômico.


09. (Unirio) A Revolução Industrial provocou diversas mudanças nas concepções políticas, nas práticas econômicas e nas ações sociais conforme se instalava nos países europeus, durante o século XIX. Dentre essas mudanças, destacamos o(a):

a) fortalecimento da produção industrial e das manufaturas em um sistema familiar de produção.
b) surgimento de diversas doutrinas sociais que pretendiam justificar ou reformar a sociedade capitalista, tais como o Anarquismo e o Socialismo marxista.
c) crescente êxodo de contingentes demográficos das cidades em busca de melhores condições de vida no campo.
d) diminuição das jornadas de trabalho e a criminalização do trabalho infantil, como forma de combate ao desemprego urbano nos países industrializados.
e) extinção dos grandes conglomerados econômicos e financeiros que monopolizavam a produção de bens de consumo no início da Revolução Industrial.


10. A Revolução Industrial: (Unirio) ”Nos séculos XVI e XVII, à medida que a população se expandia rapidamente, Londres (…)  tornou-se o refúgio de homens sem governo– vítimas do cercamento de terras, vagabundos, criminosos – numa escala que alarmou os contemporâneos (…); dessa forma o povo pobre e sedicioso, que constituiu um fardo para a República, é mandado embora, de modo que se remove da City a matéria sediciosa.”
(HILL, Christopher. O Mundo de Ponta-Cabeça. São Paulo: Cia. das Letras, 1987. p.37.)

a) Explique a expressão homens sem governo.
b) Relacione o cercamento de terras (enclosures), desenvolvido na Inglaterra, à colonização da América.


🔵 >>> Confira todas as nossas questões sobre a História Mundial.


Gabarito com as respostas do simulado sobre A Revolução Industrial:

01. C;


02. a) Movimento ludista.
b) As máquinas tomavam os empregos dos trabalhadores, daí a quebra das máquinas.


03. A;


04. Eram as corporações de ofício, local de atividade produtiva de forma artesanal. A principal diferença é o caráter artesanal de produção.


05. Segunda metade do século XIX dentro do desenvolvimento da Revolução Industrial. As condições de trabalho subhumanos e a polarização entre trabalhadores e burguesia. O quadro político era o das ondas revolucionárias, principalmente em 1848.


06. C;
07. B;
08. D;
09. B;

10. a) A expressão “homens sem governo”, de caráter eminentemente elitista, procura dar conta da perplexidade das elites diante de um conjunto de homens desenraizados pelo processo de “cercamento” que passam a constituir uma ameaça à então “ordem burguesa”, que se implantava na Inglaterra.
b) Um grande contingente de homens expulsos de suas terras em decorrência dos enclosures foi buscar na América a possibilidade de reconstrução de suas vidas, constituindo a ponta-de-lança da colonização inglesa no Norte da América.

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário