Revolução Industrial e o Movimento Operário Exercícios

01. Revolução Industrial e o Movimento Operário: (UFV-MG) Leia o texto a seguir:

Qualquer que tenha sido a razão do avanço britânico, ele não se deveu à superioridade tecnológica e científica.

[…] Dadas as condições adequadas, as inovações técnicas da Revolução Industrial se fizeram por si mesmas, exceto talvez na indústria química. Isto não signifca que os primeiros industriais não estivessem constantemente interessados na ciência em busca de seus benefícios práticos. Mas as condições adequadas estavam visivelmente presentes na Grã-Bretanha, […]

HOBSBAWM, Eric. A Era das Revoluções. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981. p. 45-47.

As condições britânicas adequadas à Revolução Industrial foram as seguintes, EXCETO:

A) A ampla produtividade agrícola, decorrente de modificações nas formas de produção, permitiu alimentar a população urbana em franco crescimento, bem como acumular capital a ser aplicado em outros setores da economia.

B) Os Enclosure Acts, que decretaram o cercamento dos campos de uso comum, criaram um problema agrário, mas também permitiram que a produção agrícola fosse direcionada para o mercado.

C) A infraestrutura urbana de algumas regiões da Grã-Bretanha atuou como fator de atração para as populações oriundas dos campos e permitiu uma organização social intensa e propícia à melhoria das condições de vida dos trabalhadores.

D) As políticas implementadas depois da derrubada do absolutismo, ainda no século XVII, caracterizaram-se pelo incentivo à obtenção do lucro privado e ao desenvolvimento econômico, considerados como legítimos e supremos objetivos políticos da nação.

E) A Grã-Bretanha detinha o controle do mercado colonial de escravos e da produção e comercialização do algodão, além de possuir grande quantidade de matéria-prima, como carvão e ferro, destinados à energia e à construção de máquinas.

 

 

02. Revolução Industrial e o Movimento Operário: (UFV-MG) A transição do sistema de produção doméstico para o fabril foi característica do processo histórico conhecido como Revolução Industrial. Ela se deu, primeiramente, na Inglaterra, durante a segunda metade do século XVIII, e foi marcada por uma série de transformações econômicas, sociais, culturais, técnicas e tecnológicas. Entre essas transformações, destacam-se:

I. O aumento da produção de bens de consumo, especialmente têxteis, devido à substituição da energia humana e hidráulica pela energia a vapor e à invenção do tear mecânico e da máquina de fiar.

II. A diminuição da divisão social do trabalho e o surgimento de uma nova concepção de tempo, associada à regularidade do padrão de trabalho doméstico.

III. O desenvolvimento do sistema de produção doméstico, devido ao desemprego e ao aumento do controle dos trabalhadores sobre os resultados do seu trabalho.

IV. A aceleração do processo de urbanização e o aumento do poderio naval britânico, contribuindo para a conquista de novos mercados em outras regiões do mundo.

V. A expropriação dos trabalhadores de seus meios de produção e a divisão das terras comunais, o que beneficiou principalmente os grandes proprietários rurais.

Está CORRETO o que é dito apenas em:

A) I, III e IV. C) I, IV e V. E) II, IV e V.

B) I, II e III. D) II, III e V.

 

 

03. Revolução Industrial e o Movimento Operário: (FJP-MG–2010) Considerando a Revolução Industrial ocorrida na Inglaterra ao longo do século XVIII e no século XIX, assinale a afirmativa INCORRETA:

A) A introdução das máquinas diminuiu sensivelmente as  horas de trabalho dos operários que acompanhavam o frenético ritmo de produção das máquinas, diferentemente do lento trabalho do sistema doméstico.

B) A máquina a vapor foi o significativo motor da Revolução Industrial, pois possibilitou, pela primeira vez, a produção artificial de energia, acelerando a velocidade da produção nas máquinas de tecer e fiar e na extração de minério.

C) A política dos cercamentos promovida pelo governo inglês foi responsável pela expulsão dos camponeses de suas terras e garantiu um grande número de desempregados, que foram absorvidos pelas fábricas que surgiam nos centros urbanos.

D) As indústrias inglesas foram beneficiadas pelas abundantes reservas naturais de carvão, o combustível nelas utilizado, além da facilidade de obtenção de matérias-primas importadas das colônias inglesas para a fabricação dos produtos.

 

 

04. Revolução Industrial e o Movimento Operário: (UEL-PR–2008)

Observe a imagem:

PAZZINATO, A. L., SENISE, M. H. V. História Moderna e Contemporânea. São Paulo: Ática, 1994. p. 177.

Com base na imagem, considere as afirmativas a seguir:

I. No século XIX, com a descoberta de novas técnicas e a consequente mecanização da produção, os industriais intensificaram a exploração da mão de obra para recuperar os investimentos com as maquinarias e aumentar os lucros com a produção. Para conseguir tal intento, os assalariados tinham que cumprir em média 15 horas de trabalho por dia, sendo que mulheres e crianças – consideradas inferiores – foram comumente utilizadas como mão de obra por se constituírem em força de trabalho mais barata.

II. A crise econômica que arrasou a Inglaterra na segunda metade do século XIX abriu espaço para que os Estados Unidos colocassem no mercado seus produtos industrializados. A partir de então, o capitalismo foi se consolidando numa perspectiva mais financeira e abriu espaço para o surgimento das grandes potências bancárias.

III. A luta de classes tornou-se uma realidade a partir do momento em que a sociedade ficou dividida em duas classes antagônicas: burguesia e proletariado. As diferenças entre aqueles que eram donos dos meios de produção – e do capital – e aqueles que possuíam a força de trabalho – mão de obra – levou estes últimos a organizarem-se em sindicatos, partidos, associações para lutar contra a exploração a que eram submetidos.

IV. O anarquismo, como doutrina política, foi primordial para a constituição da classe burguesa, no século XIX, porque defendia a importância do capital na  consolidação dessa nova ordem social. Defendia também que todos os indivíduos tinham o direito de lutar para garantir melhores salários e qualidade de vida.

Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas CORRETAS:

A) I e II C) III e IV E) II, III e IV

B) I e III D) I, II e IV

 

 

05. Revolução Industrial e o Movimento Operário: (UFF-RJ–2008) Para que o conhecimento tecnológico tivesse o êxito de hoje, foi preciso que ocorressem, no tempo, alterações radicais que abriram caminho para a  introdução de novas relações de mercado e novas formas de transportes.

Assinale a alternativa que MELHOR identifica o momento inicial da Revolução Industrial:

A) A utilização da máquina a vapor, que propiciou o desenvolvimento das ferrovias, integrando áreas de produção aos mercados, aumentando o consumo e gerando lucros.

B) A revolução política de 1688, que garantiu a vitória dos interesses dos proprietários agrícolas em aliança com os trabalhadores urbanos que controlavam as  manufaturas.

C) Os cercamentos que modificaram as relações sociais no campo, gerando novas formas de organização da produção rural e mantendo os vínculos tradicionais de servidão.

D) O desenvolvimento da energia eólica, produzindo um crescimento industrial que manteve as cidades afastadas do fantasma das doenças provocadas pelo uso do carvão.

E) A máquina a vapor, que promoveu o desenvolvimento de novas formas de organização da produção agrícola e levou ao crescimento dos transportes marítimos na Europa Ocidental, através de investimentos estatais.

 

Revoluções Liberais Questões Respondidas.

 

06. Revolução Industrial e o Movimento Operário: (UFAC-2010) A grande revolução de 1789-1848 foi o triunfo não da ‘indústria’ como tal, mas da indústria capitalista; não da liberdade e da igualdade em geral, mas da classe média ou da sociedade ‘burguesa’ liberal; não da ‘economia moderna’ ou do ‘Estado Moderno’, mas das economias e Estados em uma determinada   região geográfica do mundo (parte da Europa e alguns trechos da América do Norte), cujo centro eram os Estados rivais e vizinhos da Grã-Bretanha e França. A  transformação de 1789-1848 é essencialmente o levante gêmeo que se deu naqueles dois países e que dali se propagou por todo o mundo. Mas não seria exagerado considerarmos esta dupla revolução – a francesa, bem mais política, e a industrial (inglesa) – não tanto como uma coisa que pertença à história dos dois países que foram seus principais suportes e símbolos, mas sim como a cratera gêmea de um vulcão regional bem maior. O fato de que as erupções simultâneas ocorreram na França e na Inglaterra, e de que suas características difiram tão pouco, não é nem acidental nem sem importância.

HOBSBAWM, Eric J. A Era das Revoluções. Disponível em: <http://www.scribd.com/doc/ 2301094/A-Era-das-Revolucoes- Eric-J-Hobsbawm>.

A respeito do contexto político e social das Revoluções Francesa e Industrial, a leitura do texto de Hobsbawm indica que:

A) ambas, não por acaso, ocorreram em períodos concomitantes, com efeitos sobre os modos de vida, alterando as relações de produção e ordenamentos políticos que se estenderam para outras partes do mundo.

B) o autor enquadra as duas revoluções como apenas uma grande revolução, embora em países diferentes, cujas consequências são a vitória da indústria, da igualdade e da economia moderna.

C) o historiador afirma terem ocorrido consequências exclusivas sobre a Grã-Bretanha e a França, com incidência sobre a indústria capitalista, a sociedade burguesa e o estado moderno.

D) a citação considera a Revolução Francesa como política, enquanto que a Revolução Inglesa seria de caráter industrial, com repercussão de ambas sobre a formação dos Estados Modernos e da criação das monarquias de caráter absoluto.

E) o texto caracteriza a coexistência das duas Revoluções como uma casualidade histórica, sem significado, descaracterizando o contexto social e político do período.

 

 

07. Revolução Industrial e o Movimento Operário: (UEG–2007) No século XIX, a Revolução Industrial provocou inúmeras mudanças, tais como a imigração de camponeses para a cidade e a alteração nas condições dos trabalhadores que estavam submetidos à burguesia, enfrentando longas jornadas de trabalho. Sobre tal contexto, julgue a validade das proposições a seguir:

I. O Ludismo expressou uma forma de resistência dos trabalhadores ao autoritarismo do patrão e, ao mesmo tempo, caracterizou-se pelas reivindicações por melhores salários e condições de trabalho.

II. O Cartismo representou a busca por participação política dos trabalhadores de forma referendada pelos pontos das cartas, entre os quais se destaca o sufrágio universal e o direito dos operários de participarem do Parlamento.

III. As Revoluções de 1848 consolidaram os interesses da burguesia liberal, representados pela implantação de parlamentos e constituições e pela legitimação política de suas nações, através do nacionalismo e do liberalismo.

Assinale a alternativa CORRETA:

A) Apenas as proposições I e II são verdadeiras.

B) Apenas as proposições II e III são verdadeiras.

C) Apenas as proposições I e III são verdadeiras.

D) Todas as proposições são verdadeiras.

 

 

08. Revolução Industrial e o Movimento Operário: (Enem–2001) […] Um operário desenrola o arame, o outro o endireita, um terceiro corta, um quarto o afia nas pontas para a colocação da cabeça do alfinete; para fazer a cabeça do alfinete requerem-se 3 ou 4 operações diferentes;[…]

SMITH, Adam. A riqueza das nações. Investigação sobre a sua natureza e suas causas. vol. I. São Paulo: Nova Cultural, 1985. Jornal do Brasil, 19 fev. 1997.

A respeito do texto e do quadrinho, são feitas as seguintes afirmações:

I. Ambos retratam a intensa divisão do trabalho à qual são submetidos os operários.

II. O texto refere-se à produção informatizada e o quadrinho, à produção artesanal.

III. Ambos contêm a ideia de que o produto da atividade industrial não depende do conhecimento de todo o processo por parte do operário.

Entre essas afirmações, apenas:

A) I está correta. D) I e II estão corretas.

B) II está correta. E) I e III estão corretas.

C) III está correta.

 

 

09. Revolução Industrial e o Movimento Operário: (Enem–2010) A evolução do processo de transformação de matérias-primas em produtos acabados ocorreu em três estágios: artesanato, manufatura e maquinofatura. Um desses estágios foi o artesanato, em que se:

A) trabalhava conforme o ritmo das máquinas e de maneira padronizada.

B) trabalhava geralmente sem o uso de máquinas e de modo diferente do modelo de produção em série.

C) empregavam fontes de energia abundantes para o funcionamento das máquinas.

D) realizava parte da produção por cada operário, com uso de máquinas e trabalho assalariado.

E) faziam interferências do processo produtivo por técnicos e gerentes com vistas a determinar o ritmo de produção.

 

 

10. Revolução Industrial e o Movimento Operário: (Enem–2010) A Inglaterra pedia lucros e recebia lucros, Tudo se transformava em lucro. As cidades tinham sua sujeira lucrativa, suas favelas lucrativas, sua fumaça lucrativa, sua desordem lucrativa, sua ignorância lucrativa, seu desespero lucrativo. As novas fábricas e os novos altos fornos eram como as pirâmides, mostrando mais a escravização do homem que seu poder.

DEANE, P. A Revolução Industrial. Rio de Janeiro: Zahar, 1979 (Adaptação).

Qual relação é estabelecida no texto entre os avanços tecnológicos ocorridos no contexto da Revolução Industrial Inglesa e as características das cidades industriais no início do século XIX?

A) A facilidade em se estabelecerem relações lucrativas transformava as cidades em espaços privilegiados para a livre iniciativa, característica da nova sociedade capitalista.

B) O desenvolvimento de métodos de planejamento urbano aumentava a eficiência do trabalho industrial.

C) A construção de núcleos urbanos integrados por meios de transporte facilitava o deslocamento dos trabalhadores das periferias até as fábricas.

D) A grandiosidade dos prédios onde se localizavam  as fábricas revelava os avanços da engenharia e da arquitetura do período, transformando as cidades em locais de experimentação estética e artística.

E) O alto nível de exploração dos trabalhadores industriais ocasionava o surgimento de aglomerados urbanos marcados por péssimas condições de moradia, saúde e higiene.

 

🔵 >>> Confira todas as nossas questões sobre a História Mundial.

 

Gabarito com as respostas das atividades de História Mundial sobre Revolução Industrial e o Movimento Operário:

01. C; 02. C; 03. A; 04. B; 05. A;06. A; 07. D; 08. E; 09. B; 10. E

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.