Exercícios sobre a Revolução Verde e o Agronegócio

01. Revolução Verde e o Agronegócio: (UFF-RJ) A Revolução Verde, implementada em países latino-americanos e asiáticos nos anos 1960 e 1970, tinha como objetivo suprimir a fome e reduzir a pobreza de amplas parcelas da população. Entretanto, as promessas de modernização tecnológica da agricultura não foram cumpridas inteiramente, o que contribuiu, decisivamente, para a geração de novos problemas e aprofundou velhas desigualdades.
Assinale a alternativa que faz referência a efeitos da Revolução Verde.
A) Coletivização das terras, implemento da agroecologia e expansão do crédito para os agricultores.
B) Distribuição equitativa de terras, difusão da policultura e uso de defensivos biodegradáveis.
C) Expansão de monoculturas, uso de técnicas tradicionais de plantio e fertilização natural dos solos.
D) Reconcentração de terras, crescimento do uso de insumos industriais e agravamento da erosão dos solos.
E) Estatização das terras agrícolas, trabalho em comunas e produção voltada para o mercado interno.

 

 

02. (UEPB–2011) Observe a foto apresentada a seguir:

Publicada na revista Nature, em sua edição de Julho de 2010, sob o título de “The Global Farm” (A Fazenda Global), ela faz referência à dinâmica agrícola brasileira e seu papel na economia mundial.
Sobre essa dinâmica, assinale a alternativa CORRETA.
A) O processo de interiorização da produção agropecuária e, mais recentemente, do setor sucroalcooleiro, fez surgir no Centro-Oeste brasileiro uma paisagem antropizada. No entanto, devido a práticas conservacionistas, manteve-se a biodiversidade, a qualidade dos mananciais de superfície e as características dos climas locais.
B) O Cerrado deu lugar a atividades econômicas intensivas cujas bases estão na exportação de commodities. Hoje se sabe que mais de 55% da área de Cerrado foi destruída em função desse modelo de produção. O que ainda existe do bioma apresenta-se como corredores contínuos, havendo pouca influência governamental na conservação e preservação dessas áreas.
C) O crescimento do plantio de cana-de-açúcar no Centro-Oeste, nas áreas destinadas até então à agropecuária, visa ao aumento da produção de açúcar para exportação, isso para o atendimento de demandas mundiais, que têm crescido continuamente na última década.
D) Hoje existe uma preocupação mundial no que diz respeito ao avanço da fronteira agrícola brasileira sobre o bioma amazônico. Essa preocupação reside no fato de que o modelo de produção brasileiro atual prioriza a exportação de commodities, grandes latifúndios e a mecanização intensiva.
E) O Brasil, no século XXI, terá papel fundamental na produção de alimentos em escala global. A produção de alimentos em larga escala e de maneira diversificada se deve ao padrão fundiário predominante nas áreas de Cerrado e ao modelo agrícola que prima pela diversidade da produção.

 

 

03. Revolução Verde e o Agronegócio: (UEL-PR–2006) O aumento crescente da demanda por produtos livres de agrotóxicos tem impulsionado a agricultura orgânica no Brasil. Esse sistema agrícola que se apoia no manejo sustentável dispensa o uso de agrotóxicos sintéticos, privilegia a preservação ambiental, a biodiversidade, os ciclos biológicos e a qualidade e vida do homem. Com uma área plantada de 842 mil hectares, o setor movimentou cerca de US$ 1 bilhão em 2003. O país tem 19 mil propriedades e 174 processadoras espalhadas em diversas regiões.
Disponível em: <http://www.agricultura.gov.br.> Acesso em: 19 jun. 2005.
Com base no texto e nos conhecimentos sobre agricultura, considere as afirmativas a seguir.
I. Na agricultura orgânica, a forma de produzir demanda uma maior utilização de mão de obra para colocar em prática o controle biológico e o manejo integrado de pragas, constituindo-se em alternativa para o desenvolvimento da agricultura familiar.
II. O crescimento do mercado para os produtos orgânicos não se limita ao Brasil, o que tem permitido aos agricultores aumentar a receita, por unidade de produção, a uma razão superior à da agricultura convencional.
III. O crescimento do número de propriedades rurais em que se pratica a agricultura orgânica invalida o debate sobre os impactos do consumo de agrotóxicos no Brasil.
IV. O sistema de agricultura orgânica é impraticável nas pequenas propriedades rurais, pois a eliminação do uso de fertilizantes e de pesticidas químicos proporciona um aumento dos custos de produção, o que, consequentemente, diminui a renda da unidade produtiva agrícola.

Estão CORRETAS apenas as afirmativas:
A) I e II.
B) II e III.
C) III e IV.
D) I, II e IV.
E) I, III e IV.

 

Atividades sobre a Região Centro-Oeste do Brasil.

 

04. Revolução Verde e o Agronegócio: (Enem–2001) A população rural do Brasil tem decrescido nas últimas décadas. De acordo com dados do IBGE, na década de 80, a população rural era de aproximadamente 37 milhões; no ano 2000 havia cerca de 31 milhões de brasileiros morando no campo. O gráfico apresenta o comportamento da agricultura no Brasil nas duas últimas décadas em relação à produção e à área cultivada.

O AGRÔNOMO, Instituto Agronômico de Campinas, Volume 51, nº 213, 1999 (Adaptação).
Levando em consideração as mudanças ocorridas no campo nas últimas duas décadas e analisando o comportamento do gráfico, é correto afirmar que:
A) as áreas destinadas à lavoura têm aumentado consideravelmente, graças ao crescimento do mercado consumidor.
B) a produção agrícola aumentou juntamente com a área cultivada, devido à abertura do mercado para exportação.
C) a densidade demográfica nas áreas cultivadas tem crescido junto com a produção agrícola.
D) a área destinada à agricultura não aumentou, mas a produtividade tem crescido, graças à aplicação de novas tecnologias.
E) a produção agrícola do país cresceu no período considerado, enquanto a produtividade do homem do campo diminuiu.

 

 

05.
Brasil informa à OMC que sanção contra os EUA começa dia 7 de abril
GENEBRA – O governo brasileiro informou oficialmente à Organização Mundial do Comércio (OMC) que começará a retaliar os Estados Unidos a partir do dia 7 de abril, com aumento de tarifas na importação de uma série de produtos, como resultado da briga do algodão. A sanção, fixada por um ano, deve atingir US$ 591 milhões na área de mercadorias. Outros US$ 238 milhões serão impostos mais tarde nas áreas de patentes e serviços, conforme o documento enviado pelo governo brasileiro.
A retaliação ainda pode ser suspensa, se até o começo de abril houver um acordo entre os dois governos. Mas o setor algodoeiro brasileiro tem reiterado que deseja uma compensação pelos prejuízos sofridos pelos bilhões de dólares de subsídios recebidos pelos produtores americanos que, dessa forma, puderam obter mais fatias de mercado.
MOREIRA, Assis. Disponível em: <http://economia.uol.com.br>. Acesso em: 25 maio 2010.

O texto permite analisar o posicionamento do Brasil diante das relações comerciais com os EUA, demonstrando que:
A) não há nenhum a possibilidade de o Brasil negociar com os EUA as sanções impostas, decorrentes dos subsídios americanos a determinados produtos agrícolas.
B) o setor algodoeiro brasileiro aprova todas as medidas tomadas pelo Brasil, principalmente o acordo contra a retaliação americana.
C) se a sanção realmente for aprovada, o Brasil poderá arrecadar aproximadamente US$ 5 milhões, em cada mês, no ano de 2010, na área de mercadoria.
D) a política protecionista estabelecida pelos EUA, coloca o setor algodoeiro brasileiro em desvantagem em relação ao produtores americanos.
E) o documento enviado à OMC busca cumprir uma formalidade imposta pela Rodada de Doha, que teve seu êxito em 2008, em Genebra, na Suíça

 

 

06. (PUC-Campinas-SP) As novas biotecnologias e a Engenharia Genética aplicadas à agricultura são relativamente recentes e, portanto, ainda sujeitas a debates, baseados em diferentes dimensões teóricas, entre as quais cita-se a:
A) geopolítica, pois inúmeros países tropicais do sul têm desenvolvido essas pesquisas e garantido lugar de destaque no mundo científico.
B) ambiental, pois suas bases estão relacionadas ao uso de material orgânico e não agrotóxico e, portanto, ecologicamente correta.
C) pedológica, pois a grande fonte de preocupação dessas pesquisas é proteger o solo, considerado elemento fundamental para qualquer agrossistema.
D) social, pois são difundidas como instrumentos eficientes para a diminuição da fome e das carências alimentares da população.
E) econômica, pois visa a reduzir a dependência alimentar de boa parte da população mundial, visto serem essas tecnologias de domínio público.

 

🔵 >>> Veja a nossa lista completa de exercícios sobre Ecologia.

Gabarito com as respostas das atividades de Geografia sobre Revolução Verde e o Agronegócio:

01. D;
02. D;
03. A;
04. D;
05. D
06. D;

Deixe um comentário