Ideias Políticas e Sociais do Século XIX Questões

01. Ideias Políticas e Sociais do Século XIX: (Fatec-SP) O Movimento Ludista e o Cartismo foram, respectivamente:
A) uma reação de defesa dos trabalhadores franceses que foram aprisionados pelos alemães na Guerra Franco-Prussiana; e uma ação pacífica em defesa dos trabalhadores irlandeses explorados pelos ingleses.
B) uma reação da camada operária inglesa, quebrando máquinas, pois as identificavam como causadoras de desemprego; e uma das primeiras tentativas de organização da classe operária através de reivindicações contidas na “Carta do Povo”.
C) um movimento operário inglês, que reivindicava melhores condições de trabalho através da introdução  de máquinas; e um movimento operário que defendiam um governo socialista.
D) uma ação isolada de trabalhadores ingleses que, influenciados por Karl Marx, reivindicavam a introdução das máquinas; e um movimento de trabalhadores escoceses que defendiam o fm da servidão em seu território.
E) um movimento liderado por Willian Ludd, que defendia melhores condições de trabalho; e uma reação liderada por lord Strangford em defesa de 8 horas de trabalho, por meio da “Carta do Povo”.

 


02. (UFMG) Todas as alternativas contêm características relativas à organização dos trabalhadores europeus no século XIX, EXCETO:
A) A legislação impedia a organização dos trabalhadores em nível nacional.
B) As demonstrações de massa, os motins e petições eram as principais formas de manifestação.
C) O movimento operário defendia o sufrágio universal e a igualdade econômica.
D) Os sindicatos incentivavam a quebra das máquinas para denunciar a exploração do trabalho.
E) Os sindicatos surgiram com força nova no cenário político.

 


03. Ideias Políticas e Sociais do Século XIX: (FAAP-SP) O socialismo científico tem as seguintes características, EXCETO:
A) Desenvolvimento por Marx e Engels.
B) A crise do capitalismo daria origem ao socialismo.
C) Luta de classes entre burguesia e proletariado.
D) Ditadura do proletariado.
E) Teoria da mais-valia com ênfase na defesa da propriedade privada.

 


04. (FUVEST-SP–2010) No Ocidente, o período entre 1848 e 1875 “é primariamente o do maciço avanço da economia do capitalismo industrial, em escala mundial, da ordem social que o representa, das ideias e credos que pareciam legitimá-lo e ratificá-lo”.
HOBSBAWM, E. J. A era do capital: 1848-1875.

A “ordem social” e as “ideias e credos” a que se refere o autor se caracterizam, respectivamente, como:
A) aristocrática e conservadores.
B) socialista e anarquistas.
C) popular e democráticos.
D) tradicional e positivistas.
E) burguesa e liberais.

 

 

05. Ideias Políticas e Sociais do Século XIX: (PUC-Campinas-SP) O desenvolvimento das ideias socialistas, no século XIX, principalmente aquelas relacionadas às teorias de Marx e Engels, adquire importância ímpar na organização e constituição dos partidos políticos operários que estão associados à:
A) publicação, no fnal do século XIX, de
O estado e a revolução de Lênin e à Revolução Russa de 1917.
B) publicação, em 1848, do
Manifesto Comunista e à organização em Londres, em 1865, da Primeira Internacional.
C) publicação de
A origem da família, da propriedade privada e do Estado, de Engels, e à fundação da Associação Internacional de Trabalhadores em 1876.
D) publicação de
O capital, em 1855, e à fundação do Partido Socialista Francês, em 1870.
E) publicação do romance
Os miseráveis, de Victor Hugo, e à fundação do Partido Trabalhista Inglês, em 1870.

 

Rebeliões Nativistas e Separatistas Atividades.


06. Ideias Políticas e Sociais do Século XIX: (Mackenzie-SP) O historiador Eric J. Hobsbawm considera que o período de 1789 a 1848 foi assinalado por uma  “Dupla Revolução”, a Francesa e a Industrial Inglesa.Essas revoluções:
A) subordinaram o trabalho ao capital, propiciando transformações muito mais técnicas do que sociais, rompendo os laços de dominação burguesa.
B) consolidaram os valores burgueses, disciplinando a  ação do capital, com o objetivo de dar à maioria, que dispunha unicamente desse meio para sobreviver,condições de se sublevar.
C) ocasionaram transformações econômicas, sociais e  políticas que superaram os resquícios do feudalismo  e marcaram o triunfo do capitalismo liberal burguês.
D) condicionaram o capital ao trabalho, acentuando o caráter igualitário das novas relações político-ideológicas expressas nos chamados Direitos do Homem, permitindo o triunfo do capitalismo liberal.
E) estabeleceram novas relações de produção, nas quais o proletário, possuidor dos meios de produção e da força de trabalho, acumula capital, para desenvolver a propriedade industrial e superar os laços feudais.

 

 

07. (UECE)
Documento 1
[…] a conversão da propriedade privada em propriedade coletiva, tão preconizada pelo socialismo, não teria outro efeito que não fosse o de tornar a situação dos operários mais precária, retirando-lhes a livre disposição do seu salário […] e toda a possibilidade de aumentar o seu patrimônio e melhorar a sua situação […] A propriedade privada e pessoal é para o homem de direito natural […] O homem deve tomar com paciência a sua condição; é impossível que, na sociedade civil, toda a gente seja elevada ao mesmo nível […] Contra a natureza todos os esforços são vãos […] O erro capital […] é o de crer que as duas classes são inimigas natas uma da  outra, como se a natureza tivesse armado os ricos e os pobres para se combaterem mutuamente… Não pode haver capital sem trabalho, nem trabalho sem capital.  A concordância engendra a ordem e a beleza […] Toda a economia das verdades religiosas […] é de natureza a aproximar […] os ricos e os pobres, lembrando às duas classes os seus mútuos deveres […]


Documento 2
O Congresso reunido em Saint Imier declara:
1. Que a destruição de todo poder político é o primeiro dever do proletariado.
2. Que toda organização de um poder que pretende ser provisório e revolucionário para efetivar aquela destruição é um engano, e seria tão perigoso para o proletariado como todos os governos que existem hoje.
3. Que, rejeitando todo compromisso para chegar à realização da Revolução Social, os proletários  de todos os países devem estabelecer, fora de toda política burguesa, a solidariedade da ação revolucionária.


Os documentos anteriores correspondem a duas interpretações sobre a realidade social do século XIX. Respectivamente:
A) ao socialismo científico e à doutrina social da igreja.
B) à doutrina social da igreja e ao socialismo libertário.
C) ao socialismo libertário e ao socialismo utópico.
D) ao socialismo utópico e ao socialismo científico.
E) à doutrina social da igreja e ao socialismo científico.

 


08. Ideias Políticas e Sociais do Século XIX: (UFOP-MG) Ao longo do século XIX, a difusão da Revolução Industrial alterou as condições de vida nas diversas áreas atingidas pelo processo de industrialização, o que fez surgirem novas concepções e doutrinas comprometidas com o desenvolvimento ou com a reforma da sociedade capitalista. Entre as propostas dessas doutrinas sociais, identificamos CORRETAMENTE a:
A) crítica da propriedade privada, formulada pelo marxismo científico.
B) submissão integral do trabalhador ao capital, expressa pela doutrina social da Igreja, na
Rerum Novarum.

C) defesa da livre associação dos trabalhadores em corporações e sindicatos profissionais, proposta pelo liberalismo doutrinário.
D) subordinação do cidadão a um Estado totalitário, pregada pelo movimento anarquista.
E) opção pela democracia partidária, defendida pelos socialistas utópicos, sendo o sufrágio universal censitário o único meio de o proletariado alcançar o poder.

 


09. Ideias Políticas e Sociais do Século XIX: (UFPR) As transformações estruturais que atingiram a Europa, ao longo do século XIX, alteraram as relações sociais e as práticas políticas em diversos países europeus. Entre essas transformações, pode-se apontar CORRETAMENTE o(a):
A) formulação da doutrina social da Igreja, definida na encíclica
Rerum Novarum, em 1891, que apoiou a doutrina marxista da luta de classes em defesa dos pobres, criando a Teologia da Libertação.
B) instituição do Segundo Império, na França, entre 1852 e 1870, por Napoleão III, que liderou a restauração da monarquia absoluta baseada nas relações senhoriais e nas instituições políticas do Antigo Regime.
C) unificação da Itália, em 1871, em consequência da vitória do movimento anarquista, chefiado por Garibaldi, contra os grupos republicanos e as forças militares monarquistas apoiadas pelo papado.
D) ideário socialista, expresso nos movimentos populares que eclodiram na Alemanha em 1848, o qual conduziu à unificação do país, constituindo uma República Federativa presidida por Bismarck.
E) fortalecimento das associações de trabalhadores com a formulação, a partir da Segunda Internacional, reunida em 1889, de um ideário reformista político baseado na social-democracia.

 


10. Ideias Políticas e Sociais do Século XIX: (UFF-RJ) Assinale a opção que sintetiza alguma das ideias do líder anarquista Bakunin.
A) Bakunin é chamado de anarquista porque, em 1881, suas ideias resultaram em uma Internacional Socialista separada da Primeira Internacional, semeando anarquia nas hostes do movimento operário europeu.
B) A sociedade livre deve recusar qualquer forma de organização que limite a liberdade individual; por tal razão, o anarquismo pode ser considerado um movimento antissocial e antipolítico.
C) O anarquismo de Bakunin foi uma tentativa burguesa divisionista de opor ao marxismo uma contrafacção de socialismo baseada em ideias absurdas, mas de apelo para os operários.
D) A sociedade livre deve organizar-se espontaneamente em grupos de vizinhos (comunas) e de pessoas que trabalham juntas (cooperativas); entre tais grupos podem surgir confederações livres, mas sem que se institua acima deles uma autoridade controladora.
E) Bakunin era um fidalgo russo boêmio e profundamente reacionário, cujas ideias resumiam-se na recusa de qualquer autoridade ou associação de qualquer tipo e nível, tanto na economia quanto na política.

 

🔵 >>> Confira todas as nossas questões sobre a História Mundial.

 

Gabarito com as respostas das atividades de História Mundial sobre Ideias Políticas e Sociais do Século XIX:

01. B; 02. D; 03. E; 04. E; 05. B; 06. C; 07. B; 08. A; 09. E; 10. D

Compartilhe com seus amigos