Simulado sobre o Regime Militar e a Luta pela Conquista de Direitos

01. Regime Militar e a Luta pela Conquista de Direitos: (UFMG–2009) Considerando-se os fatores que contribuíram para a longevidade do regime militar no Brasil, é CORRETO afirmar que foi de grande relevância:
A) a combinação entre a ordem constitucional, amparada pela Constituição de 1967, e a arbitrariedade, expressa em sucessivos Atos Institucionais.
B) a manutenção de um sistema político representativo, com eleições indiretas em todos os níveis, exceto para a Presidência da República.
C) o desenvolvimento econômico-social do país, acompanhado de um constante crescimento do Produto Interno Bruto (PIB).
D) o rodízio de lideranças políticas entre as Forças Armadas, por meio de eleições indiretas no âmbito do Comando Supremo da Revolução.

 

 

02. (UFMG / Adaptado) Considerando-se a atuação dos partidos políticos no Brasil entre 1964 e 1984, é INCORRETO afirmar que:
A) o Movimento Democrático Brasileiro (MDB) foi uma frente de oposição desde sua criação, nos anos 1960, até os anos mais duros do regime militar, o que lhe rendeu perseguições e rígido controle.
B) o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) foi criado, no fim dos anos 1970, como opção para setores médios ansiosos pelo alinhamento à nova ordem mundial, capitaneada pelo FMI e pelo neoliberalismo.
C) o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), recriado no início dos anos 1980, teve sua legenda disputada por diferentes seguidores de Vargas, mas, na prática, revelou-se distante do trabalhismo histórico.
D) a Aliança Renovadora Nacional (Arena), criada nos anos 1960, foi um dos principais esteios do regime militar, sustentando até atos que atentavam contra a liberdade do próprio Parlamento.

 

 

03. (PUC Minas–2010) A Lei da Anistia no Brasil pós-1964 completou 30 anos em 11 de setembro de 2009. Foi sancionada pelo então presidente João Batista Figueiredo, no último suspiro da Ditadura Militar brasileira, para diminuir a tensão entre os movimentos sociais e a ala dura do Exército nacional. Sobre essa lei, é CORRETO dizer:
A) Foi mais um acordo político em que se anularia o julgamento dos torturadores do regime militar, ao mesmo tempo que absolveria todos os militantes que se opuseram ao regime pós-1964.
B) Foi um acordo político entre os partidos majoritários do Golpe de 1964 (PSDB e PT) para reparar os danos políticos causados pela Ditadura Militar.
C) Foi um golpe político do Poder Judiciário contra o Estado de Direito no sentido de garantir as liberdades civis neste país.
D) Foi a decretação de perdão do governo do presidente Lula aos políticos e militares cassados depois do Golpe.

 

 

04. (UFG) Leia esse texto:
“Pegaram alguns?”, perguntou Geisel.
“Pegamos. Pegamos. Foram pegos quatro argentinos e três chilenos”, respondeu Pedrozo.
“E não liquidaram, não?”
“Ah, já, há muito tempo. É o problema, não é? Tem elemento que não adianta deixar vivo, aprontando.
Infelizmente, é o tipo de guerra suja em que, se não se lutar com as mesmas armas deles, se perde. Eles não têm o mínimo escrúpulo.”
“É, o que tem que fazer é que tem que nessa hora agir com muita inteligência, para não ficar vestígio nessa coisa”, falou Geisel.
GASPARI, Elio. A ditadura derrotada. São Paulo: Companhia das Letras, 2003. p. 387.

O diálogo, mantido em 1974, atesta a aplicação e a especificidade das práticas repressivas utilizadas pelo governo brasileiro, ao sugerir a:
A) proibição da entrada, no Brasil, de estrangeiros que pudessem comprometer a estabilidade do regime governamental.
B) contenção dos partidos e das facções que preparavam a organização de guerrilhas urbanas e ações terroristas contra o governo militar.
C) defesa dos interesses nacionais, ameaçados por uma guerra civil travada silenciosamente, graças à censura aos meios de comunicação.
D) adoção de uma estratégia de extermínio pela Ditadura Militar, consentida pelo chefe do Estado brasileiro.
E) intolerância das Forças Armadas em relação ao avanço das forças políticas comprometidas com o restabelecimento do regime democrático.

 

 

05. Regime Militar e a Luta pela Conquista de Direitos: (UFPI–2008) No período compreendido entre 1964 e 1985, o Brasil viveu a chamada Ditadura Militar, quando vários direitos constitucionais – individuais e coletivos – foram suspensos e mesmo extintos. Assinale, entre as alternativas a seguir, aquela que NÃO corresponde a uma afirmação correta sobre o período.
A) O general Emílio Garrastazu Médici governou o Brasil entre 1969 e 1974. Em sua gestão, a repressão atingiu o apogeu, mas, apesar disso, Médici foi o mais popular dos presidentes do ciclo militar.
B) Durante o governo do presidente Figueiredo, o último do ciclo militar, cresceu o nível de organização dos trabalhadores, especialmente daqueles da região do ABC Paulista, surgindo o CONCLAT, em 1981, e a CUT, em 1983.
C) Entre os acontecimentos que contribuíram para indispor os governantes militares com a opinião pública brasileira, pode-se citar as mortes ocorridas nas dependências do DOI-CODI e, em circunstâncias jamais esclarecidas, do jornalista Vladimir Herzog e do operário Manuel Fiel Filho.
D) O atentado do Riocentro, ocorrido em 30 de abril de 1981, revelou uma sofisticação e um aprofundamento das ações terroristas de grupos da esquerda radical no país.
E) Durante o governo do presidente Geisel, teve início o processo de abertura “lenta, gradual e segura”.

 

Exercícios sobre o Regime Militar Democracia e Liberdade.

 

06. Regime Militar e a Luta pela Conquista de Direitos: (UESPI–2010) O início dos anos 1980 assiste no Brasil a uma série de atos violentos atribuídos a grupos ligados ao governo militar, como o atentado à bomba ocorrido no Riocentro, por ocasião de uma festa em homenagem ao Dia do Trabalhador. O atentado, contudo, não estancou o curso das manifestações a favor da redemocratização do país, evidenciado
1. nas eleições de 1982, pelas quais se consolidaram os partidos políticos em todo o Brasil.
2. pelo lançamento, sob a liderança do PMDB, da candidatura de Tancredo Neves como candidato oposicionista à Presidência.
3. pela articulação, em 1983, de um movimento para eleições presidenciais, popularizado como “Diretas Já!”.
4. na passeata dos “Caras Pintadas”, que reuniu milhares de jovens concentrados à frente da Candelária no Rio de Janeiro.

Estão CORRETAS apenas:
A) 1 e 2.
B) 2, 3 e 4.
C) 1, 2 e 3.
D) 2 e 4.
E) 1, 2 e 4.

 

 

07. (UFU-MG) No ano de 2004, várias publicações e atividades acadêmicas foram efetuadas em diferentes cidades e instituições brasileiras, objetivando discutir – quarenta anos depois – os significados e consequências do Golpe Militar ocorrido no país em 1964.
Sobre os significados, consequências e reações às medidas praticadas pelos governos militares no Brasil, no comando do país a partir de 1964, é possível afirmar que:

I. no governo do presidente Castelo Branco, foram estabelecidas as eleições indiretas para Presidência da República, que passaram a ser prerrogativa exclusiva do Congresso Nacional.
Implementou-se, também, uma legislação partidária que forçou, na prática, a organização de apenas dois partidos: um de partidários do governo e outro de oposição.
II. entre as medidas positivas adotadas pelos dois primeiros governos militares no Brasil, é possível destacar o combate à inflação, a promoção do desenvolvimento econômico e a implantação do pluripartidarismo, que contribuiu para a fragmentação das forças políticas conservadoras e unificação dos partidos políticos progressistas.
III. a partir do final da década de 1970, na região do ABC Paulista, os trabalhadores passaram a reorganizar suas entidades sindicais e progressivamente foram assumindo uma postura combativa, reivindicando melhores salários e negociações dos acordos coletivos de trabalho entre patrões e empregados, de forma direta, sem a interferência do Estado.
IV. a campanha em defesa de eleições diretas para presidente da República foi um movimento suprapartidário que influenciou diretamente os membros do Congresso Nacional na histórica sessão que aprovou a Emenda Dante de Oliveira, instituindo eleições diretas após 20 anos e pondo fim à Ditadura Militar.

Assinale a alternativa CORRETA:
A) Apenas I e IV estão corretas.
B) Apenas I e III estão corretas.
C) Apenas II e IV estão corretas.
D) Apenas II e III estão corretas.

 

 

08. (Enem–2010)
A gente não sabemos escolher presidente
A gente não sabemos tomar conta da gente
A gente não sabemos nem escovar os dentes
Tem gringo pensando que nóis é indigente
Inútil
A gente somos inútil
MOREIRA, R. “Inútil”, 1983. [Fragmento]

O fragmento integra a letra de uma canção gravada em momento de intensa mobilização política. A canção foi censurada por estar associada:
A) ao rock nacional, que sofreu limitações desde o início da Ditadura Militar.
B) a uma crítica ao regime ditatorial que, mesmo em sua fase final, impedia a escolha popular do presidente.
C) à falta de conteúdo relevante, pois o Estado buscava, naquele contexto, a conscientização da sociedade por meio da música.
D) à dominação cultural dos Estados Unidos da América sobre a sociedade brasileira, que o regime militar pretendia esconder.
E) à alusão à baixa escolaridade e à falta de consciência política do povo brasileiro.

 

 

09. (Enem–2006) Os textos a seguir foram extraídos de duas crônicas publicadas no ano em que a seleção brasileira conquistou o tricampeonato mundial de futebol.
O general Médici falou em consistência moral. Sem isso, talvez a vitória nos escapasse, pois a disciplina consciente, livremente aceita, é vital na preparação espartana para o rude teste do campeonato. Os brasileiros portaram-se não apenas como técnicos ou profissionais, mas como brasileiros, como cidadãos destegrande país, cônscios de seu papel de representantes de seu povo. Foi a própria afirmação do valor do homem brasileiro, como salientou bem o presidente da República. Que o chefe do governo aproveite essa pausa, esse minuto de euforia e de efusão patriótica, para meditar sobre a situação do país. […] A realidade do Brasil é a explosão patriótica do povo ante a vitória na Copa.
JOBIM, Danton. Última Hora, 23 jun. 1970 (Adaptação).

O que explodiu mesmo foi a alma, foi a paixão do povo: uma explosão incomparável de alegria, de entusiasmo, de orgulho. […] Debruçado em minha varanda de Ipanema, [um velho amigo] perguntava: – Será que algum terrorista se aproveitou do delírio coletivo para adiantar um plano seu qualquer, agindo com friezae precisão? Será que, de outro lado, algum carrasco policial teve ânimo para voltar a torturar sua vítima logo que o alemão apitou o fim do jogo?
BRAGA, Rubem. Última Hora, 25 jun. 1970 (Adaptação).

Avalie as seguintes afirmações a respeito dos dois textos e do período histórico em que foram escritos.
I. Para os dois autores, a conquista do tricampeonato mundial de futebol provocou uma explosão de alegria popular.
II. Os dois textos salientam o momento político que o país atravessava ao mesmo tempo que conquistava o tricampeonato.
III. À época da conquista do tricampeonato mundial de futebol, o Brasil vivia sob regime militar, que, embora politicamente autoritário, não chegou a fazer uso de métodos violentos contra seus opositores.
É correto apenas o que se afirma em:
A) I.
B) II.
C) III.
D) I e II.
E) II e III.

 

 

10. Regime Militar e a Luta pela Conquista de Direitos: (PUC Minas–2007) O processo de redemocratização brasileiro, no final da década de 1970, combinou pressões da sociedade civil e a estratégia de distensão / abertura do próprio regime militar. Assinale o processo social que caracteriza objetivamente esse momento.
A) Revogação dos atos institucionais, por iniciativa do governo, após negociação com a sociedade civil organizada.
B) Aumento da guerrilha urbana por parte de facções como Colina, MR-8, Var-Palmares, Ação Popular e outros.
C) Avanço do movimento sindical com a eliminação dos direitos básicos do trabalhador brasileiro.
D) Vitória do movimento popular das “Diretas Já!” que, com sua aprovação, permitiu eleições gerais em 1982.

 

🔵 >>> Confira a nossa lista completa de exercícios sobre a História do Brasil.

 

Gabarito com as respostas das atividades de História sobre Regime Militar e a Luta pela Conquista de Direitos:

01. A;
02. B;
03. A;
04. D;
05. D;
06. C;
07. B;
08. B;
09. D;
10. A

Deixe um comentário