Lista de Atividades sobre a Urbanização Mundial

01. Urbanização Mundial: U. F. Santa Maria-RS – Sobre a urbanização mundial, assinale verdadeira (V) ou falsa (F) em cada afirmativa a seguir:

( ) A América Latina é a região mais urbanizada dentre o conjunto dos países menos desenvolvidos e, nas últimas décadas, a população urbana é superior à população rural.

( ) Na África, a maior parte da população vive na zona rural, pois as atividades agrárias predominam na estrutura econômica de quase todos os países do continente.

( ) A industrialização dos países conhecidos como Tigres Asiáticos, ocorrida nas últimas décadas, e a recente ascensão econômica dos chamados novos tigres contribuíram para acelerar a urbanização asiática.

( ) Na Austrália e na maior parte dos países do Oriente Médio, a maioria da população é rural, pois as atividades agrárias são predominantes.

( ) Na China e na Índia, os índices de população urbana são baixos, apesar de esses países apresentarem grandes metrópoles.

A sequência correta é:

a) V – V – V – F – V.

b) V – V – F – F – V.

c) F – F – V – V – F.

d) F – V – F – F – V.

e) V – F – V – V – F.

 

 

02. UFRN – A capacidade de maior ou menor polarização de uma cidade depende não apenas do número de seus habitantes mas, principalmente, do dinamismo econômico da área onde se localiza e do equipamento urbano que possui. Quando seus limites se confundem com os de cidades vizinhas, denomina-se:

a) inchaço urbano

b) hipertrofia urbana

c) conurbação

d) megalópole

 

 

03. UFES (Modificada) – Grupos de cidades que apresentam características semelhantes e que enfrentam os mesmos tipos de problemas podem reivindicar o status de Região Metropolitana.

A constituição de uma cidade em Região Metropolitana pode:

I. apresentar maiores possibilidades para o estabelecimento de um plano de desenvolvimento urbano e industrial entre os municípios que a compõem.

II. aumentar o fluxo migratório oriundo do interior e até de outros estados em direção à Metrópole.

III. contribuir para um melhor equacionamento dos problemas dos municípios que a compõem, a partir de uma administração integrada.

IV. levar à canalização de recursos federais e estaduais para a Região Metropolitana.

V. permitir o estabelecimento de impostos únicos para os municípios que a compõem.

Sob o ponto de vista administrativo, podem apresentar-se como vantagens para a Região Metropolitana as afirmações contidas em:

a) I e II apenas.

b) I, III e IV apenas.

c) I, III e V apenas.

d) I, III, IV e V apenas.

e) I, II, III, IV e V.

 

 

04. U.Católica Dom Bosco-MS

charge urbanização

A análise da charge, associada aos conhecimentos sobre urbanização, permite afirmar que:

a) A especulação imobiliária, a metropolização e a hipertrofia do setor terciário são as principais causas da situação retratada na ilustração.

b) O processo de urbanização ainda não ocorreu nos países subdesenvolvidos que apresentam inexpressiva industrialização, já que todas as atividades econômicas se relacionam ao setor secundário.

c) A expansão do setor primário nas grandes cidades funciona como fator de atração populacional, devido à maior oferta de emprego nesse setor.

d) A urbanização não eliminou a pobreza, mas melhorou consideravelmente a qualidade de vida da população migrante, já que os direitos trabalhistas nas cidades são totalmente assegurados.

e) O processo industrial é um fenômeno que ocorreu de forma homogênea em todas as regiões do Brasil, provocando a urbanização.

 

 

05. Urbanização Mundial: Unifac-BA

Em outras épocas, quando a velocidade não ocupava lugar tão decisivo e a motorização não havia se expandido de forma tão ampla, a cidade significava o local de encontro e cruzamento das pessoas; ali elas cumprimentavam-se, viam-se, certificavam-se da presença do outro de que o mundo continuava o mesmo (…)

………………………………………………

(…) [Hoje] elas não funcionam mais como local do encontro, do cruzamento. Primeiro, porque se tornaram muito grandes, fantasticamente inchadas pelas migrações de outras regiões, pelo crescimento vegetativo da população e pela tendência contínua de esvaziamento do campo.

É a cidade da revolução urbana, impessoal, desconhecida.

(Marcondes Filho, p. 57)

Com base na análise do texto, associada aos conhecimentos sobre o espaço urbano e sua organização, marque com V as afirmativas verdadeiras e com F, as falsas.

( ) A maioria das cidades do Brasil colonial formou-se em áreas protegidas do interior da colônia.

( ) O espaço de urbanização se limita às grandes metrópoles.

( ) A intensificação do comércio, no período de transição do feudalismo para o mundo moderno, possibilitou o aparecimento de um novo grupo social, a burguesia, responsável por um estilo de vida urbana e pela libertação das cidades da tutela feudal.

( ) As novas fontes de energia, necessárias ao funcionamento do maquinismo durante a Revolução Industrial, foram responsáveis pela desconcentração das fábricas, que passaram a se instalar longe dos centros urbanos, melhorando as condições de vida do proletariado.

( ) O processo de industrialização brasileiro acarretou movimentos migratórios que excederam a oferta de mão-de-obra necessária, o que resultou na hipertrofia do setor terciário.

( ) A urbanização do Primeiro Mundo é caracterizada, atualmente, pela metropolização.

 

Lista de exercícios sobre o Transporte no Brasil.

 

06. Urbanização Mundial: UnB-DF

Considerando o gráfico abaixo, julgue os itens que se seguem.

regiões e desenvolvimento urbanização

a. A diferença do nível de urbanização entre as “regiões mais desenvolvidas” e as “regiões menos desenvolvidas” do mundo, observada no gráfico, deve-se ao fato de que aquelas eram também as que apresentavam maior contingente populacional no século XIX e, portanto, urbanizaram-se mais cedo.

b. O nível de urbanização das “regiões menos desenvolvidas” apresenta-se abaixo da média mundial em função de políticas protecionistas à atividade agrícola ali verificadas.

c. A rápida diminuição da taxa de mortalidade contribuiu para aumentar o nível de urbanização nos países menos desenvolvidos, nível que se elevou em mais de 20% nos últimos 50 anos.

d. Apesar das diferenças de taxas de crescimento de urbanização mostradas no gráfico, as características desse processo são as mesmas para ambos os grupos de países.

e. No ano 2000, o “nível de urbanização” correspondente ao “mundo” deveria ser a média aritmética dos níveis de urbanização correspondentes às “regiões mais desenvolvidas” e às “regiões menos desenvolvidas”.

 

 

07. PUC-SP – Em 1850, a parcela da população humana que vivia em cidades era de 1,7%. Para a maioria esmagadora da população, o mundo era rural. Mais do que todos, o século XX foi a era da urbanização. Na virada para o século XXI, mais de 50% da população mundial vive em cidades.

Considere as possibilidades a seguir:

1. Certo isolamento geográfico.

2. Exposição a um número maior de relações sociais.

3. Comunidade social uniétnica, ou com pouca diversidade étnica.

4. Acesso a um maior volume de informações.

5. Mobilidade social.

6. Pequena diversidade profissional.

7. Contatos mais frequentes com outros territórios.

 

A vida urbana moderna possibilita para a humanidade:

a) 1, 2, 5 e 6

b) 2, 4, 5 e 7

c) 2, 4, 6 e 7

d) 4, 5, 6 e 7

e) 1, 2, 4 e 5

 

 

08. UEL – No início do século XX, a urbanização já era uma realidade nos países que realizaram a Revolução Industrial. A partir dos anos 1950:

a) muitos países fortemente urbanizados passaram a ter um movimento de volta à zona rural, provocado, sobretudo, por crises de desemprego nas cidades.

b) somente os países africanos e alguns países latinoamericanos não são ainda fortemente urbanizados.

c) o processo de urbanização cresceu aceleradamente tanto nas áreas tradicionalmente industriais, como na Ásia e na África.

d) a urbanização atingiu também os países subdesenvolvidos, podendo-se afirmar que o processo é, hoje, irreversível.

e) o processo de urbanização desenvolveu-se por todo o globo e atualmente não existem mais países com predomínio de população rural.

 

 

09. UFSCar – Apesar de o processo de urbanização ter se iniciado com a Revolução Industrial, foi um fenômeno lento até a Segunda Guerra Mundial. Hoje, o fenômeno é acelerado e a previsão para o ano 2000 é de que a população urbana mundial deve superar os 50%.

urbanização e revolução industrial

Banco mundial.

A análise da tabela nos permite afirmar que, dentre os países citados:

a) a Revolução Industrial atingiu a todos de forma semelhante.

b) os de maior população urbana, no ano 2000, estão no Hemisfério Oriental.

c) a Argentina e o Brasil são os países de maior população urbana do continente americano, desde 1960.

d) os africanos, em sua totalidade, possuem os mais baixos índices de urbanização.

e) os países economicamente mais ricos possuem a população urbana elevada, desde 1960.

 

 

10. Urbanização Mundial: UFPE – Sobre o tema “processo de urbanização no mundo desenvolvido e subdesenvolvido”, analise as proposições a seguir.

1. A maior parte dos países desenvolvidos capitalistas já atingiu níveis bastante altos de urbanização.

2. Quanto maior a urbanização verificada nos países subdesenvolvidos, menor a dependência da cidade em relação ao campo.

3. A urbanização moderna é um processo intimamente relacionado à industrialização e ao capitalismo.

4. No Brasil, o critério empregado para definir uma cidade é o ecológico-administrativo, ou seja, toda sede de município é cidade.

5. Em face do predomínio das atividades primárias, a maior parte dos países subdesenvolvidos nãoindustrializados possui baixos índices de urbanização.

Estão corretas:

a) 1, 2, 4

b) 1, 3, 5

c) 2, 4, 5

d) 1, 4, 5

e) 3, 4, 5

 

🔵 >>> Veja também a nossa lista completa de Questões sobre Geografia.

 

Gabarito com as respostas das atividades de geografia sobre a Urbanização Mundial:

01. A;

02. C;

03. D;

04. A;

05. F-F-V-F-V-F;

06. C;

07. B;

08. C;

09. E;

10. B

Deixe um comentário