Presidente João Goulart Exercícios com Gabarito

01. Mackenzie-SP. João Goulart: A UDN inventou uma argumentação jurídica acusando os candidatos vitoriosos à presidência e à vice-presi­dência de receberem apoio do comunismo internacio­nal e de não terem alcançado a maioria dos votos.

O ministro da guerra, general Lott, suspeitando de um golpe, ordenou a ocupação de prédios públicos, estações de rádio e principais jornais do Rio de Janeiro, garantindo a posse aos eleitos.

Esse episódio está ligado à eleição de:
a) Jânio Quadros e João Goulart.
b) Juscelino Kubitschek e João Goulart.
c) Getúlio Vargas e João Goulart.
d) Eurico Gaspar Dutra e Nereu Ramos.
e) Carlos Lacerda e Café Filho.


02. Uniube-MG. A bossa nova, o programa “50 anos em 5” e a implantação da indústria automobilística correspondem:

a) ao governo de João Goulart, e expressam a esperança no programa de reformas de base.
b) ao período dos governos militares pós-64, e refletem a expectativa de modernização do Brasil.
c) à segunda presidência de Getúlio Vargas, e manifestam a adesão às posições nacionalistas que nela imperavam.
d) ao governo de Juscelino Kubistchek, e expressam o clima de otimismo que marcou esse período.


03. UFF-RJ. Após a renúncia de Jânio Quadros, greves e paralisações fortaleceram os movimentos de esquerda, provocando o período de tensões que antecedeu a queda de João Goulart.
A derrubada do governo João Goulart – em 1o de abril de 1964 – está inspirada na interpretação de que o país estava sendo campo de uma verdadeira guerra revolucionária. Segundo se afirmava, destinava-se esta a instaurar a República Sindicalista.
IANNI, Octávio. O colapso do populismo no Brasil.

O populismo no Brasil, a cuja crise o texto se refere, pode ser associado:
a) ao processo de extinção dos partidos e à proposta de substituí-los pelos sindicatos.
b) à guerrilha praticada pelos movimentos de esquerda com vistas à implantação do socialismo.
c) às aspirações das classes populares ao papel de protagonista no cenário político brasileiro.
d) ao paternalismo dos políticos brasileiros inaugurado por Arthur Bernardes.
e) aos benefícios, como o PIS e o Pasep, concedidos às camadas populares do Brasil.


04. Mackenzie-SP. A renúncia de Jânio deixou o país à beira do caos e de uma guerra civil. A ameaça à legalidade institucional po­deria trazer conseqüências drásticas para o país. O Rio Grande do Sul, cujo governador era Leonel Brizola, trans­formou-se no foco principal da luta pró João Goulart.
Francisco de Assis Silva. História do Brasil.

Essa crise política foi temporariamente controlada em 1961, por meio:
a) do suicídio de Jango.
b) do Ato Institucional número 5.
c) da Emenda Parlamentarista.
d) das Reformas de Base.
e) do golpe militar.


05. UFPE. Indique a alternativa que corresponde a uma série de acontecimentos políticos vivenciados durante o governo Goulart.

a) O parlamentarismo, o plebiscito, as reformas de base, a marcha da família com Deus pela liberdade.
b) O “milagre brasileiro”, o plebiscito, a ditadura militar, a doutrina de segurança nacional.
c) O presidencialismo, o plebiscito, as reformas de base e o “milagre brasileiro”.
d) As reformas de base, o “milagre brasileiro” e a Nova República.
e) A renúncia de Jânio Quadros, o plebiscito e a esta­tização do petróleo e das companhias telefônicas do país.


06. Mackenzie-SP. Naquele comício, passando por cima das decisões do Congresso, João Goulart decretou a nacionalização das refinarias particulares de petróleo e assinou a reforma agrária (…) Jango saiu daquele comício carregado em triunfo nos braços do povo.
Francisco de Assis Silva – História do Brasil

Esses acontecimentos provocaram:
a) o fim do pacto populista e o golpe de 1964, liderado pelos segmentos conservadores que temiam o avanço das forças populares e das reformas sociais.
b) a consolidação do governo João Goulart e a execução das reformas de base.
c) a mobilização maciça das Forças Armadas para sustentar militarmente o governo Goulart.
d) a negociação entre governo e setores conservadores, adotando-se a solução parlamentarista.
e) o acirramento dos conflitos no campo entre forças populares e conservadoras, forçando o governo Goulart a renunciar à presidência.


07. Cesgranrio-RJ. O golpe que derrubou o presidente João Goulart, em 1964, representou a culminância de uma crise iniciada no fim da década anterior. Assinale a opção que não apresenta um elemento dessa crise.

a) O apoio da maioria conservadora do Congresso Nacional ao programa de Reformas de Base.
b) As resistências à posse de João Goulart, quando da renúncia de Jânio Quadros.
c) O agravamento do quadro econômico com a as­censão da inflação.
d) A politização crescente de vários movimentos sociais, como as Ligas Camponesas.
e) Os movimentos de indisciplina militar de marinhei­ros e sargentos.


08. Fuvest-SP. Sobre o governo de João Goulart (1961-1964), é possível afirmar que:

a) tomou medidas claras e definidas para a implan­tação do socialismo no Brasil.
b) propôs as chamadas “reformas de base” que pretendiam promover, entre outras, as reformas agrária e urbana.
c) fechou os olhos às lutas guerrilheiras que se im­plantavam em diversos pontos do Brasil.
d) foi antiimperialista, promovendo a ruptura das relações diplomáticas com os Estados Unidos.
e) tomou medidas drásticas contra os capitais externos, nacionalizando as empresas estrangeiras.


09. UECE. O período imediatamente anterior ao golpe de 64 foi de intensas movimentações sociais e manifestações públicas. Sobre as “passeatas” que ocorreram durante este período, pode-se dizer corretamente:

a) Não só a “esquerda” se movimentou, mas também outros setores manifestaram-se publicamente, como as “Marchas da Família com Deus pela Liberdade” organizadas por grupos conservadores contra o governo de João Goulart.
b) Foram monopolizadas pelas organizações comu­nistas lideradas pelo Partido Comunista do Brasil para derrubar o governo populista de João Goulart e impedir a efetivação das reformas de base.
c) As manifestações de rua foram intensamente reprimidas pelas organizações de soldados e marinheiros que se formaram para defender o governo e a hierarquia militar ameaçada pelos comunistas.
d) As passeatas aconteceram somente em São Paulo e Belo Horizonte, refletindo o descontentamento destas cidades para com o governo centralizador de Juscelino Kubitschek.


10. Mackenzie-SP. A democracia populista durante o governo Goulart apoiou várias reivindicações populares que assustaram os setores conservadores, terminando por acelerar o golpe de 1964. Dentre elas citamos:

a) as reformas de base.
b) a extinção dos partidos políticos.
c) o fim da política externa independente.
d) o monopólio estatal sobre os meios de comuni­cação.
e) a preservação da estrutura fundiária do país.


🔵 >>> Confira a nossa lista completa de exercícios sobre a História do Brasil.


Gabarito com as respostas dos exercícios sobre o Presidente do Brasil João Goulart:

01. B;

02. D;

03. C;

04. C;

05. A;

06. A;

07. A;

08. B;

09. A;

10. A

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário