Presidentes do Brasil: Epitácio Pessoa, Artur Bernardes, Washington Luís Exercícios

01. Presidentes do Brasil: Cite a principal decisão do presidente Epitácio Pessoa em relação aos anarquistas.


02. Presidentes do Brasil: Leia abaixo o trecho de uma das “cartas falsas”. Essa canalha [Hermes da Fonseca] precisa de uma reprimenda para entrar na disciplina. Veja se o Epitácio mostra sua apregoada energia, punindo severamente esses ousados, prendendo os que saíram da disciplina e removendo para bem longe esses generais anarqui­zadores. Se o Epitácio com medo não atender, use de diplomacia, que depois do meu reconhecimento ajustaremos contas. A situação não admite contempori­zações, os que forem venais, que é quase a totalidade, compre-os com todos os seus bordados e galões.
http://www.cpdoc.fgv.br/dhbb/verbetes_htm/640_4.asp (adaptado)

A quem foi atribu ída a autoria dessas cartas e sob qual contexto se deu esse episódio?


03. Unicamp-SP. No dia 24 de junho de 1922, a sede do Clube Militar do Rio de Janeiro viveu uma de suas sessões mais agitadas. O clima nacional era tenso, expressando o descontentamento civil e militar em relação à situação políticas do País, em particular à eleição presidencial de Artur Bernardes. O ponto culminante dessa agitação ocorreu nos quartéis e nas colunas armadas.

a) Nomeie esse movimento militar.
b) Dê as suas principais características.


04. Mackenzie-SP. As tropas gaúchas se juntaram às paulistas em abril de 1925, decidindo percorrer o Brasil para propagar a idéia de revolução e levantar a população contra as oligarquias. Assim, 1.500 homens percorreram 24 mil km, enfrentaram tropas federais, estaduais e de coronéis, exilando-se na Bolívia em 1927.

O texto descreve um importante movimento rebelde contra o governo Artur Bernardes. Identifique-o.
a) Revolta de Juazeiro
b) Revolta da Chibata
c) Coluna Prestes
d) Revolta de Canudos
e) Revolução Federalista


05. FAAP-SP. Presidentes do Brasil:
Foi agitado, marcado pela mais longa vigência do estado de sítio. Movimentos tenentistas marcaram o seu governo: em 1924 surgiram revoltas no Ama­zonas, Sergipe, Pará e Rio Grande do Sul, porém a mais importante se deu em São Paulo, sob a chefia de Isidoro Dias Lopes. Os revoltosos chegaram a dominar a capital na Revolução de 1924. A Coluna Prestes levantou-se no Rio Grande do Sul em 1925, percorrendo grande parte do país e tentando levantar os camponeses contra o governo.

Estamos falando do governo de:
a) Marechal Deodoro.
b) Prudente de Morais.
c) Epitácio Pessoa.
d) Artur Bernardes.
e) Rodrigues Alves.


06. Unicamp-SP. Presidentes do Brasil: Em 26 de setembro de 1924, o presidente Artur Ber­nardes decretava:

É considerado feriado nacional o dia Primeiro de Maio, consagrado à con fraternidade universal das classes operárias e à comemora ção dos már­tires do trabalho. Revogam-se as disposições em contrário.
a) Por que o governo de Artur Bernardes se apropriou de uma data-símbolo das lutas operárias?
b) Explique a origem dessa data para o movimento operário internacional.


07. Fuvest-SP.
a) O que foi a Aliança Liberal, formada no decorrer do processo sucessório de Washington Luís?
b) Qual a relação de Getúlio Vargas com a Aliança Liberal?
c) Qual o desfecho desse processo sucessório?


08. Mackenzie-SP. Presidentes do Brasil:

I. O rompimento da política do café-com-leite en­fraqueceu o grupo dominante, fortalecendo as oligarquias dissidentes, ávidas de poder.
II. O tenentismo desde 1922 apresentava-se como um sintoma de insatisfação e mudança de socie­dade: a luta política seria realizada pelo exército “em nome do povo”.
III. Após a vitória de Júlio Prestes, João Pessoa, fa­vorável à luta armada, desencadeou o movimento para a derrubada do governo.
IV. A política de perseguições do governo Washington Luís, a degola dos aliancistas e o assassinato de João Pessoa desencadearam o movimento revo­lucionário.

Considere as afirmações anteriores, relativas aos an­tecedentes da Revolução de 1930, e assinale:
a) se todas forem corretas.
b) se apenas I , II e IV forem corretas.
c) se apenas III for correta.
d) se apenas I e IV forem corretas.
e) se todas forem incorretas.


09. PUC-PR. O governo de Washington Luís, entre várias dificulda­des, teve também de enfrentar os efeitos:

a) da campanha contra seu ministro Oswaldo Cruz a respeito da obrigatoriedade da vacina contra a varíola.
b) da inflação provocada pela política do Encilha­mento.
c) das restrições às importações provocadas pela Primeira Guerra Mundial.
d) da crise de 1929, em decorrência da quebra da Bolsa de Valores de Nova Iorque.
e) das revoluções em São Paulo e Minas Gerais que reivindicam melhores salários mínimos.


10. FAAP-SP. Presidentes do Brasil:
“Governar é abrir estradas”, lema do governo de:

a) Washington Luís.
b) Campos Sales.
c) Rodrigues Alves.
d) Venceslau Brás.
e) Artur Bernardes.


11. Mackenzie-SP. Presidentes do Brasil:
Getúlio Vargas que estais no Rio Grande do Sul, glorificada seja a vossa luta. Venha a nós a vossa força, seja vitoriosa a vossa causa assim no sul como no norte. Perdoai as nossas covardias, assim como nós perdoamos aos legalistas. Não nos deixai cair em poder de Washington Luís e livrai-nos de Júlio Prestes. Amém.
O Padre Nosso dos Revolucionários

A causa revolucionária em 1930 estava vinculada:
a) ao fato dos aliancistas não aceitarem a derrota nas urnas e defenderem abertamente a revolução, liderados por Antônio Carlos.
b) à prisão de João Pessoa por agentes do governo federal.
c) à vitória aliancista nas eleições, gerando a retalia­ção da oligarquia cafeeira paulista.
d) ao rompimento do pacto entre oligarquia cafeeira e militares tenentistas.
e) à eleição do candidato oficial Júlio Prestes, acusa­do de fraude, e às perseguições políticas lideradas por Washington Luís contra os aliancistas.


🔵 >>> Confira a nossa lista completa de exercícios sobre a História do Brasil. 


Gabarito com as respostas dos exercícios de história do Brasil sobre os Presidentes Epitácio Pessoa, Artur Bernardes, Washington Luís:

01. Além de ter autorizado a prisão arbitrária de vários anarquistas, Epitácio Pessoa criou de lei de repressão ao anarquismo, em 17 de janeiro de 1921, dificultando a ação de intelectuais e operários ligados
ao movimento anárquico. Essa decisão levou à fundação do Partido Comunista Brasileiro,  em 1922, influenciada também pelo sucesso da Revolução Russa.

02. Como o próprio nome evidencia, algumas cartas de conteúdo ofensivo aos militares publicadas em jornais no final de 1921, em meio à campanha para presidente da República, foram falsamente atribuídas ao candidato do governo, Artur Bernardes. A intenção era provocar o Clube Militar, chefiado na ocasião pelo marechal Hermes da Fonseca, que, por sua vez, apoiava a candidatura de Nilo Peçanha, da chamada Reação Republicana.
Bernardes sempre negou a autoria das cartas e soube-se, após as eleições, que elas realmente não tinham sido escritas por ele. Contudo, esse episódio serviu para acirrar os ânimos entre governistas e oposicionistas nas conturbadas eleições presidenciais de 1921-1922.

03. a) Revolta dos 18 do Forte de Copacabana.

b) Tenentista, pretendiam reformas civis e o fim das oligarquias no poder.

04. C;

05. D

06. a) Como forma de manipulação da classe trabalhadora.
b) O massacre de trabalhadores em greve, nos EUA, na segunda metade do século XIX.

07. a) Foi uma aliança política de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraíba e parte de São Paulo (integrantes do PD – Partido Democrático) em uma frente contra as oligarquias paulistas do PRP (Partido Republicano Paulista).

b) Getúlio Vargas foi o candidato à Presidência da República pela Aliança Liberal, tendo como vice João Pessoa, da Paraíba.
c) Vargas e João Pessoa foram derrotados e desencadeou-se a Revolução de 1930.

08. B;

09. D;

10. A;

11. E

Gostou desta lista de Exercícios? Não esqueça de compartilhar com seus amigos:

Deixe um comentário