Exercícios sobre O que é a Guerra Fria

01. O que é a Guerra Fria: (PUC RS / Adaptado) Após o término da Segunda Guerra Mundial, o governo norte-americano lançou o Plano Marshall, que se constituiu em uma manobra estratégica fundamental no interior da Guerra Fria. Esse plano visava a
A) garantir,aos norte-americanos, o fim das hostilidades entre o Vietnã do Sul e o Vietnã do Norte.
B) obter a vitória, no Senado, dos republicanos, os quais defendiam o retorno do isolacionismo norte-americano em relação às guerras na Europa.
C) assegurar a livre penetração dos capitais norte- americanos no continente europeu, reafirmando a ordem econômica liberal.
D) difundir uma doutrina político-ideológica que alertasse quanto ao perigo do macartismo na década de 1950, nos Estados Unidos.
E) estabelecera“coexistência pacífica”entre os Estados Unidos e os países do Leste Europeu, através da política de investimentos no bloco soviético.

 

02. (UFMG–2009) Os anos posteriores à Segunda Guerra Mundial foram tensos entre as grandes potências mundiais. Considerando-se a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) e o Pacto de Varsóvia, criados nesse período, é CORRETO afirmar que:
A) a OTAN visava a apaziguar os conflitos relacionados à divisão da cidade de Berlim, bem como a proteger os países sob sua influência econômica das ameaças de invasão externa e de conflitos militares.
B) ambos desenvolveram políticas que incentivaram a chamada corrida armamentista, que, durante o período da Guerra Fria, colocou o planeta sob a ameaça de uma guerra nuclear.
C) ambos foram estabelecidos, simultaneamente, para defender os interesses dos países que disputavam, após a Segunda Guerra, uma reordenação dos espaços europeu e americano.
D) os países signatários do Pacto de Varsóvia se aliaram e, para defender seus interesses financeiros, formaram um bloco econômico, a fim de competir com a Alemanha, a Inglaterra e os Estados Unidos.

 

 

03. (UFMG) Entre 1961 e 1973, um total de 57 939 norte- americanos morreram no conflito da Indochina, a mais longa e custosa guerra externa na história dos Estados Unidos. A Força Aérea dos EUA jogou sobre o Vietnã uma tonelagem de bombas mais de três vezes superior ao que foi jogado na Alemanha durante a Segunda Guerra.
KEYLOR, William R. The twentieth-century world: an international history. New York: Oxford University Press, 1996. p. 375.

Considerando-se a Guerra do Vietnã, é CORRETO afirmar que:
A) o conflito foi motivado pela intenção do governo norte-americano de impedir a expansão do comunismo no Sudeste Asiático.
B) os norte-americanos deram apoio decidido às ações de seu governo no Vietnã e manifestaram insatisfação quando suas tropas foram retiradas de lá.
C) os vietnamitas que enfrentavam o Exército dos EUA lutavam em condições difíceis, pois não dispunham de apoio externo.
D) a saída das tropas norte-americanas e asubsequente derrota das forças locais pró-Ocidente levaram à divisão do Vietnã.

 

 

04. (UNESP–2010) A Coreia do Norte e a Coreia do Sul foram delimitadas após a 2.a Guerra Mundial, quando soviéticos e americanos dividiram a Península da Coreia no paralelo 38°N. Durante o período da Guerra Fria, a reunificação se tornou inviável, surgindo em 1948 as duas Coreias. Nos últimos 56 anos as duas Coreias se mantiveram em estado de guerra. A tensão nesta área se torna crítica em 2009, devido ao fato de a Coreia do Norte ter realizado testes nucleares.
TREVISAN, Cláudia. O Estado de S. Paulo.
Coreia do Norte deixa armistício e ameaça Seul com ataque militar, maio / 2009 (Adaptação).

Ao fazer uma retrospectiva desse período histórico, é POSSÍVEL afirmar que:
A) as tensões permaneceram restritas a tiroteios na fronteira entre as duas Coreias até que a Revolução Chinesa, em 1929, encorajou a Coreia do Norte a tentar unificar a Península sob a bandeira do comunismo.
B) em junho de 1914 tropas norte-coreanas invadiram a Coreia do Sul, sendo que os EUA usaram a ONU para legitimar uma intervenção internacional e expulsaram os comunistas, ultrapassaram o paralelo 38oN, chegando até a fronteira com a China.
C) em nenhum momento histórico MaoTsé-tung apoiou a Coreia do Norte, que, desta maneira, não conseguiu empurrar os americanos para o paralelo 38oN e delimitar seu território.
D) os dois lados negociaram só um cessar-fogo,em1983, o que manteve as duas Coreias em estado de guerra.
E) a Coreia do Norte ameaçou, em 2009, atacar militarmente a Coreia do Sul e romper o acordo de armistício de 1953.

 

 

05. O que é a Guerra Fria: (UFTM-MG–2009) Numa noite de novembro de 1989, quando milhares de berlinenses puderam atravessar o muro que dividia a cidade havia 28 anos, o mundo assistiu espantado ao desmoronamento da Europa Oriental. A decisão de abrir as fronteiras foi resultado de uma enorme mobilização popular que durara algumas semanas e de negociações diplomáticas entre a Alemanha Oriental e os demais países socialistas. No fim de 1988, os ventos de liberdade e democracia já haviam abalado os regimes comunistas da Polônia e da Tchecoslováquia […]
COSSERON, Serge. Alemanha: Da divisão à reunificação. Em parte, esses acontecimentos podem ser explicados:
A) pela desintegração do bloco socialista e pela Doutrina Bush.
B) pela crise do petróleo e pela ascensão de governos stalinistas.
C) pelo desgaste da Guerra Fria e pela falência do modelo soviético.
D) pela pressão popular por reformas e pela queda do nazismo.
E) pela Glasnost e pela Perestroika, bem-sucedidas na URSS.

 

Exercícios sobre EUA e América Hispânica no Século XX.

06. O que é a Guerra Fria: (UFMG–2007) As viagens espaciais conjuntas têm comprovado que as potências militares podem cooperar pacificamente nessa área. No entanto, essas cooperações são fenômeno recente, pois, entre os anos 1950 e 1980, no quadro da Guerra Fria, prevaleceu uma competição acirrada.

Considerando-se a corrida espacial travada, nessa época, entre os EUA e a URSS, é INCORRETO afirmar que:
A) as conquistas obtidas eram usadas na guerra de propaganda, a exemplo do que ocorreu com Iuri Gagarin, enviado em turnê mundial para divulgar os feitos da URSS.
B) o propósito era conseguir superioridade científica e política em relação à potência oponente, sem, contudo, a intenção de usar as conquistas espaciais para fins bélicos.
C) os investimentos dos EUA, na fase final da corrida espacial, se dirigiram para os ônibus espaciais, enquanto os da URSS se concentraram na construção de estações orbitais.
D) os melhores resultados soviéticos alcançados nos anos 1950 foram compensados pelos norte-americanos com o projeto vitorioso de chegar primeiro à Lua.

 

07. (Enem–2009) Do ponto de vista geopolítico, a Guerra Fria dividiu a Europa em dois blocos. Essa divisão propiciou a formação de alianças antagônicas de caráter militar, como a OTAN, que aglutinava os países do bloco ocidental, e o Pacto de Varsóvia, que concentrava os do bloco oriental. É importante destacar que, na formação da OTAN, estão presentes, além dos países do Oeste Europeu, os EUA e o Canadá. Essa divisão histórica atingiu igualmente os âmbitos político e econômico que se refletia pela opção entre os modelos capitalista e socialista. Essa divisão europeia ficou conhecida como
A) Cortina de Ferro.
B) MurodeBerlim.
C) União Europeia.
D) Convenção de Ramsar.
E) Conferência de Estocolmo.

 

 

08. (Enem–1999) Os 45 anos que vão do lançamento das bombas atômicas até o fim da União Soviética não foram um período homogêneo único na história do mundo […] dividem-se em duas metades, tendo como divisor de águas o início da década de 70. Apesar disso, a história deste período foi reunida sob um padrão único pela situação internacional peculiar que o dominou até a queda da URSS.
HOBSBAWM, Eric J. Era dos Extremos. São Paulo: Cia das Letras, 1996.
O período citado no texto e conhecido por Guerra Fria pode ser definido como aquele momento histórico em que houve:
A) corrida armamentista entre as potências imperialistas europeias ocasionando a Primeira Guerra Mundial.
B) domínio dos países socialistas do Sul do globo pelos países capitalistas do Norte.
C) choque ideológico entre a Alemanha Nazista / União Soviética stalinista, durante os anos 1930.
D) disputa pela supremacia da economia mundial entre o Ocidente e as potências orientais, como a China e o Japão.
E) constante confronto das duas superpotências que emergiram da Segunda Guerra Mundial.

 

 

09. (FJP-MG–2009) Os processos de democratização e de reorganização econômica implementados por Mikhail Gorbachev na URSS tiveram desdobramentos importantes para os países que compunham a ordem comunista europeia. Na República Democrática Alemã, em outubro de 1989, o governo tentou minimizar as pressões populares liberando viagens ao Ocidente. Em 09 de novembro de 1989, cidadãos berlinenses de ambas as Alemanhas correram em direção ao Muro de Berlim. Em poucos dias, vários pontos de contato foram abertos dando passagem à Berlim Ocidental, e berlinenses orientais cruzaram a fronteira para vislumbrar o mundo capitalista. Os problemas dos alemães, porém, não estavam solucionados. Com a unificação das duas Alemanhas, o maior desses problemas passou a ser
A) a ação de sindicatos de trabalhadores do Estaleiro Lênin que se opunham à chegada de imigrantes em larga escala.
B) a atuação da URSS, cuja Perestroika não conseguiu resolver os problemas de escassez de bens que atingiram vários países da Europa Central.
C) a falta de estrutura da República Federal Alemã para acolher o grande fluxo de refugiados.
D) o fortalecimento da oposição na RFA que trouxe à baila um conjunto de rivalidades e tensões latentes existentes na sua liderança política.

10. O que é a Guerra Fria: (UFTM-MG–2009) Com a rendição do Japão aos Aliados, em 1945, reiniciou-se a guerra civil na China. Chiang Kai- shek não conseguiu deter as ofensivas do PCC, apesar da ajuda que recebeu dos EUA. Os comunistas entraram em Pequim em janeiro de 1949 e, no dia 1o de outubro, proclamaram a República Popular da China, com Mao Tsé-tung como dirigente supremo […] No ano de 1952, o general Fulgêncio Batista liderou um golpe de Estado e implantou uma ditadura em Cuba […] Grupos rebeldes, liderados por Fidel Castro e pelo argentino Ernesto Che Guevara, instalaram-se no território cubano de Sierra Maestra, de onde lançaram um movimento de guerrilha. Em janeiro de 1959, os guerrilheiros tomaram o poder.
MOTA, Myriam; BRAICK, Patrícia. História: das cavernas ao Terceiro Milênio.

Esses movimentos de 1949 e 1959:
A) manifestaram de imediato sua adesão ao bloco socialista soviético.
B) foram uma reação das populações locais ao imperialismo europeu.
C) priorizaram o desenvolvimento industrial por meio dos Planos Quinquenais.
D) tiveram a participação destacada das massas camponesas.
E) criaram bem-sucedidos modelos econômicos em vigor até a atualidade.

 

🔵 >>> Confira todas as nossas questões sobre a História Mundial.

Gabarito com as respostas das atividades de História Mundial sobre O que é a Guerra Fria:

01. C;
02. B;
03. A;
04. E;
05. C;
06. B;
07. A;
08. E;
09. D;
10. C

Deixe um comentário